Mostrando recursos 1 - 20 de 23

  1. Racismo e a produção de esteriótipos : impactos na subjetividade da criança negra no Brasil

    Silva, Caroline Damazio da
    O racismo continua sendo um potente atravessador na produção de subjetividade do povo brasileiro. De acordo com Maria Lucia Silva (2004), o racismo altera os processos de subjetivação e de autoconceito da pessoa negra, desvalorizando a sua autoimagem, provocando um sentimento de inferioridade. Nessa direção, este trabalho aborda o quão forte é a interferência dos estereótipos na vida da pessoa negra. Objetivando discutir principalmente os impactos do uso de estereótipos na subjetividade de crianças negras. A estereotipização é um fator constantemente presente na vida da pessoa negra, visto que desde a infância são poucos os referenciais positivos que as mesmas...

  2. A experiência da amamentação no contexto da depressão pós-parto

    Schneider, Michele Caroline
    O ato de amamentar pode ou não estar presente após o nascimento de um bebê. Em tal fato podem estar envolvidas diversas questões fisiológicas, psicológicas e sociais. Neste sentido, este trabalho investigou a experiência da amamentação em mães com e sem depressão pós-parto, através de entrevista. Participaram seis mães avaliadas conforme a Escala de Depressão Pós-parto de Edimburgo (EPDS) e o Mini Mental Neuropsychiatric Interview (M.I.N.I.). A análise de conteúdo qualitativa das entrevistas revelou que a depressão pós-parto pareceu não estar relacionada a uma maior dificuldade na amamentação, embora tenham sido identificadas particularidades entre as mães com e sem depressão...

  3. O papel do psicoterapeuta na clínica psicanalítica de bebês com transtornos graves de subjetivação

    Martins, Paula Gruman
    Atualmente, o número de casos de bebês e crianças pequenas sob suspeita de autismo tem atingido proporções alarmantes. Nesse contexto, a psicoterapia pais-bebês pode ser uma alternativa interessante para a retomada constitutiva desses bebês em risco em sua constituição psíquica. No presente trabalho, a autora parte de teorizações de psicanalistas contemporâneos que têm se debruçado sobre o tema do autismo e, mais especificamente, ampara-se nas contribuições do analista uruguaio Victor Guerra relativas à sua alternativa diagnóstica ao autismo, por ele conceitualizada como o Transtorno de Subjetivação Arcaica. Neste trabalho, a postura clínica do psicoterapeuta que trabalha com pais e bebês...

  4. Trajetos e percursos : das (im)possibilidades de enfrentamento do racismo dentro da academia

    Batista, Alisson Ferreira
    Definir uma base epistemológica sobre a compreensão do racismo; elucidar algumas dinâmicas das instituições de ensino superior acerca das relações raciais e mostrar possibilidades de enfrentamento dos processos colonialistas são os principais norteadores desse trabalho. Compreendendo o racismo como um fenômeno histórico e estruturante em nossa sociedade, o presente trabalho analisa algumas das intercorrências do racismo dentro das universidades, principalmente no que tange a psicologia. Através de uma pesquisa bibliográfica e contando com o suporte teóricometodológico da psicologia, é trazido algumas discussões sobre como opera o colonialismo nas formas de ensino e alguns dos efeitos disso no sujeito negro. Como...

  5. A influência da chegada do bebê na relação conjugal no contexto da depressão materna

    Pedrotti, Bruna Gabriella
    O presente estudo investigou a influência da chegada do bebê na relação conjugal, no contexto de depressão materna. Participou deste estudo uma família, composta pela esposa, de 38 anos, pelo marido, de 33 anos, pela filha, de 2 anos e meio e pelo filho, de 10 meses. Foi utilizada uma abordagem qualitativa, através de um estudo de caso único, em que foram analisadas duas entrevistas semiestruturadas, além da análise dos resultados obtidos através da Escala de Ajustamento Diádico Revisada (R-DAS). Para isso, foram utilizados, como norteadores da análise, seis conceitos derivados da literatura: poder e igualdade, adaptabilidade, coesão, processos comunicativos,...

