Mostrando recursos 1 - 20 de 49

  1. Gira Chita

    Ferreira, Laila Regina do Nascimento
    Esse trabalho procurou desenvolver novos padrões para estamparia a serem aplicados no produto tradicional português: a chita de Alcobaça. A ideia do projeto partiu da observação acerca de sua pouca utilização e inovação em design nesse país, e da comparação efetuada com o uso do tecido brasileiro, dele descendente, também nominado de Chita. No Brasil o design de superfície desse tecido ganhou novos feitios e o mesmo conquistou um valor simbólico estreitamente vinculado à cultura do país, sendo suas cores e desenhos representativos da natureza e dos modos de ser do brasileiro. Entendendo que um produto adquire valor por sua expressão cultural,...

  2. Terra

    Margarido, João Miguel Pereira
    Constatando que a ligação do Homem à terra se vai desfazendo no tempo, assume-se a terra como matéria, explorando a sua versatilidade técnica, plástica, simbólica. Nesta dissertação, através de estudos sucessivos, explorei o potencial da terra como ferramenta, processo e propriedade para a concretização de objetos formalmente resultantes da atividade do designer. Recorrendo a técnicas características da região – Caldas da Rainha e Marinha Grande —, foi possível realizar três projetos: De Terra; De Cerâmica; e De Vidro. As formas encontradas são meramente exploratórias, procurando uma neutralidade que permita destacar o processo e a unicidade de cada peça. Os resultados desta pesquisa funcionam como...

  3. Do erro à ideia de erro

    Gomes, Anabela Filipa Ruivo
    Caos, desordem, sujo, torto, incorrecto e acaso são alguns conceitos que ligamos com o universo do erro. Mas será isto o erro? A presente investigação procura questionar a instrumentalização do erro como ferramenta, evidenciando o seu possível papel no fluxo de trabalho de um designer gráfico. Para o seu desenvolvimento tanto a nível conceptual como prático será necessário observar o erro enquanto parte daquilo que se entendem ser as normas padrão e bases do design gráfico no momento em que estas são momentaneamente colocadas em causa.

  4. Espaço pelo objeto

    Rodrigues, Lino Ricardo Soares
    Vivemos uma época de crise política, social e económica com reflexo em várias áreas das nossas vidas. Procuramos desenvolver sistemas de equipamentos orientados para tornar a nossa vida mais cómoda e agradável. Os aumentos e quebras de poder de compra, o grande desenvolvimento tecnológico, a informação partilhada com uma extraordinária facilidade, transformaram-nos numa sociedade com algum desprezo com o ambiente natural. O Design de produto reflete muitas vezes essa realidade. Uma sociedade atual, imergida em políticas de alto consumo, é o enquadramento para o início deste projeto. O desinteresse do utilizador e a banalização de alguns produtos de fraca qualidade promovem uma...

  5. Medir

    Mateus, Davide Alexandre dos Santos
    Os objectos estão de forma implícita ligados ao homem, sendo portadores de simbolismos que intervêm nas relações humanas com o mundo. Desta forma, este trabalho centra-se numa procura ontológica por objetos portadores de mensagens que medeiam as relações entre a ação e o efeito de medir. Analisando os momentos em que usamos o corpo como referência e os atos intuitivos que executamos, fazemos e dizemos na ação de medir. Procurei captar e registar expressões, ações e comportamentos que ocorrem quando necessitamos de executar e usar este processo. No desenvolvimento do projeto procurou-se pequisar e refletir sobre temáticas que serviram como base...

  6. O (re) encontro

    Matos, Ana Mafalda Pinheiro
    Esta dissertação explora o tema da memória que pode ser ativada a partir da relacão com os objetos, de um modo consciente. Essa tomada de consciência permite perceber que os objetos são portadores de memória (objetos de memória), e que podem ser arquivo e relacionarnos à nossa identidade. O trabalho desenvolvido mostra que foi possível criar “objetos” estímulo, explorados em quatro projetos diferentes: Moldura Seleção, Moldura Cristalizada, Caixa Segredo e Coisas_de. Foram utilizados métodos etnográficos para os casos de estudo e para o estudo desta relação emocional com os objetos, explorando a identidade individual a partir dos mesmos. Esta identidade existe...

  7. Design Gráfico e de Embalagem

    Monteiro, Inês Lucas
    A presente dissertação tem por objetivo a apresentação do trabalho realizado no estágio curricular e respetiva análise dos projetos desenvolvidos no estúdio Desoños (empresa sediada em Espanha), no contexto do Mestrado em Design Gráfico, da Escola Superior de Artes de Design das Caldas da Rainha, e ainda o estudo investigativo realizado posteriormente sobre embalagens de produtos alimentares premium. O trabalho está dividido em três partes. Um capítulo dedicado ao estágio curricular, outro ao estudo teórico prático e outro à aplicação prática. Na primeira parte do documento, dedicado ao estágio curricular, descrevesse a entidade de acolhimento, o processo de trabalho e os projetos realizados. Os trabalhos desenvolvidos em estágio são...

