Recursos de colección

Repositório Comum (24.607 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 20 de 82

  1. Séries DGS - Informação e Análise

    Fernandes, Teresa; Freitas, Graça
    Desde a sua criação em 1965, o panorama epidemiológico das doenças evitáveis por vacinação em Portugal era desfavorável em relação aos outros países da Europa. Assim, com o objetivo de prevenir a ocorrência de determinadas doenças infeciosas, foi criado o Programa Nacional de Vacinação para vacinar a população, especialmente as crianças, de forma organizada, universal, gratuita e com continuidade. Desde 1965, o PNV foi sendo atualizado em duas vertentes principais: • Introdução progressiva de vacinas, determinada por fatores epidemiológicos e pela disponibilidade de novas e melhores vacinas. • Atualização dos esquemas vacinais para melhor adaptação à realidade epidemiológica e adesão ao PNV. Ao longo...

  2. Manual Orientador dos Planos Locais de Saúde

    Portugal, Rui; Nunes, Ana; Andrade, Carla
    O Plano Nacional de Saúde Revisão e Extensão a 2020 constitui-se como uma plataforma que visa desenvolver e reforçar a implementação do PNS a nível nacional, regional e local. Neste contexto, importa salientar que os Planos Locais de Saúde (PLS) são instrumentos ímpares de implementação do PNS, de alinhamento com os objetivos nacionais e regionais e, como tal, devem refletir nas suas estratégias, em todas as intervenções os quatro eixos estratégicos, segundo uma abordagem intersectorial que envolva os diferentes parceiros que têm impacto na saúde.

  3. Doença invasiva meningocócica em Portugal - Vigilância epidemiológica integrada, 2003-2014: relatório anual da Rede de Laboratórios VigLab Doença Meningocócica

    Simões, Maria João; Fernandes, Teresa
    Acompanhamento: Maria da Graça Freitas (Direção-Geral da Saúde), Jorge Machado (Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge). Colaboradores: Paulo Gonçalves, Célia Betencourt, Ana Leça, Andreia Silva da Costa.

  4. How Can We Be Better Prepared for the Next Global Health Threat? Planning and Implementing Emergency Risk Communication: Joint ECDC & ASEF Workshop

    Ueda, Sayaka; Ammon, Andrea; Nogueira, Paulo; Barros, Henrique; Silva, Ana Clara Mendonça
    From the severe acute respiratory syndrome (SARS) outbreak in 2003 to the Ebola epidemic of 2014–2015, one thing that always seems to go wrong in health emergencies is how national authorities communicate about it. In particular, how they communicate about the risk that the emergency poses to the people affected by it. Lessons learned and exercises conducted after these events almost always contain a recommendation along the lines of “We need to become better at risk communication”. The Asia-Europe Foundation (ASEF) and the European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) collaborated and staged an emergency risk communication workshop on 7–8...

  5. Semântica da Informação em Saúde 2016

    Martins, José; Nogueira, Paulo
    No âmbito da informação em saúde, usamos recorrentemente um conjunto de termos, em relação aos quais apreendemos o significado, mas nem sempre acedemos a uma definição técnico-científica que os enquadre. Em diversos casos apenas utilizamos siglas, enquanto noutros, socorremo-nos de anglicismos, por ser a forma mais vulgarizada. Neste documento, privilegiamos a abordagem dos conceitos relacionados com a área da informação e comunicação em saúde, englobando também alguns que estão relacionados com atividades desenvolvidas de forma mais transversal nas temáticas da saúde, mas que se intersectam com a nomenclatura adotada na área dos sistemas de informação em saúde. Procura-se, recorrendo a uma diversidade de fontes, sistematizar um conjunto de termos e conceitos,...

