Mostrando recursos 1 - 20 de 144

  1. Indagar da vontade espontânea das crianças para a realização de atividades no domínio das ciências

    Teodoro, Merícia Freitas
    Este estudo realizou-se no ano letivo 2016/2017, no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar, e intitula-se Indagar da vontade espontânea das crianças para a realização de atividades no domínio das Ciências. A escolha do tema deveu-se a uma preferência pessoal pelas Ciências Físicas e Naturais e pela vontade de demostrar/comprovar que é possível realizar atividades no domínio das Ciências no Jardim de Infância, tendo como ponto de partida os interesses das crianças. A investigação decorreu numa Instituição Particular de Solidariedade Social, com um grupo heterogéneo de 25 crianças, em contexto Pré-Escolar. O estudo partiu das questões...

  2. Acompanhamento da inclusão socioeducativa de alunos com necessidades educativas especiais numa Escola Básica de 2º e 3º Ciclos do Algarve

    Ramos, Tatiana Teixeira
    O presente relatório descreve todo o trabalho realizado no âmbito do estágio curricular desenvolvido na Unidade de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Perturbação do Espetro do Autismo (UEEA) de uma Escola Básica de 2º e 3º Ciclos do Algarve, cujo objetivo passou por acompanhar e auxiliar alunos com Perturbação do Espetro do Autismo (PEA) na sua inclusão escolar, social e educativa. No decorrer do estágio curricular, o trabalho desenvolvido contemplou a participação em reuniões do Departamento de Educação Especial, o planeamento, acompanhamento e colaboração na elaboração e desenvolvimento de todas as atividades previstas pela escola e pelo Departamento...

  3. Compreender para intervir: um estágio no centro de apoio à família e à comunidade de Monchique

    Maio, Catarina Filipa Silva
    O presente relatório de estágio apresenta o trabalho desenvolvido no âmbito do Mestrado em Educação Social, centrado em dois projetos: o projeto “Sou teu amigo!” e o projeto “Semear a autonomia”. A realização destes projetos procurou dar resposta às necessidades de intervenção junto de dois públicos-alvo diferentes, ambos, objeto de intervenção por parte da entidade de acolhimento. O projeto “Sou teu amigo!” teve como público-alvo os alunos das escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico e teve como objetivos melhorar a interação dos alunos no recreio, incentivar a interajuda, promover a comunicação e o respeito nas relações interpessoais, pretendendo-se prevenir...

  4. Sensibilização de crianças em idade pré-escolar para a necessidade de adoção de comportamentos alimentares saudáveis

    Silva, Ana Rita Oliveira
    Este estudo realizou-se no ano letivo 2016/2017, no contexto da unidade curricular Prática de Ensino Supervisionada (PES) do Mestrado em Educação Pré-Escolar e intitula-se sensibilização de crianças em idade pré-escolar para a necessidade de adoção de comportamentos alimentares saudáveis. A escolha deste tema deveu-se ao facto de, no decorrer da observação direta em contexto de PES, se ter deparado com a rejeição por parte de algumas crianças, de alguns alimentos que eram fornecidos às refeições pelo jardim de infância. A investigação decorreu numa instituição de cariz pré-escolar localizada no concelho de Loulé, com um grupo de entre os 3 e...

  5. Jogos infantis e desenvolvimento da coordenação interpessoal

    Silva, Sofia Beatriz Sentieiro da
    No presente estudo pretendemos investigar como é que as crianças em idade pré-escolar interagem num jogo cooperativo que implica a perceção da sua capacidade de ação e da capacidade de ação de outras crianças, mais concretamente a perceção da affordance de alcançabilidade horizontal. Participaram no estudo 70 crianças dos 3 aos 6 anos. A tarefa experimental consistiu num jogo realizado a pares no qual uma das crianças tinha como objetivo percorrer um caminho de 6 metros colocando apenas um pé em marcas que iam sendo colocadas no chão pelo colega. Esta tarefa foi instruída aos participantes utilizando uma linguagem e imaginário...

