Recursos de colección

Repository ESEPF Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (2.819 recursos)

The Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Institutional Repository is an on-line platform for collecting, preserving, and disseminating the intellectual output of this institution in digital form.

Artigo publicado numa revista

Mostrando recursos 1 - 20 de 24

  1. O manual escolar de Língua Portuguesa do 1º Ciclo do Ensino Básico: inquietações em torno da desigualdade de género na escola

    Samagaio, Florbela
    O presente artigo tem como objetivo fundamental alertar para a desigualdade de género que poderá estar presente nos manuais escolares. Essa sensibilização para o tema afigura-se-nos pertinente na medida em que, em Portugal, existe um dispositivo legislativo e normativo, relativamente sólido, que procura prevenir esse tipo de situação. Contudo, na nossa opinião, não será suficiente. Nesse sentido, o artigo propõe como paradigma pedagógico adequado à escola da sociedade moderna o paradigma do professor como profissional reflexivo, crítico e problematizador, sendo este o principal interlocutor do discurso pedagógico oficial junto das crianças. O artigo apresenta uma análise de conteúdo realizada ao...

  2. Reflexão sobre a prática na formação em matemática para contexto pré-escolar

    Nogueira, Isabel; Blanco, Teresa
    Entendemos que o desenvolvimento pessoal e profissional docente pode e deve ser estimulado por hábitos de reflexão e questionamento acerca da sua prática pedagógica, essenciais a uma apropriação crítica dos saberes científicos, pedagógico-didáticos e contextuais que enformam qualquer ato educativo com significado. Neste texto, descrevemos a metodologia formativa adotada na unidade curricular de Didática da Matemática em Contexto Pré-Escolar, do Mestrado em Educação Pré-Escolar de uma instituição privada de ensino superior. A partir das situações reais dos contextos em que as estudantes desenvolviam a Prática de Ensino Supervisionada e como resultado da sistematização das experiências de aprendizagem aí desenvolvidas, esta...

  3. Representações sobre a língua portuguesa e sua promoção no mundo por futuros profissionais da Educação em formação

    Silva, Cristina Vieira; Sá, Cristina Manuela; Macário, Maria João Bártolo
    A constante mutação característica da sociedade do séc. XXI exige um modelo de educação centrado no desenvolvimento de competências. A proficiente comunicação oral e escrita faz parte dessas competências essenciais e deve ser promovida através do ensino ‘de’ e ‘em’ Português. Neste contexto, cabe igualmente a reflexão sobre as representações da língua portuguesa (LP) que advêm da forma como esta é ensinada/aprendida. Daí que uma equipa de um laboratório de investigação esteja a promover estudos exploratórios sobre esta problemática, visando traçar um perfil dos estudantes (em formação inicial e pósgraduada) e, a partir desse conhecimento, encontrar estratégias para alterar as...

  4. Lusofonia: discursos e representações

    Medeiros, Paula

  5. Ao encontro da ciência: análise reflexiva sobre uma experiência interdisciplinar

    Monteiro, Isilda; Quinta e Costa, Margarida; Castro, Teresa; Costa, Joana; Freitas, Filipa; Pinheira, Ciliana
    Na formação de professores do 1.º/2.º Ciclo do Ensino Básico entendemos que devem ser desenvolvidas práticas pedagógicas que contribuam para tornar a Ciência mais próxima dos interesses dos alunos. Realizaram-se oficinas em quatro turmas, que proporcionaram uma reflexão aos futuros professores sobre o conhecimento da Ciência e a sua contribuição para uma cidadania consciente e ativa, a formação em contexto não formal e o Ensino Experimental

  6. ARTE+DESIGN: cultura formativa em contexto académico

    Oliveira, Mónica; Paiva, Bartolomeu; Espada, Sílvia
    A contemporaneidade vem sendo marcada pela emergência reiterada de novas e alternativas formas de conhecimento e pelo consequente desafio colocado às instituições de ensino superior na formação de novas gerações de profissionais sob o efeito de um pulsar social, político e cultural, tendente a mudanças que devem tornar a escola numa ecologia criativa e aberta a novas formas de interpretação do mundo. As exigências que estas perspetivas prenunciam impõem lógicas e estratégias curriculares capazes de estabelecer relações consistentes entre o desenvolvimento de competências gerais e o papel que uma visão cultural e integradora da formação deve promover, conciliando ciência, arte...

  7. (Re)pensar a Educação Artística na Formação Inicial dos futuros Professores

    Oliveira, Mónica
    A educação artística na formação inicial dos professores em Portugal não tem acompanhado, na grande maioria das vezes, os avanços artísticos. Este estudo pretendeu investigar a pertinência da arte contemporânea na formação inicial de professores, enquanto conteúdo e ferramenta do pensamento pedagógico indo ao encontro dos seguintes objetivos: 1) recolher representações sobre a importância da arte contemporânea na formação de professores; 2) identificar as competências que a arte contemporânea promove na formação dos futuros professores; 3) identificar a postura do professor na operacionalização desta área. As conclusões mostram que os professores defendem que a arte contemporânea concorre para o perfil profissional do futuro professor, indo ao...

