Recursos de colección

Repositório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca (3.959 recursos)

The Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca E.P.E. (HFF) institutional repository collects, preserves and disseminates the intellectual output of its professionals in digital format. Its aims are to increase the HFF’s investigation visibility and citation impact, to foster scientific communication and to preserve the HFF’s intellectual memory.

Anestesiologia

Mostrando recursos 1 - 20 de 24

  1. Abordagem anestésica numa doente com estenose aórtica grave e fractura do colo do fémur

    Estevens, T; Carvalho, R
    Descrevemos a conduta anestésica que tomámos numa doente de 87 anos com estenose aórtica grave proposta para redução e osteossíntese, com Dynamic Hip Screw, de fractura transtrocantérica do colo do fémur. Em virtude das limitações anestésicas inerentes a esta patologia, e como forma de obter a maior estabilidade hemodinâmica possível, optou-se por realizar um blo- queio combinado de três nervos periféricos do membro inferior (femurocutâneo lateral da coxa, femoral e ciático) associado a uma sedação ligeira. Dada a elevada morbimortalidade perioperatória desta patologia, esta técnica permitiu, por um lado, uma anestesia eficaz, e por outro, alterações cardiovasculares mínimas, pelo que achamos...

  2. Abordagem anestésica numa doente com estenose aórtica grave e fractura do colo do fémur

    Estevens, T; Carvalho, R
    Descrevemos a conduta anestésica que tomámos numa doente de 87 anos com estenose aórtica grave proposta para redução e osteossíntese, com Dynamic Hip Screw, de fractura transtrocantérica do colo do fémur. Em virtude das limitações anestésicas inerentes a esta patologia, e como forma de obter a maior estabilidade hemodinâmica possível, optou-se por realizar um blo- queio combinado de três nervos periféricos do membro inferior (femurocutâneo lateral da coxa, femoral e ciático) associado a uma sedação ligeira. Dada a elevada morbimortalidade perioperatória desta patologia, esta técnica permitiu, por um lado, uma anestesia eficaz, e por outro, alterações cardiovasculares mínimas, pelo que achamos...

  3. “BRILMA”: Aplicações em Dor Crónica.

    Carvalho, R
    N/A

  4. “BRILMA”: Aplicações em Dor Crónica.

    Carvalho, R
    N/A

  5. Unidade funcional dor aguda

    Carmona, C
    N/A

  6. Programa de Aumento da Qualidade no Tratamento das Fraturas da Anca (PAQ-ANCA)”

    Blamey, C; Vicente, M; Santos, N; Mendonça, N
    N/A

  7. Remote spinal epidural hematoma after spinal anesthesia for caesarean section

    Vilaça, MJ; Faísco, A; Reis, E; Alexandre, G; Teixeira, MC
    In the last few decades there has been a widespread of the use of central neuraxial blockages (CNB) in obstetric patients. The complications from the CNB range from the bothersome to the crippling and life-threatening. Spinal epidural hematoma (SEH) is one of such severe complications. A 29-year-old pregnant woman at term, ASA II, was proposed for a caesarean section after inadequate progression of labour. Spinal anesthesia was administered and surgery was uneventful. The patient recovered from the motor and sensitive blockage but, twelve hours after the procedure, she started complaining of paresthesia over the lower limbs that progressed to paraplegia. An urgent magnetic resonance revealed a dorsally located...

  8. Avaliação da situação nacional dos blocos operatórios, relatório final. Bloco operatório: estado da arte no HFF e em Portugal

    Carmona, C
    N/A

  9. Ano global de luta contra a dor: dor pós-cirúrgica

    Pedro, A
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  10. Ano global de luta contra a dor: dor pós-cirúrgica

    Pedro, A
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  11. Terapêutica invasiva não cirúrgica na gonartrose com gonalgia

    Ferreira, N

  12. Considerações anestésicas perante um doente com angioedema hereditário: caso clínico

    Vilaça, MJ; Coelho, M; Faísco, A; Carmona, C
    O angioedema hereditário (AEH), com uma prevalência estimada de 1:50000 pessoas, é uma doença rara mas potencialmente fatal. Pode se apresentar com edema sistêmico recorrente do tecido subcutâneo e das mucosas. Os doentes com AEH têm um risco acrescido de agudização clínica com o estresse cirúrgico, podem desenvolver síndromes de dificuldade respiratória por compromisso da via aérea e de instabilidade hemodinâmica. A abordagem perioperatória desses doentes requer intervenções específicas. Apresentamos um caso clínico de uma mulher de 50 anos com AEH tipo II proposta para ureterenoscopia com colocação de stent.

  13. Incidence of postoperative residual neuromuscular blockade in the postanaesthesia care unit: an observational multicentre study in Portugal.

    Esteves, S; Martins, M; Barros, F; Barros, F; Canas, M; Vitor, P; Seabra, M; Castro, M; Bastardo, I
    CONTEXT: Residual neuromuscular blockade still presents despite the use of intermediate duration muscle relaxants and is a risk factor for postoperative morbidity. OBJECTIVE: To determine the incidence of incomplete postoperative neuromuscular recovery from anaesthesia in a postanaesthesia care unit. DESIGN: Multicentre observational study. SETTING: Public Portuguese hospitals. PATIENTS: Adult patients scheduled for elective surgery requiring general anaesthesia with neuromuscular blocking agents. MAIN OUTCOME MEASURES: An independent anaesthesiologist measured neuromuscular transmission by the TOF-Watch SX acceleromyograph. Train-of-four ratios at least 0.9 and less than 0.9 were assessed as complete and incomplete neuromuscular recovery following general anaesthesia, respectively. RESULTS: The study population consisted of 350 patients [134 men and 216 women, mean (SD) age 54.3...

  14. Teste

    Truta, Raquel
    sdfeefsdfsdf

  15. Exclusão pulmonar em doente pediátrico recorrendo a cateter Fogarty

    Veiga, R; Costa, C; Vargas, S; Barros, F
    O aumento do número de intervenções com recurso a videotoracoscopia, bem como os procedimentos torácicos abertos em crianças, exigem técnicas anestésicas que providenciem ventilação pulmonar unilateral. As técnicas descritas na literatura para ventilação pulmonar unilateral em crianças são diversas porque todas elas têm as suas limitações individuais e temos sempre que adaptar a escolha da nossa técnica às possibilidades disponíveis na instituição onde trabalhamos. A utilização, bem-sucedida, de cateteres de embolectomia Fogarty como bloqueadores brônquicos para ventilação pulmonar unilateral está documentada recorrendo a diferentes técnicas. A colocação do cateter é realizada “às cegas” ou guiada e confirmada por broncoscopia ou fluroscopia. Descrevemos...

  16. Low bispectral index values in hydranencephaly

    Pérez-Ferrer, A; Gredilla, E; Vicente, J; Laporta, Y; Madeira, C

  17. Dor crónica pós cirúrgica

    Pedro, A; Coucelo, G

  18. Transfusão maciça: actualização: protocolo do hospital

    Placido, C; Reis, E; Barra, A; Ferreira, M; Carvalho, R

  19. [Manual de protocolos da Unidade de POSOP do Serviço de Anestesiologia do HFF]

    Carmona, C; Oliveira, I; Romão, E; Ferreira, M; Morais, S

  20. Unidade de POSOP: actividade 2009

    Carmona, C
    Apresentação e divulgação ao Serviço de Anestesiologia do HFF, da actividade realizada pela Unidade de POSOP durante 2009 e respectiva casuistica

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.