Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (14.798 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

ESALD - Artigos em revistas com arbitragem científica

Mostrando recursos 1 - 20 de 55

  1. Identificação dos determinantes do envelhecimento ativo na população idosa de Castelo Branco

    Maia, Carlos
    Conciliar a longevidade com uma vida autónoma e independente constitui um importante objetivo ligado ao envelhecimento da população. Isso mesmo foi assumido pela OMS (2002) ao considerar o envelhecimento ativo como o principal objetivo das políticas direcionadas para os idosos. Partindo do conceito de envelhecimento ativo (EA) utilizado pela OMS foi analisada a funcionalidade das pessoas idosas, a sua relação com os determinantes do envelhecimento ativo e construído um modelo de envelhecimento ativo para uma amostra de idosos residentes na comunidade. Métodos: foram entrevistadas 306 pessoas idosas residentes na comunidade, através de um protocolo de avaliação, para analisar os determinantes do envelhecimento ativo. Resultados: o modelo de Envelhecimento...

  2. A funcionalidade como determinante do envelhecimento ativo

    Maia, Carlos; Castro, Florencio Vicente; Fonseca, António Manuel Godinho da; Fernández, María Isabel Ruiz
    O aumento crescente da esperança de vida representa uma vantagem para todos aqueles que dele vão usufruindo mas, simultaneamente, aumenta os riscos de doença, incapacidade e dependência. A funcionalidade global dos indivíduos, entendida no sentido da sua autonomia funcional ou capacidade funcional, tem tendência a declinar gradualmente com o avanço em idade (Botelho, 2014; Fillenbaum, 1996), não decorrendo da mesma forma em todos os indivíduos. Com base do conceito de envelhecimento ativo da OMS foi analisada a funcionalidade das pessoas idosas e a sua relação com os determinantes do envelhecimento ativo. Métodos: foram entrevistadas 306 pessoas idosas residentes na comunidade, através da utilização da escala de Atividades...

  3. Identificação dos principais fatores determinantes do envelhecimento ativo na população idosa do distrito de Castelo Branco, Portugal

    Maia, Carlos; Castro, Florencio Vicente; Fonseca, António Manuel Godinho da
    Conciliar a longevidade com uma vida autónoma e independente constitui um importante objetivo ligado ao envelhecimento da população. Isso mesmo foi assumido pela OMS (2002) ao considerar o envelhecimento ativo como o principal objetivo das políticas direcionadas para os idosos. Partindo do conceito de envelhecimento ativo (EA) utilizado pela OMS foi analisada a funcionalidade das pessoas idosas, a sua relação com os determinantes do envelhecimento ativo e construído um modelo de envelhecimento ativo para uma amostra de idosos residentes na comunidade. Métodos: foram entrevistadas 306 pessoas idosas residentes na comunidade, através de um protocolo de avaliação, para analisar os determinantes do envelhecimento ativo. Resultados: o modelo de Envelhecimento...

  4. Redes de apoio social e de suporte social e envelhecimento ativo

    Maia, Carlos; Castro, Florencio Vicente; Fonseca, António Manuel Godinho da; Fernández, Maria Isabel Ruiz
    O risco de vulnerabilidade e isolamento social associado aos idosos, levou a Organização Mundial de Saúde a reconhecer o apoio social, onde se inclui as redes de apoio social e o suporte social, como um importante fator na prevenção do isolamento social e como uma medida necessá- ria para a promoção da saúde e do envelhecimento ativo (WHO, 2002). Com base no conceito de Envelhecimento Ativo, procurou-se caracterizar a rede de apoio social e de suporte social das pessoas idosas do distrito de Castelo Branco. Métodos: foram entrevistadas 306 pessoas idosas residentes na comunidade, tendo sido utilizada a Escala de Rede de Apoio Social (Lubben, 1998),...

  5. Enfermagem de reabilitação e a acessibilidade da pessoa com incapacidade

    Ribeiro, Luís; Silva, Paulo; Gois, Susana; Grilo, Eugénia; Reis, Maria Gorete
    A sociedade inclusiva leva todos os cidadãos à participação na vida comunitária, sem qual- quer discriminação mas, frequentemente, os cidadãos com mobilidade reduzida ou condi- cionada confrontam-se com barreiras de distinta natureza. A condição de pessoa com in- capacidade é árdua e desigual, mesmo salvaguardada pela legislação, mas é essencial efetividade na sua aplicação, que também envolve o Enfermeiro de Reabilitação. Objetivos: Refletir sobre os direitos das pessoas com incapacidade e sobre o papel dos pro- fissionais na ação global da reabilitação, particularmente o dos enfermeiros de reabilita- ção; mobilizar estratégias para a promoção da acessibilidade. Metodologia: Estudo descritivo com...

