Recursos de colección

Repositório do Instituto Politénico de Castelo Branco (13.826 recursos)

O Repositório Científico do Instituto Politécnico de Castelo Branco tem como objectivos fundamentais a divulgação, a preservação em formato digital e a partilha do conhecimento científico gerado na instituição, constituindo-se numa ferramenta de valor acrescentado porque permite aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida.

ESECB - Posters em encontros científicos/técnicos

Mostrando recursos 1 - 20 de 23

  1. Competences for science teaching at the 21st century

    Sá, Patrícia; Paixão, Fátima
    This study presents a contribution to the conceptual and terminological clarification of the concept of teaching competence, as well as for the identification of a competencial framework of competences for science teaching at a primary education level, having in mind educating citizens for the 21st century as scientific literates. The proposed framework was developed based on an intensive literature review and on the contributions emerging from a shared reflection between researchers in science education (teachers educators), future primary teachers (pre-service teachers) and in-service primary teachers.

  2. Reações de obtenção do iodeto de chumbo para a compreensão dos níveis macro, simbólico e micro na aprendizagem de Química

    Paixão, Fátima; Ortigão, Manuela
    Depois de compreendido um fenómeno químico observável (nível macroscópico) e sua representação (nível simbólico) torna-se necessário que os alunos façam esquemas que ilustrem de modo explicativo o fenómeno ao nível sub-microscópico para a compreensão deste nível não-observável. A exploração articulada dos três níveis de análise deve ser incentivada por forma a ajudar os alunos na apropriação sucessiva mas integrada da linguagem específica da química como sistema interpretativo. [1] O conjunto de atividades laboratoriais apresentadas integra-se no estudo da unidade didática “Reações Químicas” do currículo de química do 8.º ano de escolaridade e foi desenvolvido de modo a orientar os alunos para...

  3. Resolução de problemas matemáticos históricos : Projecto de uma exposição de ciência interactiva

    Paixão, Fátima; Jorge, Fátima; Teodoro, José; Silveira, Paulo; Balau, Sónia
    A consideração da história da ciência/matemática contribui para evidenciar dificuldades de compreensão de conceitos e evidencia a natureza da ciência/matemática e do conhecimento científico bem como das comunidades que, em diferentes épocas ou contextos, deram passos para o avanço da ciência. É na intersecção de todos estes aspectos, tomados como valiosos do ponto de vista educativo, que se concebeu o Projecto "Problemas com Conta, Peso e Medida" que se apresenta no Poster e do qual já se obteve uma avaliação prévia por parte de professores do 1º e 2º ciclos que tomaram contacto com os módulos dos problemas históricos propostos.

  4. Centro interdisciplinar de linguas, culturas e educação - CLC&E

    Morgado, Margarida
    O Centro Interdisciplinar de Línguas, Culturas e Educação (CLC&E) Unidade Funcional do IPCB, divulgou na forma deste poster as suas áreas de ação e serviços que disponibiliza, nomeadamente no Ensino de línguas estrangeiras, na investigação interdisciplinar, na tradução, assessoria linguística, comunicação intercultural, cooperação com unidades funcionais e orgânicas do IPCB, entre outras.

  5. A definição de um sistema de qualidade para avaliar o percurso formativo em IES

    Ramos, A.; Cruchinho, A.; Delgado, F.M.G.; Ramos, George; Pereira, Paula; Sapeta, Paula; Afonso, Paulo
    A Agência para Avaliação e Acreditação da Qualidade no Ensino Superior em Portugal, assim como a Lei da Qualidade no Ensino Superior, foram publicadas em 2007. Foi solicitado a cada Instituição de Ensino Superior (IES) a conceção de um sistema de avaliação da qualidade ajustado à sua dimensão e funcionamento, compatível com a política da qualidade existente e estratégia definida. Este trabalho apresenta a conceção do Sistema Interno de Gestão da Qualidade no Percurso Formativo definido para o Instituto Politécnico de Castelo Branco. Neste sentido são abordadas as várias fases de desenvolvimento do sistema e que consiste no desenvolvimento progressivos dos vários subprocessos...