  6. A (re)organização do espaço da escrita na sala de atividades: o despertar do interesse pela linguagem escrita num grupo de 2 e 3 anos

    Tavares, Érica Cristina Simão
    O presente relatório de investigação intitula-se «A (re)organização do espaço da escrita na sala de atividades: o despertar do interesse pela linguagem escrita num grupo de 2 e 3 anos» e foi realizado no âmbito da unidade curricular Prática de Ensino Supervisionada (PES), no ano letivo de 2016/2017. A investigação realizou-se num jardim de infância privado, em Faro, onde perante um grupo de 15 crianças, entre os 2 e os 3 anos de idade, compreendeu-se que a maioria das crianças não estava desperta, no início do ano lectivo, para qualquer atividade relacionada com o desenho (de forma espontânea) e, consequentemente,...

  7. Competências parentais e perceção das dificuldades e capacidades dos filhos. Um estudo com pais e mães algarvios

    Oliveira, Ângela Sofia Tavares
    As competências parentais percebidas são um constructo cognitivo e emocional que se refere aos julgamentos que os pais fazem sobre suas competências para desempenhar tarefas relacionadas com a parentalidade. São um determinante importante do comportamento parental e estão estreitamente relacionadas com o ajustamento e bem-estar infantil. O presente estudo teve como objetivo analisar as diferenças entre pais e mães nas competências parentais e na perceção das capacidades e dificuldades dos filhos. Participaram 164 pais (85 mães e 79 pais) com uma idade média de 39,15 anos aos quais foram aplicados, através de uma entrevista individual, os seguintes instrumentos: A Escala de...

  8. Qualidade de vida de idosos em centro de dia e em serviço de apoio domiciliário

    Estêvão, Susana Margarida Vidigueira Paulito
    Um dos maiores avanços na história da humanidade é o facto da Esperança Média de Vida estar, em vários países, acima dos 80 anos. No entanto, este envelhecimento populacional acarreta sérias questões na sociedade, sendo que uma das maiores preocupações atualmente é a qualidade de vida dos idosos. Por essa razão, esta investigação centra-se na qualidade de vida de idosos em Centro de Dia e em Serviço de Apoio Domiciliário para que seja possível contribuir para os estudos já existentes na região do Algarve. Este estudo tem como principal objetivo avaliar e comparar a qualidade de vida entre os idosos institucionalizados...

  9. O procedimento científico de observação utilizado como ferramenta de promoção da sensibilização ecológica

    Manuel, Inês Catarina Salvador
    O presente projeto de investigação e de intervenção intitula-se O procedimento científico de observação utilizado como ferramenta de sensibilização ecológica e foi desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada II, durante o ano letivo de 2016/2017. Integrou práticas pedagógicas relacionadas com as Ciências, utilizando os espaços naturais próximos da instituição onde decorreu o estágio profissional (mata de Loulé), com vista a trabalhar as noções de espaço; a capacidade de memorização e de concentração; sensibilizar para a conservação da natureza; promover o contacto com diferentes recursos naturais e científicos e estimular o espírito-crítico e o espírito de...

  10. Interações comunicativas entre uma educadora e crianças abrangidas pela intervenção precoce na infância: uma proposta de intervenção educacional

    Carvalho, Paula Cristina Silva de
    Sendo a ação educativa eminentemente um ato de comunicação, dado que implica formas de interação, fundamentalmente, do âmbito interpessoal, é pertinente o estudo do processo de comunicação, como interação social, para um melhor conhecimento e intervenção ao nível educativo. Este estudo compreende as interações comunicativas entre uma educadora e duas crianças, abrangidas pela Intervenção Precoce na Infância, do ponto de vista da intervenção educacional, no contexto natural das crianças. A fundamentação teórica abrange a Intervenção Precoce na Infância, em termos do seu enquadramento legal e suporte teórico, o qual defende a abordagem holística, baseada nos contextos em que a criança...