  6. Enfermagem de reabilitação e a acessibilidade da pessoa com incapacidade

    Ribeiro, Luís; Silva, Paulo; Gois, Susana; Grilo, Eugénia; Reis, Maria Gorete
    A sociedade inclusiva leva todos os cidadãos à participação na vida comunitária, sem qual- quer discriminação mas, frequentemente, os cidadãos com mobilidade reduzida ou condi- cionada confrontam-se com barreiras de distinta natureza. A condição de pessoa com in- capacidade é árdua e desigual, mesmo salvaguardada pela legislação, mas é essencial efetividade na sua aplicação, que também envolve o Enfermeiro de Reabilitação. Objetivos: Refletir sobre os direitos das pessoas com incapacidade e sobre o papel dos pro- fissionais na ação global da reabilitação, particularmente o dos enfermeiros de reabilita- ção; mobilizar estratégias para a promoção da acessibilidade. Metodologia: Estudo descritivo com...

  7. Heel-Rise Test: uma ferramenta na avaliação da funcionalidade na patologia venosa

    Crisóstomo, Rute; Andrade, Márcia
    Objetivos: O Heel Rise Test é um teste funcional de performance dos flexores plantares da tibiotársica. Assim, pretende-se correlacionar a funcionalidade medida pelo Heel-Rise Test, com a Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde (QVRS), funcionalidade e força e amplitude de movimento da tibiotársica na Doença Venosa Crónica (DVC) e comparar a funcionalidade de utentes com DVC com utentes saudáveis. Metodologia: Foram selecionados 38 participantes, entre os 35-64 anos, índice de Massa Corporal (IMC) <30, dos quais 18 apresentavam Insuficiência Venosa Crónica (IVC), com CEAP C3-C6 (grupo DVC) e 20 não apresentava IVC (grupo Controlo). Foi realizado um estudo transversal, comparativo...

  8. Calcium dobesilate Is protective against Inflammation and oxidative/nitrosative stress in the retina of a type 1 diabetic rat model

    Voabil, Paula; Liberal, Joana; Leal, Ermelindo C; Bauer, Jacques; Cunha-Vaz, José; Santiago, Ana Raquel; Ambrósio, António Francisco
    Calcium dobesilate (CaD) has been prescribed to some patients in the early stages of diabetic retinopathy to delay its progression. We previously reported that the treatment of diabetic animals (4 weeks of diabetes) with CaD, during the last 10 days of diabetes, prevents blood-retinal barrier breakdown. Here, we aimed to investigate whether later treatment of diabetic rats with CaD would reverse inflammatory processes in the retina. Diabetes was induced with streptozotocin, and 6 weeks after diabetes onset, CaD (100 mg/kg/day) was administered for 2 weeks. The treatment with CaD significantly increased glial fibrillary acidic protein (GFAP) levels in the retina...

  9. Calcium dobesilate Is protective against Inflammation and oxidative/nitrosative stress in the retina of a type 1 diabetic rat model

    Voabil, Paula; Liberal, Joana; Leal, Ermelindo C; Bauer, Jacques; Cunha-Vaz, José; Santiago, Ana Raquel; Ambrósio, António Francisco
    Calcium dobesilate (CaD) has been prescribed to some patients in the early stages of diabetic retinopathy to delay its progression. We previously reported that the treatment of diabetic animals (4 weeks of diabetes) with CaD, during the last 10 days of diabetes, prevents blood-retinal barrier breakdown. Here, we aimed to investigate whether later treatment of diabetic rats with CaD would reverse inflammatory processes in the retina. Diabetes was induced with streptozotocin, and 6 weeks after diabetes onset, CaD (100 mg/kg/day) was administered for 2 weeks. The treatment with CaD significantly increased glial fibrillary acidic protein (GFAP) levels in the retina...

  10. Urolithins impair cell proliferation, arrest the cell cycle and induce apoptosis in UMUC3 bladder cancer cells

    Liberal, Joana; Carmo, Anália; Gomes, Célia; Cruz, Maria Teresa; Batista, Maria Teresa
    Ellagitannins have been gaining attention as potential anticancer molecules. However, the low bioavailability of ellagitannins and their extensive metabolization in the gastrointestinal tract into ellagic acid and urolithins suggest that the health benefits of consuming ellagitannins rely on the direct effects of their metabolites. Recently, chemopreventive and chemotherapeutic activities were ascribed to urolithins. Nonetheless, there is still a need to screen and evaluate the selectivity of these molecules and to elucidate their cellular mechanisms of action. Therefore, this work focused on the antiproliferative effects of urolithins A, B and C and ellagic acid on different human tumor cell lines. The...

