Mostrando recursos 1 - 20 de 111

  1. O efeito dos resultados escolares na avaliação do desempenho docente

    Sousa, Luís Alexandre Pereira de Carvalho da Costa
    A sociedade atual, globalizada, solicita uma permanente prestação de contas em todas as áreas e a educação, sendo um dos seus pilares fundamentais, está, obviamente, sujeita também a essa nova forma de estar. O desempenho dos professores, enquanto sujeitos ativos de relevo no processo educativo, é também escrutinado cada vez com maior acuidade, e os resultados que os seus alunos obtêm começam também a ser mencionados, questionando-se se devem ou não interferir de algum modo na sua avaliação. Neste sentido, e procurando tentar responder a esta questão central, realizamos este estudo que tem como principal enfoque criar um mecanismo que...

  2. As TIC como incentivo numa criança com atraso global de desenvolvimento

    Vasconcelos, Elizabete Marina Vieira Gonçalves
    Este estudo, no âmbito da metodologia de estudo de caso, surgiu devido à existência de uma criança com atraso global do desenvolvimento, pertencente a um grupo de crianças em idade pré-escolar orientado pela investigadora. Esta criança apresenta dificuldades ao nível cognitivo e motor, sobretudo a nível da motricidade fina, tendo grandes dificuldades na representação gráfica da figura humana (RGFH). Partindo do facto de esta criança com atraso global de desenvolvimento (AGD), apresentar um domínio e gosto especial na manipulação do computador, este estudo, revelou-se para nós importante uma vez que pretendemos através dele, clarificar o uso das tecnologias de informação e comunicação (TIC) numa sala do pré-escolar. Foram planificadas atividades com...

  3. Estudo sobre a qualidade da prática pedagógica em sala de creche numa perspetiva de auto-supervisão

    Fonseca, Sónia Branca Martins
    Este trabalho de projeto constitui um estudo da qualidade da prática pedagógica de uma sala de creche numa perspetiva de auto-supervisão. O objeto de estudo é a prática pedagógica da educadora da sala de 1 ano de uma instituição particular com valência de creche e jardim de infância, sendo a investigadora simultaneamente a educadora responsável por esse grupo. Numa primeira fase é apresentado o tema do trabalho de projeto que aqui se desenvolve, contextualizando a investigação. Segue-se o enquadramento teórico sobre a problemática, que abrange os temas da qualidade, da avaliação, abordando a escala de observação e avaliação utilizada e...

  4. O impacto do rendimento social de inserção nas trajetórias de vida dos seus beneficiários

    Guedes, Vanessa Sofia de Carvalho
    Neste trabalho de projeto iremos refletir sobre o funcionamento das políticas sociais existentes, nomeadamente o Rendimento Mínimo Garantido (RMG), atual Rendimento Social de Inserção (RSI). Foi em 1996 que tudo mudou. No cenário das políticas sociais, o Rendimento Social de Inserção (RSI), cria a possibilidade de elaborar um plano de inserção social acoplado ao pagamento de uma prestação monetária mensal. Iniciado, assim, o processo de distanciamento com as práticas assistencialistas, principia-se a relação entre a participação do próprio beneficiário no seu caminho de emancipação e a aplicação de princípios socialmente inclusivos. Sendo estes últimos, o fio condutor do objetivo da medida. Num...

  5. Representações sociais do envelhecimento ativo

    Soares, Maria da Guia Lopes Gonçalves
    Em pleno século XXI, o envelhecimento da população portuguesa é uma realidade cada vez mais acentuada, que tem vindo a ser alvo de atenção na nossa sociedade. É precisamente esta amplificação do envelhecimento que tem vindo a desafiar não apenas governos, mas também famílias e profissionais, a encontrar ofertas que proporcionem condições de vida dignas e com qualidade, aos seus idosos. Perante esta realidade começa a valorizar-se, cada vez mais, o Envelhecimento Ativo, tema deste trabalho de projeto, que visa a melhoria das condições de saúde, a participação e segurança, de forma a proporcionar uma melhor qualidade de vida aos idosos. O...

