Recursos de colección

Repositorio da Universidade dos Açores (8.397 recursos)

O Repositório Institucional da Universidade dos Açores desenvolvido no âmbito do projecto RCAAP.

DCA - Parte ou Capítulo de um Livro / Part of Book or Chapter of Book

Mostrando recursos 1 - 14 de 14

  1. Description of the Terrestrial and marine biodiversity of the Azores

    Borges, Paulo A. V.; Bried, Joël; Costa, Ana C.; Cunha, Regina Tristão da; Gabriel, Rosalina; Gonçalves, Vitor; Martins, António M. de Frias; Melo, Ireneia; Parente, Manuela I.; Raposeiro, Pedro M.; Rodrigues, Pedro; Santos, Ricardo S.; Silva, Luís; Vieira, Paulo; Vieira, Virgílio; Mendoça, Enésima; Boieiro, Mário
    1. Os Açores são um arquipélago isolado de nove ilhas oceânicas, pertence à região biogeográfica da Macaronésia e está entre as regiões mais ricas em fungos, plantas e animais da Europa. Este capítulo destaca o que sabemos sobre os fungos, a fauna e a flora dos habitats terrestres, dulçaquícolas e marinhos dos Açores. 2. Neste capítulo, são apresentadas as estimativas do número total de espécies e subespécies conhecidas actualmente nos Açores. Todos os grupos taxonómicos terrestres mais importantes foram analisados: fungos, líquenes, diatomáceas dulçaquícolas, briófitos (musgos, hepáticas e antocerotas), plantas vasculares (licófitas, fetos, gimnospérmicas e angiospérmicas), platelmintes (vermes), nemátodos, anelídeos...

  2. Os artrópodes auxiliares generalistas associados às bananeiras na ilha Terceira (Açores)

    Moniz, João; Santos, Ana M. C.; Borges, Paulo A. V.; Mendonça, Enésima
    "A biodiversidade dos artrópodes associados às fruteiras dos Açores era, até há poucos anos, quase completamente desconhecida, resumindo-se apenas a listagens de pragas e indicação de uma ou outra espécie de auxiliar (e.g., Garcia & Furtado, 1980; Schanderl & Almeida, 1992; Cruz De Boelpaepe & Teixeira, 1990; Soares et al., 1992, 1994, 1996; Costa-Comelles et al., 1994). Com o projecto INTERFRUTA (Lopes et al., 2005) foi possível realizar um inventário mais ou menos exaustivo da diversidade de artrópodes predadores generalistas que podem actuar como auxiliares no combate a muitas pragas. Este projecto teve início em 2003 e resultou já num...

  3. Ilhas Oceânicas

    Borges, Paulo A. V.; Azevedo, Eduardo B.; Borba, Alfredo Emílio Silveira de; Dinis, Francisco; Gabriel, Rosalina; Silva, Emiliana
    Os arquipélagos dos Açores e Madeira constituem as duas zonas insulares portuguesas. Localizados no Oceano Atlântico, estes dois arquipélagos possuem uma importância estratégica em termos de zona económica exclusiva e em termos militares (e.g., Base Americana das Lajes na ilha Terceira). Na sua qualidade de ilhas oceânicas isoladas possuem igualmente ecossistemas singulares (e.g., a floresta de Laurissilva da Madeira foi recentemente nomeada como Património da UNESCO) e uma elevada diversidade de espécies únicas (ver as listas recentes da fauna e flora dos Açores e da Madeira e Selvagens; Borges et al., 2005a, 2008a). Apesar de cada um destes arquipélagos possuir...

  4. List of Earthworms (Annelida)

    Borges, Paulo A. V.
    A diversidade das minhocas (Annelida) é aqui compilada, em adição aos grupos de animais terrestres listados em detalhe noutros capítulos deste livro (Platyhelminthes, Nematoda, Mollusca, Arthropoda, Chordata). Com base na recente lista de espécies animais terrestres da Europa, projecto “Fauna Europaea” (http:// www.faunaeur.org), listam-se 21 espécies de anelí deos terrestres. É apresentada a distribuição das espécies ou subespécies nas nove ilhas dos Açores, usando-se a seguinte simbologia: COR – Corvo; FLO – Flores; FAI – Faial; PIC – Pico; GRA – Graciosa; SJG – São Jorge; TER – Terceira; SMG – São Miguel; SMR – Santa Maria. Quando não se...