  11. Urolithins impair cell proliferation, arrest the cell cycle and induce apoptosis in UMUC3 bladder cancer cells

    Liberal, Joana; Carmo, Anália; Gomes, Célia; Cruz, Maria Teresa; Batista, Maria Teresa
    Ellagitannins have been gaining attention as potential anticancer molecules. However, the low bioavailability of ellagitannins and their extensive metabolization in the gastrointestinal tract into ellagic acid and urolithins suggest that the health benefits of consuming ellagitannins rely on the direct effects of their metabolites. Recently, chemopreventive and chemotherapeutic activities were ascribed to urolithins. Nonetheless, there is still a need to screen and evaluate the selectivity of these molecules and to elucidate their cellular mechanisms of action. Therefore, this work focused on the antiproliferative effects of urolithins A, B and C and ellagic acid on different human tumor cell lines. The...

  12. Antioxidant, anti-inflammatory, and analgesic activities of agrimonia eupatoria L. Infusion

    Santos, Telmo N.; Costa, Gustavo; Ferreira, J. Pinto; Liberal, Joana; Francisco, Vera; Paranhos, António; Cruz, Maria T.; Castelo-Branco, M.; Figueiredo, I. Vitória; Batista, M. Teresa
    Agrimony (Agrimonia eupatoria L.) (Ae) is used in traditional medicine to treat inflammatory and oxidative related diseases. Therefore, this study focuses on the anti-inflammatory and analgesic potential of Ae infusion (AeI). Phenolic compounds characterization was achieved by HPLC-PDA-ESI/MS (n) . To evaluate antioxidant potential, 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH), superoxide anion, hydroxyl radical, and SNAP assays were used. In vitro anti-inflammatory activity of AeI was investigated in LPS-stimulated macrophages by measuring the NO production. In vivo anti-inflammatory activity was validated using the mouse carrageenan-induced paw edema model. Peripheral and central analgesic potential was evaluated using the acetic acid-induced writhing and hot-plate tests, respectively,...

  13. Antioxidant, anti-inflammatory, and analgesic activities of agrimonia eupatoria L. Infusion

    Santos, Telmo N.; Costa, Gustavo; Ferreira, J. Pinto; Liberal, Joana; Francisco, Vera; Paranhos, António; Cruz, Maria T.; Castelo-Branco, M.; Figueiredo, I. Vitória; Batista, M. Teresa
    Agrimony (Agrimonia eupatoria L.) (Ae) is used in traditional medicine to treat inflammatory and oxidative related diseases. Therefore, this study focuses on the anti-inflammatory and analgesic potential of Ae infusion (AeI). Phenolic compounds characterization was achieved by HPLC-PDA-ESI/MS (n) . To evaluate antioxidant potential, 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH), superoxide anion, hydroxyl radical, and SNAP assays were used. In vitro anti-inflammatory activity of AeI was investigated in LPS-stimulated macrophages by measuring the NO production. In vivo anti-inflammatory activity was validated using the mouse carrageenan-induced paw edema model. Peripheral and central analgesic potential was evaluated using the acetic acid-induced writhing and hot-plate tests, respectively,...

  14. Chemical composition of laurencia obtusa extract and isolation of a new C15-acetogenin

    Esselin, Hélène; Sutour, Sylvain; Liberal, Joana; Cruz, Maria Teresa; Salgueiro, Ligia; Siegler, Benjamin; Freuze, Ingrid; Castola, Vincent; Paoli, Mathieu; Bighelli, Ange; Tomi, Félix
    A new C15-acetogenin, sagonenyne (20), exhibiting an unusual single tetrahydropyran ring was isolated from an ethyl acetate extract of Laurencia obtusa collected on the Corsican coastline. Its structure was established by detailed NMR spectroscopic analysis, mass spectrometry, and comparison with literature data. Twenty-three known compounds were identified in the same extract by means of column chromatography steps, using a (13)C-NMR computer aided method developed in our laboratory. In addition to sesquiterpenes, which represent the main chemical class of this extract, diterpenes, sterols, and C15-acetogenins were identified. The crude extract was submitted to a cytotoxicity assay and was particularly active against...

  15. Chemical composition of laurencia obtusa extract and isolation of a new C15-acetogenin

    Esselin, Hélène; Sutour, Sylvain; Liberal, Joana; Cruz, Maria Teresa; Salgueiro, Ligia; Siegler, Benjamin; Freuze, Ingrid; Castola, Vincent; Paoli, Mathieu; Bighelli, Ange; Tomi, Félix
    A new C15-acetogenin, sagonenyne (20), exhibiting an unusual single tetrahydropyran ring was isolated from an ethyl acetate extract of Laurencia obtusa collected on the Corsican coastline. Its structure was established by detailed NMR spectroscopic analysis, mass spectrometry, and comparison with literature data. Twenty-three known compounds were identified in the same extract by means of column chromatography steps, using a (13)C-NMR computer aided method developed in our laboratory. In addition to sesquiterpenes, which represent the main chemical class of this extract, diterpenes, sterols, and C15-acetogenins were identified. The crude extract was submitted to a cytotoxicity assay and was particularly active against...

