Mostrando recursos 1 - 20 de 94

  1. Differential evolution in shortest path problems

    Guerreiro, Pedro; Jesus, Mário Carlos Machado; Marquez, Alberto
    This paper proves that the Differential Evolution (DE) algorithm is valid to solve the Shortest Path (SP) problem in random, median sized networks. From the trials, we have obtained an 9% accuracy, in the worst case scenario.

  2. On the trail of the storks. Proposal for a pedestrian circuit in Faro (Algarve, Portugal)

    Gonçalves, Marta
    A proposal for a pedestrian circuit in the city of Faro is presented, based on a “small” natural heritage - the White Stork (Ciconia Ciconia) - as a starting-point to become ac-quainted with the cultural architectural heritage. Faro has various cultural routes, but the origi-nality of this circuit consists on the fact that it highlights the cultural heritage of the town, pro-ceeding from an element of its natural heritage, which is one of the town’s landmarks and part of its genius loci. It is shown how a simple idea can enhance a locality and encourage the ex-ploitation of the local...

  3. O método da biónica num projecto de Design Técnico

    Rosendahl, Stefan; Pato, Alcina; Ros, Vasile; Gonçalves, Marta Marçal
    Usando o exemplo da estrutura interna de um coral, descreve-se a metodologia da Biónica, aplicada para a concepção de um filtro biocida para equipamento de ar condicionado. O efeito anti-bacteriano é obtido através de um revestimento interior de nanopartículas de prata.

  4. Estruturas mediterrânicas tradicionais. A utopia da paisagem urbano-turística do Algarve

    Bragança, Carlos; Gonçalves, Marta; Prates, Gonçalo Nuno Delgado
    Uma das características marcantes das paisagens mediterrânicas é a armação dos terrenos montanhosos em socalcos suportados por muros de pedra seca. Além do carácter identitário que imprimem na paisagem, as construções milenares em pedra seca estabelecem uma rede de compartimentação com várias funções ou utilidades, como suporte de terras, drenagem, armazenamento de águas, divisão de propriedade, limitação de caminhos e veredas. Para além destas funções, focar-nos-emos de forma especial nos valores sociais e éticos capazes de gerar alternativas de evolução da paisagem. No Algarve, se bem que os valores atribuídos pelas populações locais sejam determinantes nessa evolução, o papel dos turistas e população residente estrangeira pode, no entanto,...

  5. Building the landscape. Rehabilitation and renewal of traditional mediterranean structures

    Bragança, Carlos; Gonçalves, Marta
    One of the main features of Mediterranean landscapes, particularly in limestone areas, is the terraced land frame, usually supported by dry stone walls. In addition to the scenic aspects and landscape identity, network compartmentalization established by terraces, property division walls, pathways and traditional paths, shapes ecological corridors that frame the different human activities. It is a structure whose conservation is particularly important in areas of intense human impact, or rapid transformation, such as the urban-tourist spaces of the Algarve, where the hills displayed by such structures form the background scenario. In order to put in value their importance for landscape conservation and evolution, this presentation will focus on...

  6. Análise da acessibilidade a equipamentos na cidade de Faro com recurso a SIG

    Martins, Catarina; Rodrigues, J. I.; Rosa, Maria Manuela Pires
    Atualmente é crescente a preocupação com o tema da sustentabilidade urbana e tem-se perceção do contributo da mobilidade e acessibilidade para a qualidade de vida dos cidadãos e para a qualidade ambiental e social do meio urbano. Neste domínio, há que promover uma mobilidade mais saudável, melhorando as infraestruturas pedonais que incentivam a marcha a pé. Promover um urbanismo de proximidade onde ocorra uma adequada localização dos equipamentos coletivos numa cidade pode potenciar o uso de modos suaves e de transportes coletivos em detrimento de modos individuais motorizados, levando a uma maior sustentabilidade urbana. Assim, pretendeu-se estudar, para o caso...