  6. Psicodiagnóstico : follow up de casos atendidos em um serviço escola

    Steigleder, Bibiana Gallas
    Introdução: Psicodiagnóstico é um processo científico que tem como objetivo investigar características psicológicas. As conclusões embasam indicações terapêuticas, que visam o aumento da qualidade de vida do paciente. Existem poucos estudos que avaliam a compreensão das informações fornecidas na devolutiva do psicodiagnóstico e o momento posterior a este. Objetivo: Avaliar a percepção dos familiares acerca das informações fornecidas no psicodiagnóstico, bem como a busca ou não pelas indicações terapêuticas feitas ao final da avaliação. Método: Foi realizada uma entrevista semiestruturada com mães de seis pacientes atendidos no Centro de Avaliação Psicológica da UFRGS (CAP-UFRGS) no ano de 2015, cuja queixa...

  7. (Re)fluxo de emoções : considerações acerca das (im)possibilidades de encontro de uma dupla mãe-bebê

    Teodózio, Andressa Milczarck
    Resumo não disponível

  8. Aspectos sociodemográficos e escolares de gestantes adolescentes : considerações sobre o fenômeno da gravidez adolescente e a evasão escolar

    Muller, Thaís de Lima
    Diversos estudos apontam a presença da baixa escolaridade vinculada a ocorrência da gravidez adolescente, sendo que muitos discutem que a evasão escolar no contexto da gravidez pode não ser apenas uma consequência da gestação, mas também um acontecimento prévio à concepção. O presente estudo teve como objetivo explorar informações sociodemográficas de adolescentes gestantes que relataram encontrar-se evadidas da escola no momento da pesquisa, assim como averiguar aspectos relativos à sua evasão e ao seu histórico escolar. Participaram deste estudo vinte gestantes adolescentes. As adolescentes responderam a uma ficha de dados sócio-demográficos e a uma entrevista sobre a gravidez adolescente. Analisou-se...

  9. Máscara, rosto e a ética do estranhamento

    Krinski, Sthefan dos Santos
    O trabalho procura delinear o papel e inserção das máscaras na cultura. Para tanto, ele é fundamentalmente divido em três partes que dizem da abrangência de um tema cuja elaboração convoca o aporte de vários campos de saber. Uma primeira dedica-se aos levantamentos antropológicos de Lévi-Strauss (1979) a respeito das máscaras e dos mitos com os quais o autor deparou-se no contato com tribos indígenas norte-americanas. Segue-se com leituras da psicanálise, versando sobre a questão do mito, da verdade e do semblante, de modo a contrapor com as noções de mentira e dissimulação tanto cotidianas como hermenêuticas – evocando um...

  10. Cuidando de quem cuida : desenvolvendo lideranças humanizadas na escola

    Teixeira, Greice
    Este artigo consiste em uma análise dos resultados da Pesquisa de Clima Organizacional de cinco escolas de uma Rede Confessional do Rio Grande do Sul. Para isto foi utilizado a metodologia qualitativa que permitiu fazer um levantamento de hipóteses. Foram 347 colaboradores que contribuíram com a realização desta pesquisa, assim abrangendo 98% do quadro funcional, o qual obteve o resultado de que há necessidade de explorar os processos de gestão ao que se refere a educação continuada e a utilização do modelo de Humanização no contexto escolar, enfatizando as relações interpessoais como facilitador nas práticas educacionais. Assim como, desenvolver e...

  11. A construção do caso de Eva, entre restos e traços : reciclando a articulação com a rede

    Purificação, Silvana de Jesus da
    Resumo não disponível

  12. A escrita sobre a clínica em psicanálise : narrativas em transferência

    Guarnieri, Leonardo Veiga
    Resumo não disponível

  13. Vida que brota nas frestas : cartografando rizomas da reforma psiquiátrica

    Souza, Vanessa Manzke
    Como um rizoma, a Reforma Psiquiátrica(RP) derrama-se por sulcagens caóticas que seguem os relevos dos territórios onde acontece, constituindo desenhos inesperados. O espaço da Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro, seu acervo de imagens e um Acompanhamento Terapêutico(AT), dispositivos que se encontram na arte de inventar potências, surgem como práticas inventivas de um relevo local, fragmentos proliferantes dessa RP rizomática. Para além da materialidade destes lugares, é através de relatos de experiência sobre a intersecção dessa clínica em movimento com a arte, e a partir do acervo como arquivo dos testemunhos de histórias menores da loucura, que este...