  16. Construção social do envelhecimento individual

    Simões, Ângela; Sapeta, Paula
    Segundo a WHO (2002), as sociedades estão a envelhecer, sendo possível observar uma transformação demográfica sem precedentes na história da humanidade. O sucesso das transformações sociais, ao acolherem o envelhecimento saudável, é proporcional à precariedade dos mecanismos que dispomos para lidar com a velhice frágil e dependente. É um facto que se acrescentou mais anos de vida à população em geral; contudo, a inexorabilidade da velhice só poderá ser evitada se houver uma morte prematura. Para muitos idosos, os últimos anos de vida são devastados pela doença crónica, deficiência ou demência, e dependência maior. Do ponto de vista histórico da humanidade, somos uma sucessão de gerações, cada vez...

  17. Construção social do envelhecimento individual

    Simões, Ângela; Sapeta, Paula
    Segundo a WHO (2002), as sociedades estão a envelhecer, sendo possível observar uma transformação demográfica sem precedentes na história da humanidade. O sucesso das transformações sociais, ao acolherem o envelhecimento saudável, é proporcional à precariedade dos mecanismos que dispomos para lidar com a velhice frágil e dependente. É um facto que se acrescentou mais anos de vida à população em geral; contudo, a inexorabilidade da velhice só poderá ser evitada se houver uma morte prematura. Para muitos idosos, os últimos anos de vida são devastados pela doença crónica, deficiência ou demência, e dependência maior. Do ponto de vista histórico da humanidade, somos uma sucessão de gerações, cada vez...

  18. Força e arquitetura muscular em sujeitos com doença arterial periférica dos membros inferiores

    Crisóstomo, Rute; Abrantes, F.; Paulino, A.
    Introdução: São conhecidas as alterações da funcionalidade, nomeadamente na marcha e da função da bomba muscular da perna do indivíduo com doença arterial periférica (DAP), pelo que importa aos profissionais de saúde conhecer as alterações funcionais e estruturais associadas a esta condição. Objetivos: Avaliar a relação entre a arquitetura muscular (AM) do gémeo interno (GI), a produção de força dos músculos flexores plantares (MFP) e o índice de oclusão arterial, num grupo com DAP, comparativamente a um grupo controlo (sem DAP). Metodologia: Foram incluídos 25 sujeitos, 13 controlo e 12 com DAP, totalizando 15 pernas avaliadas por grupo, numa única sessão. A força dos MFP e amplitude de...

  19. Força e arquitetura muscular em sujeitos com doença arterial periférica dos membros inferiores

    Crisóstomo, Rute; Abrantes, F.; Paulino, A.
    Introdução: São conhecidas as alterações da funcionalidade, nomeadamente na marcha e da função da bomba muscular da perna do indivíduo com doença arterial periférica (DAP), pelo que importa aos profissionais de saúde conhecer as alterações funcionais e estruturais associadas a esta condição. Objetivos: Avaliar a relação entre a arquitetura muscular (AM) do gémeo interno (GI), a produção de força dos músculos flexores plantares (MFP) e o índice de oclusão arterial, num grupo com DAP, comparativamente a um grupo controlo (sem DAP). Metodologia: Foram incluídos 25 sujeitos, 13 controlo e 12 com DAP, totalizando 15 pernas avaliadas por grupo, numa única sessão. A força dos MFP e amplitude de...

  20. Venous flow during manual lymphatic drainage applied to different regions of the lower extremity in people with and without chronic venous insufficiency: a cross-sectional study

    Crisóstomo, Rute; Candeias, M.S.; Armada-da-Silva, P.A.S.
    OBJECTIVES: To evaluate the effect of manual lymphatic drainage (MLD) on venous flow when applied to the medial and lateral aspects of the thigh and leg in patients with chronic venous insufficiency (CVI) and healthy subjects. DESIGN: Cross-sectional study. SETTING: Participants were assessed in a school-based health community attendant service. PARTICIPANTS: Fifty-seven subjects participated in this study {mean age: 43 [standard deviation (SD) 14] years, 38 women and 19 men}. Of these, 28 subjects had CVI [mean age 47 (SD 12) years] and 29 subjects did not have CVI [mean age 39 (14) years]. INTERVENTION: MLD was applied by a certificated physical therapist to the medial and lateral aspects...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.