  6. Trans fatty acids in the Portuguese food market

    Costa, Nádia; Cruz, Rebeca; Graça, Pedro; Breda, João; Casal, Susana
    Consistent evidence exist on the harmful health effects of industrial trans fatty acids (TFA). In order to have accurate data on TFA intake and implement adequate measures to reduce their intake, each country should have updated estimates of TFA content in the diet. The objective of the present study was to provide data on the TFA content in food commercialized in the Portuguese market. The results on the TFA content of 268 samples acquired between October and December 2013 are reported. Samples were categorized as margarines and shortenings (n ¼ 16), spreadable chocolate fats (n ¼ 6), fried potatoes and chips (n...

  7. Estudo comparativo de estratégias/PNS de países europeus membros da OCDE

    Ferrinho, Paulo; Guerreiro, Cátia Sá; Portugal, Rui
    A adoção de planos em todos os setores da sociedade tem ganho em importância, pela sua capacidade de influenciar a tomada de decisão. O planeamento estratégico (PE), enquanto procedimento complexo, participado e mobilizador de todos os quadrantes da sociedade, contribui para ganhos em conhecimento e para a difusão do mesmo, legitimando visões estratégicas e clarificando áreas prioritárias de intervenção. O PE no setor da saúde (PES) emergiu na década de 1990, fortemente impulsionado pela Global Strategy for Health for All by the Year 2000 e, mais recentemente, pela Health 21 – Health for All in the 21st Century. Com o intuito...

  8. The integrated management for renal replacement therapy in Portugal

    Coelho, Anabela P.; Sá, Helena O.; Diniz, José A.; Dussault, Gilles
    Portugal was the first European country to introduce an integrated management of end-stage renal disease (IM ESRD). This new program integrates various dialysis services and products, which are reimbursed at a fixed rate/patient/week called “comprehensive price payment.” This initiative restructured the delivery of dialysis services, the monitoring of outcomes, and the funding of renal replacement therapy. This article described the implementation of a new model of comprehensive provision of hemodialysis (HD) services and aimed to assess its impact on dialysis care. Quality assessments and reports of patient satisfaction, produced by the Ministry of Health since 2008, as well as national...

  9. Health professionals moving to. . . and from Portugal

    Ribeiro, Joana Sousa; Conceição, Cláudia; Pereira, Joel; Leone, Cláudia; Mendonça, Pedro; Temido, Marta; Vieira, Carlota Pacheco; Dussault, Gilles
    The mobility of health professionals in the European Union is a phenomenon which policymakers must take into account to provide the conditions to adjust for demand and supply of health services. This paper presents the case of Portugal, a country which at the same time imports and exports health workers. Since the early 1990s Portugal became a destination country receiving foreign health care professionals. This situation is now changing with the current economic situation as fewer immigrants come and more Portuguese emigrate. Foreigners coming to Portugal do so in part for similar reasons that bring Portuguese to want to emigrate,...

  10. Lowered national cesarean section rates after a concerted action

    Ayres-De-Campos, Diogo; Cruz, Joana; Medeiros-Borges, Cláudia; Costa-Santos, Cristina; Vicente, Lisa
    To evaluate national cesarean section (CS) rates and other obstetric indicators after a concerted action to reduce CS rates was undertaken in Portugal from 2010 onwards. This action was based on the transmission of information and training of healthcare professionals, together with the inclusion of CS rates as a criterion for hospital funding. Retrospective observational population-based study. SETTING: Portugal. POPULATION: Births occurring in Portugal between 2000 and 2014. METHODS: Governmental sources were used to obtain data on national CS, perinatal and maternal mortality rates. Rates of instrumental vaginal delivery, vaginal birth after cesarean (VBAC), hypoxia-related complications and perineal lacerations were...

