Mostrando recursos 1 - 20 de 29

  1. Comparação da prevalência de neuropatia e dos testes de screening para neuropatia diabética (Neuropathy Disability Score versus Michigan Neuropathy Screening Instrument) em homens e mulheres : diabéticos, obesos pré-diabéticos, obesos com síndrome metabólica, obesos sem pré-diabetes e síndrome metabólica e pós-cirurgia bariátrica

    Rodrigues, Daiane
    Introdução: Polineuropatia periférica (PNP) é descrita em diabéticos, porém estudos têm mostrado alterações neuropáticas em pacientes com pré-diabetes (Pre-DM), Síndrome Metabólica (SM), obesos e submetidos à cirurgia bariátrica (post-BS). Objetivo: Avaliar a prevalência de PNP entre pacientes com Diabetes Mellitus (DM), obesos graus II e III e pré-diabetes (OB-PRE-DM), obesidade graus II e III e síndrome metabólica (OB-SM), obesidade sem PREDM e SM (Ob No MS) e pacientes Post-BS e avaliar a sensibilidade e a especificidade da escala Neuropathy Disability Score (NDS) em comparação com Michigan Neuropathy Screening Instrument (MNSI). Método: Foi realizado um estudo transversal onde as prevalências de...

  2. Avaliação ultrassonográfica do diâmetro uretral pós-parto e sua correlação com fatores gestacionais e incontinência urinária em seis meses após o nascimento

    Picoloto, Ana Selma Bertelli
    INTRODUÇÃO: A incontinência urinária (IU) é uma condição multifatorial, sendo que, para muitas mulheres, a gestação, o trabalho de parto e o parto constituem os eventos-sentinela para o seu aparecimento. A ultrassonografia transperineal (translabial) tem sido utilizada para avaliação das alterações anatômicas que ocorrem após o parto, sendo possível correlacionar seus resultados com os sintomas de IU. Delineamos um estudo para comparar o valor do diâmetro uretral de mulheres após o parto vaginal e após a cesariana eletiva, correlacionando estas medidas com fatores ligados à gestação e ao nascimento, e com a presença de IU no período de seis meses...

  3. Disfunções do assoalho pélvico no pós-parto imediato, um mês e três meses após o parto vaginal e cesárea

    Colla, Cássia
    Introdução: Devido à fatores hormonais e mecânicos, a gestação e o parto provocam alterações que podem gerar disfunções do assoalho pélvico (DAP). Os estudos sobre as DAP no puerpério a curto prazo são escassos e fazem uso assistemático de métodos avaliativos. Objetivo: Identificar e avaliar as DAP no pós-parto imediato, um mês e três meses após o parto, comparando parto vaginal (PV), cesárea eletiva (CE) e cesárea intraparto (CI). Métodos: Estudo observacional longitudinal que avaliou mulheres até 48 horas (fase 1); um mês (fase 2) e três meses após o parto (fase 3). Utilizou-se o International Consultation on Incontinence Questionnaire...

  4. Pressão arterial após cirurgia bariátrica de mulheres na pré e pós menopausa

    Ramos, Camila Perlin
    Base teórica: doenças linfoproliferativas crônicas de linhagem B (DLPC-B) são neoplasias clonais que afetam linfócitos B maduros. A tirosina quinase de Bruton (do inglês Bruton’s tyrosine kinase, BTK) é uma proteína essencial para o desenvolvimento, diferenciação e sinalização nos linfócitos B. Ki-67 é uma proteína nuclear associada à proliferação celular. A avaliação de proteínas envolvidas nas vias de sinalização oncogênicas pode levar ao aprimoramento do diagnóstico, tratamento e definição de prognóstico das DLPC-B. Objetivo: avaliar a expressão de BTK e Ki-67 em linfócitos de portadores de DLPC-B. Métodos: para avaliação de BTK foi realizado um estudo transversal; foi avaliada a...

  5. Avaliação da concordância da expressão imuno-histoquímica da proteína p53 entre a amostra endometrial pré-operatória e a peça uterina nos carcinomas de endométrio

    Silveira, Razyane Audibert
    Objetivo: avaliar a concordância da expressão imuno-histoquímica (IMH) da proteína p53 (p53) na amostra endometrial e na peça cirúrgica de histerectomia, associando-a a fatores como tipo histológico, grau tumoral e estadiamento, bem como analisar a concordância interobservador para expressão e intensidade de expressão da p53 entre biópsia diagnóstica e peça cirúrgica. Métodos: estudo transversal retrospectivo, no qual foram incluídas pacientes com carcinoma endometrial submetidas à biópsia de endométrio e tratamento cirúrgico primário na Unidade de Oncologia Genital do HCPA. As lâminas foram lidas por dois patologistas. O percentual de expressão da p53 foi avaliado em três categorias (<10%, 10-50% e...

