Mostrando recursos 1 - 14 de 14

  1. Sanitaristas em cena : cartografia sobre a experiência de inserção dos bacharéis em saúde coletiva

    Silva, Vivian Costa da
    Os primeiros Bacharéis em Saúde Coletiva (BSC) são pioneiros na formação de Graduação em Saúde Coletiva e também na inserção no mercado de trabalho. Nos cenários de suas inserções profissionais e acadêmicas, estes profissionais têm desbravado as possibilidades de carreira e descoberto as potências de sua atuação. Deste modo, este estudo tem o objetivo de apreender, mapear, analisar e dar visibilidade para as experiências de inserção dos BSC formados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como cada BSC constitui a experiência de sua atuação de modo singular e múltiplo, de acordo com o cenário que está inserido...

  2. Por uma educação que transborde a sala de aula : o trabalho é uma escola

    Junges, Estela Maris Gruske
    Buscou-se discutir sobre a educação em saúde no trabalho a partir de um estudo de caso (caso único) referente à especialização em serviço de parceria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Ministério da Saúde. A especialização é um programa educacional voltado para o desenvolvimento da formação-intervenção, da supervisão crítico-colaborativa em redes de ação e de práticas de trabalho em saúde coletiva e educação e ensino da saúde. Ela permite que recém-formados em saúde coletiva e egressos de programas de residência experimentem um novo espaço de aprendizagem que é a gestão do âmbito federal. O objetivo deste...

  3. Composições para uma clínica das práticas integrativas no SUS : um olhar a partir da acupuntura

    Charney, Alessandra Wladyka
    Este trabalho acadêmico tratou de discutir da temática geral das Racionalidades Médicas e Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), ocupando-se de maneira mais específica das relações - do entremeio - nas composições (im)possíveis entre duas racionalidades médicas: a ocidental hegemônica e a tradicional chinesa, analisadas a partir do contexto clínico contemporâneo da prática da acupuntura. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa utilizando um estudo empírico analítico cuja abordagem metodológica utilizada foi o estudo de caso. Tomou- se como campo de pesquisa os serviços de saúde que ofertam a acupuntura como prática de cuidado no Sistema Único de Saúde...

  4. Produção de territórios na interface da saúde com a segurança pública : cuidado em saúde para mulheres privadas de liberdade

    Dalmaso, Tatiana Fraga
    Esta dissertação inscreve-se no Campo da Saúde Coletiva, tem como tema o direito à saúde para a população privada de liberdade e foi realizada em uma instituição penitenciária feminina no estado do Rio Grande do Sul. É um estudo qualitativo, descritivo, cujo objetivo geral é analisar como a penitenciária se constitui território de saúde na interface entre saúde e segurança pública. Buscou-se também compreender como, no contexto desse território, define-se e implementa-se o cuidado em saúde e, de forma específica, o cuidado em saúde para mulheres usuárias de drogas. Para a produção do material empírico, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com...

  5. Mapeando a relação gestão-atenção no Sistema Único de Saúde a partir de experiências de apoio e pesquisa na atenção básica

    Schenkel, Júlia Monteiro
    Esse trabalho visa problematizar uma suposta dicotomia existente entre gestão e atenção na saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde, explorando como a tecnologia do apoio institucional pode incidir nessa relação. Para tanto, realizou-se uma investigação cartográfica a partir de narrativas e reflexões registradas em diários de campo que emergiram de experiências da pesquisadora, na condição de apoiadora no âmbito da Atenção Básica. A pesquisa parte do resgate dos principais modelos de saúde que influenciaram a construção do Sistema Único de Saúde, mapeando jogos de forças presentes na Política Nacional de Atenção Básica, mais especificamente nos modos como a...

  6. Se esta rua se esta rua fosse minha...: cuidado à população em situação de rua em Lajeado, RS

    Tedeschi, Kátia Mottin
    Cuidado à população adulta em situação de rua em Lajeado, RS. Essa é a temática que orienta a pesquisa, que tem como objetivo central compreender como as pessoas adultas, em situação de rua, percebem e acolhem as estratégias de cuidado disponibilizadas pelo sistema de Proteção Social na cidade de Lajeado. Para embasar os objetivos da pesquisa, foram criados quatro capítulos conceituais para fundamentar teoricamente a proposta: A praça, o enredo, a história; Paulo, Joaquim e Márcio: quem são eles que compõem a história; Política da Assistência Social; Onde fica a praça? Onde se passa a história? Um pouco sobre Lajeado....

  7. A história de Janaína : o peso da obesidade alimentando relações sociais

    Carvalho, Damiana Paula Coelho
    A obesidade possui caráter multifatorial, podendo ser vista como problema de pertencimento social. Neste enfrentamento, o indivíduo obeso percorre um caminho por cuidado em uma busca composta por diferentes relações sociais que ocorrem neste itinerário e podem tanto empoderá-lo quanto diminuir suas capacidades de se sentir influente no manejo de sua própria vida. Na zona rural, pode ser ainda mais difícil, face a inúmeras dificuldades inerentes à vida neste espaço, motivo pelo qual é necessário analisar o enfrentamento da obesidade a partir das relações sociais estabelecidas ao longo de um itinerário terapêutico, compreendendo o que significa ser obeso e quais...