  6. O processo de Bolonha no IPCB : dos princípios à sua aplicação

    Ramos, A.; Cruchinho, A.; Delgado, F.M.G.; Ramos, George; Pereira, Paula; Sapeta, Paula; Afonso, Paulo
    O período que vivem atualmente as Instituições de Ensino Superior (IES) é considerado por todos os agentes envolvidos como um período de mudança, uma vez que se assiste a grandes alterações, quer na cultura de ensino, quer na cultura de aprendizagem. Neste sentido, não é possível deixar de refletir sobre estas transformações, tendo como pano de fundo a promoção de um nível adequado de exigência académica que deve ser uma característica das IES. A elaboração e divulgação de um relatório anual de concretização do Processo de Bolonha que, para além da exigência legal, e face às transformações verificadas no ensino superior resultantes do Processo...

  7. Radiation and environment a regional theme for the improvement of the scientific culture of a school community

    Louro, Alina; Paixão, Fátima
    In this study we identified the knowledge related with “Radiation and Environment” in a perspective of scientific culture, presented by teachers of different areas and by students in their final year of compulsory schooling, of a community located in a region with a considerable mate of radioactivity.

  8. An experimental work project with STS orientation : dyes and dyeing in a regional context

    Paixão, Fátima; Pereira, Mariette; Cachapuz, António
    Based on the dyes and dyeing processes of an ancient embroidery of Castelo Branco this study reports a project with STS orientation.

  9. Percepções de alunos do ensino superior português sobre a influência da ciência e da tecnologia na sociedade-um estudo integrado no projecto PIEARCTS

    Figueiredo, Margarida; Paixão, Fátima
    Neste trabalho apresenta-se um estudo sobre o modo como os estudantes do Ensino Superior em Portugal percepcionam, durante a sua formação académica de nível superior, a influência que a Ciência e a Tecnologia têm na Sociedade. A amostra total incluiu 347 estudantes que responderam a uma das formas do Questionário de Atitudes sobre Ciência Tecnologia e Sociedade (COCTS). Analisam-se em particular os resultados obtidos nas questões em que se avaliam as opiniões dos estudantes sobre a responsabilidade social da Ciência e da Tecnologia e sobre o seu contributo para a resolução de problemas e promoção do bem-estar económico.

  10. Orientação da investigação em educação em ciência e áreas disciplinares de referência

    Lopes, Bernardino; Paixão, Fátima; Praia, João; Guerra, Cecília; Cachapuz, António
    Este estudo cruza as orientações da investigação em Educação em Ciência (para a teoria, pratica ou politicas) com as áreas disciplinares de referência (e.g. física, biologia, psicologia, filosofia) nos artigos mais citados publicados nas revistas de circulação internacional mais importantes da área. Os resultados evidenciam que há certas disciplinas científicas que predominam (dependendo do tipo orientação da investigação) e há certas disciplinas não científicas que predominam independentemente da orientação da investigação.

  11. Orientação da investigação em educação em ciência e contextos da investigação

    Lopes, Bernardino; Paixão, Fátima; Praia, João; Guerra, Cecília; Cachapuz, António
    Este estudo cruza as orientações da investigação em Educação em Ciência (para a teoria, pratica ou politicas) com os contextos de investigação (e.g. ensino e aprendizagem, formação de professores) nos artigos mais citados publicados em 3 das revistas de circulação internacional mais importantes da área. Os resultados evidenciam que há certos contextos de investigação (e níveis de ensino) que predominam independentemente do tipo de orientação da investigação.

  12. Orientações da investigação em educação em ciência e tipos de investigação

    Lopes, Bernardino; Paixão, Fátima; Praia, João; Guerra, Cecília; Cachapuz, António
    Este estudo cruza as orientações da investigação em Educação em Ciência (para a teoria, pratica ou politicas) com os tipos de investigação (empírica, teórica, revisão ou posição) nos artigos mais citados publicados em três das revistas de circulação internacional mais importantes da área. Os resultados evidenciam que estudos empíricos são dominantes tanto na investigação orientada para a teoria como na investigação orientada para a pratica.

  13. Investigação em educação em ciência e sua orientação dominante: teoria, prática ou políticas?

    Lopes, Bernardino; Paixão, Fátima; Praia, João; Guerra, Cecília; Cachapuz, António
    O estudo identifica as orientações (para a teoria, pratica ou politicas) da investigação em Educação em Ciência numa amostra representativa dos artigos mais citados publicados em 3 das revistas de circulação internacional mais importantes da área. Os resultados apontam para a predominância da investigação orientada para a teoria.

