Mostrando recursos 1 - 20 de 21

  1. Protocolo de intervenções de enfermagem à pessoa com traumatismo vértebro-medular no Serviço de Urgência

    Santos, Mara Alexandra Timóteo
    O traumatismo vértebro-medular é considerado uma causa frequente de morbilidade e mortalidade na sociedade moderna. A pessoa com TVM, é muitas vezes, alvo de lesão em cadeia, não só agravada pela condição hemodinâmica, mas também pela mobilização inapropriada da pessoa após o incidente, o que reforça a necessidade de uma equipa de enfermagem com competências na área de cuidados. Face ao exposto, este estudo teve por objetivo desenvolver um protocolo de intervenções de enfermagem à pessoa com TVM no Serviço de Urgência. Foi elaborada uma revisão da literatura sobre a temática em estudo, com base em literatura científica nacional e internacional, na qual foram desenvolvidas e justificadas as...

  2. Sépsis num serviço de urgência: caracterização do fenómeno

    Pereira, Cátia Andreia de Jesus
    Enquadramento: A sépsis é caracterizada como uma síndrome clínica, causada pela resposta inflamatória sistémica desregulada do indivíduo à infeção, e pode provocar a falência de um ou mais órgãos, ou mesmo a morte da pessoa. Trata-se de um grave problema de saúde pública, para o qual já está definido um conjunto de atitudes e procedimentos terapêuticos que, realizados numa fase precoce, reduzem as taxas de morbilidade e mortalidade por sépsis. Os enfermeiros assumem um papel primordial especificamente no reconhecimento precoce, estratificação da gravidade e no início atempado do tratamento adequado. Objetivos: Determinar a taxa de prevalência da sépsis no SU; Conhecer...

  3. Segurança do doente: atitudes de segurança, perspetivas das equipas dos serviços de urgência do Centro Hospitalar de Leiria

    Fonseca, Ana Rute Pereira da
    Introdução: A segurança do doente, implícita na forma como os profissionais agem, encontra-se intimamente relacionada com a qualidade dos cuidados prestados, possuindo uma componente atitudinal e outra comportamental, que se interligam e influenciam mutuamente. Por forma a melhorar a cultura de segurança é necessário primariamente avaliá-la, sendo nesse âmbito o Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) short form 2006 o instrumento mais utilizado e rigorosamente validado a nível internacional. Objetivos/Questões de investigação/Hipóteses: Os objetivos delineados para este estudo foram: Determinar a perceção das equipas que desempenham funções nos SU acerca das atitudes de segurança na sua prática; Determinar quais as dimensões das atitudes...

  4. Perfil de competências do enfermeiro no serviço de urgência

    Costa, António Emanuel Morais
    O conceito de competência em enfermagem assume destaque tanto na formação como no apoio à gestão. Todavia este conceito não reúne concenso nos especialistas. São escassos os estudos acerca da competência em serviço de urgência (SU) e não existe uma ferramenta específica para a avaliar. O objetivo deste trabalho foi aproximarmo-nos de uma determinação do perfil de competência ideal do Enfermeiro do Serviço de Urgência e averiguar como se posicionam os enfermeiros que desempenham (ou desempenharam) funções no SU, nesse perfil. Desenvolveu-se um estudo qualitativo onde foram elaboradas entrevistas a enfermeiros peritos e elaborada a análise de conteúdo e um estudo quantitativo,...

  5. Perfil das pessoas com diabetes mellitus da consulta de diabetes do Hospital Santo André

    José, Nilza Alexandra Lagoa São
    A DM constitui uma das principais causas de morte, sendo o pé diabético uma das complicações mais comuns, dispendiosas e que mais sofrimento causa na pessoa com diabetes e sua família. O controlo rigoroso dos fatores de risco e capacitação da pessoa para a prevenção, controlo dos fatores de risco e tratamento da diabetes é imprescindível. Com o objetivo de descrever o perfil das pessoas com DM de médio e alto risco de ulceração do pé que frequentam a CE do HSA desenvolveu-se um estudo não experimental, descritivo, correlacional e retrospetivo, recolhendo dados de 197 processos. Verificamos que as pessoas estudadas são...

