Recursos de colección

Repositório Comum (38.772 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

IPP - Instituto Politécnico de Portalegre

Mostrando recursos 1 - 20 de 128

  1. Relações afetivas entre famílias e pessoas internadas na RNCCI: um estudo de caso na SCM-Santarém - Hospital de Jesus Cristo

    Reis, Susana Isabel Gandum
    A família, em Portugal é a principal fonte de apoio ao idoso dependente. Assim sendo, e perspetivando a família como um plano em que subsiste uma correspondência entre os seus membros, quando a dependência e a saúde se debilita e atinge um deles, esta confronta-se com a necessidade de definir e redefinir as relações familiares e adaptar-se ao problema. É de extrema importância que se entenda, identifique e estime as necessidades e dificuldades sentidas pelo principal cuidador. O presente trabalho aborda a questão da a relação familiar entre o idoso e a sua família, evidenciando a relevância do papel da...

  2. Lar doce lar: dinâmicas e estratégias potenciadoras do envelhecimento ativo no idoso institucionalizado: o caso do CBESA

    Pires, Vítor Manuel Santana
    A institucionalização dos idosos é cada vez uma realidade mais frequente nos nossos dias, sendo que, nem sempre esta opção é encarada favoravelmente pelos idosos, nem as instituições desenvolvem as atividades que melhor promovem o bem-estar dos seus utentes. Torna-se, então, fulcral a promoção do envelhecimento ativo nessas organizações de modo a tornar a institucionalização e a velhice processos mais proveitosos para os indivíduos. O presente estudo tem por objetivo proceder à apresentação de uma resposta que se pretende seja aplicada a uma instituição como forma a avaliar a opinião dos seus residentes relativamente ao conceito de envelhecimento ativo e a...

  3. O sentimento de si, a funcionalidade e a qualidade de vida: a realidade dos idosos institucionalizados da Santa Casa da Misericórdia de Arronches

    Silva, Catarina Rebelo Bagulho
    O presente estudo científico encontra-se integrado no âmbito do Mestrado em Gerontologia. O objetivo geral do trabalho consiste em compreender a relação entre o autoconceito, a funcionalidade e a qualidade de vida num grupo de idosos institucionalizados da Santa Casa da Misericórdia (SCM) de Arronches. Pretende ainda avaliar o autoconceito da população em estudo; avaliar os níveis de dependência funcional da população em estudo; avaliar a qualidade de vida da população em estudo; avaliar a correlação entre o autoconceito, os níveis de dependência funcional e a qualidade de vida da população em estudo; e identificar as características sociodemográficas da população em...

  4. A importância das atividades desenvolvidas na Santa Casa da Misericórdia de Portalegre na vida dos utentes

    Solano, Raquel Filipa Rodrigues
    O aumento do número de idosos na sociedade apresenta-se como uma realidade, importa, no entanto, que o idoso seja também valorizado enquanto sujeito ativo. As suas preocupações, as suas necessidades, a sua opinião, os seus hábitos, crenças, costumes e valores não devem ser descurados. Nesta investigação, centramo-nos em duas vertentes: na institucionalização e, especialmente, nas atividades desenvolvidas neste contexto, com e para os utentes. Procurou-se compreender a importância do desenvolvimento de atividades, na Santa Casa da Misericórdia de Portalegre, na vida dos utentes e, para o efeito, foi importante conhecer as atividades desenvolvidas, bem como a perceção dos diferentes intervenientes (idosos...

  5. Educar para a cidadania em educação pré-escolar: OCEPE, guiões e curricula

    Henriques, Helder; Marchão, Amélia
    O objetivo deste trabalho prende-se com a necessidade de valorizar a Educação para a Cidadania no quadro formativo de um Mestrado em Educação Pré-Escolar em Portugal. Entendemos que é necessário incluir no âmbito da formação de educadoras/es de infância, de um modo articulado e transversal, aspetos direcionados para a Educação para a Cidadania – como a igualdade de oportunidades; as questões de género; educação para a paz; multiculturalidade; entre outros. Assim, relevamos a importância de um diálogo entre as recém publicadas Orientações Curriculares para a Educação de Infância (OCEPE) (2016), os Guiões de Educação, Género e Cidadania (GEGC) (2010) e os programas curriculares concebidos no âmbito de...

