Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (14.319 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

ESART - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Mostrando recursos 1 - 20 de 34

  1. Um trajeto musical pela sonoridade das procissões em Castelo Branco

    Castilho, M.L.C.
    A presente comunicação é resultado parcial de uma pesquisa ainda em curso no sentido de entender a ou as paisagens sonoras das procissões, ao longo dos tempos, em Castelo Branco. Através de um levantamento de informações, utilizando os periódicos e documentos vários pertencentes ao acervo da Biblioteca Municipal, Sé Catedral, Arquivo Municipal e Câmara Municipal, propõe-se delinear o percurso das procissões e as suas implicações com a atividade musical da cidade, desde o século XVIII ao princípio do século XX. A leitura destes documentos possibilitou o registo e posterior análise de informações sobre diversos eventos musicais, assim como os agentes...

  2. Um trajeto musical pela sonoridade das procissões em Castelo Branco

    Castilho, M.L.C.
    A presente comunicação é resultado parcial de uma pesquisa ainda em curso no sentido de entender a ou as paisagens sonoras das procissões, ao longo dos tempos, em Castelo Branco. Através de um levantamento de informações, utilizando os periódicos e documentos vários pertencentes ao acervo da Biblioteca Municipal, Sé Catedral, Arquivo Municipal e Câmara Municipal, propõe-se delinear o percurso das procissões e as suas implicações com a atividade musical da cidade, desde o século XVIII ao princípio do século XX. A leitura destes documentos possibilitou o registo e posterior análise de informações sobre diversos eventos musicais, assim como os agentes...

  3. Música y músicos portugueses en el contexto del patrimonio compartido

    Raimundo, J.F.M.
    O texto apresenta alguns elementos sobre a música e os músicos portugueses (ibéricos) dos séculos XVI e XVII. O conhecimento da música e dos músicos portugueses no contexto europeu não alcançou, genericamente, mais do que Espanha e uma pequena parte da Itália. É no âmbito dos descobrimentos, dos novos territórios, que a disseminação das obras e dos autores portugueses se vem a fazer. As obras e os documentos existentes nos arquivos destes territórios revelam uma atividade musical regular (polifonia). Identificam-se alguns músicos que desenvolveram atividade em Espanha e nos territórios descobertos, bem como obras que terão sido levadas. O trânsito...

  4. Fado - diferentes sonoridades, uma tradição

    Raimundo, J.F.M.
    No presente artigo, apresenta-se um registo sobre o atual universo do Fado, reflexo da sua adaptação à contemporaneidade e, como tal, enquadrando multiplicidade e fusão de géneros musicais. Tal como qualquer outro género musical, o Fado foi tocado pelo tempo, marcado por diferentes conjunturas sociais, culturais e estéticas, mantendo, contudo, uma forte ligação à sua genuinidade (o fado tradicional), no imaginário coletivo de públicos e intérpretes. Reflete-se, a partir da diversidade estética que o Fado nos oferece, sobre o seu percurso evolutivo num passado próximo. De igual modo se reflete sobre a grande diversidade deste universo muito próprio e destaca-se...

  5. A computer-mediated interface for jazz piano comping

    Dias, R.; Guedes, C.; Marques, T.
    This paper presents a dynamic interface and voicing algo- rithm for real-time performance of jazz piano comping. Starting with a given song with a predefined harmonic progression, the algorithm calculates and maps an array of chord voicings to a virtual piano keyboard that can be played in real-time with any physical multi-touch input device like an iPad or computer keyboard. By taking care of the note selection for the voicings, the interface pro- vides a simplified and intuitive way to play sophisticated voicings, while leaving the control over the performance aspects like timing, register, wideness and density to the user.

  6. A CONTOUR-BASED JAZZ WALKING BASS GENERATOR

    Dias, R.; Guedes, C.
    This paper describes a contour-based algorithm for the real- time automatic generation of jazz walking bass lines, fol- lowing a given harmonic progression. A brief description of the walking bass procedure will be presented, and also a brief survey on some common implementations and tech- niques. This algorithm was implemented in the Max/MSP graphi- cal programming environment.