  11. Contributos do teatro para o envelhecimento (cri)ativo

    Gonçalves, Nídia; Anica, Aurízia
    Diante do novo paradigma do envelhecimento urgem projetos e práticas promotoras do envelhecimento ativo. O presente artigo interrelaciona duas grandes áreas do conhecimento – o Teatro e o Envelhecimento Ativo/Criativo. Analisa as mesmas, no intuito de compreender os benefícios da prática teatral, principalmente, em aspetos associados à saúde e ao bem-estar dos idosos. E visa partilhar o estudo de caso realizado com o Grupo de Teatro Sénior de Silves, no Algarve, Portugal. Os resultados indicam contributos do teatro no processo de envelhecimento, em sete âmbitos: Participação; Saúde Mental; Socialização; Cooperação; Envolvimento Pessoal e Compromisso com a Vida; Valorização e Reconhecimento; Superação.

  12. Envelhecer no Algarve

    Anica, Aurízia
    O processo de envelhecimento da população no Algarve tem suscitado a atenção dos investigadores vai para uma década. O oblívio a que esta região era votada pelos investigadores dedicados à temática do envelhecimento, os quais raramente desciam a sul do Tejo para recolha de dados, começou a ser ultrapassado quando a Universidade do Algarve decidiu criar o curso de mestrado em Gerontologia Social. O crescente interesse pela investigação sobre aquela temática que, entretanto, concitava o investimento de organizações e poderes internacionais e nacionais, ficou assinalado pela realização, em 2013, na Escola Superior de Educação e Comunicação, da Conferência Internacional dedicada...

  13. Envelhecer no Algarve. Perceções, perfis e qualidade de vida no envelhecimento

    Anica, Aurízia
    Será o Algarve esse lugar de excelência para envelhecer que o estereótipo tem difundido? Como se envelhece de facto no Algarve? Objetivos: No intuito de delinear uma resposta a esta dupla questão, faz-se uma revisão sistemática da literatura sobre o tema, procurando saber como percecionam os residentes no Algarve o seu próprio processo de envelhecimento e que fatores se relacionam com a qualidade de vida percebida no mesmo. Método: A pesquisa bibliográfica restringiu-se a artigos científicos, dissertações e livros relativos a resultados de investigações empíricas realizadas sobre o contexto algarvio, identificados por meio dos recursos on-line SAPIENTIA, RCAAP e b-on. Para...

  14. Introdução

    Anica, Aurízia
    Apresenta-se a obra Envelhecer no Algarve, a qual pretende dar um contributo para a resposta a questões relativas aos modos de envelhecer na região algarvia, como as seguintes: como se entende atualmente o envelhecimento humano? O que pensam as pessoas em idade avançada, residentes no Algarve, sobre o seu próprio processo de envelhecimento, sobre a sua felicidade, sobre a sua qualidade de vida? Que perfis de funcionamento psicológico e funcional se encontram na região e como se caracterizam? Quais as condições do envelhecimento positivo? Quais os fatores da qualidade de vida no envelhecimento? Quais os preditores do envelhecimento empobrecido ou...

  15. Concluí o 12.º ano, que novas oportunidades terei? Um estudo de caso do Centro Novas Oportunidades da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira

    Quintal, Letícia do Carmo Duarte
    A presente dissertação de Mestrado pretende constatar o contributo da Certificação de Nível Secundário (NS) para a vida profissional, familiar, pessoal e social dos participantes do processo de RVCC / NS (Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências de nível secundário) que concluíram este processo entre Maio e Dezembro de 2009. Para constatar a importância deste processo na vida dos participantes, foi realizado um estudo de caso, utilizando com técnicas de recolha de informação, as entrevistas por questionário e entrevistas semi-directivas. No caso do questionário, as perguntas foram efectuadas para que os sujeitos respondessem em dois momentos diferentes, primeiramente, antes...

