Mostrando recursos 1 - 17 de 17

  1. O ensino e a investigação do envelhecimento no Algarve

    Anica, Aurízia
    A apresentação foi realizada na Universidade de Málaga, no Congresso do Envelhecimento Ativo e Educação (26 e 27 de Maio de 2016), e tem por objeto a história e as características da formação pós-graduada em Gerontologia Social na Universidade do Algarve, incluindo a investigação desenvolvida sobre o envelhecimento no âmbito desta formação.

  2. Conhecimento das ciências para o ensino da célula: um estudo de caso instrumental

    Santos, C. Susana; Monteiro, Rute; Ribeiro, Carlos Miguel
    Para se ser professor de Ciências da Natureza não é suficiente, por um lado, um conhecimento equiparável ao dos alunos, e por outro tampouco é suficiente um conhecimento enciclopédico sobre cada um dos tópicos de forma isolada, ou de um mero conjunto de estratégias gerais de gestão do espaço de sala de aula.

  3. Maria Veleda e as mulheres portuguesas do Século XXI

    Anica, Aurízia
    Para responder à questão «Que significado poderá ter Maria Veleda para as mulheres portuguesas do séc. XXI?» procura-se contextualizar o processo de formação cultural e política de Maria Veleda, enquanto vulto do movimento feminista republicado, no âmbito regional, nacional e internacional. Caracteriza-se o seu pensamento e ação nos múltiplos níveis em que se fez sentir ao longo do seu percurso de vida e conclui-se que Maria Veleda continua, ainda hoje, a ser uma personalidade inspiradora de primeira grandeza para todos os que não abdicam de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e equilibrada no que respeita às...

  4. Feiras de atividades em ciências para a educação pré-escolar concretizadas na Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve

    Coelho, Ana Cristina; Gonçalves, Carla Dionísio; Cavaco, Teresa; Baião, Ana; Correia, Raquel; Horta, Maria Helena; Guerreiro, António
    Comunicação apresentada no XV Encontro Nacional de Educação em Ciências (XV ENEC 2014), dedicado ao tema "Tendências atuais em educação em ciências".

  5. De pequenino se torce o pepino. Os provérbios no jardim de infância.

    Horta, Maria Helena; Brás, Nídia Mestre
    Projeto desenvolvido numa sala do jardim de infância "Arc-Íris"de Faro, tendo os provérbios como ponto de partida.

  6. Conversas sobre a infância 2013. Instrumentos potencializadores do desenvolvimento da linguagem oral e escrita.

    Horta, Maria Helena; Conceição, Leila; Colaço, Helena
    No âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar da Universidade do Algarve. Biblioteca Municipal de Faro. Outubro 2013

  7. Ensino superior na sala de aula do ensino básico: experiência de formação em matemática

    Guerreiro, António; Veia, Luciano
    A melhoria de condições de ensino e aprendizagem da matemática e a valorização dos professores nesta disciplina constitui um desafio para todos os países, para todos os governos e para todas as instituições de ensino superior, particularmente para as instituições de formação de educadores (crianças dos 3 aos 5 anos) e de professores do ensino básico (estudantes dos 6 aos 15 anos) e do ensino secundário (estudantes dos 16 aos 18 anos). Tendo em vista o reforço do conhecimento matemático dos professores dos primeiros anos de escolaridade, o governo português decidiu, em 2005, criar um Programa de Formação Contínua e Matemática...

  8. As condições sociais das mulheres no século XIX

    Anica, Aurízia
    Conferência realizada a convite da Casa Álvaro de Campos, Tavira.

  9. O significado do Dia Internacional das Mulheres no Portugal do séc. XXI

    Anica, Aurízia
    Com esta conferência pretende-se contribuir para a construção de um significado para a comemoração do Dia da Mulher, conjugando as perspetivas do presente, do passado e do futuro.