  6. Contributo da animação sociocultural para a inclusão das crianças com necessidades educativas especiais no 1.º e 2.º ciclo do Ensino Básico

    Galapito, Andreia Sofia Lobo
    O presente estudo tem como objetivo saber qual a importância atribuída ao papel do Animador Sociocultural na Inclusão das crianças com Necessidades Educativas Especiais no 1.º e 2.º ciclo do Ensino Básico, tendo por base um estudo de caso. A Animação Sociocultural baseia-se num conjunto de técnicas e alicerces capazes de levar os públicos a serem ativos no seu próprio desenvolvimento, tanto a nível pessoal como social. Trabalhando diretamente com crianças com Necessidades Educativas Especiais, e envolvendo toda a comunidade educativa, a ASC pretende levar a uma consciencialização e uma inclusão de todos os grupos. Nesta investigação, que tem por base um...

  7. Representações sobre a escola, diversidade cultural e inclusão social

    Ribeiro, Cristina Manuela Ferreira
    Este trabalho tem como tema "Representações sobre a escola, diversidade cultural e inclusão social", e o estudo foi realizado no ano letivo 2016/2017, numa Escola TEIP, com contrato de autonomia, situada no distrito de Portalegre. Este trabalho insere-se no paradigma da Educação Intercultural e a recolha de dados efetuou-se numa escola, onde existe forte presença de crianças da comunidade cigana, com o objetivo conhecer as representações e opiniões dos alunos do 2º e 3º ciclo do Ensino Básico, face à sua escola, professores, funcionários, colegas da escola, e à sua turma, e verificar se existem diferenças em função do ciclo, sexo...

  8. Relatório de Estágio de Intervenção Comunitária

    Jordão, Aline
    O atual envelhecimento demográfico é um descendente direto do progresso que pauta o curso da humanidade, constituindo um dos seus maiores desafios. As vantagens da longevidade num contexto de tamanho conhecimento e domínio desafiam os indivíduos, as comunidades e as sociedades a provar a sua supremacia e a refletir sobre o propósito de prolongar a sua existência. A convicção de que se trata de uma conquista e de um ganho carece de ser maior que os problemas que tão comummente lhe são associados. Estes acrescentam várias fragilidades sociais que implicam uma responsabilidade individual e coletiva enormes. Ficar indiferente a esta...

  9. A saúde mental e a doença mental aos olhos de técnicos especializados e de populares

    Esteves, Nildelândia Pires Corrêa
    A presente dissertação científica trata a questão da saúde mental na infância e na adolescência e objetiva realizar uma reflexão acerca deste tema sob a visão de técnicos especializados na área, e, também, sob a visão de populares. Durante muito tempo, a doença mental foi escondida atrás de uma cortina de estigma e discriminação. As doenças mentais afetam cerca de 121 milhões de pessoas em todo o mundo e a Organização Mundial de Saúde (2001) prevê que, em 2020, a saúde mental será uma das principais causas de invalidez nos países desenvolvidos, e Portugal não é exceção. Esta investigação tem uma abordagem...

  10. Programa de ocupação de tempos livres em contextos vulneráveis

    Vieira, Vera Lúcia Velez
    O trabalho aqui apresentado trata-se de um projeto/ programa de ocupação de tempos livres, em parceria com uma IPSS regional. O programa foi orientado para crianças e jovens oriundos de contextos vulneráveis, isto é, que não teriam condições e/ou recursos para uma ocupação dos tempos livres nas férias, quer por estarem acolhidos institucionalmente em casa de acolhimento, quer por pertencerem a famílias vulneráveis sinalizadas na CPCJ local. Participaram no programa dois grupos, um que iniciou as atividades a 27 de junho e outro que as iniciou a 18 de julho, terminando no dia 1 de setembro de 2016 para os...