  6. Dislexia no ensino secundário/superior: avaliação, intervenção e reeducação pedagógica

    Silva, Marisa Andreia Moreira da
    A presente investigação procura conhecer um caso especifico de uma jovem adulta do ensino secundário e depois superior, diagnosticada com dislexia no 1º ciclo, que deixou de ter apoio especializado após o início do 5º ano de escolaridade. Este estudo apresenta como objetivo geral identificar as alterações decorrentes da aplicação de atividades específicas, constantes no programa de intervenção e reeducação na dificuldade específica de aprendizagem- Dislexia, e observar se essas alterações implicam sucesso em áreas básicas de desenvolvimento e na área académica da leitura. Iniciamos o estudo com a recolha do historial familiar, académico e clinico-desenvolvimental da jovem adulta. Partimos para uma...

  7. O suporte social na prevenção secundária da tuberculose

    Coelho, Cláudia Rosa Gonçalves
    A escolha, da temática da tuberculose como elemento de estudo e a contextualização da luta que se vem desenvolvendo, em Portugal, contra o agente da infeção (o Bacilo de Koch/Bacilo da tuberculose, Mycobacterium tuberculosis), parece justificável e relevante, pois a tuberculose é ainda um grave problema social, constituindo efetivamente um grande risco para a saúde pública. As novas correntes migratórias provenientes de países com alta incidência de pobreza, as más condições de salubridade habitacional, as deficientes condições de higiene, o desemprego, a migração populacional, a crise, o HIV/Sida, as mutações do bacilo e a resistência ao tratamento, têm contribuído para um...

  8. Construção de um sistema de avaliação do desempenho docente para a melhoria das práticas reflexivas institucionais

    Almeida, Teresa Paula Antunes Casal
    Este estudo decorre do Plano Estratégico da Instituição no qual foi reconhecida a necessidade da conceção de um Sistema de Avaliação de Desempenho para a melhoria das práticas reflexivas institucionais. Desenvolveu-se numa Instituição Particular de Solidariedade Social e teve como participantes a Diretora e todas as Educadoras de Infância das respostas sociais: Creche e Jardim de Infância. Recorremos a uma metodologia de natureza qualitativa, elegendo como técnicas de recolha de dados: a entrevista, a análise documental, inquérito por questionário e o focus group. Com base nos resultados obtidos, e considerando a especificidade da Instituição, concebemos o Manual do Sistema de Avaliação de Desempenho Docente: procedimentos, intervenientes, instrumentos, momentos e os mecanismos...

  9. A escola emocionalmente (in)segura): A Identificação de (Novas) Violência (s) e a Promoção de Ambientes Colaborativos

    Gonçalves, Ana Luísa Garcês
    A escola, território e laboratório construído de emoções e linguagens diversas, é influenciada pela complexidade da(s) cultura(s) da sua comunidade. A cultura da violência amplamente difundida na nossa sociedade entra diretamente nas escolas através da sua comunidade e pode manifestar-se de diferentes formas. As consequências desta cultura, que se reproduz nas relações interpessoais que se estabelecem, podem ser devastadoras, mesmo destruidoras, para a integridade das vítimas. É importante que a Escola tome uma posição de constante alerta e defina a prevenção das violências, e a promoção de relações de respeito mútuo, como uma das suas linhas orientadoras e de ação. Esta...

  10. O(s) efeito(s) das práticas pedagógicas na promoção do sucesso da aprendizagem da língua materna: um estudo exploratório nos ensinos básico e secundário

    Sousa, Maria Isolete Pinheiro de
    mudanças constantes no panorama educacional e na sociedade do século XXI potenciam uma reflexão sobre as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores na sala de aula. O sucesso educativo fica, frequentemente, aquém do esperado e é comum ouvir-se que o ensino tem de se adaptar aos novos tempos e aos novos alunos. Neste sentido, este estudo centra-se na prática letiva dos docentes de Português do Ensino Básico e Secundário e tenta compreender como podem ser superadas as dificuldades apresentadas no domínio da língua materna, quando as gerações de alunos são cada vez mais informadas, por vezes, até hiperestimuladas, mas também mais imaturas...