  16. Exploring educational immersive videogames: an empirical study with a 3D multimodal interaction prototype

    Fernandes, Luis Miguel Alves; Matos, Gonçalo Cruz; Azevedo, Diogo; Nunes, Ricardo Rodrigues; Paredes, Hugo; Morgado, Leonel; Barbosa, Luis Filipe; Martins, Paulo; Fonseca, Benjamim; Cristovão, Paulo; de Carvalho, Fausto; Cardoso, Bernardo
    Gestural interaction devices emerged and originated various studies on multimodal human-computer interaction to improve user experience (UX). However, there is a knowledge gap regarding the use of these devices to enhance learning. We present an exploratory study which analysed the UX with a multimodal immersive videogame prototype, based on a Portuguese historical/cultural episode. Evaluation tests took place in high school environments and public videogaming events. Two users would be present simultaneously in the same virtual reality (VR) environment: one as the helmsman aboard Vasco da Gama's fifteenth-century Portuguese ship and the other as the mythical Adamastor stone giant at the...

  17. Non-traditional students in higher education: barriers to learning and professional insertion

    Fragoso de Almeida, António; Quintas, Helena Luisa; Campos Goncalves, Teresa Isabel
    This article emerges from two research projects focused on non-traditional students in higher education. Our objectives aims to understand the barriers of learning and academic success, considering the perspectives of the several social actors in the academia; and to understand the barriers of the same students had in their transition to the work environment. The results show that a set of situational and institutional factors work as obstacles to these students. The results also show that age is a determinant factor regarding hiring and that the characteristics of the labour market today make hard the professional insertion of non-traditional undergraduates.

  18. O contributo das vivências musicais familiares no desenvolvimento da criança

    Domingos, Sónia Margarida Simão
    O presente estudo, de natureza qualitativa, realizou-se no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada e aborda a temática “o contributo das vivências musicais familiares no desenvolvimento da criança”. Como tal, procurámos conhecer as vivências, gostos e interesses musicais das famílias das crianças; conhecer as conceções da educadora acerca das potencialidades da música no desenvolvimento da criança e, por fim, conhecer os interesses musicais de cinco crianças, selecionadas de acordo com as respostas obtidas nos questionários efetuados aos encarregados de educação. Em síntese, o estudo indica que as vivências musicais familiares são determinantes para o desenvolvimento da aptidão musical da criança. Na verdade,...

  19. A intervenção do educador na integração e acompanhamento das crianças com síndrome de Asperger

    Niz, Sofia Isabel Carvalho
    O presente estudo de natureza qualitativa foi realizado no contexto da Prática de Ensino Supervisionada visando evidenciar a importância do papel da Educadora de Infância na integração e no acompanhamento da criança com Síndrome de Asperger. Para tal, foram questionadas as educadoras que lidam com uma criança com Síndrome de Asperger, designadamente a que a acompanha diariamente e aquela ligada às equipas de intervenção precoce, tendo sido inquiridos complementarmente os pais sobre as questões focadas. Pretendeu-se, a partir da análise e interpretação dos dados recolhidos, confrontados com os referenciais conceptuais relevantes, extrair algumas ilações que permitam melhor compreender a problemática em estudo,...

  20. Importância da motivação no desenvolvimento da aprendizagem na educação pré-escolar

    Pereira, Cassandra Paula Afonso
    O presente trabalho, de caráter exploratório, assume-se como sendo qualitativo e descritivo e tem como principal objetivo conhecer o papel da motivação no processo de desenvolvimento e aprendizagem na criança em idade pré-escolar. Deste modo e, num contexto de Prática de Ensino Supervisionada, foi elaborado o presente estudo referente a três educadoras de infância, com o objetivo de perceber a importância da motivação no desenvolvimento da aprendizagem revelada pelas mesmas, ao longo da educação pré-escolar. Para tal, recorremos à entrevista semiestruturada, realizada a três educadoras de infância, de grupos de idades heterogéneas, de três e de quatro anos de idade, respetivamente. Aspira-se...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.