  5. Canopy habitat area effect on the arthropod species densities in the Azores: pondering the contribution of tourist species and other life histories

    Ribeiro, Sérvio P.; Borges, Paulo A. V.
    "[…]. We performed a PIAR examining how plant cover area and plant crown structure influence the densities of arthropods in the canopies of one specific island, comparing various distinct natural reserves. Species densities were measured for two functional insect herbivore guilds (sap-sucking and leaf-chewing insects) and the most common predatory assembly in this system (spiders) in three different ways: i) the average number of specimens per plant; ii) the average number of specimens per transect, providing both fine and broad scales of species abundance (see Methods); iii) absolute numbers per reserve. Moreover, we investigated common versus scarce arthropod species distributions...

  6. Patterns of alpha and beta diversity of epigean arthropods at contrasting land-uses of an oceanic island (Terceira, Azores)

    Cardoso, Pedro; Gaspar, Clara; Dinis, Francisco; Borges, Paulo A. V.
    "[…]. To study the effect of land-use change in biological communities it is necessary to understand how are the different components of diversity distributed in space. Diversity has long been separated into different components according to the phenomena that interest ecologists (Whittaker, 1960, 1972): i) local species richness, i.e., alpha (community) diversity that measures the species richness of a local assemblage; ii) beta diversity, the degree of difference between communities (Whittaker et al., 2001), that measures turnover of species between communities and; iii) gamma (regional) diversity, which can be considered an equivalent to alpha diversity on a larger scale, but...

  7. The provisional status of arthropod inventories in the Macaronesian islands

    Lobo, Jorge M.; Borges, Paulo A. V.
    "[...]. We examined the available data on the most hyper-diverse group of terrestrial animals (the arthropods) with the aim to assess the general reliability of these Macaronesian inventories. First, we describe the main differences between archipelagos in the year of species description. These calculations allow us to compare the temporal pattern of the taxonomic process in the four archipelagos depending on the origin and range size of the species. Subsequently, we examine the shape and characteristics of discovery curves in order to obtain a provisional picture of the taxonomic completeness of current inventories and the amount of work that still...

  8. The Macaronesian province: patterns of species richness and endemism of arthropods

    Triantis, Kostas A.; Borges, Paulo A. V.; Hortal, Joaquín; Whittaker, Robert J.
    "[…]. The Macaronesian arthropod fauna displays a number of characteristics typical of oceanic islands, including a high degree of endemism, ranging from 19% for the Azores (Borges et al., 2005a), to 28% for Madeira (Borges et al., 2008a), 30% for Cape Verde (Arechavaleta etal., 2005) and 45% for the Canary Islands (Izquierdo et al., 2004; see Table I). The preponderance of endemic species has made the Macaronesian islands an outstanding area for studies of evolution and speciation, and arthropods from these islands have been the focus of particularly intensive investigation in the last ten years. Numerous biogeographic analyses of Macaronesian...

  9. The arthropods (Arthropoda) of Madeira and Selvagens archipelagos

    Borges, Paulo A. V.; Aguiar, António F.; Boieiro, Mário; Carles-Tolrá, Miguel; Serrano, Artur R. M.
    Os artrópodes terrestres (e.g. aranhas, ácaros, outros aracnídeos, crustáceos, centopeias, diplópodes, insectos, etc.) são o grupo de animais dominante na Terra. Nos arquipélagos da Madeira e das Selvagens, este grupo é também o mais diverso e inclui espécies associadas a uma grande variedade de ecossistemas. 2. Com base na revisão detalhada da bibliografia existente e de outros registos não publicados, foram listados 3891 taxa (espécies e subespécies) de artrópodes terrestres, que pertencem a 462 famílias e 2118 géneros. O subfilo Hexapoda (no qual estão incluídos os insectos) é o mais diverso de todos os subfilos de artrópodes, com 3394 taxa,...