  6. Ocitocina sérica e comportamento afetivo de cães na interação com crianças e adultos

    Jockyman, Luelyn
    A ocitocina tem sido usada como parâmetro para medir os laços sociais em animais. Recentemente foi demonstrado que a concentração de ocitocina aumenta em cães e donos quando interagem positivamente e, possivelmente, que na interação com crianças e adultos, cães fêmeas são mais afetivas do que os cães machos. Objetivo: determinar se existe diferença nos níveis séricos de ocitocina e no comportamento afetivo de cães machos e fêmeas, quando interagem com crianças e adultos. Método: foi realizado um estudo experimental, com 6 machos e 6 fêmeas da raça Beagle, pertencentes ao Laboratório de Ensino de Zootecnia (LEZO) da Faculdade de...

  7. Interação entre células e biomateriaispara desenvolvimento de neovagina : ensaios in vitro

    Henckes, Nicole Andrea Corbellini
    A síndrome de Mayer-Rokitansky-Kuster-Hauser (MRKH) caracteriza-se pela aplasia congênita dos ductos Mullerianos. Devido a algumas características peculiares, as células-tronco mesenquimais estão sendo vistas como uma nova alternativa de tratamento em pacientes acometidos pela síndrome de MRKH. Considerando que alguns biomateriais servem como suporte estrutural e interferem positivamente na regeneração tecidual, a associação da linhagem celular de mucosa vaginal HMV-II e das MSC derivadas de tecido adiposo humano com biomateriais apresenta uma nova possibilidade na criação de neovagina. Nesta perspectiva, foram cultivadas células HMV-II com diferentes biomateriais (Membracel, Biofilme, Cellprene, PLGA PI quimicamente modificado) a fim de selecionar o melhor material...

  8. Sistema calicreína-cininas e estresse oxidativo na infertilidade feminina induzida por cisplatina

    Ayres, Laura Silveira
    Introdução: A toxicidade da cisplatina é bem compreendida nos sistemas renal, gastrointestinal, auditivo e nervoso, assim como na medula óssea. No entanto, os mecanismos causadores de infertilidade induzidos pela cisplatina são pouco compreendidos. Objetivo: Nosso objetivo foi verificar a participação do sistema calicreína-cininas e do estresse oxidativo na infertilidade induzida pela cisplatina, auxiliando no desenvolvimento de novas alternativas terapêuticas. Métodos: Os camundongos fêmeas C57BL/6 adultos (n=9) receberam dois ciclos de 2,5 mg/kg de cisplatina por via intraperitoneal durante cinco dias, com um período de recuperação de sete dias entre os ciclos. O grupo controle (n=9) recebeu solução de NaCl 0,9%....

  9. Análise da frequência e determinação imuno-histoquímica dos carcinomas mamários receptor de estrogênio negativo e receptor de progesterona positivo

    Nardi, Rosana Pellin de
    Introdução: Cerca de 70% dos carcinomas mamários possui expressão de receptores hormonais de estrogênio (RE) e de progesterona (RP), os quais estão envolvidos em processos relacionados ao desenvolvimento tumoral. Consequentemente, terapias que bloqueiam a ação hormonal têm sido utilizadas para tratamento e prevenção do câncer de mama. A ausência do RE em um câncer de mama PR positivo é infrequente e de significado incerto. Pode representar um subgrupo de tumores com vias de sinalização de receptores hormonais deficientes, que, provavelmente, não responderá à hormonioterapia, comportando-se como um tumor com perfil triplo-negativo e, portanto, sem necessidade do uso de terapias-alvo anti-hormonais....

  10. Estado nutricional, consumo alimentar e níveis séricos de cálcio e vitamina D em uma coorte de mulheres com diabetes mellitus gestacional e sua associação com os desfechos da gestação

    Pons, Renata Selbach
    Introdução: O Diabetes Mellitus Gestacional (GDM) associa-se ao risco de desfechos adversos maternos, fetais e neonatais, como desordens hipertensivas e macrossomia. A obesidade é fator de risco para diabetes e para piores resultados obstétricos e perinatais. As demandas de cálcio e vitamina D na gestação visam suprir as necessidades do feto. Associações entre baixos níveis de vitamina D e maiores taxas de DMG, pré-eclâmpsia, bebês pequenos para idade gestacional (PIG) e parto prematuro têm sido relatadas. A intervenção nutricional é fundamental no tratamento do DMG e influencia o ganho de peso gestacional (GPG), o crescimento fetal e os desfechos obstétricos....