  6. Adesão ao autocuidado da pessoa com diabetes mellitus tipo 2

    Oliveira, Dina Isabel Lopes de
    Introdução: Em Portugal, a diabetes apresenta uma carga significativa com aumento da sua prevalência. Sendo esta uma doença cujo controlo depende da autogestão do regime terapêutico a adoção de comportamentos de autocuidado é central na redução da mortalidade e morbilidade. Metodologia: Estudo descritivo-correlacional desenvolvido com os objetivos de: identificar o nível de autocuidado, conhecimentos e satisfação com os cuidados de enfermagem, da pessoa com diabetes tipo 2; analisar a relação entre os comportamentos de autocuidado da pessoa com diabetes mellitus tipo 2 e o seu controlo metabólico e clínico, com o nível de conhecimentos e com a satisfação com os cuidados...

  7. Ventilação não invasiva: desenvolvimento de linhas orientadoras recorrendo à metodologia Delphi

    Pinto, Carlos Jorge Cardoso
    Introdução: A ventilação não invasiva (VNI) consiste na administração de pressão positiva na via aérea utilizando uma máscara/interface. Ultimamente, tem-se destacado como opção de primeira linha no tratamento de situações de insuficiência respiratória. O objetivo do estudo consiste na elaboração de linhas orientadoras para a implementação da VNI, na pessoa adulta, em qualquer contexto de cuidados. Metodologia: Seguiu-se a metodologia delphi. Constituiu-se um grupo de peritos e realizaram-se duas rondas de questionários online utilizando a plataforma Google Docs. Participaram na primeira ronda 38 peritos e 16 na segunda. A maioria dos participantes são enfermeiros, com mais de 6 anos de experiência profissional, que têm pelo menos 5 casos de...

  8. Validade preditiva do protocolo de triagem de manchester na avaliação da carga de trabalho de enfermagem

    Morins, Ana Luísa Aveiro Castro
    Introdução: Os Serviços de Urgência têm como intuito proporcionar cuidados de saúde imediatos sendo desafiados a incluir a gestão de recursos materiais e humanos, de modo a garantir uma melhor qualidade nos cuidados. Este estudo pretende relacionar o índice da carga de trabalho de enfermagem com as características sociodemográficas, clínicas e com o nível de prioridade clínica (Protocolo de Triagem de Manchester) dos utentes de um Serviço de Urgência. Metodologia: Estudo correlacional com uma amostra não probabilística por conveniência de 105 utentes, com uma idade média de 69 anos (DP= 18,827). Os dados foram colhidos através dos registos clínicos eletrónicos nomeadamente as características sociodemográficas, clínicas, o nível de prioridade...

  9. Vivências dos enfermeiros no serviço de urgência geral, na comunicação de más notícias

    Ribeiro, Vânia Rita Magalhães
    Na prática quotidiana, o enfermeiro depara-se muitas vezes com a necessidade de comunicar más notícias (MN), informação que causa perturbação e mal-estar a quem recebe, como também a quem comunica a informação. Esta tese apresenta os resultados de uma investigação que teve como objetivo descrever as vivências dos enfermeiros na comunicação de MN. O estudo foi realizado a enfermeiros que prestam funções no Serviço de Urgência Geral (SUG) do Hospital Santo André (HSA) do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) - EPE (Entidade Pública Empresarial). Foi utilizada uma metodologia qualitativa com uma abordagem fenomenológica. Como instrumento de colheita de dados foi utilizada a...

  10. A pessoa em situação crítica e a aquisição de competências para o seu cuidar

    Marques, Maíra Trindade de Assis
    O presente relatório surge na sequência do 1º Curso de Mestrado em enfermagem à Pessoa em Situação crítica, da Escola Superior de Saúde – Instituto Politécnico de Leiria. Encontra-se aqui sistematizado o percurso desenvolvido durante este período na aquisição de Competências Comuns e Específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem à Pessoa em Situação Crítica. Durante este período de aprendizagem, para além das diferentes unidades curriculares teóricas, houve oportunidade de realização de 3 ensinos clínicos, que tiveram lugar no Centro Hospitalar de Leiria - Hospital de Santo André. Estes tiverem um contributo fulcral no desenvolvimento destas competências. O Serviço de Urgência Médico- Cirúrgica, o Serviço de Medicina Intensiva e a...

