Recursos de colección

Repositório do ISPA Instituto Superior de Psicologia Aplicada (11.353 recursos)

No Repositório do ISPA pode encontrar diversos tipos de documentos, em formato digital, resultantes da produção científica do ISPA designadamente: teses de doutoramento, teses de mestrado, artigos em publicações periódicas nacionais e internacionais, relatórios técnicos, artigos em actas de conferências nacionais e internacionais e capítulos de livros.

Psicologia da Saúde

Mostrando recursos 1 - 20 de 275

  1. Crenças alimentares: Desenvolvimento e validação de um instrumento

    Coelho, Catarina Sofia Gonçalves
    Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia da Saúde

  2. Crenças sobre alimentação e prevenção do cancro

    Costa , Andrea Sofia Mendes da
    Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia da Saúde

  3. Diferença de géneros e fatores que influenciam o bem-estar sexual: Estudo exploratório em idosos

    Silva, Sara Pedro da
    Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia da Saúde

  4. Adolescent’s subjective perceptions of chronic disease and related psychosocial factors: highlights from an outpatient context study

    Santos, Teresa; Matos, Margarida Gaspar de; Marques, Adilson; Simões, Celeste; Leal, Isabel Pereira; Machado, Maria do Céu
    Adolescents with chronic disease (CD) can be more vulnerable to adverse psychosocial outcomes. This study aims: 1) to identify differences in psychosocial variables (health-related quality of life, psychosomatic complaints, resilience, self-regulation and social support) among adolescents who feel that CD affects or does not affect school/peers connectedness (measured by self-reported participation in school and social activities); and 2) to assess the extent to which psychosocial variables are associated with connectedness in school and peer domains.

  5. A doente veterana: Saberes esquecidos nos sistemas de saúde

    Dias, Maria do Rosário
    O acto informativo e as modalidades de que se reveste a informação prestada à doente com cancro da mama ao longo das trajectórias assistenciais percorridas, permitem identificar traços de perfis psicossociais inerentes ao protagonismo dos doentes, caracterizadores de algumas categorias, entre as quais sobressaem as de «doente informado» e de «doente desinformado ». O presente artigo visa uma abordagem da informação prestada ao doente oncológico quando inserido em contextos sociais e institucionais, sublinhando o seu papel potenciador da emergência de estratégias de ajustamento psicossocial do doente e, por outro lado, relevando o protagonismo das mulheres mastectomizadas no seu estatuto de doentes veteranas.

  6. Psicologia da saúde em Portugal

    Teixeira, José A. Carvalho; Cima, Marisa do; Cruz, Cláudia Santa
    Este artigo apresenta uma panorâmica geral da situação da psicologia da saúde em Portugal nas áreas de investigação, formação e intervenção. Verificou-se a existência de um espectro largo de áreas de investigação em psicologia da saúde: promoção da saúde e prevenção da doença, identificação de factores de risco, tratamento, reabilitação e adaptação à doença e organização de serviços de saúde. Os aspectos deficitários relacionam-se com coordenação escassa e falta de continuidade. As universidades oferecem cursos de psicologia da saúde, mas não existe um currículo homogéneo e compreensivo. Existem vários cursos avançados para pós-graduados. Existem várias experiências práticas de intervenção no campo dos cuidados primários de saúde, maternidades e hospitais.

  7. Modelo metateórico da Psicologia da Saúde para o séc. XXI: Interacção ou integração biopsicossocial?

    Reis, Joaquim
    Neste trabalho é feita uma identificação e caracterização de duas metateorias biopsicossociais: a hierárquica ou interaccionista que se defende estar subjacente à Psicologia da Saúde ao longo destas duas décadas, e a integradora ou dialéctica, a qual se sugere que deva orientar esta disciplina. Para se perceber as implicações, para a Psicologia da Saúde, da adesão a uma ou outra metateoria, é feito um contraste teórico e metodológico entre as duas, através da referência a vários temas: interdisciplinaridade e equipa profissional, relação corpo-espírito, autonomia conceitual- -afectiva da pessoa, relação técnico-utente, adesão do paciente às acções preventivas e aos tratamentos e didácticas de saúde e doença.

  8. Satisfação dos cuidadores de doentes de Alzheimer em relação à qualidade dos cuidados de saúde hospitalares

    Cavaleiro, Ana Margarida Cruz Costa; Teixeira, José A. Carvalho
    Nesta nota de investigação os autores apresentam resultados de um estudo exploratório sobre a satisfação dos cuidadores de doentes de Alzheimer em relação aos cuidados de saúde hospitalares prestados aos doentes.

  9. Psicologia da saúde em Portugal (II)

    Teixeira, José A. Carvalho
    Esta nota didáctica dá seguimente ao estudo da história da psicologia da saúde em Portugal. O autor apresenta uma panorâmica geral da investigação, da prática e da formação, desde 1998.

