Recursos de colección

Repositório do ISPA Instituto Superior de Psicologia Aplicada (10.261 recursos)

No Repositório do ISPA pode encontrar diversos tipos de documentos, em formato digital, resultantes da produção científica do ISPA designadamente: teses de doutoramento, teses de mestrado, artigos em publicações periódicas nacionais e internacionais, relatórios técnicos, artigos em actas de conferências nacionais e internacionais e capítulos de livros.

PORG - Artigos em revistas nacionais

Mostrando recursos 1 - 20 de 115

  1. Como podem as organizações gerir paradoxos?

    Cunha, Miguel Pina e; Rego, Arménio; Sousa, Mlton
    As organizações participam em ambientes que, além de complexos, são repletos de ambiguidade e de exigências contraditórias. A capacidade de trabalhar com os paradoxos é necessária para responder a essa complexidade ambiental. Este artigo discute como esse desafio pode ser levado a cabo. Começa por esclarecer a diferença entre processos por vezes equiparados a paradoxos por envolverem contradições, nomeadamente dilemas e dialéticas. Trata, depois, de diferentes possibilidades de resposta às situações paradoxais. Discute, finalmente, como dessas respostas podem resultar círculos viciosos versus virtuosos.

  2. Resposta coletiva compassiva: Impacto de estrutura e missão organizacional

    Araújo, Maria; Marujo, Helena Águeda; Lopes, Miguel Pereira
    A capacidade coletiva compassiva tem claras implicações no desempenho e no bem-estar dos indivíduos no contexto organizacional (Lilius, Worline, Maitlis, Kanov, Dutton, & Frost, 2008). O presente estudo tem como objetivo descrever a forma como o efeito combinado de práticas e características de flexibilização de estrutura organizacional contribuem para o aumento de respostas coletivas compassivas (RCC) em organizações com missão pró-social, quando comparadas com organizações cuja missão é focada na produtividade. Este objetivo tem como pressuposto que todas as organizações, independentemente da sua missão (pró-social vs. produtiva), podem ter a capacidade de se auto-organizar de forma compassiva para minimizar o sofrimento dos colaboradores, embora o possam fazer através...

  3. O plano de marketing: Um estudo discursivo

    Toledo, Luciano Augusto; Prado, Karen Perrotta Lopes de Almeida; Petraglia, José
    O artigo tem como propósito contribuir com a discussão sobre a relevância do plano de marketing no contexto das atividades de marketing. O trabalho foi estruturado sob a modalidade de ensaio, e compõe-se de uma revisão do referencial teórico, mediante uma análise conceitual crítica de alguns aspectos pertinentes ao assunto. O tema é tratado sob uma perspectiva de um sistema hierárquico de decisões, pondo-se em destaque o marketing como uma função da troca e o papel do marketing no direcionamento da gestão estratégica. É estudada, ainda, a importância do plano de marketing e principais equívocos. O trabalho conclui com a afirmação de que o plano de...

  4. Insatisfação com sistemas organizacionais e repercussão no atendimento a clientes

    Pinto, Éder Paschoal
    O objetivo central deste trabalho interdisciplinar é verter um facho de luz sobre a relação entre a insatisfação com sistemas organizacionais e a dissonância cognitiva no atendimento a clientes. Os vendedores e seus clientes, de três unidades de uma rede de vendas de veículos autorizada a atuar no Sul do Brasil, foram selecionados para a pesquisa. Dois instrumentos de coleta de dados foram construídos pelo autor, para investigar os selecionados. Eles foram aplicados em dois momentos distintos. No primeiro, os vendedores e seus clientes responderam a questões sobre atendimento, nas diversas fases de vendas. No segundo, os vendedores responderam a questões sobre o sistema organizacional da rede,...

