Mostrando recursos 41 - 60 de 60

  1. Redescobrindo a enfermagem de saúde mental

    Carvalho, Daniel Ricardo Simões de
    O presente relatório está inserido no âmbito da unidade curricular Relatório de Estágio do Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Leiria tendo como objetivos a descrição das atividades desenvolvidas e a demonstração das competências e o planeamento, desenvolvimento, comunicação e apresentação de resultados de evidência. As atividades descritas reportam-se aos ensinos clínicos realizados no Centro de Saúde Arnaldo Sampaio e no Hospital de Dia do Serviço de Psiquiatra e Saúde Mental do Hospital Distrital de Santarém bem como à experiência de prática especializada realizada desde então no Serviço de Psiquiatria...

  2. Redescobrindo a enfermagem de saúde mental

    Carvalho, Daniel Ricardo Simões de
    O presente relatório está inserido no âmbito da unidade curricular Relatório de Estágio do Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Leiria tendo como objetivos a descrição das atividades desenvolvidas e a demonstração das competências e o planeamento, desenvolvimento, comunicação e apresentação de resultados de evidência. As atividades descritas reportam-se aos ensinos clínicos realizados no Centro de Saúde Arnaldo Sampaio e no Hospital de Dia do Serviço de Psiquiatra e Saúde Mental do Hospital Distrital de Santarém bem como à experiência de prática especializada realizada desde então no Serviço de Psiquiatria...

  3. Sentir e saber, para melhor ser e fazer: autoavaliação de aprendizagens e competências especializadas

    Martins, Carla Marisa Cordeiro da Cunha
    Neste documento apresenta-se o percurso académico desenvolvido nos ensinos clínicos I e III – Enfermagem de Saúde Mental, e ensino clínico II – Enfermagem Psiquiátrica; integrados no Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria ministrado pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Leiria. Os ensinos clínicos foram desenvolvidos no Centro de Saúde Dr. Arnaldo Sampaio, Extensão de Ortigosa e no Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra – Sobral Cid, Unidade de Patologia Dual. É também apresentado o estudo de investigação que a autora levou a cabo, com o objetivo de avaliar o impacto da terapia de grupo a nível de Saúde...

  4. Relatório de estágio: refletindo sobre a prática baseada na evidência

    Matias, Carla Alexandra Calisto
    O presente relatório de estágio pretende identificar e descrever as competências adquiridas enquanto enfermeira especialista em saúde mental e psiquiatria, com o objetivo de obter o grau de mestre em enfermagem de saúde mental e psiquiatria. Ao longo deste relatório serão apresentados vários capítulos correspondentes a várias intervenções realizadas ao longo do curso de especialização em enfermagem de saúde mental e psiquiatria, da Escola Superior de Saúde de Leiria, e que demonstram a aquisição de competências nesta área. Deste modo, apresentar-se-á o trabalho de investigação realizado no grupo terapêutico ComunicAr’te, as intervenções realizadas no grupo da dor, os jogos terapêuticos dinamizados, as intervenções no autoconceito, autocuidado e autoestima, um...

  5. A importância de projetos e atividades de Envelhecimento Ativo para populações seniores: o exemplo da Casa-Museu • Centro Cultural João Soares – Cortes (Leiria)

    Marcelino, Ana Marina Rodrigues
    A maioria dos idosos não usufrui corretamente do seu tempo lazer. Esse tempo livre deve ser ocupado com diversas atividades que promovem um envelhecimento ativo. A Casa- Museu João Soares é um espaço aberto à comunidade das Cortes que promove o envelhecimento ativo. Neste estágio, foi desenvolvida uma investigação-ação junto do grupo “Belidade” que frequenta a Casa-Museu. Foi implementado um questionário com o objetivo de observar se os hábitos dos idosos se alteraram desde a sua chegada à Casa-Museu João Soares, e se praticam um envelhecimento ativo. Os resultados obtidos nesta investigação-ação serviram de base para desenvolver novas atividades que obviem as necessidades apresentadas pelos seniores.