  11. Cidadania e Moralidade Fiscais dos Portugueses

    Brito, Nuno Alexandre Isidoro Frade de
    Este projeto pretende conhecer os níveis de cidadania e moralidade fiscais dos portugueses, bem como as variáveis sociais, económicas, demográficas e de outras naturezas, que os influenciam e explicam. Para o efeito recolhemos dados através de um questionário aplicado à população portuguesa em novembro e dezembro de 2016, do qual resultaram 778 respostas válidas, as quais revelaram, por um lado, que os portugueses apresentam um alheamento preocupante em relação a estas questões, e que têm tendência para desculpar a pequena fuga, sendo condescendentes para com este tipo de comportamentos, revelando uma quase nula propensão para denunciar os incumpridores; por outro lado, os dados também revelam que os portugueses...

  12. Igualdade de género: uma reflexão crítica a partir do jardim de infância

    Marchão, Amélia; Henriques, Helder
    Este artigo centra-se na promoção da igualdade de oportunidades em Portugal, num quadro de cidadania a partir do jardim de infância, e nele objetivamos destacar as representações de educadoras de infância e de crianças em idade pré-escolar sobre a problemática da igualdade no seu contexto pedagógico. Fundamos a nossa análise nos resultados de investigações orientadas desenvolvidas em cinco Jardins de Infância do distrito de Portalegre, Portugal. Os estudos que selecionámos foram desenvolvidos através de uma abordagem de natureza qualitativa, em que os participantes (educadoras e crianças) foram observados e escutados através de processos de questionário (adultos) e de entrevistas (adultos e crianças). A análise desenvolvida sobre o...

  13. Convivência entre pares e relacionamento social entre as crianças

    Pinto, Ana Sofia Barroso
    As relações entre crianças, bem como o clima social na escola e nas turmas, contribuem para o bem-estar e o ajustamento emocional e psicossocial na infância, facilitando o desenvolvimento da autonomia e da reciprocidade. O bullying e a agressão e vitimação entre pares comprometem a convivência social positiva nas escolas, bem como a autoestima das crianças e o seu desenvolvimento saudável. Neste sentido foi realizado um estudo com crianças do 3.º e 4.º ano do 1.º ciclo do ensino básico, num agrupamento de escolas do Alto-Alentejo, de modo a compreender qual a perceção que estas têm da convivência entre companheiros, através da aplicação de um questionário de nomeação de...

  14. Qualidade de Vida dos Idosos

    Figueira, Ana
    O presente relatório tem como finalidade descrever as actividades desenvolvidas durante o estágio de intervenção comunitária no âmbito do primeiro mestrado em Enfermagem com Especialização em Enfermagem Comunitária que se realizou em três extensões de saúde da ULSCB no período compreendido entre 14 de Fevereiro e 30 de Junho de 2011. A metodologia aplicada tanto no estágio como no relatório foi a metodologia do planeamento em saúde. Foi efectuado um diagnóstico de situação a 255 idosos, através do instrumento de colheita de dados: questionário composto por caracterização sócio-demográfica, escalas de avaliação da Qualidade de Vida (QV): WHOQOL-OLD e WHOQOL-BREF da OMS e Índice de Barthel, e segundo as necessidades...

  15. Qualidade de Vida dos Idosos

    Figueira, Ana
    O presente relatório tem como finalidade descrever as actividades desenvolvidas durante o estágio de intervenção comunitária no âmbito do primeiro mestrado em Enfermagem com Especialização em Enfermagem Comunitária que se realizou em três extensões de saúde da ULSCB no período compreendido entre 14 de Fevereiro e 30 de Junho de 2011. A metodologia aplicada tanto no estágio como no relatório foi a metodologia do planeamento em saúde. Foi efectuado um diagnóstico de situação a 255 idosos, através do instrumento de colheita de dados: questionário composto por caracterização sócio-demográfica, escalas de avaliação da Qualidade de Vida (QV): WHOQOL-OLD e WHOQOL-BREF da OMS e Índice de Barthel, e segundo as necessidades...