  11. First diabetes prevalence study in Portugal: PREVADIAB study

    Gardete-Correia, L.; Boavida, José; Raposo, J. F.; Mesquita, A. C.; Fona, C.; Carvalho, R.; Massano-Cardoso, S.
    Aims Diabetes is a growing worldwide problem. Ascertaining its prevalence is vital as a starting point to establish and measure the success of health interventions. This study aimed to determine the prevalence of Type 2 diabetes and ‘pre-diabetes’, defined as impaired fasting glucose and impaired glucose tolerance, in the Portuguese population aged between 20 and 79 years. Methods Considering the number of inhabitants between 20 and 79 years old, statistical units were selected that were representative regionally and nationally. The total sample comprised 5167 subjects. National prevalence was calculated. Analyses were performedon all thosewithout previously knowndiabetes usingWorld Health Organization reference...

  12. Estimates of 2012/13 influenza vaccine effectiveness using the case test-negative control design with different influenza negative control groups

    Nunes, Baltazar; Machado, Ausenda; Guiomar, Raquel; Pechirra, Pedro; Conde, Patrícia; Cristovão, Paula; Falcão, Isabel
    Background: In recent years several reports of influenza vaccine effectiveness (VE) have been made early for public health decision. The majority of these studies use the case test-negative control design (TND),which has been showed to provide, under certain conditions, unbiased estimates of influenza VE. Nevertheless, discussions have been taken on the best influenza negative control group to use. The presentstudy aims to contribute to the knowledge on this field by comparing influenza VE estimates using three test-negative controls: all influenza negative, non-influenza respiratory virus and pan-negative.Methods: Incident ILI patients were prospectively selected and swabbed by a sample of general practitioners....

  13. Statement on combined hormonal contraceptives containing third or fourth-generation progestogens or cyproterone acetate, and the associated risk of thromboembolism

    Bitzer, Johannes; Amy, Jean-Jacques; Beerthuizen, Rob; Birkhäuser, Martin; Bombas, Teresa; Creinin, Mitchell; Darney, Philip D; Vicente, Lisa Ferreira
    The controversy around the combined hormonal contraceptives (CHCs) of the so-called third (containing gestodene or desogestrel) and fourth generation (containing drospirenone, DRSP) has reached a highly emotional political dimension in which all those who are professionally responsible for women’s health are involved: the national health authorities, the pharmaceutical companies, the professional organisations, the prescribers, the media and the public (i.e. the current or potential users of CHCs). The – initially scientific – controversy has now led to a public health dispute that culminated in the decision of the French authorities to withdraw the combination containing ethinylestradiol (EE) and cyproterone acetate...

  14. Educação do doente terapêutico no tratamento da diabetes

    Boavida, José Manuel
    Late complications of type 1 and type 2 diabetes can also be effectively avoided or delayed using active intervention and available therapies. Despite these facts, the percentage of people with diabetes following the therapy proposed by health care professionals is quite low. People with diabetes or any other chronic disease have to be involved in their own treatment. Basic knowledge is very important for the patient but the reinforcement of appropriate attitudes and a continuous process of motivation is fundamental in changing habits and behaviour. We need to educate patients, giving them the tools and skills to manage their disease,...

  15. Semântica da Informação em Saúde 2016

    Martins, José; Nogueira, Paulo
    No âmbito da informação em saúde, usamos recorrentemente um conjunto de termos, em relação aos quais apreendemos o significado, mas nem sempre acedemos a uma definição técnico-científica que os enquadre. Em diversos casos apenas utilizamos siglas, enquanto noutros, socorremo-nos de anglicismos, por ser a forma mais vulgarizada. Neste documento, privilegiamos a abordagem dos conceitos relacionados com a área da informação e comunicação em saúde, englobando também alguns que estão relacionados com atividades desenvolvidas de forma mais transversal nas temáticas da saúde, mas que se intersectam com a nomenclatura adotada na área dos sistemas de informação em saúde. Procura-se, recorrendo a...