  6. A massagem lipolítica terapêutica para os seniores e seus benefícios

    Silva, Alcimary Pereira Maurício da
    Este projeto surge na sequência de um estágio de investigação-ação na intervenção na área da massagem, através de tratamentos de massagem lipolítica aplicadas aos seniores. Esta observação permite mostrar a importância do toque através da massagem, verificar a redução de medidas, maximizando o bem-estar físico, focado para escalões etários, bem como mostrar a importância da imagem corporal, do toque e os benefícios da massagem lipolítica terapêutica para o sénior. O objetivo geral deste trabalho é identificar os benefícios da massagem lipolítica terapêutica num grupo de pessoas com mais de 65 anos, podendo assim observar quais os ganhos que esta técnica pode proporcionar...

  7. A massagem lipolítica terapêutica para os seniores e seus benefícios

    Silva, Alcimary Pereira Maurício da
    Este projeto surge na sequência de um estágio de investigação-ação na intervenção na área da massagem, através de tratamentos de massagem lipolítica aplicadas aos seniores. Esta observação permite mostrar a importância do toque através da massagem, verificar a redução de medidas, maximizando o bem-estar físico, focado para escalões etários, bem como mostrar a importância da imagem corporal, do toque e os benefícios da massagem lipolítica terapêutica para o sénior. O objetivo geral deste trabalho é identificar os benefícios da massagem lipolítica terapêutica num grupo de pessoas com mais de 65 anos, podendo assim observar quais os ganhos que esta técnica pode proporcionar...

  8. Um olhar sobre o envelhecimento ativo: reflexões e perceções de um grupo de seniores

    Severo, Daniel Mateus
    O envelhecimento demográfico veio revelar a necessidade de repensar o modo como as sociedades contemporâneas se organizam. Percebendo a importância de mudar de modelo social para o envelhecimento, a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou as bases de um novo paradigma: o de Envelhecimento Ativo. Esta nova forma de olhar para o envelhecimento (que assenta em três pilares fundamentais: Saúde, Participação e Segurança) tem vindo a ser amplamente discutida e adotada por muitas instituições e responsáveis políticos e sociais. Muitas são as iniciativas que se baseiam neste modelo, que têm conquistado cada vez mais seniores. Nota-se, no entanto, que são iniciativas que visam atuar sobre aspetos particulares do modelo, não privilegiando muitas vezes...

  9. Dificuldades sentidas pelos enfermeiros na elaboração de registos de enfermagem em sala de emergência

    Rufino, Catarina Asseiceira Hilário
    Este estudo de investigação teve como objetivo principal estudar as dificuldades sentidas pelos enfermeiros na elaboração de registos de enfermagem em sala de emergência. Inicialmente realizámos um estudo exploratório, em que entrevistámos 3 enfermeiros que exercessem funções em sala de emergência. A partir dos dados recolhidos elaborámos um questionário que foi aplicado a uma maior amostra. O questionário permitiu-nos caracterizar a amostra, assim como colher informações relacionadas com registos de enfermagem, nomeadamente frequência dos registos, dificuldades sentidas na sua elaboração e estratégias facilitadoras de elaboração dos mesmos. Permitiu-nos também construir duas escalas, uma que avalia a frequência de elaboração dos registos...

  10. Cuidadores informais e envelhecimento ativo

    Faustino, Sara Filipa Pires
    Esta dissertação enquadra-se no Mestrado de Intervenção para um Envelhecimento Ativo, onde é feito um estudo multicasos de natureza biográfica que dá conta da relação de cuidadores informais com as idosas que cuidam. Em termos metodológicos, utilizamos o estudo multicasos com recurso a entrevistas aprofundadas abertas no contexto de três casos: cuidadora informal no apoio à idosa na sua própria casa; cuidadora informal em que o idoso recebe o serviço de apoio ao domicilio; e cuidadora informal em que o idoso frequenta o centro de convívio. As conclusões deste estudo comparativo entre três casos mostram que a relação pessoal estabelecida entre cuidador...