  11. Fatores associados a fraturas de fêmur em uma população de mulheres na pós-menopausa

    Santos, Milena da Silva
    Objetivos: Identificar fatores de risco clínico para fraturas de mulheres na pós-menopausa submetidas a intervenções cirúrgicas por fraturas de fêmur e suas condições atuais de saúde (uso atual de medicação para osteoporose, dieta, capacidade funcional, qualidade de vida e depressão). Modelo: Estudo transversal com mulheres pós-menopáusicas submetidas à cirurgia por fratura de fêmur entre 2000 e 2015 em hospital filantrópico de Gramado, RS. Local e Período: Domicílios das participantes entre dezembro de 2016 e abril de 2017. Amostra: A amostra foi constituída por mulheres na pós-menopausa submetidas a cirurgia para tratamento de fratura de fêmur. Medidas de avaliação: Os instrumentos...

  12. Escala de depressão de Hamilton de 6 itens (HAM-D6) : propriedades psicométricas da versão brasileira em mulheres e homens com transtorno depressivo maior, depressão bipolar e depressão Bipolar com características mistas

    Silva, Alexandre Kieslich da
    Introdução: Diversos estudos têm questionado tanto o construto da depressão, por ser uma síndrome heterogênea, quanto à escala de avaliação de sua gravidade mais utilizada, a Escala de Depressão de Hamilton de 17 itens (HAM-D17). Nesta perspectiva, existem propostas de que a Escala de Depressão de 6 itens (HAM-D6) poderia substituir a HAM-D17 em estudos de avaliação de medicações, devido as suas melhores propriedades psicométricas também pelo fato de a HAM-D6 identificar os sintomas nucleares da depressão, conhecidos como sintomas da depressão melancólica. Objetivo: Avaliar as propriedades psicométricas da HAM-D6. Método: Foi realizada uma reanálise de um ensaio clínico pragmático...

  13. Uso de dispositivo intrauterino em adolescentes – grau de conhecimento e causas para não escolha do método

    Cardoso, Débora Alves
    Sumário: O DIU TCu380A é um método contraceptivo de alta eficácia e taxa de continuidade. O ACOG recomenda que o mesmo seja oferecido como primeira linha de contracepção para adolescentes independente da paridade. A falta de conhecimento e informação apropriada pode ser um fator decisivo para a nãoescolha do método. Objetivos: avaliar o grau de conhecimento sobre o DIU e identificar os principais motivos para sua não-escolha como contraceptivo por adolescentes entre 13 e 19 anos. Materiais e Métodos: Estudo transversal, prospectivo, onde o fator em estudo é o conhecimento sobre DIU e o desfecho é prevalência da opção pelo...

  14. Estudo da influência do tempo de preparo e temperatura de armazenamento na imunorreatividade de amostras de câncer de colo uterino

    Guterres, Cátia Moreira
    Introdução: O câncer de colo uterino é o quarto câncer mais comum no sexo feminino e um importante problema mundial de saúde pública. Recentemente, o uso de biomarcadores para melhorar a sensibilidade e especificidade do rastreamento e diagnóstico desta patologia passou a ter maior importância. Dentre estes, P16 e Ki67 passaram a ser largamente utilizados em imunohistoquímica de amostras preservadas em parafina. Entretanto, não se sabe qual a influência do tempo e temperatura de armazenamento de amostras previamente cortadas. Objetivo: O presente estudo tem por finalidade avaliar a influência do tempo de preparo e temperatura de armazenamento na imunorreatividade para...

  15. Comparação do estímulo vibratório com a eletroestimulação intravaginal em mulheres com incontinência urinária : um ensaio clínico randomizado

    Rodrigues, Marina Petter
    Introdução: O treinamento dos músculos do assoalho pélvico (MAP) é a primeira linha de tratamento conservador da incontinência urinária (IU), contudo, muitas mulheres não conseguem contrair essa musculatura voluntariamente. A eletroestimulação intravaginal (EEIV) é bem documentada nestes casos e o estímulo vibratório intravaginal (EVIV) também tem sido utilizado, mas poucos estudos abordam o método. Objetivo: Comparar a EEIV com o EVIV na funcionalidade dos MAP de mulheres com IU que não conseguem contrair voluntariamente os MAP. Materiais e métodos: Ensaio clínico randomizado realizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre de junho de 2016 a setembro de 2017. Critérios de...