  16. Relatório de Análise das Complicações Relacionadas com a Interrupção da Gravidez 2013-2014

    Direção de Serviços de Prevenção da Doença e Promoção da Saúde; Divisão de Saúde Sexual, Reprodutiva, Infantil e Juvenil
    Este é o primeiro relatório elaborado de acordo com a Norma nº 001/2013 de 29/01/2013 - Registo de Complicações de Interrupção de Gravidez. Definições e modelo de registo. Desde 2001 que, de acordo com a Circular Normativa 3/DSMIA/01 da Direção-Geral da Saúde (DGS), no cumprimento do art.º 11 da Lei 120/99 de 11 de Agosto e do art.º 10º do DL 259/2000 de 17 de Outubro, foi introduzido um impresso normalizado para recolha de informação sobre os atendimentos no serviço de urgência de situações clínicas relacionadas com o aborto espontâneo e com a interrupção da gravidez (IG), tendo em vista...

  17. Plano Nacional de Saúde e Estratégias Locais de Saúde. Resenha dos Planos de Saúde: Nacional, Regionais, Locais, 2016

    Grupo de Trabalho do Plano Nacional de Saúde
    O Plano Nacional de Saúde (PNS) constitui um elemento basilar das políticas de saúde em Portugal, traçando o rumo estratégico para a intervenção no quadro do Sistema de Saúde. O programa do XXI Governo refere como objetivo implementar os Planos Locais de Saúde em cumprimento do Plano Nacional de Saúde. Nesse sentido e à semelhança do que foi realizado em 2015, apresentamos a resenha dos Planos Nacional, regionais e locais de saúde. Muitos destes planos encontram-se em revisão visto que tinham horizontes temporais até ao final do presente ano – 2016. A DGS tem acompanhado a revisão ou realização dos Planos...

  18. Programa Nacional de Saúde Escolar: Relatório de Avaliação do Ano Letivo 2014/2015

    von Amann, Gregória
    O Ano Letivo 2014/2015 foi um ano de mudança. Mudou o paradigma de intervenção da Saúde Escolar e mudou o seu sistema de informação. A equipa nacional do Programa de Saúde Escolar constituiu várias equipas de peritos, de várias áreas da saúde, mas também da educação e das universidades que, juntos, refletiram na mudança de paradigma que, no dealbar do século XXI, era necessário estabelecer tendo em vista as inúmeras oportunidades que a Escola oferece para a promoção da saúde e o bem-estar da população que a frequenta. O desenvolvimento das atividades de Saúde na Escola necessita de uma estreita...

  19. Trans-fatty acids in Portuguese food products

    Casal, Susana; Cruz, Rebeca; Costa, Nádia; Graça, Pedro; Breda, João
    There is consistent evidence of adverse health effects from industrial trans-fatty acids (TFAs). Several measures to limit TFA intake have already been taken in various countries, but limited information is available in several countries on the actual TFA content in foods. In order to ensure accurate data on intake of TFAs, and to implement adequate measures to reduce their consumption, each country should have an estimate of the TFA content in the overall diet. The objective of this report is to provide updated data on the TFA content in Portuguese foods. It therefore details the results of 268 samples (acquired...

  20. Relatório da Auditoria às Precauções Básicas de Controlo de Infeção e Adesão à Higiene das Mãos (Análise Evolutiva: 2014-2015)

    Direção Nacional do PPCIRA
    O Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e de Resistências aos Antimicrobianos (PPCIRA), implementou em 2014, uma Estratégia Multimodal para promoção das Precauções Básicas de Controlo de Infeção (PBCI), agregando a Estratégia Multimodal de Promoção da Higiene das Mãos, ao conjunto das PBCI. Constituiu objetivo dar continuidade à promoção da higiene das mãos e abordar as restantes PBCI, de uma forma padronizada, consistente e que pudesse ajudar os Grupos de Coordenação Local do PPCIRA (GCL-PPCIRA) e todos os Profissionais de Saúde (PS) a identificar as inconformidades neste conjunto das Boas Práticas e introduzir estratégias de intervenção para melhoria. Denominou-se...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.