  11. Práticas dos enfermeiros no serviço de urgência perante o doente hemodialisado

    Duarte, Vera Lúcia Cardoso
    Introdução: Nas últimas décadas tem-se verificado um aumento considerável na prevalência da doença renal crónica, levando os doentes a procurarem regularmente o serviço urgência (Johnson & Usherwood, 2005). Metodologia: De forma a estudar as Práticas dos Enfermeiros no Serviço de Urgência, perante o doente hemodialisado, foi realizado um estudo quantitativo descritivo correlacional e transversal aplicado a uma amostra de 130 enfermeiros dos Serviços de Urgência do Centro Hospitalar do Oeste e do Hospital Distrital de Santarém, que teve, como objetivos, criar um instrumento de medida que avalie as práticas dos enfermeiros no serviço de urgência perante o doente hemodialisado; determinar as...

  12. Relatório de estágio: desenvolvimento de competências em enfermagem

    Monteiro, Nuno Fernando Gonçalves
    Na construção do conhecimento em Enfermagem, a prática e a reflexão sobre a prática dos cuidados revelam-se fundamentais, permitindo articular os conhecimentos teóricos com a dinâmica implícita nos cuidados. Diariamente a enfermagem é confrontada com desafios que incentivam a reflexão e a busca de formação continua e académica especializada de forma a proporcionar um crescimento pessoal e profissional e um exercício fundamentado na evidência científica. O presente relatório descreve os principais contributos dos ensinos clínicos realizados no Serviço de Urgência do Hospital Distrital da Figueira da Foz, no Serviço de Medicina Intensiva e na Unidade de Cuidados Pós Anestésicos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, no desenvolvimento de...

  13. Validação cultural da Critical Care Family Satisfaction Survey para a população portuguesa

    Botelho, Helena Isabel Henriques
    Enquadramento: A qualidade dos cuidados de enfermagem à pessoa em situação crítica e à sua família tem registado avanços muito significativos nos últimos anos, evidenciando a necessidade de construir/validar instrumentos que permitam monitorizar a satisfação da família. Objetivos: Adaptar culturalmente a Critical Care Satisfaction Survey (CCFSS) para a população portuguesa de familiares de doentes adultos hospitalizados em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI); determinar as suas características psicométricas; avaliar a satisfação dos familiares de doentes adultos hospitalizados em UCI e a sua relação com algumas caraterísticas sociodemográficas e familiares. Metodologia: Este estudo metodológico incidiu sobre 107 familiares com uma média de idades de...

  14. Perfil de competências do enfermeiro no transporte inter-hospitalar da pessoa em situação crítica

    Sobreiro, Joana dos Reis
    O presente estudo teve como objetivo analisar o perfil de competências para o acompanhamento da pessoa em situação crítica na transferência inter-hospitalar, a perceção dos enfermeiros sobre esse perfil, e identificar áreas prioritárias para o desenvolvimento de competências. Neste sentido desenvolveu-se um estudo de natureza quantitativa, descritiva, analítica e correlacional que integrou também a construção/validação de uma escala para mensurar o perfil de competências do enfermeiro na transferência inter-hospitalar. Por amostragem não probabilística acidental, pelo método Snowball, constituiu-se uma amostra 307 enfermeiros com experiência no transporte inter-hospitalar da pessoa em situação crítica. O instrumento de colheita de dados (questionário) foi construído com base na revisão bibliográfica, apresentando propriedades psicométricas boas,...

  15. Necessidades sentidas pelos familiares na primeira visita em unidade de cuidados intensivos

    Baião, Joana de Moura Mendes
    No contexto da evidência científica é possível verificar um aumento de estudos direcionados para a medicina intensiva, nomeadamente na vertente do doente crítico e sua família. É fundamental uma abordagem holística, onde a família constituiu um foco do cuidar tão importante como o doente crítico. A relação estabelecida entre a equipa de enfermagem e a família deve ser baseada na intencionalidade de ajuda e suporte, devendo esta, estar preparada para atender às necessidades dos familiares, relacionadas com a experiência do internamento do doente em ambiente crítico. Como objetivos, foram delineados o identificar necessidades da família do doente crítico internado no serviço de...

