Recursos de colección

Lume, repositório digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (160.229 recursos)

Portal de acesso livre a teses, dissertações, artigos de periódicos, livros, capítulos de livros, trabalhos de conclusão, trabalhos apresentados em eventos, fotos, patentes, entre outras coleções digitais produzidas na Universidade.

Estudos Estratégicos Internacionais

Mostrando recursos 1 - 11 de 11

  1. A África na política externa brasileira : uma análise dos discursos de Ernesto Geisel (1974-1979) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010)

    Kowalski, Camila Castro
    Ernesto Geisel e Luiz Inácio Lula da Silva presidiram o Brasil em momentos muito diferentes: este, afiliado a um partido de esquerda, eleito pelo voto popular e assumindo o cargo num mundo onde um único país concentrava os maiores níveis de poder material, militar e ideológico. Aquele, escolhido por uma Junta Militar, num contexto mundial marcado pela disputa entre duas potências. Apesar das diferenças, os dois presidentes carregam pelo menos um elemento em comum: em sua política externa, os dois buscaram adotar uma postura universal, o que acarretou uma aproximação, em especial, do continente africano. Esta pesquisa busca entender a...

  2. A dimensão do atlântico sul para Brasil e África do Sul (1415-2015) : uma contribuição para o estudo de um espaço estratégico

    Otavio, Anselmo
    A colonização de Brasil e África do Sul por países diferentes acabou por afetar na dimensão do Atlântico Sul para ambos. De fato, enquanto Portugal aproximou seus territórios africanos ao brasileiro via compra e venda de mão de obra escrava, transformando o Atlântico Sul como elo entre tais territórios; Holanda e, posteriormente, Inglaterra, enquadraram o território sul-africano a uma dinâmica afro-asiática, mantendo esta colônia voltada ao Oceano Índico. Posteriormente, já durante a Guerra Fria tal distanciamento se transformou em opção por tais países. Em defesa do regime apartheid, a África do Sul desejava enquadrar o Atlântico Sul no conflito Leste-Oeste...

  3. Cultura política, política externa e congruência : uma análise sobre os governos Lula (2003-2010)

    Albanus, Adriana Pilar Ferreira
    Esta dissertação é um estudo sobre a relação entre a política externa brasileira e a cultura política da população e enquadra-se, portanto, na tradição das áreas de Relações Internacionais e Cultura Política. O objetivo geral dessa pesquisa é identificar e analisar as orientações gerais da política externa desenvolvida durante os governos Lula (2003-2010) com vistas a verificar a existência de uma relação de congruência com os valores e as atitudes da população brasileira. A dissertação está dividida em cinco capítulos: além da introdução e da conclusão, o primeiro analisa a relação entre política externa e cultura política nos campos das...

  4. Equilíbrios instáveis : o Golfo da Guiné e a economia do petróleo

    Carvalho, Josiane Rocha
    Tendo em vista a ascensão da costa ocidental africana como uma fonte alternativa de fornecimento de petróleo ao mercado mundial no período contemporâneo, este trabalho busca responder ao seguinte questionamento: quais as implicações políticas e securitárias da exploração do petróleo na região do Golfo da Guiné, a partir dos anos 2000? Como objetivos do estudo, propõe-se a investigação da influência desse recurso energético nas características dos Estados da região, compreender sua relação com a formação de instituições como as companhias nacionais de petróleo, avaliar sua influência no interesse estrangeiro e na ocorrência de conflitos da região. Para responder o problema...

  5. A política externa da URSS para os três mundos : EUA, China e Índia (1953-1985) : uma proposta de análise multinível

    Jubran, Bruno Mariotto
    Esta tese busca entender e explicar a política externa da União Soviética durante seu ápice, isto é, entre 1953, após a morte de Josef V. Stálin, e 1985, com a ascensão de Mikhail S. Gorbatchov. Para uma compreensão mais abrangente do tema, propõe-se a distinção de dois períodos principais: a Era Khrushchov (1953-1964); e a Era Brejnev (1964-1982), à qual acrescentamos, também, os hiatos de Andropov (1982-84) e Tchernenko (1984-85), fase denominada como ‘Socialismo Desenvolvido’, por seus próceres, ou ‘Era da Estagnação’, por seus críticos. Para obter um recorte analítico ao mesmo tempo mais robusto e ao mesmo tempo parcimonioso,...