  16. Caracterização de fenologia das 5 cultivares de oliveiras tradicionais portuguesa

    Pereira, Carla Domiciana Ferreira Álvares
    O presente trabalho teve como objetivo o acompanhamento e a observação da fenologia de 5 cultivares de oliveiras tradicionais portuguesas: Azeiteira, Blanqueta, Carrasquenha de Elvas, Cobrançosa e Galega vulgar, em olivais situados em Elvas, Campo Maior e Monforte. O estudo decorreu no ano agrícola 2016/2017 e teve por base 7 olivais, cada olival com 5 pontos de observação, 4 árvores por ponto de observação, totalizando 20 árvores por cultivar/olival. O período de floração iniciou-se a 22 de abril na cultivar Azeiteira (Monforte) e teve uma duração de 21 dias. Por sua vez, a ultima cultivar a iniciar a floração foi a Carrasquenha...

  17. Caracterização de fenologia das 5 cultivares de oliveiras tradicionais portuguesa

    Pereira, Carla Domiciana Ferreira Álvares
    O presente trabalho teve como objetivo o acompanhamento e a observação da fenologia de 5 cultivares de oliveiras tradicionais portuguesas: Azeiteira, Blanqueta, Carrasquenha de Elvas, Cobrançosa e Galega vulgar, em olivais situados em Elvas, Campo Maior e Monforte. O estudo decorreu no ano agrícola 2016/2017 e teve por base 7 olivais, cada olival com 5 pontos de observação, 4 árvores por ponto de observação, totalizando 20 árvores por cultivar/olival. O período de floração iniciou-se a 22 de abril na cultivar Azeiteira (Monforte) e teve uma duração de 21 dias. Por sua vez, a ultima cultivar a iniciar a floração foi a Carrasquenha...

  18. A relação entre os benefícios e os níveis de motivação dos colaboradores: Estudo nas empresas Novadelta e Delta Serviços do Grupo Nabeiro - Delta Cafés

    Realinho, Teresa Sofia Mangerona
    Este trabalho tem como objetivo principal entender a relação existente entre benefícios e os níveis de motivação dos colaboradores nas empresas Novadelta e Delta Serviços do Grupo Nabeiro - Delta Cafés, trata-se, portanto, de um estudo de caso. Procuramos perceber de que forma os benefícios atribuídos aos colaboradores nas referidas empresas, se refletem nos níveis de motivação dos mesmos. O Grupo Nabeiro oferece aos seus colaboradores diversos benefícios na área da saúde, alimentação, transporte e facilidade de acesso a bens e serviços através de parcerias com outras entidades. Foi ainda objetivo deste trabalho identificar os preditores e diferenciadores da motivação. A recolha de...

  19. Avaliação da Influência dos polimorfismos genéticos do gene da Leptina sobre o peso das carcaças de bovinos cruzados de aptidão cárnica

    Churra, André Filipe Cordeiro
    Com o intuito de avaliar a influência do polimorfismo genético do gene da leptina sobre o peso da carcaça, recolheram-se dados relativos a 110 bovinos de sexo feminino, provenientes de 4 explorações na região do Alto Alentejo. Analisaram-se os resultados da pesquisa de 3 polimorfismos de nucleotídeo único (UASMS1, UASMS2 e Exon2FB), em conjunto com os pesos das carcaças. O peso médio das carcaças foi de 178,22 ± 39,79 kg e a idade média ao abate de 8,93 ± 2,16 meses. Observaram-se diferenças significativas entre explorações, provavelmente relacionadas com as diferentes práticas de maneio. Não se observaram efeitos significativos dos...

  20. Avaliação da Influência dos polimorfismos genéticos do gene da Leptina sobre o peso das carcaças de bovinos cruzados de aptidão cárnica

    Churra, André Filipe Cordeiro
    Com o intuito de avaliar a influência do polimorfismo genético do gene da leptina sobre o peso da carcaça, recolheram-se dados relativos a 110 bovinos de sexo feminino, provenientes de 4 explorações na região do Alto Alentejo. Analisaram-se os resultados da pesquisa de 3 polimorfismos de nucleotídeo único (UASMS1, UASMS2 e Exon2FB), em conjunto com os pesos das carcaças. O peso médio das carcaças foi de 178,22 ± 39,79 kg e a idade média ao abate de 8,93 ± 2,16 meses. Observaram-se diferenças significativas entre explorações, provavelmente relacionadas com as diferentes práticas de maneio. Não se observaram efeitos significativos dos...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.