Mostrando recursos 1 - 16 de 16

  1. Museus, turismo cultural e criativo: estratégias de atração de visitantes

    Gonçalves, Sónia Cristina Valente Ferreira
    As transformações ocorridas nos modelos de gestão dos museus procuram tirar partido dos ganhos de centralidade da cultura, somando-os à reconfiguração do turismo cultural através do fortalecimento da vertente criativa. Cabe-lhes, cada vez mais gerar parte das suas próprias receitas, usando da sua posição privilegiada enquanto coordenadores da “paisagem cultural” onde se misturam todos os tipos de recursos mobilizáveis através de formas distintas de criatividade. Para isso, os museus têm de se desvincular das modalidades de funcionamento mais estático, associadas às funções de armazenamento, conservação, exibição e educação, tendo por base conceções pré-determinadas a transmitir ao visitante que se quer educar. Os museus vistos como, repositórios estáticos ou...

  2. Pensar a relação entre humor e a política no Portugal Contemporâneo

    Bernardo, Sofia Alexandra Ferreira
    Este trabalho apresenta o projeto “Pensar a relação entre humor e a política no Portugal Contemporâneo – Projeto Ciclo de Conferências”. Inicia com um enquadramento teórico onde se levantam questões fundamentais que servem como base a uma programação rica e diversificada sobre o tema. Questões estas que passam pelo estudo dos mecanismos do riso e do risível, pela relação entre o riso e as forças de poder ao longo da História e pelo pensamento sobre a produção de humor político em Portugal nos dias de hoje. De seguida é exibido, passo a passo, estratégias de implementação do projeto, que criam uma simbiose entre os fundamentos teóricos e...

  3. O cartaz no espaço urbano

    Caetano, Mafalda Sofia Oliveira
    Este trabalho científico insere-se no âmbito da Unidade Curricular de Estágio, do Mestrado em Design Gráfico na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha e no decurso do estabelecimento de um protocolo de constituído entre esta instituição e a Câmara Municipal de Mira. O trabalho de base desenvolvido centrou-se na produção de cartazes, flyers, mupis, outdoors, entre outros, para associações concelhias e para o Município, integrado no Gabinete de Comunicação Municipal, em colaboração com o designer Marco Custódio. Este trabalho de mestrado está profundamente ligado ao cartaz, à comunicação visual no espaço urbano e à cultura popular portuguesa.

  4. O designer como jogador

    Belo, Marta Luísa Guerra
    Tal como no jogo a linguagem no design não é passiva, pressupõe ação. A presente investigação coloca o designer como jogador para analisar o jogo como método e avaliar a sua significância na construção da identidade individual e social do designer gráfico. O projeto foi desenvolvido como um sistema de jogo composto por 15 ensaios teóricos e 30 ensaios práticos. Os ensaios teóricos dividem--se em duas partes, o enquadramento histórico e crítico e a análise ao jogo como atividade social e educativa. A primeira parte tem como objetivo compreender o papel do designer e a sua educação. A segunda parte...

  5. Linguagem e perceção visual como meio de comunicação em crianças com perturbações do espectro de autismo

    Gonçalves, Hugo Miguel
    Esta dissertação parte de uma perspetiva socio-histórica da linguagem e comunicação, tendo como foco primordial a investigação da forma como diferentes sistemas de comunicação alternativa podem melhorar o quotidiano de crianças com perturbações do espectro de autismo (PEA). O autismo constitui uma perturbação do foro psicológico que se expressa num desenvolvimento de diferentes graus de afetação do indivíduo em relação às interações familiares e sociais, revelando características comportamentais muito específicas, e défices na comunicação e linguagem. Devido à dificuldade de diagnóstico desta patologia os tratamentos implementados nem sempre são os mais adequados ao grau de desenvolvimento da doença, contudo é muito importante...