  5. Beyond human and intellectual capital: Profiling the value of knowledge, skills and experience

    Oliveira, Teresa Carla; Holland, Stuart
    The concept of human capital is associated mainly with the Nobel Laureate Gary Becker and, in his usage, has a clear conceptual basis as investment in the costs of formal education. By contrast, this paper suggests that ‘intellectual capital’ is a re-branding of knowledge, skills and experience rather than re-conceptualisation of resource based learning. Becker also chose not to include informal knowledge, skills or experience within his concept of human capital, which remains limited by its constrained premises. This paper submits that both human capital and intellectual capital advocates fail to identify or measure the tacit knowledge and implicit learning which increasingly is recognised as a key...

  6. Ambigüidades identitárias na “Feira Hippie”/ Brasil

    Pimentel, Duarte; Carrieri, Alexandre de Pádua; Leite-da-Silva, Alfredo Rodrigues
    Este trabalho tem por objetivo discutir as ambigüidades identitárias vivenciadas pelos atores sociais, representantes de organizações familiares que se agrupam na “Feira Hippie” de Belo Horizonte (Minas Gerais/Brasil). O embasamento teórico da discussão está ancorado na abordagem de identidade e nos processos de identificação social, enquanto que o material empírico provém de uma investigação em organizações familiares. O método de pesquisa adotado foi o qualitativo, baseado na Análise do Discurso e na história de vida dos gestores familiares ao longo dos seus 36 anos de atuação na Feira. A análise evidenciou os processos de construção e desconstrução de determinadas identificações por parte dos gestores familiares em relação...

  7. Um estudo de caso sobre as organizações que aprendem

    Franco, Mário José Batista; Ferreira, Tânia Sofia da Costa
    Perante a actual envolvente, as organizações, para se tornarem competitivas, necessitam de recorrer a procedimentos, técnicas e instrumentos de gestão que assentem num processo de aprendizagem contínua. O objectivo deste artigo é, precisamente, conhecer e compreender melhor os procedimentos e mecanismos que a uma organização deve adoptar para se direccionar para o novo paradigma de gestão – as organizações que aprendem. Neste estudo propõe-se um modelo conceptual da “organização que aprende”, que assenta em quatro dimensões: (1) Cultura Organizacional, (2) Desenho Organizacional, (3) Partilha de Informação e (4) Liderança. Para validar este modelo, foi adoptada uma abordagem de investigação qualitativa que se aproximou de uma investigação-acção. Para o...

  8. Obstáculos à gestão do conhecimento nas escolas de gestão e economia do ensino superior público em Portugal

    Eiriz, Vasco; Simões, Jorge; Gonçalves, Miguel
    Este artigo identifica os obstáculos à gestão do conhecimento nas escolas de gestão e economia do ensino superior público em Portugal. Assume a gestão do conhecimento como um processo colectivo e interactivo que envolve a geração, codificação e transferência do conhecimento. No âmbito duma pesquisa sobre gestão do conhecimento no ensino superior em Portugal, procedeu-se à aplicação de um questionário junto de docentes das escolas de gestão e economia do ensino público, tendo-se obtido 142 respostas válidas para tratamento de dados. Os dados foram submetidos a uma análise descritiva e factorial tendo-se identificado os seguintes principais obstáculos à gestão do conhecimento: liderança e organização, comunicação, e recursos...

  9. Hope, optimism, and other business assets: Why “psychological capital” is so valuable to your company

    GMJ; Luthans, Fred
    Entrevista com Fred Luthans,1 coauthor of Psychological Capital: Developing the Human Competitive Edge

  10. Dr. Bailey: An exemplar of critical care

    Norum, Karen E.
    We often confuse praise and being nice and polite with appreciative, positive behavior and actions. However, the distinction between positive and negative is not so clear. Some seemingly negative behaviors and actions effectively evoke positive emotions and behavior. Criticism and honest candor can serve a positive function, helping us to learn and grow. This paper makes a case for critical care. Such communication is direct and specific but not malicious. The character of Dr. Bailey from the U.S. TV show Grey’s Anatomy is used as an example of someone who demonstrates critical care.