  7. Análise da acessibilidade a equipamentos na cidade de Faro com recurso a SIG

    Martins, Catarina; Rodrigues, J. I.; Rosa, Maria Manuela Pires
    Atualmente é crescente a preocupação com o tema da sustentabilidade urbana e tem-se perceção do contributo da mobilidade e acessibilidade para a qualidade de vida dos cidadãos e para a qualidade ambiental e social do meio urbano. Neste domínio, há que promover uma mobilidade mais saudável, melhorando as infraestruturas pedonais que incentivam a marcha a pé. Promover um urbanismo de proximidade onde ocorra uma adequada localização dos equipamentos coletivos numa cidade pode potenciar o uso de modos suaves e de transportes coletivos em detrimento de modos individuais motorizados, levando a uma maior sustentabilidade urbana. Assim, pretendeu-se estudar, para o caso...

  8. Segurança sísmica em áreas de reabilitação urbana localizadas em zonas ribeirinhas do Algarve

    Estêvão, João Manuel Carvalho
    Nos últimos anos foram definidas diversas Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) um pouco por todo o Algarve, no enquadramento da legislação atualmente em vigor, sendo que muitas delas se localizam em zonas ribeirinhas. Em muitos dos documentos anexos à criação das ARUs situadas no Algarve aparecem referências aos danos motivados por sismos, com particular ênfase nos que resultaram do sismo de 1 de novembro de 1755. É também referida a influência deste sismo na alteração do tecido urbano das zonas afetadas. De uma forma geral, não são apresentados documentos oficiais que realcem o problema do risco sísmico associado às ARUs...

  9. Seafood: a key feature of the mediterranean diet

    Aníbal, Jaime
    The Mediterranean Diet is based on three pillars: bread, olive oil and wine. These food products supply carbohydrates and lipids to the diet, but they lack proteins. Traditionally, in the Mediterranean Diet three meals per week should include seafood to contribute to the specified protein dietary requirements. Seafood is “any form of sea life regarded as food by humans”, and prominently includes fish, shellfish, and edible sea plants. In some countries, the term also includes freshwater organisms. Seafood is a good source of essential amino acids, such as phenylalanine and tryptophan, and of essential fatty acids, particularly omega-3 and omega-6.

  10. Seafood: a key feature of the mediterranean diet

    Aníbal, J.
    The Mediterranean Diet is based on three pillars: bread, olive oil and wine. These food products supply carbohydrates and lipids to the diet, but they lack proteins. Traditionally, in the Mediterranean Diet three meals per week should include seafood to contribute to the specified protein dietary requirements. Seafood is “any form of sea life regarded as food by humans”, and prominently includes fish, shellfish, and edible sea plants. In some countries, the term also includes freshwater organisms. Seafood is a good source of essential amino acids, such as phenylalanine and tryptophan, and of essential fatty acids, particularly omega-3 and omega-6.

  11. Apresentação de um Modelo Distribuído de Precipitação/Escoamento Superficial

    Lança, Rui; Carmona Rodrigues, António
    O modelo de simulação do escoamento superficial assenta sobre um modelo digital de terreno constituído por uma malha regular de células.

  12. Revisão dos sistemas de classificação da qualidade superficial do betão à vista

    Almeida, Elson; Carretero, Narciso
    Sendo o material de construção mais utilizado atualmente, o betão tem vindo a ser sucessivamente melhorado de modo a responder às crescentes exigências técnicas, estéticas, funcionais e ambientais impostas pelos projetistas no que toca à sua utilização. De entre estas exigências destaca-se a utilização de paramentos com elevado desempenho a nível estético de modo a corresponderem aos objetivos idealizados pela arquitetura. Desta forma, têm vindo a ser cada vez mais desenvolvidos os betões com elevado desempenho a nível arquitetónico, onde se englobam os betões à vista quer nas suas cores usuais – cinzento e branco - como os betões coloridos....

  13. Physicochemical and microbiological changes in dried small-spotted catshark (Scyliorhynus canicula): developing an alternative shark-based salted-dried seafood product

    E., Esteves; Hugo, Lourenço; Igor, Rosa; J., Aníbal
    A relatively high proportion of harvested seafood is still wasted due to spoilage, particularly in developing countries, or because they are by-catches or have little economic value, seemingly related to inherent problems linked to unattractive color, flavor, texture, small size, and high-fat content. Thus, many fish and seafood species are still underutilized.

  14. Metodologia para o dimensionamento do reforço sísmico de edifícios

    Carreira, Ana Sofia da Silva
    Neste artigo apresenta-se uma metodologia para o dimensionamento do reforço de edifícios existentes com estrutura em betão armado, sujeitos à acção sísmica. O método de análise é constituído por três fases: avaliação estrutural; avaliação da segurança estrutural e dimensionamento do reforço.