  10. Psicologia da saúde em Portugal (II)

    Teixeira, José A. Carvalho
    Esta nota didáctica dá seguimente ao estudo da história da psicologia da saúde em Portugal. O autor apresenta uma panorâmica geral da investigação, da prática e da formação, desde 1998.

  11. Mudanças no comportamento sexual do adolescente decorrentes do surgimento da SIDA no contexto social

    Brasil, Luciane Scarpante; Mitsui, Renata Emi; Pereira, Ana Maria Benevides; Alves, Rozilda das Neves
    Atualmente existe um grande número de pessoas contaminadas com o vírus da SIDA, manifestando sintomas entre os 20 e 30 anos. Como o vírus pode ficar inativo no organismo por anos, existe a possibilidade da contaminação ter ocorrido na fase da adolescência. Com o objetivo de obter maior conhecimento sobre a relação entre adolescência e SIDA, foram realizadas entrevistas com uma amostra de 127 adolescentes na faixa etária dos 13 aos 20 anos. Foi utilizado um questionário contendo 22 perguntas. Resultados obtidos revelaram que 67% dos entrevistados apresentaram um nível bom de informação em relação ao conhecimento da SIDA. Em relação ao conhecimento sobre as formas de contaminação o sexo masculino apresentou um bom...

  12. Mudanças no comportamento sexual do adolescente decorrentes do surgimento da SIDA no contexto social

    Brasil, Luciane Scarpante; Mitsui, Renata Emi; Pereira, Ana Maria Benevides; Alves, Rozilda das Neves
    Atualmente existe um grande número de pessoas contaminadas com o vírus da SIDA, manifestando sintomas entre os 20 e 30 anos. Como o vírus pode ficar inativo no organismo por anos, existe a possibilidade da contaminação ter ocorrido na fase da adolescência. Com o objetivo de obter maior conhecimento sobre a relação entre adolescência e SIDA, foram realizadas entrevistas com uma amostra de 127 adolescentes na faixa etária dos 13 aos 20 anos. Foi utilizado um questionário contendo 22 perguntas. Resultados obtidos revelaram que 67% dos entrevistados apresentaram um nível bom de informação em relação ao conhecimento da SIDA. Em relação ao conhecimento sobre as formas de contaminação o sexo masculino apresentou um bom...

  13. A obesidade feminina

    Güenter, Renata
    Esta pesquisa identifica as características e a compreensão do funcionamento psicodinâmico da personalidade das mulheres obesas, fruto de relações objectais na primeira infância. A partir dessas relações com os pais e seu ambiente, estudou-se o desenvolvimento da oralidade com as figuras paternas ou substitutas e a interação com a alimentação, correlacionando esse aspecto com o sentimento depressivo vivenciado pelas mulheres obesas. A amostra é de 40 sujeitos pertencentes a três classes socioeconómicas: baixa, média e alta, sendo que o nível de escolaridade variou entre 1.º grau incompleto até superior completo. Para realizar esta investigação, utilizou-se, primeiramente, o Psicodiagnóstico de Rorschach para compreensão aprofundada sobre o funcionamento da personalidade dos sujeitos obesos e, na sequência, fez-se...

  14. A obesidade feminina

    Güenter, Renata
    Esta pesquisa identifica as características e a compreensão do funcionamento psicodinâmico da personalidade das mulheres obesas, fruto de relações objectais na primeira infância. A partir dessas relações com os pais e seu ambiente, estudou-se o desenvolvimento da oralidade com as figuras paternas ou substitutas e a interação com a alimentação, correlacionando esse aspecto com o sentimento depressivo vivenciado pelas mulheres obesas. A amostra é de 40 sujeitos pertencentes a três classes socioeconómicas: baixa, média e alta, sendo que o nível de escolaridade variou entre 1.º grau incompleto até superior completo. Para realizar esta investigação, utilizou-se, primeiramente, o Psicodiagnóstico de Rorschach para compreensão aprofundada sobre o funcionamento da personalidade dos sujeitos obesos e, na sequência, fez-se...

  15. Processo gravídico, parto e prematuridade: Uma discussão teórica do ponto de vista do psicólogo

    Campos, Rui C.
    Este trabalho apresenta a gravidez segundo a conceptualização de alguns autores, como um período de crise maturacional, onde ocorre um processo de desenvolvimento psicológico por fases, ao longo dos três trimestres, com objectivos e tarefas psíquicas definidas. Hipotetizamos que perturbações, como uma paragem ou bloqueio, nesse processo de desenvolvimento gravídico, poderão resultar na ocorrência do parto prematuro, e que o prosseguir do processo até ao final, mas de forma conturbada, pode contribuir para complicações no desenrolar do parto de termo ou para distúrbios no pós-parto. São apresentados alguns estudos sobre a influência de factores psicológicos no parto prematuro, nas complicações do parto de termo e nos distúrbios emocionais do pós-parto. São revistos e discutidos alguns...