  8. Design Gráfico e de Embalagem

    Monteiro, Inês Lucas
    A presente dissertação tem por objetivo a apresentação do trabalho realizado no estágio curricular e respetiva análise dos projetos desenvolvidos no estúdio Desoños (empresa sediada em Espanha), no contexto do Mestrado em Design Gráfico, da Escola Superior de Artes de Design das Caldas da Rainha, e ainda o estudo investigativo realizado posteriormente sobre embalagens de produtos alimentares premium. O trabalho está dividido em três partes. Um capítulo dedicado ao estágio curricular, outro ao estudo teórico prático e outro à aplicação prática. Na primeira parte do documento, dedicado ao estágio curricular, descrevesse a entidade de acolhimento, o processo de trabalho e os projetos realizados. Os trabalhos desenvolvidos em estágio são...

  9. Caldas da Rainha e as conexões com a cerâmica

    Ascenso, Luís Manuel Lourenço da Silva
    A autarquia Caldense reconhecendo o movimento internacional das cidades ou regiões que investem na criatividade, pretende que a sua cidade, participe na rede das Cidades Criativas da UNESCO. Tendo como referência as cidades que tomaram o rumo da criatividade, constata-se os inúmeros benefícios, agregados ao desenvolvimento em todas as áreas, culturais, económicas e sociais, que poderão advir da atribuição desse titulo. A dissertação, Caldas da Rainha e as Conexões com a Cerâmica: da Cidade Criativa à Rede Criativa da UNESCO, é uma investigação focalizada na procura da afirmação do nexo da cidade/região Caldas da Rainha, com a cerâmica, trazendo à ciência...

  10. Caldas da Rainha e as conexões com a cerâmica

    Ascenso, Luís Manuel Lourenço da Silva
    A autarquia Caldense reconhecendo o movimento internacional das cidades ou regiões que investem na criatividade, pretende que a sua cidade, participe na rede das Cidades Criativas da UNESCO. Tendo como referência as cidades que tomaram o rumo da criatividade, constata-se os inúmeros benefícios, agregados ao desenvolvimento em todas as áreas, culturais, económicas e sociais, que poderão advir da atribuição desse titulo. A dissertação, Caldas da Rainha e as Conexões com a Cerâmica: da Cidade Criativa à Rede Criativa da UNESCO, é uma investigação focalizada na procura da afirmação do nexo da cidade/região Caldas da Rainha, com a cerâmica, trazendo à ciência...

  11. Encontro

    Pereira, Rita Mendes
    O presente projeto de investigação procura conciliar dois materiais distintos, a pedra e o vidro, que se complementam na sua integridade física. A pedra enquanto matéria natural correlaciona- se simbioticamente com o vidro - este resultando de sedimentos de rocha/pedra - numa série de objetos/contentores moldados a partir do encontro quase intimista dos materiais. Face à pedra trabalhada por “subtração” ou deixada simplesmente no seu estado natural, procurou-se explorar a “adição” através de um outro material que comungasse esteticamente com esta, surgindo daí o vidro soprado. Esta conjugação permite jogar com as subtrações e adições entre pedra e vidro, deixando que este comungar de materiais seja perfeitamente...

  12. Encontro

    Pereira, Rita Mendes
    O presente projeto de investigação procura conciliar dois materiais distintos, a pedra e o vidro, que se complementam na sua integridade física. A pedra enquanto matéria natural correlaciona- se simbioticamente com o vidro - este resultando de sedimentos de rocha/pedra - numa série de objetos/contentores moldados a partir do encontro quase intimista dos materiais. Face à pedra trabalhada por “subtração” ou deixada simplesmente no seu estado natural, procurou-se explorar a “adição” através de um outro material que comungasse esteticamente com esta, surgindo daí o vidro soprado. Esta conjugação permite jogar com as subtrações e adições entre pedra e vidro, deixando que este comungar de materiais seja perfeitamente...

  13. Objetos animados

    Jacinto, Mafalda Sofia Martins Duarte
    Neste trabalho de mestrado é desenvolvida uma série de projetos onde se exploram estratégias que induzem movimentos, reais ou aparentes, em tipologias de objetos que normalmente se caracterizam como estáticos. Estes convocam à participação ativa do utilizador, reagem à ação deste, adquirindo movimento e novas formas/posições e/ou suscitando o aparecimento de outro objeto que, numa primeira abordagem, está oculto. Procura analisar-se a interação física e emocional entre o Homem e os objetos detentores de movimento - os objetos animados.