  6. O meu tempo

    Francisco, Sofia Raquel Pimenta
    Com o presente texto, pretendo expor as questões principais que estão intrinsecamente ligadas à minha prática artística, principalmente a realizada no presente ciclo de estudos. Aqui exponho uma aproximação cronológica, em tom pessoal e descritivo, ao trabalho artístico por mim realizado nos últimos três anos, incluindo técnicas, pequenas reflexões, anotações, interesses apercebidos e ainda uma nota sobre o Bloco (objecto que funciona como o motor de pensamento e por isso é a ligação temporal entre trabalhos). Apresento ainda as minhas principais referências artísticas comparando-as, por aproximação e distanciamento, ao trabalho realizado no contexto de um fio condutor a que chamei o meu tempo.

  7. Westland

    Marques, Paulo Alexandre Neto
    Este trabalho corresponde à componente escrita da tese em artes plásticas realizado no âmbito do curso de mestrado em Artes Plásticas da ESAD, CR. Trata-se de um projecto fotográfico intitulado de Westland – Terra de toda a gente e de ninguém. Numa parte introdutória explica-se qual o objecto/ assunto principal deste projecto e em seguida explicita-se, num capítulo dedicado às suas referências fotográficas e teóricas, os conceitos estruturantes do mesmo projecto. Na segunda parte apresenta- se e caracteriza-se detalhadamente todo o projecto e as suas séries fotográficas. Por fim, na terceira parte desta componente escrita, explora-se um pouco mais detalhadamente alguns conceitos de base deste projecto, nomeadamente...

  8. Desenhar uma linha

    Bernardino, Maria Leonor de Melo Esteves
    Este texto procura refletir acerca de algumas questões que resultam diretamente da prática do desenho. O desenho é visto aqui enquanto acontecimento diretamente associado à linha, uma linha ativa que se vai movendo de acordo com as forças encontradas; entre as quais se incluem as agitações, as dúvidas, os desejos e os medos que atravessam o corpo do desenhador – e do próprio desenho – naquele exato instante em que ficam gravados no papel. Por vezes o traçado da linha avança lentamente, outras vezes entra em ondulações, curvando-se gradualmente. Mas também se pode impor direito para, logo de seguida, retomar o seu percurso num outro ponto, qualquer...

  9. O Músico Profissional

    Sanches, António Paulo Lucas de Vasconcelos e
    Este trabalho debruça-se sobre músicos profissionais. Como objetivo geral pretende-se compreender o percurso de um músico profissional. Ademais, e como objetivos mais específicos pretende-se: a) identificar as especificidades pessoais e profissionais do músico profissional; b) caracterizar o modo de vida dos músicos profissionais; e c) conhecer a perceção dos músicos acerca da sua atividade profissional e consequente relevância na sociedade. Nesse âmbito, além do mais, equacionaremos a liberdade artística que o músico tem para escolher os seus projetos musicais e, na falta da mesma, se é obrigado a realizar trabalhos que se prendem apenas com objetivos puramente económicos. Afere-se também...

  10. Processos que potenciam a criatividade

    Gomes, Francisco José Romão de Salis
    Esta dissertação pretende ilustrar o desenvolvimento de determinados objetos pensados como potenciadores de experiências. Pretendeu-se que estes estivessem relacionados com a atividade de pensar e que a sua utilização, em diferentes ocasiões, contribuísse para o desencadeamento criativo de várias disciplinas, nomeadamente a do design. Neste sentido, procurou-se desenvolver um processo criativo elaborado em torno dos interesses do autor, que parte de uma reflexão na procura de diferentes fontes de inspiração. O autor constatou, durante a sua formação, que existem momentos que se propiciam à utilização de ferramentas que potenciam a criação. Partindo desta noção de momentos potenciadores de criatividade, foram desenvolvidas ferramentas interativas que evidenciam o poder desses momentos....