  8. Teaching and learning with geotechnologies on primary education: Students’ perceptions

    Ribeiro, Vítor; Azevedo, Luísa; Osório, António
    Recent developments in computer and internet technology have resulted in many education reforms. Classrooms have been equipped to allow technological advances. Yet these rapid technological developments have not been accompanied by teachers’ education. The migration of teachers’ traditional resources to “digital” students is not always achieved. In this context, Geographic Information Systems (GIS) is powerful technology to enhance the teaching and learning of several subjects, promotion of interdisciplinary approaches, and combination of research and online maps to motivate students to learn. In this article, Portugal’s territory GIS education context is analysed along with an experience with primary students.Primary education; Geotechnologies;...

  9. La autoridad de los padres y la disciplina positiva

    Sousa, Júlio

  10. Para a Caraterização do Ensino e da Aprendizagem da Gramática em Portugal: as Perceções dos Professores

    Silva, Cristina Vieira; Pereira, Íris
    O principal objetivo deste texto consiste em investigar de que forma, no contexto educativo português das últimas duas décadas, marcado por uma rápida sucessão de normativos curriculares relativos à educação linguística, o ensino gramatical é percecionado pelos professores do 1.º e do 2.º Ciclo do Ensino Básico, graus de ensino correspondentes aos primeiros seis anos de escolaridade (séries iniciais) do Ensino Fundamental. Situando-nos no quadro da Linguística Educacional (SPOLSKY, 1999) e no domínio do ensino da gramática na língua materna em particular, analisamos e discutimos as perceções que estes docentes têm sobre o seu conhecimento profissional implicado no ensino da gramática,...

  11. A educação artística no trilho de uma nova cidadania

    Oliveira, Mónica
    O artigo resulta de um projeto de investigação centrado na necessidade de equacionar a educação artística, mais concretamente a arte contemporânea, na promoção de uma cultura de cidadania no 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º CEB). Este trabalho privilegia uma investigação qualitativa e foi ao encontro dos seguintes objetivos: implementar um conjunto de atividades pedagógicas assentes na arte contemporânea no 1.º CEB e compreender o seu impacto na aprendizagem dos alunos e na prática profissional dos professores. As conclusões emergentes do estudo evidenciam a importância da arte contemporânea no desenvolvimento de competências que visam a construção de uma cidadania ativa.

  12. Bee-Bot e a Geometria: uma experiência em contexto de jardim de infância

    Ramalho, Rui; Gonçalves, Fernanda
    “Os recursos tecnológicos fazem hoje parte da vida de todas as crianças, tanto em momentos de lazer (…), como no seu quotidiano (…) (OCEPE, 2016)”. É tendo por base os interesses das crianças que trabalhamos o presente projeto, inovando com a introdução de um robô no trabalho das crianças para explorar no domínio da matemática noções de geometria e medida (orientação espacial, analisar e operar com formas geométricas). Articulando a matemática com outras áreas curriculares a criança vai poder criar, planear, resolver problemas e programar. A tecnologia irá integrar o projeto para que se criem ambientes de aprendizagem baseados em metodologias ativas onde se articulam as diferentes áreas curriculares numa dimensão transversal. Analisamos...

  13. Para uma avaliação das práticas literácitas em leitura e escrita no jardim de infância

    Silva, Cristina Vieira
    O desenvolvimento da literacia emergente permite a crianças em idade pré-escolar construir hipóteses acerca da funcionalidade e aspetos conceptuais da linguagem escrita (Ferreiro & Teberosky, 1986). Três décadas passadas sobre esta obra pioneira, considerámos oportuno aferir como as práticas pedagógicas no domínio da leitura e escrita são informadas pela teoria. Para o efeito, aplicámos uma versão adaptada da grelha de observação dessas práticas, de Alves Martins & Santos (2005), em doze salas de jardim de infância de educadores cooperantes. Os resultados mostram que as práticas observadas denotam ausência de intencionalidade educativa e falta de sistematicidade em algumas atividades.

  14. O potencial do scratch no ensino – aprendizagem da geometria

    Ramalho, Rui; Ventura, Ana
    A integração gradual e crescente das TIC no currículo de Matemática tem provocado mudanças que exigem abordagens complexas e integradoras. Deste modo, pretendeu-se estudar o potencial da utilização da linguagem de programação, Scratch, no ensino da geometria, de forma a intensificar a abstração necessária à compreensão das propriedades das figuras geométricas. O foco da investigação passa pelo reconhecimento das características dos polígonos regulares, no que concerne ao número de lados e à amplitude dos ângulos. Assim, o estudo assumiu uma abordagem mista, não privilegiando qualquer das componentes qualitativa ou quantitativa. A investigação envolveu uma turma de 20 estudantes, do 1º CEB, 2º ano de escolaridade. A manipulação da ferramenta educativa, Scratch, permitiu uma melhor compreensão...