  14. Objetos animados

    Jacinto, Mafalda Sofia Martins Duarte
    Neste trabalho de mestrado é desenvolvida uma série de projetos onde se exploram estratégias que induzem movimentos, reais ou aparentes, em tipologias de objetos que normalmente se caracterizam como estáticos. Estes convocam à participação ativa do utilizador, reagem à ação deste, adquirindo movimento e novas formas/posições e/ou suscitando o aparecimento de outro objeto que, numa primeira abordagem, está oculto. Procura analisar-se a interação física e emocional entre o Homem e os objetos detentores de movimento - os objetos animados.

  15. Ser-Objeto

    Carvalho, Diogo de Sousa
    O design tem a capacidade de moldar o cotidiano. Esse quotidiano pode também fazer parte outras questões que não são só de utilidade prática. A procura de novas potencialidades dos objetos além da dimensão de utilidade prática, deu lugar a uma procura de novas formas de nos relacionarmos e experienciar os objetos. Uma proposta lúdica que procura fazer cessar o estado de “inatividade” de certas coisas, potenciar o surgimento de novas dimensões com vista a estimular e instigar novas experiencias com os objetos. Neste contexto, o projeto decorreu em várias etapas, que idealizam o objeto com uma espécie de ser/espirito igualado a outros seres, portadores de experiencias, com vista a...

  16. Ser-Objeto

    Carvalho, Diogo de Sousa
    O design tem a capacidade de moldar o cotidiano. Esse quotidiano pode também fazer parte outras questões que não são só de utilidade prática. A procura de novas potencialidades dos objetos além da dimensão de utilidade prática, deu lugar a uma procura de novas formas de nos relacionarmos e experienciar os objetos. Uma proposta lúdica que procura fazer cessar o estado de “inatividade” de certas coisas, potenciar o surgimento de novas dimensões com vista a estimular e instigar novas experiencias com os objetos. Neste contexto, o projeto decorreu em várias etapas, que idealizam o objeto com uma espécie de ser/espirito igualado a outros seres, portadores de experiencias, com vista a...

  17. Barro

    Venâncio, Francisca Maria Branco
    O barro, como matéria prima, arrasta consigo pedaços da história da nossa identidade individual e coletiva. As principais regras de comportamento foram estabelecidas no seio da família, na nossa primeira infância, e muitas delas, se não mesmo as principais, adquirimo-las à mesa, partilhando a refeição com os outros membro da família. Com aquele vêm os cheiros, as cores, os aromas que passaram a reconfortar-nos por nos transportarem a outros tempos, aos tempos do afeto e da alegria da infância. Alfredo Saramago pesquisou a gastronomia das principais regiões de Portugal e deixou indicações sobre a importância da história da alimentação para a construção do nosso percurso identitário, enquanto povo, apesar de todas...

  18. Híbrido

    Vala, Ana Paula Correia
    Habita-se quotidianamente um lugar construído por espaços, artefactos e artifícios que são resultado de processos de Design. Estes podem ser entendidos como elementos, inerentes a diversas dimensões da condição humana, que se estendem para lá dos limites do corpo, abrindo e fechando possibilidades de interpretação e interação com o mundo e com os fenómenos que dele fazem parte. A presente investigação aborda, segundo algumas das premissas de Design Anthropology - subdisciplina onde se afirma a complementaridade disciplinar entre Design e Antropologia -, a relação entre ser humano e artefactos e artifícios. Deste modo, partindo de exercícios de observação, experimentação e análise de alguns casos, o projecto de investigação concretiza-se...

  19. Experiência através da prática

    Brum, Beatriz Machado
    O presente Relatório de Estágio pretende refletir sobre a experiência profissional vivida no ARQUIPÉLAGO-Centro de Artes Contemporâneas. O relatório desta experiência profissional enquadra-se entre o dia 1 de Fevereiro a 31 de Agosto de 2017, trata-se de um relato da minha experiência como colaboradora e responsável do serviço educativo deste Centro de Artes. Nesta experiência foi possível aplicar os conhecimentos adquiridos no Mestrado de Gestão Cultural, conhecer a instituição e a sua importância no panorama cultural Açoriano. Permitiu-me ganhar capacidades organizacionais e implementação de atividades. Desenvolvendo estratégias para cativar novos públicos, ou seja, repensar na real missão e posicionamento do serviço educativo. Este...

  20. Experiência através da prática

    Brum, Beatriz Machado
    O presente Relatório de Estágio pretende refletir sobre a experiência profissional vivida no ARQUIPÉLAGO-Centro de Artes Contemporâneas. O relatório desta experiência profissional enquadra-se entre o dia 1 de Fevereiro a 31 de Agosto de 2017, trata-se de um relato da minha experiência como colaboradora e responsável do serviço educativo deste Centro de Artes. Nesta experiência foi possível aplicar os conhecimentos adquiridos no Mestrado de Gestão Cultural, conhecer a instituição e a sua importância no panorama cultural Açoriano. Permitiu-me ganhar capacidades organizacionais e implementação de atividades. Desenvolvendo estratégias para cativar novos públicos, ou seja, repensar na real missão e posicionamento do serviço educativo. Este...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.