  11. Estudo sobre Avaliação em Educação Pré-Escolar a partir da perceção de educadores de infância e estudantes de mestrados profissionalizantes

    Pinto, Catarina Tavares
    Avaliar é um ato pedagógico que exige uma postura e um conhecimento específico, possibilitando ao educador de infância desenvolver estratégias adaptadas, tendo em conta os contextos do grupo e de cada criança. Esta investigação partiu de uma problemática desenvolvida num projeto de mestrado - Estudo sobre avaliação em contexto de Jardim-de-Infância: um contributo para a Supervisão Pedagógica - de Dores Oliveira (2011), que recai sobre o conhecimento e a utilização de instrumentos de avaliação, atestando como resultados, que as educadoras apresentam um conhecimento bastante redutor sobre a avaliação em Educação Pré-Escolar (EPE). Assumindo estas conclusões, e através da mobilização de diversificados recursos...

  12. Escola reflexiva: Conceção de um dispositivo de avaliação de desempenho docente numa escola privada

    Martins, Paula Cristina dos Santos
    Este estudo relata o processo de criação de um dispositivo de Avaliação de Desempenho Docente, no contexto específico da escola privada onde desempenhamos a função de docente há vinte anos. Nesta linha, o objetivo geral da nossa investigação é contribuir para a melhoria da oferta educativa na escola onde lecionamos, através da construção de um dispositivo de Avaliação de Desempenho congregador da reflexão, negociação e corresponsabilização de todos os docentes, assentando num diálogo auto e heterorreflexivo, tendo como horizonte a melhoria efetiva das práticas dos docentes, proporcionando a formação integral dos alunos e uma melhor gestão e organização da escola. Para o...

  13. Integração das Tecnologias da Informação e Comunicação no processo de ensino-aprendizagem

    Azevedo, Cláudia Manuela Nogueira
    Assumindo a conceção do professor como um profissional inacabado, sujeito às mudanças do meio social que o rodeia, este projeto de investigação assume-se na perspetiva do professor que potencia o seu desempenho profissional através da reflexão, investigação e colaboração, explorando as potencialidades que as tecnologias podem beneficiar no processo de ensino aprendizagem. Este percurso investigativo pretende clarificar as vantagens das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no processo de ensino do ponto de vista do docente e como ferramenta de motivação e promoção das aprendizagens dos alunos. Para tal, desenvolveu-se uma formação em contexto em blended learning com um grupo de...

  14. Relação entre o empenhamento do educador de infância e a iniciativa da criança em contexto de creche

    Teixeira, Cremilda Correia
    A creche é uma realidade cada vez mais presente na vida de muitas famílias. O deixar a criança ao cuidado de uma creche passou a fazer parte da rotina diária dos pais. Os primeiros anos de vida de uma criança são fundamentais para o seu desenvolvimento harmonioso. Sabe-se hoje que o tipo de relações e interações que a criança detém desde o nascimento são a base para um desenvolvimento afetivo, físico e cognitivo seguro e saudável. Desde o nascimento que a criança interage com o mundo que a rodeia permitindo-lhe apropriar-se do mesmo desenvolvendo-se de uma forma global e holística. Com esta nova...

  15. Processos de colaboração, partilha e articulação em equipas docentes – um estudo de caso numa instituição de ensino particular

    Pereira, Daniel André Claro
    As questões da articulação e sequencialidade têm emergido dos mais recentes debates no domínio da Educação, como um requisito fundamental para a adaptação das escolas aos desafios atuais, para um percurso mais bem sucedido dos alunos e para o desenvolvimento profissional e pessoal dos docentes. Neste contexto, o trabalho colaborativo tem sido apontado como um elemento-chave para a implementação das mudanças educativas necessárias nas escolas de hoje. Este trabalho de investigação tem como principal objetivo compreender qual o contributo de processos de colaboração, partilha e articulação e sequencialidade em equipas docentes de estabelecimentos de ensino e a sua importância na concretização...