  11. An explorative analysis of the socialization of positive emotions: Insights from the consulting field

    Kaiser, Stephan
    Common accounts on socialization are predominantly slanted towards cognitive conceptions. When emotions are considered, most of the time emphasis lays upon negative emotions. Against this background, this study refines prior research in two ways. First, we offer an emotion-oriented perspective of socialization processes. Second, we concentrate on the socialization of positive emotions. We confirm these assumptions by means of an explorative case study in the field of consulting firms. Results suggest that positive emotions play a crucial role throughout the different socialization phases, and can manifest themselves over time in a virtuous cycle. In addition, conventional notions on socialization agents are refined by this research, while arguing...

  12. A esperança é a última a morrer?: Capital psicológico positivo e presentismo1

    Martinez, Luís Fructuoso; Ferreira, Aristides Isidoro; Sousa, Luís Manuel; Cunha, João Vieira da
    Este artigo procura contribuir para a compreensão da relação entre os conceitos de presenteísmo e de comportamento organizacional positivo. Neste âmbito, pretende-se avaliar a relação entre duas facetas do presenteísmo (trabalho completado e distracção evitada) e uma dimensão de capital psicológico positivo (esperança). Recorreu-se a uma amostra de 158 colaboradores, maioritariamente associados às áreas da saúde e investigação. Os resultados revelam que a faceta de presenteísmo distracção evitada encontra-se associada ao grupo de trabalhadores com baixos resultados na variável esperança. Sugerem-se propostas de implementação de programas de redução do presenteísmo, com o objectivo de incrementar o capital psicológico positivo das organizações. Este estudo permitiu ainda apresentar as...

  13. Carreiras em transformação e seus paradoxais reflexos nos indivíduos: Metáforas de carreira e de competências

    Kilimnik, Zélia Miranda; Castilho, Isolda Veloso de; Sant’Anna, Anderson de Souza
    Este artigo analisa a evolução da carreira e seus diversos significados e apresenta um estudo realizado com profissionais de Administração de empresas, suas autopercepções e aspirações (âncoras) de carreira e as exigências em termos de competências profissionais. Foram realizadas entrevistas em profundidade, conjugadas com a aplicação do Inventário de Âncoras de Carreira de Edgar Schein, como etapa inicial e exploratória de um estudo mais amplo. As trajetórias estudadas, e as metáforas e âncoras encontradas, revelaramse exemplares de tendências atuais, como a busca pela ampliação das competências e a carreira em ziguezague, com características de autodirecionamento da carreira proteana, defrontandose com diversas alternativas e evidenciando uma postura mais próativa. Essa metodologia permitiu...

  14. Cultural audit as a tool to increase employee involvement in small firms: A case study

    Pardo-del-Val, Manuela; Dasí-Rodríguez, Sonia; Cerver-Romero, Elvira; de-la-Torre-Fernández, Amparo
    Employee involvement is a common goal for most companies. This research started when managers of a familyrun horticultural firm decided to increase employee commitment and improve organizational climate. To help them, we considered the possibility of developing a cultural audit, adapting the tool to the fact that it was a small family business. Therefore, this paper will firstly review the existing literature concerning organizational culture, specially which cultural characteristics should be more valuable to achieve employee commitment and involvement and how to run a cultural audit. Secondly, it will expose the design and implementation of a cultural audit at this company, through an explicative case study that aims...

  15. Los desafíos del diseño organizacional e institucional en un medio ambiente globalizador

    Hernández, Josè Gpe. Vargas
    Este trabajo tiene por objetivo analizar los desafíos de diseño organizacional e institucional en un medio ambiente globalizador. Este análisis se inicia a partir de las consideraciones de la emergencia de las nuevas asimetrías del poder en los procesos de globalización económica y su impacto en los procesos de cambio organizacional, institucional, del Estado y las políticas públicas y el diseño intergubernamental. La información y el conocimiento son insumos de las comunidades de aprendizaje y para la formación de redes Una característica de los arreglos institucionales y nuevas formas organizacionales es la creación del poder en los individuos (empoderamiento).

