Recursos de colección

Repositório Institucional da Fundação João Pinheiro (2.339 recursos)

This institutional repository provides open access to scientific to the research out put of the João Pinheiro Foundation. The RI-FJP aims to collect, store, organize, preserve and disseminate scientific information produced by researchers at the institution published in book chapters, journal articles, presentations at events, theses and dissertations, technical report and others.The interface can be read in English, Portuguese and Spanish.

CEI – Artigos de periódicos

Mostrando recursos 1 - 20 de 33

  1. Institui????es de longa perman??ncia para idosos: um estudo sobre a necessidade de vagas

    Camargos, Mirela Castro Santos
    Trata-se de notas de pesquisa acerca do aumento da participa????o relativa dos idosos na popula????o e, por essa raz??o, a necessidade de atendimento de novos tipos de demandase, com isso, a cria????o de vagas em determinados servi??os p??blicos.

  2. Crian??as e adolescentes em abrigos: uma regionaliza????o para Minas Gerais

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    No Brasil, as crian??as abrigadas est??o entre os segmentos mais vulner??veis da popula????o. Uma pesquisa realizada em Minas Gerais, junto a todas institui????es que prestam servi??os de acolhimento no estado, permitiu identificar uma s??rie de caracter??sticas desses jovens e tamb??m dos locais para onde foram encaminhadas. Nesse trabalho, procurou-se identificar e classificar os principais motivos de encaminhamento. Essas causas foram mapeadas, permitindo constatar distintas concentra????es relativas nas v??rias regi??es do estado. Foram elaboradas algumas hip??teses explicativas para a ocorr??ncia dessas concentra????es.

  3. A escolha por localiza????o dos domic??lios com idosos: o caso do munic??pio de Belo Horizonte

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    O artigo tem como objetivo analisar as escolhas por localiza????o, entre as nove Administra????es Regionais que comp??em o Munic??pio de Belo Horizonte, dos domic??lios habitados por pelo menos uma pessoa com mais de 60 anos. Para a determina????o das categorias domiciliares utilizou-se o conceito de Unidades Domiciliares M??nimas (UDM) desenvolvido por Ermisch e Overton. Foi aplicado o modelo de escolhas discretas, que permite o c??lculo de probabilidades de escolha a partir dos diferentes atributos apresentados pelas regi??es. A escolha racional do consumidor ?? a base te??rica que subsidia a elabora????o do modelo.

  4. Informal mechanisms for risk-spreading in low-income rural credit markets

    Leal Filho, Raimundo de Souza
    Varia????es comportamentais entre propriet??rios rurais diferem de acordo com suas prefer??ncias individuais. Num contexto onde a cobertura na contrata????o de seguro depende da distribui????o da riqueza, n??s recuperamos de literatura selecionada o que poderia ser esperado, entre pequenos propriet??rios rurais com baixa renda, do papel desempenhado por mercados de cr??dito informais como um mecanismo para prote????o contra riscos estoc??sticos.

  5. An??lise da avalia????o da alfabetiza????o de Minas Gerais: evolu????o e desigualdade

    Riani, Juliana de Lucena Ruas
    Esse trabalho analisou os resultados do Programa de Avalia????o da Alfabetiza????o nos anos de 2006 e 2010 e a evolu????o das desigualdades regionais entre escolas e entre os alunos da rede p??blica de Minas Gerais. Seus resultados indicam que no per??odo estudado os alunos aumentaram consideravelmente sua alfabetiza????o. Por??m esse resultado representa uma m??dia das profici??ncias dos estudantes e n??o leva em conta como estes se distribuem, deixando de lado, portanto, as desigualdades entre as regi??es, as escolas e os pr??prios alunos. Com o objetivo de apontar tais diferen??as, este trabalho analisou a evolu????o dos n??veis de profici??ncia entre as...

  6. As pequenas cidades e sua import??ncia para o Brasil atual

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    Nos estudos j?? realizados sobre urbaniza????o brasileira, pouco se tem falado a respeito das pequenas cidades. Mesmo passando despercebidas, na sua import??ncia vem se consolidando no cen??rio urbano brasileiro,n??o apenas no que se refere ao seu n??mero,mas tamb??m em asp??ctos que v??o desde a qualidade de vida de seus habitantes ??s oportunidades de desenvolvimento econ??mico.

  7. Evolu????o urbana e demogr??fica do envelhecimento em Belo Horizonte

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    Este trabalho tem como tema a an??lise do processo de envelhecimento da popula????o do munic??pio de Belo Horizonte e sua evolu????o no espa??o urbano da cidade. Desse modo, s??o utilizadas as chamadas Unidades de Planejamento como subdivis??es do munic??pio (em n??mero de 81), nas quais s??o comparadas as diferentes propor????es da popula????o acima de sessenta anos, no munic??pio, em 1991, com a evolu????o da ocupa????o da cidade em diferentes anos.

