Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (14.798 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

IPCB - Instituto Politécnico de Castelo Branco

Mostrando recursos 1 - 20 de 36

  1. Poderá o pólen ser considerado um superalimento?

    Anjos, O.; Campos, M.G.; Estevinho, M.L.
    O pólen recolhido pelas abelhas é geralmente usado com o objetivo de alimentar as suas larvas nos estágios iniciais de desenvolvimento, sendo uma fonte importante de nutrientes e micronutrientes para as abelhas jovens da colmeia. Uma alimentação rica em pólen em fases precoces do ciclo de vida permite o desenvolvimento em obreiras fortes e consequentemente uma colmeia muito ativa e com elevado rendimento de aprodução de mel e outros produtos. Devido à sua constituição química, o pólen é também um alimento nutricionalmente importante para os seres humanos.

  2. Os planos gerontológicos como instrumentos de apoio a políticas locais de envelhecimento. O caso de Idanha-a-Nova.

    Moreira, M.J.G.; Pinheira, V.
    As alterações demográficas e socioculturais ocorridas em Portugal nas últimas décadas deram origem ao aumento do peso relativo dos idosos no total da população, embora com dinâmicas territoriais desiguais, e ao aumento das necessidades de sistemas de proteção e de serviços de cariz social que respondam às necessidades específicas deste grupo etário. Até porque as mudanças ocorridas na estrutura familiar e nas relações entre gerações têm vindo a limitar o papel tradicional dos cuidadores informais. Neste contexto de mudança, os desafios da longevidade e do envelhecimento poderão assim constituir-se como uma oportunidade, obrigando a uma nova forma de gestão das idades. Também as melhorias verificadas na qualidade de vida, a par de um novo discurso sobre o envelhecimento, podem vir a alterar a forma...

  3. Oportunidades da transformação digital no IPCB

    Castela, N.; Santos, J.; Reis, F.
    O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) tem necessidades específicas ao nível das infraestruturas informáticas que são exigentes devido ao grau de distribuição das suas instalações físicas: Um edifício dos serviços centrais e presidência, separado das 6 escolas superiores (das quais apenas 3 se encontram relativamente próximas umas das outras, sendo que duas das restantes se encontram separadas entre si e a outra se encontra na Vila de Idanha-a-Nova, a 30 Km de distância de Castelo Branco), 3 residências de estudantes (das quais uma se situa também em Idanha-a-Nova).

  4. O que o Mundo da Saúde espera da Igreja

    Sapeta, Paula
    A Nossa Missão! Provavelmente há muito em comum nas nossas Missões, pelo menos ao nível da intervenção social. A Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias concretiza a sua missão através da realização de atividades nos domínios do ensino, formação profissional, investigação científica, inovação tecnológica, produção e divulgação do conhecimento, prestação de cuidados e serviços orientados para a saúde e desenvolvimento da comunidade.

  5. Modelos espaciais para a avaliação de contaminação ambiental: dois estudos de caso

    Albuquerque, M.T.D.
    Na modelação ambiental a componente espacial assume uma importância central. Na verdade, em casos de avaliação de riscos e vulnerabilidades ambientais, a construção de uma cartografia de síntese torna-se uma ferramenta fundamental para a gestão e tomada de decisão, tanto em à escala local como à escala regional. As questões centrais que se colocam prendem-se com a adequabilidade das metodologias a adotar. Tendo em conta que todos os fenómenos naturais são explicados por um conjunto de atributos torna-se necessário identificar a sua natureza estatística (e.g. contínuas; categóricas; binárias), suporte (e.g. pontual: área; volume); escala e ainda a forma como a informação nos é disponibilizada: agregada ou não agregada As metodologias geoestatísticas pretendem caracterizar a distribuição espacial dos atributos em estudo e...

  6. Educação e mediação social com álbuns ilustrados: IDPBC

    Morgado, Margarida
    A diversidade cultural constitui o mais premente desafio que se coloca às sociedades contemporâneas, cada vez mais conectadas, mas também mais intolerantes e palcos de conflitos, e por essa razão, também, mais atentas à defesa dos direitos humanos e da dignidade humana. Num tempo em que as desigualdades sociais se acentuam e as mudanças se sucedem a um ritmo vertiginoso, valorizar a diversidade cultural como uma das caraterísticas inevitáveis do viver do presente e no futuro implica dotar os cidadãos das competências e capacidades necessárias para o diálogo intercultural e para a compreensão mútua, para a aprendizagem constante e o envolvimento cívico no sentido de promover a justiça, a equidade social e a solidariedade à escala global.

  7. Dinâmicas de cooperação para o desenvolvimento regional

    Maia, C.M.L.; Gameiro, J.; Fernandes, A.A.; Santos, D.; Nunes, S.; Azevedo, S.
    O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), em parceria com a Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB), elaborou o estudo "Dinâmicas de Cooperação para o Desenvolvimento Regional". Caraterizar o tecido empresarial e institucional da região e, simultaneamente, dispor de um instrumento capaz de identificar e classificar empresas e instituições quanto a áreas relevantes ao desenvolvimento das mesmas, a necessidades de formação e nível do recrutamento de recém-diplomados, e ao nível de cooperação com o IPCB, constituíram os objetivos principais do estudo.