  11. Incongruências Ocultas

    Palheiros, Liliana Andreia Martins
    Este projeto parte de uma reflexão sobre a forma como nos relacionamos com os objetos que nos rodeiam e sobre o modo mecânico como os utilizamos todos os dias. O reconhecimento visual que temos dos objetos leva-nos a um saber agir instintivo e pragmático que nos facilita o quotidiano. Quando vemos um objeto que nos é familiar, percebemos a sua função, o seu peso e a sua textura, mesmo antes de o tocarmos. Pretende-se que este trabalho ajude a quebrar a rotina provocada pelos automatismos das ações diárias, adicionando elementos inesperados a objetos simples. Deste modo, procura-se captar a atenção e pôr...

  12. A forma segue a origem

    Xavier, Marisa Sofia Dias
    “It has been famously said that form follows function, but the possibilities are greater when form follows evolution.” 1 A evolução aqui referida por William McDonough e Michael Braungart prende-se com uma necessidade de perceber o mundo e a forma de como ele se está a desenvolver, e as consequências que esse desenvolvimento está a ter no contexto ambiental. Esta evolução pode também ter a ver com o desenvolvimento da capacidade de entender e aplicar materiais que ainda não tenham sido alterados ao ponto de se tornarem um problema. O trabalho desenvolveu-se em torno desta problemática, procurando numa primeira fase...

  13. A importância dos eventos para as instituições culturais

    Ferreira, Ana Catarina Coelho
    O presente Relatório de Estágio pretende refletir sobre a experiência vivida durante o estágio realizado na Fundação de Serralves no âmbito do Mestrado em Gestão Cultural pela Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha. O estágio curricular decorreu entre 18 de Abril e 30 de Junho de 2016 e consistiu na colaboração da produção do evento “Serralves em Festa”, o maior evento organizado pela Fundação de Serralves. Durante o estágio foi possível aplicar os conhecimentos adquiridos durante o Mestrado e conhecer melhor a Instituição e a importância do seu trabalho no panorama cultural português. Foi também possível aprender e observar todo o trabalho necessário para a...

  14. O Projeto Sete Villas

    Querido, Catarina Teixeira Simões
    A crescente valorização dos recursos patrimoniais tem adotado uma importância particular nas últimas décadas, especialmente no que diz respeito às áreas rurais. Estas áreas são vítimas de processos de descaracterização devido à ausência de dinamismo económico e à consequente perda significativa de população. A conceção de novas estratégias implica um conhecimento aprofundado do potencial endógeno destes territórios para que seja possível perceber até que ponto os elementos da paisagem e o seu substrato natural podem ser entendidos e valorizados patrimonialmente, contribuindo desta forma para o desenvolvimento local sustentável através do aproveitamento turístico. Apesar de nos últimos anos ter sido verificado um...

  15. Teatros Municipais e o envolvimento da comunidade local nos seus programas

    Sousa, Ana Rita Bastos
    Em Portugal, nas últimas décadas, surgiram um pouco por todo o país vários lugares onde se vê o espetáculo, os Teatros Municipais (Teatros, Cine-teatros e Centros Culturais), foram, construídos ou reabilitado estimulados sobretudo pelos programas governativos, Rede de Teatros Históricos, Rede Nacional de Teatros e Cine-teatros e Rede Municipal de Espaços Culturais. Estes programas pretenderam recuperar espaços que marcavam fortemente a memória coletiva das cidades onde estavam implantados, quer pelo seu valor social, quer pelo seu valor arquitetónico, mas também pretenderam servir de impulso à prática das artes e à fruição cultural um pouco por todo o país. O trabalho de...

  16. Impactos culturais, sociais e económicos do Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha

    Pereira, Ana Maria Fernandes
    O Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha é um edifício construído em 2008 ao abrigo do Programa Operacional de Lisboa e Vale do Tejo. É considerado um equipamento com condições únicas para o acolhimento do que de mais sofisticado se pode produzir ao nível da criação artística em matéria do espectáculo ao vivo (dança, teatro e música). O estudo de caso adoptou assim uma pergunta de partida: “Quais os impactos culturais, sociais e económicos do Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha”. A investigação foi realizada a partir da inquirição do público que o frequenta e dos seus funcionários como primeiros fruidores...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.