  16. Aconselhamento psicológico em contextos de saúde e doença – Intervenção privilegiada em psicologia da saúde

    Trindade, Isabel; Teixeira, José A. Carvalho
    Tem havido reconhecimento crescente da importância dos processos psicológicos na experiência da saúde e da doença. Actualmente, o aconselhamento psicológico nos contextos da saúde e da doença relaciona-se com a mudança verificada na morbilidade: ênfase crescente na promoção da saúde e na prevenção da doença, aumento dos tratamentos de longa duração com maior ênfase no controlo do que na cura, e participação activa do sujeito doente. Este artigo revê aspectos do aconselhamento psicológico em saúde: objectivos, algumas perspectivas teóricas, necessidade e utilidade do aconselhamento, aplicações nos cuidados de saúde primários e secundários, eficiência e formação.

  17. Atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA – Hospitais Psiquiátricos versus departamento de psiquiatria de Hospitais Gerais

    Garrucho, Sonia
    Os Psiquiatras podem desempenhar um papel de relevo na prevenção da infecção pelo VIH, nomeadamente em relação a sujeitos com perturbações mentais variadas. Ao mesmo tempo, são cada vez mais solicitados a avaliar e tratar sujeitos com patologia mental associada à infecção pelo VIH e à SIDA. Assim sendo, torna-se pertinente estudar as atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA. Neste artigo apresentam-se os resultados de um estudo que teve por objectivo investigar as atitudes de médicos psiquiatras em relação à SIDA, comparando as atitudes de psiquiatras que exercem em hospitais psiquiátricos com as atitudes de psiquiatras que exercem em departamentos de psiquiatria e saúde mental de hospitais gerais. Foi estudada uma amostra de 90...

  18. Atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA – Hospitais Psiquiátricos versus departamento de psiquiatria de Hospitais Gerais

    Garrucho, Sonia
    Os Psiquiatras podem desempenhar um papel de relevo na prevenção da infecção pelo VIH, nomeadamente em relação a sujeitos com perturbações mentais variadas. Ao mesmo tempo, são cada vez mais solicitados a avaliar e tratar sujeitos com patologia mental associada à infecção pelo VIH e à SIDA. Assim sendo, torna-se pertinente estudar as atitudes dos psiquiatras em relação à SIDA. Neste artigo apresentam-se os resultados de um estudo que teve por objectivo investigar as atitudes de médicos psiquiatras em relação à SIDA, comparando as atitudes de psiquiatras que exercem em hospitais psiquiátricos com as atitudes de psiquiatras que exercem em departamentos de psiquiatria e saúde mental de hospitais gerais. Foi estudada uma amostra de 90...

  19. Elementos psicoterapêuticos na reabilitação dos sujeitos com incapacidades físicas adquiridas

    Oliveira, Rui Aragão Gomes
    O autor aborda as principais questões inerentes ao processo psicoterapêutico dos sujeitos com incapacidades físicas adquiridas, salientando por um lado a dimensão dos processos relacionais na evolução da doença física, e por outro lado definindo as questões do suporte social como um recurso importante para a promoção da saúde, influenciando temáticas como a mortalidade, a morbilidade e o isolamento social; este último especificamente desencadeado pela incapacidade física adquirida. São realçados os aspectos psicológicos envolvidos nos casos particulares dos doentes hemiplégicos, vítimas de Acidente Vascular Cerebral, e dos sujeitos que sofreram amputações, procurando simultaneamente oferecer uma panorâmica geral dos contributos dos múltiplos autores que, nas últimas duas décadas, têm de uma forma mais ou menos exaustiva,...

  20. Elementos psicoterapêuticos na reabilitação dos sujeitos com incapacidades físicas adquiridas

    Oliveira, Rui Aragão Gomes
    O autor aborda as principais questões inerentes ao processo psicoterapêutico dos sujeitos com incapacidades físicas adquiridas, salientando por um lado a dimensão dos processos relacionais na evolução da doença física, e por outro lado definindo as questões do suporte social como um recurso importante para a promoção da saúde, influenciando temáticas como a mortalidade, a morbilidade e o isolamento social; este último especificamente desencadeado pela incapacidade física adquirida. São realçados os aspectos psicológicos envolvidos nos casos particulares dos doentes hemiplégicos, vítimas de Acidente Vascular Cerebral, e dos sujeitos que sofreram amputações, procurando simultaneamente oferecer uma panorâmica geral dos contributos dos múltiplos autores que, nas últimas duas décadas, têm de uma forma mais ou menos exaustiva,...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.