  15. Sensometrics: a análise sensorial de bebidas numa perspetiva estatística

    Esteves, E.
    Conferência plenária apresentada em 20 de Maio de 2016 no Fórum ALABE 2016

  16. Verificação experimental do nível de precisão do método dos elementos de fibras de contacto

    Estêvão, João Manuel Carvalho; Carreira, Ana
    A obtenção de soluções analíticas de sistemas dinâmicos com distribuição contínua da massa apresenta uma elevada complexidade. Os problemas práticos envolvem, normalmente, um processo de discretização com maior ou menor número de graus de liberdade. Nestes problemas discretos, a massa do sistema dinâmico é concentrada num número finito de nós. Contudo, este processo de discretização origina soluções que correspondem somente a uma aproximação da solução exata, pois a massa está distribuída de uma forma contínua. O número mínimo de graus de liberdade a considerar na resolução deste tipo de problemas depende muito da sua natureza, e do método adotado para...

  17. Incertezas na simulação estocástica de sismos: o caso dos Açores

    Estêvão, João Manuel Carvalho; Carvalho, Alexandra
    A simulação estocástica tem sido utilizada, com algum grau de sucesso, para a obtenção de acelerogramas em zonas onde não existem muitos registos instrumentais de sismos intensos ocorridos no passado, e pode ser uma ferramenta importante nesse contexto. Contudo, essas simulações deverão, necessariamente, ser previamente validadas através de registos de sismos ocorridos no passado, dada a grande incerteza associada à definição de cenários sísmicos. É muito difícil prever qualquer um dos processos, complexos, de geração do sismo, de propagação da energia e dos efeitos locais, nomeadamente as características da rotura, designadamente o padrão de deslizamentos e a queda de tensão...

  18. Análise da perigosidade sísmica do Algarve: o passado e o futuro

    Estêvão, João Manuel Carvalho
    Os sismos ocorridos na última década, um pouco por todo o mundo, têm apresentado valores de vibração muito superiores aos espectáveis através dos estudos tradicionais de perigosidade sísmica. Este facto é de especial importância para o Algarve, tendo em conta a proximidade da região em relação às principais fontes sísmicas de que existe conhecimento no continente Português, e tendo em atenção aos relatos históricos de destruição ocorrida no passado. Os estudos realizados no passado para a região têm apresentado uma grande dispersão de resultados, o que agrava a incerteza sobre qual será o nível de vibração sísmica provável. Neste trabalho,...

  19. Novo método de análise de estruturas com alvenarias de enchimento

    Estêvão, João Manuel Carvalho; Oliveira, Carlos S.
    Os sismos ocorridos em L’Aquila (Itália), em 2009, e em Lorca (Espanha), em 2011, são exemplos de sismos que evidenciaram os efeitos das alvenarias não estruturais de enchimento na resposta sísmica dos edifícios de estrutura em betão armado. O Eurocódigo 8 (EC8) também apresenta muitas referências aos efeitos negativos das alvenarias de enchimento nos pilares, referindo a necessidade de incorporar esses efeitos nos modelos quando se pretende explorar a ductilidade da estrutura, principalmente em situações de distribuição irregular desses painéis em planta e em altura. O processo mais usual de incorporar esses efeitos tem sido através da consideração de macromodelos,...

  20. Cálculo automático de pilares de betão armado com base no "Capacity Design"

    Silvestre, Filipe; Estêvão, João Manuel Carvalho
    As regras de cálculo pela capacidade real ("capacity design") da NP EN 1998-1:2010 (EC8) trazem novos desafios ao projetos de estruturas de betão armado em zonas sísmicas, dado que os pilares são dimensionados com base nos reais momentos resistentes das vigas (secções em "T"), em vez de se considerarem, unicamente, os esforços de cálculo associados a um determinado espectro de resposta elástica. Por outro lado, a NP EN 1992-1-1:2010 (EC2) apresenta um diagrama de cálculo das armaduras com um ramo inclinado após a plastificação, e estipula regras para a distribuição de tensões em banzos comprimidos semelhantes às propostas para os...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.