  16. Custo-efetividade da estimulação ovariana mínima versus estimulação ovariana convencional em pacientes más respondedoras submetidas à fertilização in vitro

    Souza, Tatiane Oliveira de
    Introdução: com o adiamento da maternidade está aumentando a necessidade e busca por serviços de Reprodução Assistida. No entanto, esses tratamentos ainda são bastante onerosos e acabam, muitas vezes, sendo inacessíveis para grande parte da população. Objetivo: avaliar o custo-efetividade da estimulação ovariana mínima versus estimulação convencional, no que se refere à taxa de gestação por transferência de embrião, em pacientes más respondedoras submetidas à Fertilização in vitro (FIV). Delineamento: estudo de coorte prospectiva. Método: foram incluídas no estudo, 101 pacientes - classificadas como más respondedorasque realizaram FIV no período de dezembro de 2016 a setembro de 2017 no Centro...

  17. Impacto nas taxas de lacerações obstétricas do esfíncter anal com o uso restrito da episiotomia em um hospital escola

    Schneider, Samanta
    Introdução: A laceração obstétrica do esfíncter anal (LOEA) está associado com incontinência anal. A episiotomia foi proposta como uma forma de proteção do esfíncter anal no parto, especialmente a episiotomia mediolateral; entretanto, diversos estudos mostraram que o uso de rotina da episiotomia não reduz o risco de LOEA. Objetivo: Este estudo tem por objetivo analisar se a redução na taxa de episiotomia em hospital escola no Brasil foi associada a um aumento na incidência de lacerações obstétricas do esfíncter anal, além de fatores associados a elas. Métodos: Estudo observacional, transversal e retrospectivo, realizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre,...

  18. História natural das trissomias 13 e 18, após diagnóstico pré-natal em um hospital escola

    Peña Duque, Julio Alejandro
    Introdução: As trissomias 18 (T18) e Trissomia 13 (T13) são respectivamente a segunda e terceira causa mais comum de aneuploidias, com um aumento no diagnóstico dado o desenvolvimento de métodos e protocolos que incluem rastreio ecográfico e bioquímico, com a possibilidade de realizar um diagnóstico pré-natal a partir da realização de cariótipo fetal. São síndromes polimalformativas graves, potencialmente letais, associadas a uma alta taxa de aborto espontâneo, morte intrauterina e uma vida pós-natal curta, com morte neonatal precoce. O presente estudo visa descrever e analisar a história natural destas trissomias em um país onde não há previsão legal para interrupção...

  19. O umedecimento do comprimido de misoprostol não aumenta sua eficácia no preparo da cérvice antes da aspiração manual intrauterina em abortamentos de primeiro trimestre

    Cruz, Ricardo Pedrini
    Objetivos: O objetivo do nosso estudo foi verificar se a umidificação dos comprimidos com formulação brasileira de misoprostol vaginal aumenta a dilatação cervical antes da aspiração manual por vácuo (AMIU), em comparação com o uso de misoprostol seco nos abortos espontâneos no primeiro trimestre. O objetivo secundário foi verificar se houve correlação entre o pH vaginal e o grau de dilatação cervical usando um comprimido de misoprostol umedecido ou seco. Métodos: Estudo unicêntrico, duplo cego e randomizado, com 46 pacientes com aborto espontâneo de primeiro trimestre foram alocados aleatoriamente para o tratamento com 400 μg de misoprostol seco ou umedecido...

  20. O umedecimento do comprimido de misoprostol não aumenta sua eficácia no preparo da cérvice antes da aspiração manual intrauterina em abortamentos de primeiro trimestre

    Cruz, Ricardo Pedrini
    Objetivos: O objetivo do nosso estudo foi verificar se a umidificação dos comprimidos com formulação brasileira de misoprostol vaginal aumenta a dilatação cervical antes da aspiração manual por vácuo (AMIU), em comparação com o uso de misoprostol seco nos abortos espontâneos no primeiro trimestre. O objetivo secundário foi verificar se houve correlação entre o pH vaginal e o grau de dilatação cervical usando um comprimido de misoprostol umedecido ou seco. Métodos: Estudo unicêntrico, duplo cego e randomizado, com 46 pacientes com aborto espontâneo de primeiro trimestre foram alocados aleatoriamente para o tratamento com 400 μg de misoprostol seco ou umedecido...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.