  11. Dificuldades percecionadas e grau de Satisfação dos enfermeiros que fazem triagem de manchester nos serviços de urgência

    Freitas, Maria Madalena Andrade Mendes de
    Os serviços de urgência (SU) devem ser dotados de características específicas, estruturais e humanas, com capacidades para dar respostas às necessidades dos doentes que ali recorrem. Verifica-se constantemente nos SU o atendimento quer a doentes emergentes/urgentes quer a doentes não urgentes. Torna-se então imprescindível a existência de um sistema de triagem de forma a garantir a assistência adequada, no tempo certo, consoante o grau de gravidade da situação. Este estudo analisa as Dificuldades e a Satisfação dos Enfermeiros que fazem Triagem de Manchester nos Serviços de Urgência em Hospitais de Portugal Continental, e quais os fatores que interferem de forma favorável ou desfavoravelmente no desempenho das suas funções. O estudo...

  12. Relatório de estágio a prática especializada em enfermagem à pessoa em situação crítica

    Ribeiro, Joana Filipa da Conceição
    O presente relatório evidencia os principais contributos do estágio, no âmbito do Curso do Mestrado em Enfermagem à Pessoa em Situação Critica, realizado num Serviço de Urgência, numa Unidade de Cuidados Intensivos e no Bloco Operatório, para o desenvolvimento de competências clínicas especializadas na assistência à pessoa em situação crítica a vivenciar processos de saúde/doença. Tem por objetivos documentar a aprendizagem efetuada durante os estágios, através da capacidade de síntese e análise crítico-reflexiva. Como metodologia, apresenta o método descritivo e reflexivo. Estruturalmente, é constituído por três partes. O primeiro capítulo consiste numa reflexão sobre a aquisição de competências, de seguida uma caraterização...

  13. Construção e validação da first-check para avaliação primaria do doente na sala de emergência

    Ferraria, Joana Barata
    Introdução: A elaboração de registos de enfermagem na Sala de Emergência constitui um desafio, havendo necessidade de documentar a avaliação inicial, as intervenções de enfermagem e a evolução do estado do doente. Metodologia: Os principais objectivos deste estudo descritivo foram: construir uma checklist de avaliação primária na Sala de Emergência, a First-Check; validar o seu conteúdo através de um painel Delphi e avaliar, na perspectiva dos enfermeiros, a usabilidade e utilidade da First-Check. Foi assim criada uma checklist de avaliação primária do doente na Sala de Emergência, a First-Check, baseada no ABCDE, como método facilitador dos registos de enfermagem, mas também da avaliação do doente e das próprias intervenções...

  14. Intervenções de enfermagem ao doente com traumatismo crânio-encefálico: construção e validação de um protocolo

    Pereira, Inês de Oliveira
    O traumatismo crânio-encefálico é reconhecido como um sério problema de saúde pública com importante impacto económico e social. A realização de um protocolo de intervenção de enfermagem ao doente com traumatismo crânio-encefálico surgiu da necessidade em uniformizar um conjunto de intervenções de enfermagem para uma actuação rápida e eficaz ao doente com traumatismo crânio-encefálico em sala de emergência, baseado nas recomendações do Advanced Trauma Life Support do American College of Surgeons e do Trauma Nursing Core Course da Emergency Nurses Association. A técnica Delphi foi utilizada na metodologia deste estudo através da aplicação de questionários a um grupo de peritos (painel Delphi)...

  15. Dificuldades do enfermeiro no transporte secundário do doente crítico

    Mata, Ema Soraia Fazenda
    Dada a tendência da centralização dos meios de diagnóstico e terapêutica com elevado nível de diferenciação, o transporte inter-hospitalar do doente em estado crítico torna-se cada vez mais frequente e fundamental na resposta adequada às suas necessidades. Contudo e porque se trata de doentes com risco eminente de vida, o transporte acarreta riscos para os quais o enfermeiro e restante equipa interdisciplinar devem estar despertos e preparados. O presente trabalho de investigação visa conhecer as dificuldades dos enfermeiros no transporte inter-hospitalar do doente crítico, no sentido de melhorar a sua intervenção minimizando os riscos reais e potenciais. A estratégia metodológica inicial adotada, para o enquadramento teórico, foi a pesquisa eletrónica...

