Mostrando recursos 41 - 48 de 48

  1. Validação cultural da Critical Care Family Satisfaction Survey para a população portuguesa

    Botelho, Helena Isabel Henriques
    Enquadramento: A qualidade dos cuidados de enfermagem à pessoa em situação crítica e à sua família tem registado avanços muito significativos nos últimos anos, evidenciando a necessidade de construir/validar instrumentos que permitam monitorizar a satisfação da família. Objetivos: Adaptar culturalmente a Critical Care Satisfaction Survey (CCFSS) para a população portuguesa de familiares de doentes adultos hospitalizados em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI); determinar as suas características psicométricas; avaliar a satisfação dos familiares de doentes adultos hospitalizados em UCI e a sua relação com algumas caraterísticas sociodemográficas e familiares. Metodologia: Este estudo metodológico incidiu sobre 107 familiares com uma média de idades de...

  2. Perfil de competências do enfermeiro no transporte inter-hospitalar da pessoa em situação crítica

    Sobreiro, Joana dos Reis
    O presente estudo teve como objetivo analisar o perfil de competências para o acompanhamento da pessoa em situação crítica na transferência inter-hospitalar, a perceção dos enfermeiros sobre esse perfil, e identificar áreas prioritárias para o desenvolvimento de competências. Neste sentido desenvolveu-se um estudo de natureza quantitativa, descritiva, analítica e correlacional que integrou também a construção/validação de uma escala para mensurar o perfil de competências do enfermeiro na transferência inter-hospitalar. Por amostragem não probabilística acidental, pelo método Snowball, constituiu-se uma amostra 307 enfermeiros com experiência no transporte inter-hospitalar da pessoa em situação crítica. O instrumento de colheita de dados (questionário) foi construído com base na revisão bibliográfica, apresentando propriedades psicométricas boas,...

  3. Necessidades sentidas pelos familiares na primeira visita em unidade de cuidados intensivos

    Baião, Joana de Moura Mendes
    No contexto da evidência científica é possível verificar um aumento de estudos direcionados para a medicina intensiva, nomeadamente na vertente do doente crítico e sua família. É fundamental uma abordagem holística, onde a família constituiu um foco do cuidar tão importante como o doente crítico. A relação estabelecida entre a equipa de enfermagem e a família deve ser baseada na intencionalidade de ajuda e suporte, devendo esta, estar preparada para atender às necessidades dos familiares, relacionadas com a experiência do internamento do doente em ambiente crítico. Como objetivos, foram delineados o identificar necessidades da família do doente crítico internado no serviço de...

  4. Cuidar em parceria da pessoa idosa dependente: um estudo de caso com cuidadores formais e cuidadores familiares em contexto de apoio domiciliário

    Ferreira, Eunice Sofia Dos Santos
    Hoje vive-se muitos anos. No entanto, este ganho está associado a reais desafios ao nível da prestação de cuidados e das situações de dependência que atingem particularmente as pessoas idosas. Face a esta dependência, a família continua a atuar na primeira linha, prestando os cuidados de que a pessoa necessita, apesar das transformações socioeconómicas que foram ocorrendo. Todavia, muitos cuidadores familiares recorrem a apoios formais, em particular ao Serviço de Apoio Domiciliário, não para se desresponsabilizarem do cuidar, mas para receberem auxílio e partilharem essa tarefa. Assim, pretende-se, com este estudo, descrever como se efetua a parceira entre cuidadores familiares e cuidadores formais no que concerne à prestação de...

  5. Efeitos de sessões individuais de estimulação multissensorial em idosos dependentes institucionalizados

    Santos, Rafaela Machado
    O envelhecimento demográfico é um fenómeno inegável e que tem suscitado interesse ao longo dos séculos. São conhecidos os benefícios que a prática de atividades de estimulação proporciona ao idoso, seja na promoção do seu bem-estar como na preservação das funções cognitivas remanescentes. No entanto, os estudos conhecidos no âmbito da estimulação são essencialmente resultado de sessões em grandes grupos e onde as atividades desenvolvidas se limitam, essencialmente, à estimulação da cognição. O objetivo do presente estudo foi conhecer os benefícios da prática de sessões individuais de estimulação multissensorial no idoso dependente institucionalizado. Para tal, através de uma metodologia qualitativa e com contornos de investigação-ação, foram realizadas 12 sessões...

  6. Atividades educativas no processo de envelhecimento – estudo de caso

    Silva, Catarina Leocádio Castanheira da
    Esta dissertação tem como tema: Atividades Educativas no Processo de Envelhecimento. A ideia deste tema surgiu no decorrer da realização de Estágio Profissional, numa Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) pertencente a uma Misericórdia do centro do Portugal, uma vez que se constata que a maioria dos idosos institucionalizados têm uma escolaridade baixa ou inexistente. O objetivo desta dissertação foi perceber de que forma o contacto com atividades de leitura e escrita tem impacto na vida dos idosos institucionalizados. A partir da questão investigativa: de que forma a participação numa Oficina de Letras, no contexto de uma ERPI, tem impacto na vida de alguns idosos institucionalizados? Foi pensada a criação...

  7. Influência de um programa de estimulação cognitiva em idosos dependentes

    Gaspar, Ana Margarida Ferreira
    O envelhecimento ativo incentiva novas políticas que visam a melhoria/manutenção das capacidades físicas e cognitivas dos idosos, criando-lhes condições para uma participação ativa na sociedade, sendo a estimulação cognitiva uma intervenção primordial, na prevenção do risco de declínio cognitivo e do aparecimento de demências e na manutenção da autonomia. Deste modo e em resposta a esta problemática, o nosso estudo tem como objetivo verificar a influência do Programa de Estimulação Cognitiva “Fazer a diferença” em idosos dependentes, nas variáveis sociodemográficas e nos diferentes níveis de dependência. Este estudo foi realizado numa amostra de 13 idosos dependentes (< 55 Índice de Barthel) internados em uma Unidade de Cuidados Continuados, com...

  8. O handover na sala de emergência entre o enfermeiro e a equipa de assistência pré-hospitalar

    Botelho, Patrícia dos Santos
    Um Handover é um momento particularmente crítico num serviço de urgência, comprometendo a segurança e a qualidade dos cuidados (Joint Commission Perspectives, 2012). Para averiguar qual a perceção da qualidade e os fatores relacionados com Handover que ocorre numa sala de emergência, entre os enfermeiros e a equipa de assistência pré-hospitalar, validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida Handover Quality Rating Form (HQRF) de Manser et al. (2010), construi-se e validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida, Importância da Informação Transmitida Durante o Handover (IITDH) e identificaram-se as dificuldades durante o Handover. Desenvolveu-se um estudo quantitativo, transversal e...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.