  16. Cuidar em parceria da pessoa idosa dependente: um estudo de caso com cuidadores formais e cuidadores familiares em contexto de apoio domiciliário

    Ferreira, Eunice Sofia Dos Santos
    Hoje vive-se muitos anos. No entanto, este ganho está associado a reais desafios ao nível da prestação de cuidados e das situações de dependência que atingem particularmente as pessoas idosas. Face a esta dependência, a família continua a atuar na primeira linha, prestando os cuidados de que a pessoa necessita, apesar das transformações socioeconómicas que foram ocorrendo. Todavia, muitos cuidadores familiares recorrem a apoios formais, em particular ao Serviço de Apoio Domiciliário, não para se desresponsabilizarem do cuidar, mas para receberem auxílio e partilharem essa tarefa. Assim, pretende-se, com este estudo, descrever como se efetua a parceira entre cuidadores familiares e cuidadores formais no que concerne à prestação de...

  17. Efeitos de sessões individuais de estimulação multissensorial em idosos dependentes institucionalizados

    Santos, Rafaela Machado
    O envelhecimento demográfico é um fenómeno inegável e que tem suscitado interesse ao longo dos séculos. São conhecidos os benefícios que a prática de atividades de estimulação proporciona ao idoso, seja na promoção do seu bem-estar como na preservação das funções cognitivas remanescentes. No entanto, os estudos conhecidos no âmbito da estimulação são essencialmente resultado de sessões em grandes grupos e onde as atividades desenvolvidas se limitam, essencialmente, à estimulação da cognição. O objetivo do presente estudo foi conhecer os benefícios da prática de sessões individuais de estimulação multissensorial no idoso dependente institucionalizado. Para tal, através de uma metodologia qualitativa e com contornos de investigação-ação, foram realizadas 12 sessões...

  18. Atividades educativas no processo de envelhecimento – estudo de caso

    Silva, Catarina Leocádio Castanheira da
    Esta dissertação tem como tema: Atividades Educativas no Processo de Envelhecimento. A ideia deste tema surgiu no decorrer da realização de Estágio Profissional, numa Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) pertencente a uma Misericórdia do centro do Portugal, uma vez que se constata que a maioria dos idosos institucionalizados têm uma escolaridade baixa ou inexistente. O objetivo desta dissertação foi perceber de que forma o contacto com atividades de leitura e escrita tem impacto na vida dos idosos institucionalizados. A partir da questão investigativa: de que forma a participação numa Oficina de Letras, no contexto de uma ERPI, tem impacto na vida de alguns idosos institucionalizados? Foi pensada a criação...

  19. Influência de um programa de estimulação cognitiva em idosos dependentes

    Gaspar, Ana Margarida Ferreira
    O envelhecimento ativo incentiva novas políticas que visam a melhoria/manutenção das capacidades físicas e cognitivas dos idosos, criando-lhes condições para uma participação ativa na sociedade, sendo a estimulação cognitiva uma intervenção primordial, na prevenção do risco de declínio cognitivo e do aparecimento de demências e na manutenção da autonomia. Deste modo e em resposta a esta problemática, o nosso estudo tem como objetivo verificar a influência do Programa de Estimulação Cognitiva “Fazer a diferença” em idosos dependentes, nas variáveis sociodemográficas e nos diferentes níveis de dependência. Este estudo foi realizado numa amostra de 13 idosos dependentes (< 55 Índice de Barthel) internados em uma Unidade de Cuidados Continuados, com...

  20. O handover na sala de emergência entre o enfermeiro e a equipa de assistência pré-hospitalar

    Botelho, Patrícia dos Santos
    Um Handover é um momento particularmente crítico num serviço de urgência, comprometendo a segurança e a qualidade dos cuidados (Joint Commission Perspectives, 2012). Para averiguar qual a perceção da qualidade e os fatores relacionados com Handover que ocorre numa sala de emergência, entre os enfermeiros e a equipa de assistência pré-hospitalar, validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida Handover Quality Rating Form (HQRF) de Manser et al. (2010), construi-se e validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida, Importância da Informação Transmitida Durante o Handover (IITDH) e identificaram-se as dificuldades durante o Handover. Desenvolveu-se um estudo quantitativo, transversal e...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.