  7. “Breakfast Serialism” for laptop orchestra and improvisers: A study on twelve-tone indeterminacy using computer mediation

    Dias, R.
    This paper presents the concepts developed for my piece “Breakfast Serialism”, for laptop orchestra and improvisers. This piece introduces several conceptual and technical aspects made possible by the use of computer mediation using network communication between the conductor and the performers. The piece is intended as a study on some of the technical and musical potential of the networked laptop orchestra. It is divided in six sections, each one exploring different musical possibilities for the application of the computer as a mediator, that ‘listens’ to all the events from the ensemble, and algorithmically adapts the pitch and dynamic possibilities using custom...

  8. Onde est@o os meus livros... ou a biblioteca nas nuvens?

    Rodrigues, M.E.P.
    Comunicação proferida no âmbito do Ciclo de Conferências do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior Agrária-Instituto Politécnico de Castelo Branco.

  9. Uma perspetiva sobre o contributo do repositório para o arquivo institucional

    Rodrigues, M.E.P.
    Comunicação oral da qual só está disponível o resumo.

  10. Novos materiais e técnicas aplicadas ao bordado de Castelo Branco: uma aplicação prática no design têxtil e de vestuário

    Fernandes, A.M.; Gouveia, I.; Carvalho, C.
    O objectivo central desta investigação é o de promover a articulação entre o designer têxtil/moda e as bordadoras do Bordado de Castelo Branco. Centra-­‐se no desenvolvimento de projectos conjuntos, partindo da gramática do bordado para produções inovadoras e criativas, na aplicação de novos suportes têxteis e novas tecnologias a partir da reciclagem da matéria-­‐prima de seda, para aplicação no bordado de Castelo Branco. Para a recriação desta modernidade, pretende-­‐se abordar quatro dimensões1: [1] De ordem material, permitindo ir ao encontro dos gostos e exigências de um público que, sente uma necessidade cada vez maior por produtos e matérias-­‐ primas inovadoras, bem como novas bases assentes na biotecnologia; [2] De ordem cultural, pois permite recuperar a tradição e contribuir para a sua sobrevivência; [3] De ordem ecológica, porque faz sentir que estamos a estimular uma reaproximação entre a cultura e a natureza, bem como uma utilização criteriosa de determinados recursos; [4] De ordem económica, na medida em que o trabalho na área dos têxteis/moda é uma actividade que permite criar riqueza e contribuir para o bem-­‐estar da sociedade.

  11. A iconografia musical como pauta rítmica de montagem: módulo de ensino, concepção, implementação e teste: conclusão do percurso experimental

    Silva, J.M.G.
    Neste artigo apresentamos as conclusões do estudo desenvolvido no âmbito do doutoramento em Design FA-­‐UTL, confrontando estas com os objectivos inicialmente propostos. São ainda apontadas futuras direcções ao nível de aplicação dos resultados como também de outras questões surgidas ao longo da investigação.

  12. Tipografia corporativa : codificação e descodificação gráfica

    Raposo, D.; Herrera, M.; Silva, F.M.; Costa, J.
    Trata-­‐se de uma investigação que visa compreender como é descodificada a Identidade Visual Corporativa, com o intuito de aumentar a eficácia comunicacional do trabalho dos designers ao nível da codificação, considerando o objectivo da empresa ou marca. Com base em 15 casos de estudo e através de quatro questionários, pretende-­‐se identificar conotações gráficas de logótipos e da tipografia corporativa, atendendo aos interesses estratégicos da empresa, produto ou serviço que representam e ao mercado em que operam. O desígnio dos designers ao nível da Identidade Visual Corporativa é confrontado com a percepção pública, de modo a obter dados sobre significados conotativos e denotativos veiculados pela tipografia corporativa e o modo como têm influência na definição da Imagem Corporativa. É objectivo deste estudo, a obtenção de dados ou método de suporte e avaliação de projectos de Identidade Visual Corporativa.