  15. Formação de Professores: perceção de estudantes sobre a sua formação

    Oliveira, Mónica; Craveiro, Clara; Silva, Brigite
    Este estudo pretende refletir sobre a formação de professores conferida por um Mestrado em Educação Pré- escolar, incidindo sobre a perspetiva dos estudantes de uma Instituição de Ensino Superior. Recorreu-se a uma metodologia de investigação quantitativa através de um inquérito por questionário cujo objetivo foi analisar o que pensam os estudantes sobre a sua formação e o impacto desta no seu perfil profissional. Os dados recolhidos permitiram perceber o grau de satisfação que os estudantes têm em relação à formação facultada oferecendo informações de suporte à avaliação global do curso e ao delineamento de planos de melhoria formativa.

  16. Memória e Compreensão Verbal em Crianças com Dificuldades Fonológicas

    Lima, Rosa Maria; Marques, Carla Alexandra
    Objetivo: analisar as características de quinze crianças com dificuldades de linguagem (Grupo Experimental), comparando-as com outras com desenvolvimento linguístico típico (Grupo de Controlo), quanto à produção das consoantes líquidas, relacionando esta produção, com as competências de compreensão e memória auditivas.Resultados: o estudo mostra que as crianças com dificuldade de linguagem incorrem num maior número de processos fonológicos apresentando menores competências nos testes de memória auditiva. As diferenças entre os dois grupos na compreensão verbal não foram significativas. Conclusão: estes dados corroboram a literatura, que relaciona o atraso fonológico com dificuldades na memória auditiva.

  17. Qualidade na Educação de Infância através do Envolvimento Parental – Projeto EQuaP

    Prata Gomes, Miguel; Neves, Ivone; Silva, Brigite
    O presente artigo expõe o projeto EQuaP-Enhancing Quality in Early Childhood Education and Care e as fases da sua implementação. É um projeto de âmbito internacional (ERASMUS+) com o objetivo de contribuir para o aumento da qualidade da Educação de Infância através de um acrescido reconhecimento da importância da qualidade das relações entre famílias e educadores. O projeto centrou-se em quatro atividades principais: investigação sobre envolvimento parental; construção de indicadores de qualidade; identificação e partilha de boas práticas; e Jobshadowing. A finalidade última do projeto centra-se na construção de uma Toolbox que possa ser implementada a nível internacional.

  18. Qualidade na Educação de Infância através do Envolvimento Parental – Projeto EQuaP

    Prata Gomes, Miguel; Neves, Ivone; Silva, Brigite
    O presente artigo expõe o projeto EQuaP-Enhancing Quality in Early Childhood Education and Care e as fases da sua implementação. É um projeto de âmbito internacional (ERASMUS+) com o objetivo de contribuir para o aumento da qualidade da Educação de Infância através de um acrescido reconhecimento da importância da qualidade das relações entre famílias e educadores. O projeto centrou-se em quatro atividades principais: investigação sobre envolvimento parental; construção de indicadores de qualidade; identificação e partilha de boas práticas; e Jobshadowing. A finalidade última do projeto centra-se na construção de uma Toolbox que possa ser implementada a nível internacional.

  19. A Promoção da autoestima da criança

    Neves, Ivone; Frada, Cecília
    A criança não é o alvo nem o objeto da educação: ela é o único sujeito educativo. Num contexto de uma atividade norteada pela absorção por parte das crianças dos valores como amizade, respeito, responsabilidade e autonomia, foi focalizada uma intervenção ao nível da promoção da autoestima de uma criança de 5 anos. Com os dados recolhidos, pôde aferir-se que a autoestima é um elemento crucial para a formação de uma personalidade sã e para a sua afirmação enquanto cidadã e, concomitantemente, que o educador assume um papel relevante e determinante na educação para a promoção da autoestima.

  20. A Promoção da autoestima da criança

    Neves, Ivone; Frada, Cecília
    A criança não é o alvo nem o objeto da educação: ela é o único sujeito educativo. Num contexto de uma atividade norteada pela absorção por parte das crianças dos valores como amizade, respeito, responsabilidade e autonomia, foi focalizada uma intervenção ao nível da promoção da autoestima de uma criança de 5 anos. Com os dados recolhidos, pôde aferir-se que a autoestima é um elemento crucial para a formação de uma personalidade sã e para a sua afirmação enquanto cidadã e, concomitantemente, que o educador assume um papel relevante e determinante na educação para a promoção da autoestima.

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.