  10. Envelhecimento ativo e educação

    Anica, Aurízia
    O envelhecimento humano é um período do ciclo de vida caracterizado pela diversidade, plasticidade e multiplicidade das trajetórias desenvolvimentais, importando que seja «bem-sucedido» ou «ativo», assente na participação social, na saúde e na segurança, âmbitos nos quais é decisiva a educação. A educação ao longo da vida permite neste processo maximizar os ganhos e minimizar as perdas. O envelhecimento, embora universal, ocorre de forma diferenciada, segundo o indivíduo, o género e a cultura, motivos pelos quais a aprendizagem ao longo da vida deve incluir os mais velhos e contemplar uma abordagem biográfica, participativa, contextualizada.

  11. Formação pós-graduada em Gerontologia Social na UALG: balanço e perspetivas

    Anica, Aurízia
    Pretende-se traçar as linhas de evolução da oferta formativa da UALG na área da Gerontologia, desde a criação do curso de pós-graduação até à criação do curso de mestrado, caracterizando a evolução da procura de formação na mesma área. Analisa-se seguidamente os resultados obtidos até ao momento, indicando os caminhos da investigação já percorridos e terminando com uma reflexão sobre as perspetivas futuras, no quadro da oferta formativa de 2os ciclos da UALG.

  12. Memórias da emigração clandestina do Algarve para Andaluzia e Marrocos

    Anica, Aurízia; Dias, Maria do Livramento
    O Algarve pelas suas características geomorfológicas e históricas manteve desde a Idade Média uma rede de contactos e relações económicas externas, em especial no âmbito do golfo luso-hispano-marroquino, rede que persistiu na longa duração. O comércio, a agricultura e a pesca animaram o golfo de Cádis, ao qual o Algarve continuou estreitamente ligado mesmo na época contemporânea. A emigração clandestina e o contrabando participavam do dinamismo socioeconómico deste complexo histórico-geográfico, tendo permanecido socialmente aceites e relativamente tolerados no Estado Novo (M. Baganha, 1996; 2003; V. Pereira, 2005; 2009). Na época contemporânea, até meados de novecentos, os movimentos migratórios, incluindo os...

  13. O Entrudo e o Carnaval

    Raimundo, Helder Faustino
    O artigo analisa a transformação da cultura tradicional do entrudo no Carnaval "normalizado", como meio de turistificação da cultura popular, usando como caso o exemplo de Loulé.

  14. A música, a dança e o traje tradicionais: práticas significantes no concelho de Loulé

    Raimundo, Helder Faustino; Vieira, Daniel
    A recolha e investigação etnográfica que desenvolvemos há cerca de 11 anos, no Algarve e nomeadamente no concelho de Loulé, prova-nos a existência de um conjunto de práticas significantes, ligadas a ciclos de vida rurais e arcaizantes.

  15. Handmade Films: Questioning and Integrating Cinematic Technology

    Graça, Marina Estela
    Artigo publicado enquanto investigadora na Universidade de Aalborg, Dinamarca.

  16. Estrategias y actividades en la sala de aula con las tecnologías de la información y comunicación: un estudio con profesores de la enseñanza básica y secundária en Portugal

    Gil, Francisco
    En las escuelas portuguesas se han implementado en los últimos años importantes programas de equipamiento y de formación de profesores en Tecnologías de la Información y Comunicación (TIC). La utilización de las tecnologías en contextos educativos, gana todos los días nuevos adeptos entre el profesorado, a pesar de las desconfianzas y de las limitaciones financieras de los centros educativos. La llegada de Internet a la sala de aula, podrá constituir un importante recurso de manera a posibilitar nuevos caminos en la enseñanza y el aprendizaje. Es desde esta perspectiva, que hemos intentado comprender cómo solucionan los profesores los problemas involucrados con la utilización...

  17. Anthropology of Violence. The case of the Algarve, Portugal, 19th century

    Anica, Aurízia
    This is the text of the lecture given in the University of Vienna, 29th October 2009

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.