  13. Sinalização turística: metodologia para o desenvolvimento de sistemas de signos para informação a visitantes

    Neves, J.V.M.; Silva, F.M.
    A maior afluência de pessoas a determinados locais, como aeroportos, zonas comerciais, eventos, serviços públicos, instalações turísticas, etc., suscitou a necessidade de orientar essas pessoas num espaço desconhecido e comunicar mensagens básicas com uma linguagem compreendida por uma maioria. Por outro lado essa mesma mobilidade trouxe consigo desenvolvimento rodoviário associado a um crescente fluxo de indivíduos que se deslocam por necessidades várias de um ponto para outro. Esse deslocamento, muitas vezes efectuado em espaços desconhecidos, despoletou a necessidade em apreender novas regras, as quais passam a ser formalizadas através de signos que facilitam o acesso ou a circulação a determinados locais. Para o presente projecto de investigação identificou-­‐se um problema concreto: os sistemas de signos para informação turística em Portugal, na Europa e no mundo são díspares, na sua maioria não se relacionam graficamente, são incoerentes do ponto de vista da sua concepção gráfica e não existe a nível europeu um sistema normalizado. Estrategicamente, encontra-­‐se no design de informação uma resposta concreta para a obtenção de metodologias de investigação aplicadas à concepção de símbolos para informação turística.

  14. MAGISTER - Arquitetura tardo-gótica em Portugal: protagonistas, modelos e intercâmbios artísticos (séc. XV-XVI)

    Silva, R.J.N.
    Comunicação oral da qual só está disponível o resumo.

  15. A técnica ao serviço da arte – Uma análise ao filme La Haíne (1995) de Mathieu Kassovitz

    Silva, P.M.
    Em O Ódio (1995), Mathieu Kassovitz traça um retrato de um subúrbio parisiense em “estado de sítio”. Fá-lo com recurso a um guião sólido e uma componente narrativa elaborada mas, porventura, o que mais salta à vista é um filme / uma história muito forte que, em conjunto com uma estética peculiar, faz com que, ao falar do filme, recordemos imagens / planos específicos. Pedindo à sociologia bases para um enquadramento genérico do plot, tentaremos entender de que forma as técnicas audiovisuais empregues por Kassovitz e a sua equipa resultam num retrato sólido e consistente em termos de ilustração e caracterização da realidade suburbana, dos seus intervenientes...

  16. O vestuário profissional enquanto elemento de identidade corporativa – um caso prático ao serviço do Centro Hospitalar da Cova da Beira

    Valério, S.C.P.; Fernandes, A.M.; Raposo, D.
    O presente artigo expõe o projeto de índole curricular em desenvolvimento e tem como finalidade demonstrar que o vestuário profissional (fardamento) representa um canal de difusão da imagem de uma instituição e pode ser promotor da sua identidade visual. Cada vez mais e nas diversificadas situações, o fardamento tem problemas que um designer de vestuário e têxtil pode solucionar. Conhecedores de algumas necessidades ao nível do fardamento, os responsáveis do Departamento de Comunicação e Marketing do Centro Hospitalar Cova da Beira (C.H.C.B.), comunicaram o seu interesse na possibilidade de reavaliação do caráter visual do vestuário profissional ao nível de front...

  17. Processo(s) criativo(s) em design de moda: conceção e materialização

    Ribeiros, B.
    Comunicação oral da qual só está disponível o resumo.

  18. Desenvolvimento de uma coleção para a marca Guava

    Chalabardo, M.; Fernandes, A.M.
    O Design de Calçado tem vindo a inovar em Portugal e a sua evolução tem sido exponencial. As marcas portuguesas de calçado têm investido sobre diferentes conceitos nesta área. Destaca-se a marca Guava como sendo uma marca que estuda as formas geométricas no Calçado e reflete esta evolução, tendo sempre em conta, a anatomia do pé para um bom conforto e qualidade do produto, sem esquecer o seu lado ecológico, inerente à marca. Tomando como premissa a questão, Como se desenvolve uma coleção para uma marca de Calçado existente em contexto real de trabalho? O método adaptado consiste numa metodologia mista obtida através de investigação/ação. Esta metodologia dinâmica funciona...

  19. A recoloring algorithm for dichromates

    Ribeiro, M.M.G.; Gomes, A.
    Paper presented at IEEE HEALTHCOM 2013. Only abstract available.

  20. A origem dos Sistemas de Identidade Visual Corporativa

    Raposo, D.
    Este artigo trata de fazer um pequeno recorrido histórico sobre como a marca se converteu nos sistemas de identidade visual corporativa. Alguns dos principais projectos de identidade ajudam a entender quais as motivações que originaram a necessidade de organização dos sistemas de identidade.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.