  8. Cidades e territórios inteligentes : um desafio emergente

    Dionísio, R.P.
    As cidades/regiões inteligentes (Smart Cities and Communities) são uma prioridade nas políticas da União Europeia e de Portugal, nomeadamente na estratégia de re-industrialização, na Agenda Digital e nas estratégias nacionais e regionais de inovação para uma especialização inteligente. O conceito de cidade ou território inteligente parte da implementação de sensores electrónicos espalhados na cidade/região e conectados a uma rede de telecomunicações, que por sua vez concentra os dados medidos em tempo real numa base de dados armazenada na “Cloud”. Sobre esta base de dados correm aplicações (software) que processam os dados da cidade/região através de algoritmos e técnicas de otimização, potenciando uma gestão eficiente dos recursos disponíveis e em última análise contribuindo para a sustentabilidade do território. Alguns exemplos práticos ensaiados...

  9. Acesso aberto ao conhecimento no IPCB : o contributo do Repositório Científico

    Rodrigues, M.E.P.
    O acesso livre ao conhecimento científico ganhou expressão e começou a despertar consciências no meio académico e científico, sobretudo, a partir do momento em que, nos anos 90 do século XX, Stevan Harnad e Jean-Claude Guédon publicaram os primeiros periódicos científicos em acesso livre (Melero e Abad Garcia, 2008), respetivamente “Psycology” e “Surfaces”. Estavam assim dados os primeiros passos para a implementação de uma filosofia de publicação em meio científico diversa da praticada até então, quer no modo de publicação, quer no respetivo alcance (Rodrigues, Rodrigues, 2014). Alguns autores consideram mesmo este evento como a mola impulsionadora do desenvolvimento do modelo de acesso aberto ao conhecimento científico que se veio a desenvolver subsequentemente (Melero e Abad Garcia, 2008). Por outro lado o advento da Internet com...

  10. Normal Climatológica 1986-2015. Posto Meteorológico da Escola Superior Agrária de Castelo Branco

    Monteiro, M.C.H.
    A recolha e o registo dos dados foi efetuada pelo colaborador da ESA/IPCB João Nunes.

  11. III Ciclo de Conferências do Conselho Técnico-Científico : temas atuais em investigação

    Carneiro, J.P., ed; Simões, M.P.; Duarte, A.C.; Alberto, D.; Nunes, J.; Ribeiro, M.M.A.; Quinta-Nova, L.C.; Rodrigues, M.E.P.; Pulgarín Guerrero, A.; Pérez Pulido, M.; Fernandez, P.; Anjos, O.; Coelho, M.T.
    A obra é constituída pelos resumos das comunicações apresentadas pelos docentes da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco e são referentes aos projetos de investigação nos quais estão envolvidos.

  12. I Congresso Internacional de Terapia Aquática: saúde e exercício: livro de resumos

    Crisóstomo, Rute
    Contém os resumos apresentados no I Congresso Internacional de Terapia Aquática

  13. Congresso de Fisioterapia da ESALD Marcha: uma perspectiva neurológica e biomecânica: livro de resumos

    Crisóstomo, Rute; Martins, Carlos
    Contém os resumos das comunicações apresentadas no I Congresso de Fisioterapia da ESALD

  14. Bactérias do Complexo Mycobacterium avium e do Complexo Mycobacterium tuberculosis : manual de isolamento e identificação em animais domésticos e selvagens

    Matos, A.C.; Coelho, A.C.; Martins, M.H.; Figueira, L.; Pinto, M.L.; Matos, M.; Martins, M.V.
    Só está disponível o resumo do livro.

  15. Dados climáticos referentes a 2015

    Monteiro, M.C.H.
    Recolha e registo de dados efetuada por João Nunes.

  16. PBIRROL : modelo de crescimento e produção para os povoamentos de pinheiro bravo de estrutura irregular do concelho de Oleiros

    Alegria, C.M.M.
    Os modelos de crescimento e produção apresentam-se atualmente, como das principais ferramentas para o ordenamento e gestão da floresta. Alguns dos usos mais importantes dos modelos incluem a capacidade de predizer a produção futura e de explorar as opções de intervenção silvícola.

  17. Modelos para a predição de volumes do pinheiro bravo na região de Castelo Branco

    Alegria, C.M.M.
    O volume da árvore e consequentemente o volume dos povoamentos são variáveis cujo conhecimento é vital para a comercialização do lenho da árvore. O preço da venda da madeira de pinheiro bravo varia consoante a sua utilização e o local da venda.

  18. Dados climáticos referentes a 2014

    Monteiro, M.C.H.
    Recolha e registo de dados efetuada por João Nunes.

  19. Jornadas Ibéricas da Figueira-da-índia “Opuntia ficus-indica uma oportunidade para a região” : livro de resumos

    Rodrigues, A.M.; Reis, C.M.G.; Blasco, M.; Fonseca, A.; Monteiro, M.
    Contém o resumo das comunicações apresentadas durante as jornadas.

  20. V Encontro de Sistemas de Informação Geográfica. Aplicações SIG em recursos agro-florestais e ambientais : livro de resumos

    Alegria, C.M.M.; Fernandez, P.; Monteiro, J.M.; Ribeiro, M.M.A.
    Contém os resumos das comunicações apresentadas durante o encontro.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.