  10. Preliminary list of the terrestrial flatworms and earthworms (Platyhelminthes and Annelida) from the archipelagos of Madeira and Selvagens

    Borges, Paulo A. V.
    Apresenta -se uma lista preliminar dos filos Platyhelminthes e Annelida terrestres dos arquipélagos da Madeira e Selvagens. Com base na recente lista de espécies animais terrestres da Europa, projecto “Fauna Europaea” (http://www.faunaeur.org), listam -se sete espécies de platelmintes e 36 espécies de anelídeos terrestres. Em adição aos grupos de animais listados em detalhe em outros capítulos deste livro (Nematoda, Mollusca, Arthropoda, Chordata), a diversidade de dois outros grupos de animais (Platyhelminthes, Annelida) é aqui compilada. Com base na recente lista de espécies animais terrestres da Europa, projecto “Fauna Europaea” (http://www.faunaeur. org), e ainda nos trabalhos de Hughes et al. (1998)...

  11. Using predictive models of species distribution to validate biodiversity data: case studies for Madeira Island

    Jiménez-Valverde, Alberto; Hortal, Joaquín; Lobo, Jorge M.; Borges, Paulo A. V.; Abreu, Cristina; Aguiar, António F.; Azevedo, Eduardo B.; Boieiro, Mário; Fontinha, Susana; Jardim, Roberto; Oliveira, Paulo; Sérgio, Cecília; Serrano, Artur R. M.; Sim-Sim, Manuela; Nunes, Duarte
    Os modelos preditivos de distribuição de espécies são uma importante ferramenta para lidar com a falta de informação biogeográfica existente para a maior parte dos taxa. Com esta técnica, estabelece -se uma relação entre a variável dependente (presença/ausência de uma espécie) e um conjunto de variáveis potencialmente preditoras, e é criado um mapa com a probabilidade de presença da espécie para uma determinada área de interesse. Neste capítulo, é usado o programa Maxent para criar modelos de distribuição potencial de um conjunto seleccionado de espécies, e os resultados obtidos são discutidos com base no conhecimento de especialistas nessas espécies.

  12. Terrestrial and freshwater biodiversity of the Madeira and Selvagens archipelagos

    Borges, Paulo A. V.; Abreu, Cristina; Aguiar, António F.; Carvalho, Palmira; Fontinha, Susana; Jardim, Roberto; Melo, Ireneia; Oliveira, Paulo; Sequeira, Miguel M.; Sérgio, Cecília; Serrano, Artur R. M.; Sim-Sim, Manuela; Vieira, Paulo
    As ilhas atlânticas dos Açores, Madeira, Selvagens, Canárias e Cabo Verde constituem uma das regiões da Europa mais ricas em diversidade de fungos, plantas e animais. Desde 2004 que a inventariação detalhada da diversidade destas ilhas tem sido um dos principais objectivos dos projectos ATLÂNTICO e BIONATURA (incluídos no projecto EU INTERREG IIIB). Este livro é a mais recente contribuição destes projectos, apresentando uma lista de todos os fungos, flora e fauna terrestre conhecida, incluindo a dulçaquícola, para dois arquipélagos atlânticos (Madeira e Selvagens). A lista abrange o arquipélago da Madeira, constituído por duas ilhas de maiores dimensões (Madeira e...

  13. Preliminary list of the Terrestrial Nematoda, Annelida and Chordata from the Azores

    Borges, Paulo A. V.
    Apresenta-se uma lista preliminar dos Filos Nematoda, Annelida e Chordata terrestres dos Açores. Com base na recente lista de espécies animais terrestres da Europa, projecto “Fauna Europaea” (http://www.faunaeur.org), listam-se 80 espécies de nemátodos e 21 espécies de anelídeos terrestres. As cerca de 49 espécies de vertebrados (Chordata) listados correspondem às espécies que se reproduzem nos Açores.

  14. Reacting Mixtures at Low Density - Alkali Metal Vapours

    Fialho, Paulo; Ramires, Maria de Lurdes V.; Nieto de Castro, Carlos A.; Fareleira, João M.N.A.
    This chapter is dedicated to the memory of Professor V. B. Vargaftik (1904-1994) for his outstanding contributions in the field of thermophysical properties of alkali metal vapors.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.