  14. Linhas dominantes de investigação em educação em ciência: caracterização e evolução ao longo de uma década

    Paixão, Fátima; Lopes, Bernardino; Praia, João; Guerra, Cecília; Cachapuz, António
    No sentido de uma melhor compreensão das características e evolução da investigação em educação em ciência analisamos uma amostra dos artigos mais citados em três das revistas de investigação de maior impacto na comunidade internacional da área, questionando como evoluíram as principais linhas de investigação sobre as quais tal comunidade se interessou, ao longo de uma década. E possível evidenciar uma tendência para o enfraquecimento de linhas centradas na Psicologia da Educação, nomeadamente tendo a ver com a aprendizagem de conceitos, e para o fortalecimento de linhas centradas na Filosofia da Ciência e em abordagens multidisciplinares.

  15. Resolução de problemas matemáticos históricos: projecto de uma exposição de ciência interactiva

    Paixão, Fátima; Jorge, Fátima; Teodoro, José; Silveira, Paulo; Balau, Sónia
    É actualmente bem sentida a necessidade de desenvolver competências transversais de resolução de problemas. Considerando a utilização de espaços de aprendizagem não formais como um bom complemento de aprendizagem das ciências/matemática e reconhecendo a História da Ciência como uma abordagem que proporciona, entre outros aspectos, excelente motivação, desafiamo-nos a desenvolver um Projecto de uma Exposição interactiva constituída por um conjunto de módulos de problemas matemáticos históricos com resolução manipulativa, associados a grandezas físicas abordadas no 1o e 2o CEB (massa, volume, capacidade, área e comprimento). Evidenciamos as potencialidades educativas do projecto, dando conta da avaliação por professores que a visitaram...

  16. O computador e as aprendizagens em ciências : a avaliação de páginas web de escolas do 1º ciclo do ensino básico

    Gil, Henrique; Afonso, Margarida
    Pretende-se com a presente comunicação apresentar de forma resumida as actividades desenvolvidas no âmbito do programa internet nas escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico no distrito de Castelo Branco. O principal objectivo foi o de avaliar o conteúdo das diferentes páginas web de escolas do 1º Ciclo com a utilização de grelhas de avaliação a fim de se averiguar, com maior rigor, as suas potencialidades no processo de ensino aprendizagem.

  17. A avaliação na educação pré-escolar

    Infante, Maria José
    Este Poster pretende divulgar algumas experiências realizadas no âmbito de várias acções de Formação Contínua para Educadores de Infância, realizadas ao longo de seis anos (1996/2002), em torno da temática “A Avaliação na Educação Pré-Escolar”. As acções promovidas em torno desta temática pretenderam dar resposta a necessidades de formação identificadas por Educadores de Infância. De facto, durante muitos anos os curricula da Formação Inicial de Educadores de Infância apresentavam um déficit de formação, na área do Desenvolvimento Curricular e Avaliação, situação que contribuía para o empobrecimento das suas práticas profissionais.

  18. e-Learning versus b-Learning?! Qual a melhor opção?...

    Gil, Henrique
    Muitas iniciativas nacionais e internacionais já têm sido levadas a efeito no domínio do ensino a distância baseadas em plataformas electrónicas. O e-learning passou a constituir uma prioridade pelo que muitos esforços têm sido realizados para que esta nova forma de ensinar e de aprender se generalize. Adquirida alguma experiência na sua utilização, o e- learning começa a «sofrer» algumas adaptações e a utilização «mista» que consiste na utilização da plataforma de e-learning, através de um ensino a distância, alternada com sessões presenciais parece ter começado a ganhar adeptos na concepção que se passou a designar por b-learning (blended-learning). Esta...

  19. Visualising europe : visual literacy and intercultural european education project

    Morgado, Margarida
    Desenvolvido no âmbito do projecto Comenius/Sócrates

  20. Leituras e práticas das instituições portuguesas formadoras de professores dos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico : um projecto

    Paixão, Fátima; Sá, Patrícia
    Conscientes da complexidade e imprevisibilidade do mundo actual e da importância que os saberes básicos, enquanto competências fundacionais e dirigidas para a acção, assumem no exercício de uma cidadania coerente com as exigências actuais e previsivelmente futuras, evidenciamos o papel que a escola desempenha na formação de cidadãos capazes de actuar face à mudança. Elevar a literacia dos cidadãos implica elevar a qualidade e qualificação dos professores. Neste sentido, no estudo que se apresenta, pretendemos avaliar o impacte dos primeiros currículos, no âmbito do processo de Bolonha, no desenvolvimento de competências de ensino das ciências nos alunos futuros professores do...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.