  16. Vivências em situação de emergência à vítima crítica: um estudo com enfermeiros da ambulância de suporte imediato de vida

    Ferreira, Ana Cristina Inverno
    Este estudo tem como objetivo descrever as vivências dos enfermeiros que exercem funções na ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) em situação de emergência à vítima crítica, do Centro Hospitalar Médio Tejo, tendo sido formulada a seguinte questão orientadora: Quais as vivências dos enfermeiros que exercem funções na ambulância de SIV, face a uma situação de emergência com uma vítima crítica?. O estudo caracteriza-se como um estudo descritivo, com base numa abordagem qualitativa. Como instrumento de colheita de dados foi utilizada uma entrevista semiestruturada e realizada a seis enfermeiros. A entrevista compreendeu questões relacionadas com o perfil sociodemográfico e profissional...

  17. Qualidade dos cuidados em colonoscopia: ansiedade, dor, conforto e satisfação dos utentes

    Sequeira, Sara Raquel Fernandes Tavares
    A colonoscopia é o exame preferencial na deteção de patologias do cólon e do reto. Contudo, no nosso país a adesão dos utentes é baixa e isso pode estar relacionado com diversos fatores onde se incluem a ansiedade, a dor e o conforto, importantes focos de atenção dos enfermeiros. Importa que os cuidados de saúde prestados neste âmbito sejam de qualidade, sendo fulcral a avaliação da mesma através da satisfação do utente. Pretendeu-se com este estudo determinar os níveis de ansiedade, dor, conforto e satisfação das pessoas submetidas a colonoscopia, descrever as relações entre as variáveis e compará-las face à utilização...

  18. Qualidade dos cuidados em colonoscopia: ansiedade, dor, conforto e satisfação dos utentes

    Sequeira, Sara Raquel Fernandes Tavares
    A colonoscopia é o exame preferencial na deteção de patologias do cólon e do reto. Contudo, no nosso país a adesão dos utentes é baixa e isso pode estar relacionado com diversos fatores onde se incluem a ansiedade, a dor e o conforto, importantes focos de atenção dos enfermeiros. Importa que os cuidados de saúde prestados neste âmbito sejam de qualidade, sendo fulcral a avaliação da mesma através da satisfação do utente. Pretendeu-se com este estudo determinar os níveis de ansiedade, dor, conforto e satisfação das pessoas submetidas a colonoscopia, descrever as relações entre as variáveis e compará-las face à utilização...

  19. O handover na sala de emergência entre o enfermeiro e a equipa de assistência pré-hospitalar

    Botelho, Patrícia dos Santos
    Um Handover é um momento particularmente crítico num serviço de urgência, comprometendo a segurança e a qualidade dos cuidados (Joint Commission Perspectives, 2012). Para averiguar qual a perceção da qualidade e os fatores relacionados com Handover que ocorre numa sala de emergência, entre os enfermeiros e a equipa de assistência pré-hospitalar, validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida Handover Quality Rating Form (HQRF) de Manser et al. (2010), construi-se e validou-se para a população portuguesa o instrumento de medida, Importância da Informação Transmitida Durante o Handover (IITDH) e identificaram-se as dificuldades durante o Handover. Desenvolveu-se um estudo quantitativo, transversal e...

  20. Eficácia de uma intervenção estruturada de enfermagem forense realizada a estudantes de enfermagem

    Ribeiro, Gonçalo Pedro de Oliveira
    Enquadramento: As ciências forenses têm um papel na sociedade atual cada vez mais relevante, na articulação entre o papel dos profissionais de saúde na preservação de provas e vestígios forenses e a aplicação da justiça. Os enfermeiros são muitas vezes os primeiros a contactar com as vítimas. Numa perspetiva de cuidados globais à vítima, necessitam de conhecimentos adequados em ciências forenses. Objetivo: Avaliar a eficácia de uma intervenção estruturada de enfermagem forense realizada em estudantes de enfermagem na melhoria dos conhecimentos sobre práticas forenses e as práticas de enfermagem a realizar perante situações forenses. Métodos: Estudo quasi-experimental, do tipo pré-teste e pós-teste, sem grupo controlo, realizado numa amostra não...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.