  16. Aprendizagem na ação revisitada e sua relação com a noção de competência

    Antonello, Claudia Simone
    Este artigo tem como propósito abordar, discutir e propor, a partir de cuidadosa revisão da literatura e resultados de estudo exploratório, uma concepção que procura estabelecer conexões entre as diferentes definições sobre a aprendizagem experiencial e seu papel no desenvolvimento de competências no contexto organizacional. O estudo desenvolvido investigou os aspectos relacionados à aprendizagem e ao desenvolvimento de competências na percepção de universitários que estavam trabalhando e cursando a etapa final do curso de administração. Os resultados revelam: a importância do contexto em que os indivíduos estão inseridos na construção de significados para o processo de aprendizagem; como as situações que surgem no cotidiano podem tornarse veículo neste...

  17. Construção e validação de uma escala multi-factorial de motivação no trabalho (mult-moti)

    Ferreira, Aristides Isidoro; Diogo, Carole; Ferreira, Mafalda; Valente, Ana Catarina
    Esta investigação tem como objectivo a construção e validação de uma Escala MultiFactorial de Motivação no Trabalho para a população portuguesa. A ausência de instrumentos para medir várias dimensões da motivação levou ao desenvolvimento e elaboração desta escala de motivação. A escala integra 28 itens decorrentes de uma pesquisa teórica que contempla algumas teorias da motivação. Participaram nos estudos de validação da escala 444 colaboradores de empresas de novas tecnologias de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 19 e os 34 anos. A escala apresenta bons índices de consistência interna (valores entre 0.72 e 0.84) e uma análise factorial que revelou a existência de uma...

  18. Análise do trabalho em agentes de contatopaciente: Investigação das táticas utilizadas

    Tavares, José da Cunha
    A análise do trabalho a que nos propusemos transforma as operações da ação analisada não em instrumento de referência para reproduzilas ou corrigilas, mas sim em instrumento de descoberta de alternativas diversas a partir das quais a ação se constrói. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é verificar as táticas utilizadas pelos agentes de contatopaciente no atendimento de internação em um hospital, no intuito de avaliar o distanciamento entre o trabalho prescrito e o trabalho efetivamente real. Para tanto, utilizouse a entrevista de explicitação como metodologia qualitativa. Também foi analisado o processo de atendimento ao paciente, identificandose tarefas, ações e recursos para obterse melhoria nos resultados com vistas na satisfação do cliente....

  19. A Administração pública do século XXI: Aprendizagem organizacional, mudança comportamental e reforma administrativa

    Madureira, César; Rodrigues, Miguel
    Este artigo pretende salientar a importância da Aprendizagem Organizacional, e consequentemente da mudança comportamental, no contexto da reforma da Administração Pública no século XXI. Para tal começamos por fazer uma breve resenha sobre a evolução dos mais proeminentes paradigmas da Ciência Administrativa da segunda metade do século XX. De seguida apresentamos o conceito de Aprendizagem Organizacional na perspectiva mais tradicionalista, mas sobretudo enquanto elemento dependente versus potenciador de novos tipos de relacionamento e de comportamento organizacional. Por fim, explorase a questão da importância da mudança dos comportamentos no contexto da reforma administrativa. Para tal desenvolvemos os conceitos de: 1) mudança dos comportamentos; 2) resistência à mudança na Administração Pública;...

  20. Empresarialidade e empresário: Revisão da literatura

    Dinis, Anabela; Ussman, Ana Maria
    Nas últimas décadas o entrepreneurship tem vindo a merecer uma crescente atenção por parte de investigadores provenientes de diversas áreas do conhecimento. Pretende-se com este artigo apresentar uma revisão da literatura sobre o tema de forma a evidenciar as diversas abordagens que daí resultaram. Para tal, discutiu-se o conceito e objecto de estudo do entrepreneurship, propondo-se a utilização do termo “empresarialidade” para designar esta área de estudo. Prossegue-se com a sistematização das diversas abordagens ao tema, particularmente das que se centram sobre o estudo do empresário: a abordagem económica – a primeira a surgir na literatura e que procura explicar a função do empresário na economia; a...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.