  14. Escrita da clínica : dos rastros à possibilidade de transmissão da experiência

    Ponzi, Carolina Tombini
    A escrita e a clínica psicanalítica estabelecem, desde os primórdios da psicanálise, estreita relação. O escrever é a forma privilegiada da sua própria elaboração teórica, contudo, destaca-se como a sua mais notória contribuição para a disciplina a constituição de um espaço de pensamento analítico que oferece aos analistas lugar privilegiado de ancoragem para as suas experiências. Os rastros sedimentados da vivência ao longo do estágio de clínica possibilitaram um enlace entre a escrita da clínica e a fotografia, no qual se interroga a respeito dos descompassos intrínsecos à condição de pensamento e consequente elaboração de uma narrativa. Engendra-se uma pesquisa...

  15. A alquimia como metáfora para repensar as práticas em políticas públicas

    Platt, Ellen Diogo
    As Políticas Públicas de Assistência Social apresentam desafios materiais e simbólicos em sua prática. São produzidas em um contexto neoliberal que a perpassa e pode estar presente nas intervenções dos profissionais. Neste estudo teórico e relato de experiência serão exploradas vias para inventar novas práticas neste contexto, na tentativa de não atuar a partir de uma conduta normatizadora. Para tanto, a alquimia servirá como metáfora para pôr em movimento o afeto e o pensamento que podem encontrar-se paralisados por essa conduta. A aposta é que a metáfora alquímica - com sua proposta de passar pelo que se vivencia, sentir, refletir...

  16. Como sair de uma lagoa de pathos? : narrativa de um mergulho

    Kasprczak, Alessandra da Costa
    A escrita deste Trabalho de Conclusão de Curso parte de uma experiência de pathos e trilha uma saída do sofrimento pela via da narrativa. A partir do saber da experiência, busca-se pensar a formação em psicologia, tomando como elementos os ventos, as ondas, as areias. O pensamento sentido acerca da presença é transversal na elaboração.

  17. Pensando as raízes : os pedagogos precursores do tema da espiritualidade na educação

    Lopes, Andrea Bernardes
    Esta estudo investiga os autores que inicialmente falaram de espiritualidade na educação e que ofereceram fundamentos teóricos para a (re)inserção da religiosidade/espiritualidade na Educação nos dias atuais. Utiliza como método de estudo uma pesquisa bibliográfica com o intuito de analisar o que já foi publicado sobre o tema, através da literatura publicada em artigos, revistas científicas e publicações outras como livros, enciclopédias, manuais e relatórios. Constata que os autores aqui apresentados contribuíram de forma significativa para a evolução da história da educação, passavam por verdadeiras “batalhas” diárias, construíram uma sólida caminhada e modificaram o fazer docente. Comenius, Rousseau, Pestalozzi, Rivail...

  18. Morte : fragmentos

    Maieron, Gilmar Fernando
    O presente trabalho tem por objetivo discutir a temática da morte à luz da Psicanálise, tendo como campo de interlocução o filme O Sétimo Selo, de Ingmar Bergman. Para tanto utiliza-se como método a análise fílmica, por meio da qual se produz a descrição de duas cenas do filme consideradas importantes no atinente à discussão. Partindo de um incômodo com relação ao tom que adota-se culturalmente frente à morte, bem como sustentando que a Psicanálise tem voz no laço social, discute-se as consequências da ideia de irrepresentabilidade perante o psiquismo como relação possível com a morte para este campo do...

  19. Kafka e seus contos : uma função mítica

    Garske, Hélio José de Abel
    Resumo não disponível

  20. A atuação profissional de educadores de creche e a compulsão à repetição : limitações do inconsciente

    Saldanha, Helena Castro
    O presente trabalho se propõe a discutir as atitudes inconscientes de educadores de creche diante de crianças com idades de 0 a 6 anos a partir de uma revisão bibliográfica da literatura. Visa-se a compreensão do conceito freudiano de compulsão à repetição como base teórica para pensar alguns aspectos do trabalho dos profissionais da área da educação infantil, especialmente no que se refere ao cuidado e contato afetivo com os bebês/crianças. Objetiva-se contextualizar o surgimento das creches na Europa e no Brasil a fim de viabilizar uma discussão pautada também no que refere à formação e ao suporte teórico que...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.