  16. Memória e Compreensão Verbal em Crianças com Dificuldades Fonológicas

    Marques, Carla
    O presente trabalho propõe-se analisar as características de quinze crianças com dificuldades de linguagem, comparando-as com quinze crianças que apresentam desenvolvimento linguístico típico, a nível da produção das consoantes líquidas nos diferentes formatos silábicos, relacionando esta produção, com as suas competências de compreensão e memória auditivas. Para a realização deste estudo utilizaremos diferentes instrumentos. A fim de analisarmos as características fonológicas do discurso oral utilizamos a prova P.A.F.F.S. (Prova de Avaliação Fonológica em Formatos Silábicos), para avaliarmos a compreensão auditiva recorremos ao subteste de memória auditiva do I.T.P.A. – Teste das Competências Psicolinguísticas de Illinois (Mc Carthy e Kirk, 1961), e...

  17. A diferenciação pedagógica na sala de aula de matemática – um estudo exploratório nos 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico

    Gonçalves, Liliana Pinho
    Com a realização deste trabalho de investigação pretendeu-se determinar que conceção têm os professores de Matemática dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico relativamente ao conceito de Diferenciação Pedagógica, elencar as estratégias de Diferenciação Pedagógica que estes aplicam nas suas aulas, identificar os constrangimentos sentidos aquando da sua implementação e estabelecer o contributo da supervisão pedagógica na promoção e no desenvolvimento de práticas de Diferenciação Pedagógica nestes ciclos de ensino. Estabelecendo como população de estudo todos os docentes de Matemática dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico de uma instituição de ensino privada do Grande Porto, para...

  18. A relação pedagógica do professor do 1º Ciclo do Ensino Básico com o aluno com Deficiência Intelectual e Desenvolvimental

    Ferreira, Iolanda Florbela Pinheiro
    A Educação Inclusiva, entendida como a escola onde todos aprendem, apresenta-se como a mais poderosa garantia para uma sociedade futura mais justa e pacificadora. As especificidades de cada aluno conduzirão este por processos de desenvolvimento e de aprendizagem únicos, como sucede, por exemplo, com as crianças com Deficiências Intelectuais e Desenvolvimentais (DID). As interações com estes alunos constituem a base da relação pedagógica que poderá ocupar um papel preponderante na aquisição de aprendizagens por parte de todos os alunos, assumindo ainda bastante importância na equidade do atendimento às diversidades nos perfis dos alunos com DID. A contextualização dos diferentes conceitos implícitos nesta temática inicia-se com uma tentativa de aclarar o significado...

  19. Lideranças intermédias: Imagens e clivagens

    Ribeiro, António Manuel Pinto
    A investigação que suporta o projeto final intitulado “Lideranças Intermédias: Imagens e Clivagens” perseguiu o objetivo de perceber, em dimensão múltipla, o que pensam, o que sabem e o que pretendem os respondentes docentes dos cargos de gestão intermédia por referência à Instituição Escola. Com recurso amplo a literatura da especialidade sobre a liderança em contexto escolar, em torno de áreas de fronteira que associam a Pedagogia, a Psicologia e a Sociologia, e, numa primeira fase, a um conjunto substantivo, em número e em extensão de respostas, de depoimentos, foi construído um inquérito por questionário que permitiu avaliar esta realidade e,...

  20. Criatividade em Creche: um olhar supervisivo apoiado por um instrumento de avaliação

    Sousa, Sílvia Verónica Ferreira de
    Ao longo das décadas, a criatividade tem vindo a ser objeto de estudo por vários autores, surgindo uma diversidade de conceitos associados a este tema. Conhecido o facto que aquilo que somos enquanto adultos tem como base as nossas experiências na infância, o desenvolvimento da criatividade, desde uma idade precoce, proporciona benefícios para a vida futura da criança. Dada a pertinência desta temática existe a necessidade de repensar a educação no sentido de formar alunos criativos, capazes de lidar com as inúmeras mudanças que caracterizam a evolução da sociedade. A supervisão surge, neste sentido, como um elemento crucial para a mudança e a...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.