Recursos de colección

Repositório Comum (40.364 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 6 de 6

  1. Economia da Defesa Nacional

    Ferreira, Marco Capitão
    A Economia de Defesa, com os seus múltiplos vetores de complexidade, está relativamente pouco estudada em Portugal. O presente estudo propõe-se abordar alguns desses vetores a partir de quatro perspetivas. Em primeiro lugar, caracterizar e enquadrar a nível europeu a Base Tecnológica e Industrial da Defesa em Portugal. Em segundo lugar, compreender e enunciar os dados das Finanças Públicas na área da Defesa, que condicionam a um tempo a capacidade de investimento e de operação. Em terceiro lugar, analisar aprofundadamente o regime jurídico da contratação pública, instrumental para um mercado eficiente e funcional quer da perspetiva da indústria de defesa quer...

  2. Novo século, novas guerras assimétricas? Origem, dinâmica e resposta a conflitos não-convencionais como a guerrilha e o terrorismo

    Reis, Bruno Cardoso
    As bases de dados de conflitos armados mostram que as guerras convencionais entre Estados se tornaram cada vez mais raras, e os conflitos irregulares e assimétricos ganharam grande peso relativo desde 1945. As derrotas das campanhas de contrainsurreição dos EUA no Vietname (1965-1975) e da URSS no Afeganistão (1979-89) também mostram que neste tipo de conflitos é possível a vitória de atores mais fracos com impacto significativo na política global. O que aponta para este paradoxo central: como é que um David pode derrotar um Golias? É, portanto, indispensável analisar os desafios de conflitos de tipo não-convencional, as ameaças assimétricas representadas...

  3. II Seminário IDN Jovem

    Mendes, João Mendes; Guimarães, Márcio Ferreira; Constantino, Pedro; Sousa, Pedro Ponte e; Liberato, Catarina Liberato; Weiland, Cristhofer; Pandi, Danilo de Mauro; Rabello, Natália Fonseca; Silveira, João; Almeida, Elsa de; Sousa, Guilherme; Abel, Ricardo; Almeida, Claudia; Tomassoni, Franco; Camacho, Pedro Camacho; Coelho, Larissa Araújo; Couto, Vanessa; Oliveira, Maria Alice; Moreira, Ana; Boçon, Mariana; Gonçalves, Rita; Cardoso, Ricardo; Pereira, Timaretha; Henriques, Lisa; Vieira, Maurício; Costa, Cristina Filipa Jesus; Morais, Débora Gameiro; Teles, Gessica Elaine de Souza; Oliveira, Rute Pelége de
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  4. Geopolitics of energy and energy security

    Fernandes, Carla Patrício; Rodrigues, Teresa Ferreira
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  5. I Seminário IDN Jovem

    Pinto, José Miguel; Prata, Bruno; Gonçalves, Catarina; Nabo, Afonso Mourato; Silva, Ricardo Marques; Mendes, Smith Lima; Tomaz, Daniel Tirano; Silva, Joana Barros; Jamanca, Maquilo; Carvalho, Cláudia; Matos, Inês Duarte de; Gonçalves, Pedro; Campos, Ana; Teles, Cláudia Ramos; Carvalho, Pedro Miguel; Rodrigues, Daniela; Sopilkov, Pavlo; Oliveira, Gonçalo de; Pinto, Magda Silva; Agostinho, Frederico Pissarra; Ramos, Luis; Oliveira, Duarte; Vasconcelos, Manuel Maria; Lagares, Rodrigo Mendonça
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  6. Os Parlamentos Nacionais como atores dessecuritizadores do espaço de liberdade, segurança e justiça da União Europeia: o caso da proteção de dados

    Maulide, Dalila
    A área da Justiça e Assuntos Internos é uma das áreas de mais rápido crescimento no contexto das políticas da União Europeia. As matérias nela incluídas – tradicionalmente consideradas áreas de soberania dos Estados-membros – suscitam com frequência questões ao nível da proteção de direitos fundamentais e da relação dos cidadãos com as autoridades estatais e supra-estatais. O Tratado de Lisboa atribui também aqui poderes inéditos aos parlamentos – tanto o Parlamento Europeu, como os parlamentos nacionais –, os quais, investidos da sua legitimidade representativa, podem agora desempenhar um papel fundamental na redução do défice democrático da UE, participando no...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.