  6. National security institutional change : the case of the US National Security Council (2001-2015)

    Quaglia, Laura de Castro
    O presente trabalho tem por objetivo analisar as mudanças institucionais ocorridas no Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos entre 2001 e 2016. Ele se enquadra nas Resoluções nº 114/2014 e 115/2014 da Câmara de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e, portanto, é dividido em três partes. A PARTE I é composta por uma contextualização do objeto, contendo uma descrição geral do objetivo do trabalho, bem como a delimitação do objeto, marco teórico, e marco temporal. A PARTE II é comporta pelo artigo em si, que analisa as mudanças no sistema do Conselho de Segurança Nacional...

  7. Inteligência em operações de paz da ONU : um estudo de caso da MONUSCO

    Kuele, Giovanna Marques
    Esta dissertação trata da inteligência na Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo (MONUSCO). Está dividida em três partes. Na primeira, contextualiza-se a pesquisa de inteligência em operações de paz nos Estudos Estratégicos Internacionais, abordando sua relevância, principais conceitos e teorias, bibliografia acadêmica e documental. Na segunda parte, apresenta-se o artigo científico, focado no caso da MONUSCO. Para avaliar se e como a inteligência contribuiu para aprimorar a efetividade da cadeia de comando e controle (C2) na missão, procedeu-se a análise do ponto de vista organizacional e funcional das estruturas de inteligência (G2, JMAC e JOC). As evidências...

  8. Articulação entre política externa e política de defesa do Brasil : o Atlântico Sul como espaço estratégico

    Coutinho, Isadora Caminha
    Desde a delimitação de suas fronteiras terrestres, a inserção externa brasileira teve predominantemente baixa contribuição do instrumento da defesa. Entre os governos de Luís Inácio Lula da Silva (2003-2010) e de Dilma Rousseff (2010-2014), o país definiu novas prioridades e objetivos na sua estratégia de atuação internacional, evidenciando uma postura assertiva em vista da multipolaridade mundial e uma maior preocupação com temas de segurança e defesa. Simultaneamente, o delineamento de cenários que exigem esforços visando à aproximação entre as políticas externa e de defesa assumiu maior relevo. Tendo em vista que a sinergia entre tais políticas possibilita a maximização dos...

  9. Tecnologia, guerra e capacidades militares : sistemas robóticos e desenho de força no século XXI

    Ferreira, Thiago Borne
    Nunca antes na história os seres humanos conviveram com tantos robôs. Nesse contexto, a intensificação do processo de robotização militar está intimamente relacionada à emergência da Era Digital e à digitalização das forças armadas – entendida como a utilização acelerada de TIC para o desempenho de funções militares tradicionais. Apenas nos Estados Unidos, mais de trinta sistemas estão em desenvolvimento e/ou em operação neste momento. Estima-se que o país detenha mais de vinte mil robôs capazes de operar em terra, no mar e no ar. Este trabalho dedica-se ao estudo amplo do processo de robotização das forças armadas. Mais especificamente,...

  10. Moeda, poder e rivalidade interestatal : o novo banco de desenvolvimento dos BRICS

    Gaiotto, Felipe Camargo
    A crise financeira de 2007-2008 proporcionou perdas de legitimidade política e econômica aos EUA no sistema interestatal. Até então, o modelo de organização socioeconômica estadunidense era hegemônico na economia-mundo capitalista. Mas, mais do que um modelo de capitalismo, as desregulações financeiras e a defesa excessiva da austeridade orçamentária para os demais Estados foram adotadas pelos EUA com o objetivo de assegurar a emissão exclusiva da moeda internacional dos sistemas financeiro e monetário internacional. A possível substituição do dólar como fundamento do padrão monetário desses sistemas diminuiria a autonomia relativa dos EUA. Assim, eles mantiveram as vantagens políticas e econômicas propiciadas...

  11. A formação de oficiais e as operações conjuntas : comparações com o caso britânico e os desafios brasileiros de gestão em defesa

    Pessoa, Tamiris Santos
    A presente tese em por objetivo ilustrar como se dá o modelo conjunto - uma estrutura que compreende institucionalização, educação militar conjunta, assim como operações conjuntas, de modo a engajar as três forças singulares – por meio de uma abordagem híbrida, composta tanto pela discussão teórica e empírica quanto pela possibilidade de aplicação. Tomando por exemplo o caso britânico, o qual apresenta pioneirismo especialmente na educação militar conjunta, a construção da abordagem utilizada na presente tese perpassa por uma revisão compreensiva das abordagens sobre mudança organizacional e inovação militar, buscando demonstrar os limites das abordagens lineares e propondo uma abordagem...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.