  8. Por onde andei enquanto cuidado eu procurava? : itinerários terapêuticos de pessoas com deficiência

    Silva, Thaís Botelho da
    A deficiência, conforme a discussão contemporânea, é encarada como condição existencial e fruto de uma sociedade pouco adaptada às pessoas com diversidades funcionais. A saúde ainda possui caminhos a percorrer nesta concepção, já que tradicionalmente teve seu foco unicamente sobre as manifestações corporais e pouco se comprometeu em relações emancipatórias de cuidado. Assim, buscou-se conhecer como são os caminhos percorridos pelas pessoas com deficiência na busca por cuidados em saúde, fazendo uma análise sobre o itinerário terapêutico e uma problematização do viver com deficiência. A pesquisa parte da metodologia qualitativa e se utilizou de entrevistas que tratassem a história de...

  9. Revisão sistemática de metodologias de financiamento em sistemas universais

    Lobato, Marcos Antônio de Oliveira
    A distribuição de recursos financeiros é um desafio para a gestão pública de saúde. Este estudo revisa sistematicamente os critérios de alocação de recursos financeiros públicos dentro de territórios políticos administrativos para serviços e ações de saúde com acesso universal de populações em áreas geográficas definidas em documentos publicados sem restrição de data inicial até 2015 em português, inglês, espanhol e italiano em sites acadêmicos, Organização Mundial da Saúde e Banco Mundial. Foram encontradas 37 publicações abrangendo 53 metodologias, a maioria referente a países europeus de alto desenvolvimento humano e língua inglesa. A Inglaterra foi o país pioneiro e desenvolveu...

  10. Práticas integrativas e complementares na atenção básica do Sistema Único de Saúde do município de Porto Alegre, RS : desafios atuais

    Müller, Tatiana Leite
    O estudo envolve a problematização do processo de institucionalização das Práticas Integrativas e Complementares (PICs) na Atenção Básica (AB) e do processo de implementação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Tem-se por objetivo analisar o processo de institucionalização e implementação da PNPIC na AB do Sistema Único de Saúde de Porto Alegre, identificando as práticas ofertadas, os fatores dificultadores e facilitadores dessa implementação e como se dá o acesso e o fluxo dos usuários nesses serviços da AB. Para isso, foi realizado um estudo qualitativo com a) grupo...

  11. Vidas nuas : mulheres com HIV/AIDS em situação de violências de gênero

    Ceccon, Roger Flores
    A epidemia de HIV/aids e a violência de gênero em mulheres apresentam elevada prevalência, configurando graves problemas de saúde pública. O objetivo geral deste estudo foi conhecer as trajetórias de vida de mulheres com HIV/aids em situação de violência de gênero. Os objetivos específicos foram: analisar as vulnerabilidades decorrentes das desigualdades de gênero, raça e classe social nas vidas de mulheres com HIV/aids; identificar as iniquidades presentes nas vidas destas mulheres e caracterizar como se constituem as vidas de mulheres com HIV/aids em situação de violência de gênero a partir dos conceitos de fascismo social, biopolítica e vidas nuas. É...

  12. "Equipamentos do século XIX, profissionais do século XX e problemas do século XXI" : saúde mental dos trabalhadores da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul

    Kersting, Inaiara
    Os trabalhadores da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul têm sido identificados como um grupo em grande vulnerabilidade psicossocial para a ocorrência de sofrimento mental decorrente do trabalho. Este estudo teve como objetivo principal compreender a influência do trabalho na saúde mental desses servidores, através da análise das relações laborais lá existentes e de que forma a organização do trabalho está imbricada nesse processo. Os objetivos específicos foram conhecer as percepções dos servidores sobre seu ambiente de trabalho, identificar os efeitos da organização do trabalho no cotidiano dos servidores e identificar as motivações que fazem que os...

  13. Femicídios em Porto Alegre : uma análise crítica de inquéritos policiais

    Margarites, Ane Freitas
    Femicídio é um conceito que designa assassinatos pautados em gênero, ou seja, mortes femininas por agressão devido ao fato da vítima ser uma mulher. Pesquisas indicam que entre 60 a 70% dos assassinatos de mulheres são femicídios, porém estes dados ainda são pouco conhecidos no Brasil. Esta pesquisa de desenho quali-quantitativo teve por objetivo quantificar a fração de femicídios em uma amostra de inquéritos policiais de mulheres assassinadas, obtidas na Delegacia de Homicídios de Porto Alegre, no período de 2006 a 2010. Outro objetivo foi analisar, sob a perspectiva da teoria do Patriarcado e da Análise Crítica do Discurso, os...

  14. Vivência grupal na potencialização de trajetórias participativas de pessoas atendidas em um centro de atenção psicossocial álcool e outras drogas (CAPS-AD)

    Costa, Felipe Silveira da
    As questões relativas ao cenário das pessoas que usam drogas têm assumido um papel rele-vante em todas as épocas, particularmente a temática da grupalidade enquanto dispositivo potencializador das mais diversas formas de participação social. Compondo esse aspecto as-sociam-se as diferentes visões relativas ao uso de drogas, muitas vezes antagônicas, que ten-dem a colocar a pessoa usuária em um lugar de impotência e periculosidade, ou de sujeito produtor de territórios de vida possíveis e significativos. Este projeto visa realizar a cartogra-fia de uma grupalidade enquanto potencializadora de dimensões da participação social de usuários de drogas vinculados a um serviço de saúde...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.