  8. Trabalho de crian??as e adolescentes nas ruas: o caso de Minas Gerais

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    Esse trabalho analisa uma experi??ncia conjunta de combate ?? ocupa????o de crian??as e adolescentes nas ruas dos 21 maiores munic??pios de Minas Gerais. Parte-se da constata????o de que ?? muito dif??cil desenvolver pol??ticas de car??ter intermunicipal e inter-setorial, como as de ??mbito Estadual para quest??es relativas ao trabalho infantil e especialmente, aquele realizado nas ruas das grandes cidades. Observa-se que existem experi??ncias e uma legisla????o bem desenvolvida a respeito desse tema, por??m e concomitantemente uma diversidade enorme de conceitos, a????es, institui????es e formas de lidar com a quest??o.

  9. Desenvolvimento regional e planejamento estrat??gico: aplica????es para o sudeste do Tocantins

    Ferreira, Frederico Poley Martins
    Este trabalho tem como objetivos, dados os contextos econ??micos e sociais do Estado do Tocantins, a descri????o e a discuss??o do processo metodol??gico de elabora????o de um plano estrat??gico de desenvolvimento para a Regi??o Sudeste do Tocantins. Essa Regi??o composta por vinte e tr??s munic??pios tradicionalmente foi caracterizada pelo isolamento e pelas baixas densidades demogr??ficas. No entanto, na ultima d??cada, esse espa??o tem passado por intensos processos de transforma????o socioecon??mica. Isso tem gerado novos desafios para as pol??ticas p??blicas e tamb??m para a sociedade local, tanto no que se refere ??s novas oportunidades de crescimento econ??mico, como tamb??m no aprofundamento e no...

  10. Disability life expectancy for the elderly, city of S??o Paulo, Brazil, 2000: gender and educational differences

    Camargos, Mirela Castro Santos; Machado, Carla Jorge; Rodrigues, Roberto do Nascimento
    Existe evid??ncia de que a ???Expectativa de Vida Saud??vel??? (numero de anos esperados a serem vivos com sa??de) difere atrav??s do status socioecon??mico. O tempo gasto ou em sa??de ou em pr??ticas n??o saud??veis s??o dois fatores muito importantes no uso de servi??os de cuidados m??dicos. O objetivo desse estudo era estimar a ???Expectativa de Vida N??o Saud??vel??? por idade, g??nero, e n??vel de educa????o dos idosos da cidade de S??o Paulo, Brasil, no ano de 2000. Os dados vieram da base de dados da SABE, do censo da popula????o, e da estat??stica da mortalidade (Funda????o SEADE). A expectativa de...

  11. Sex differences in healthy life expectancy from self-perceived assessments of health in the City of S??o Paulo

    Camargos, Mirela Castro Santos; Machado, Carla Jorge; Rodrigues, Roberto Nascimento
    Quer a vida seja vivida de forma saud??vel ou n??o, ambas as op????es influem no uso de servi??os de sa??de. Sabe-se que a expectativa de uma vida saud??vel mediana ?? diferida pelo g??nero. Essa pesquisa reporta as estima????es de vida saud??vel ou n??o saud??vel na velhice utilizando auto avalia????es de sa??de da cidade de S??o Paulo, Brasil, em 2000/2001. Os dados foram obtidos atrav??s da Pesquisa da Sa??de, Bem-estar, e Envelhecimento na Am??rica Latina e Caribe (SABE), e atrav??s do censo populacional, e taxa de mortalidade. O m??todo Sullivan de estima????o foi utilizado. Ele combina a idade espec??fica das atuais...

  12. Estratifica????o educacional e progress??o escolar por s??rie no Brasil

    Rios-Neto, Eduardo L. G.; C??sar, Cibele Comini; Riani, Juliana de Lucena Ruas
    Este trabalho trata dos determinantes do desempenho escolar por meio da progress??o em duas s??ries do ensino fundamental (progress??es na 1?? e na 5?? s??rie, uma vez que a 4?? s??rie foi conclu??da). O trabalho faz uma decomposi????o do aumento dos anos m??dios de estudo para as v??rias coortes que entraram na escola entre 1945 e 1985. Essa decomposi????o foi feita utilizando o conceito de probabilidade de progress??o escolar por s??rie e mostra que as progress??es na 1?? e na 5?? s??rie explicam 79% dos ganhos nos anos de estudo no per??odo. Essas duas progress??es s??o, por sua vez, as vari??veis...

  13. Socio-economic determinants of juvenile crime among street children and teenagers in a brazilian state

    Ara??jo J??nior, Ari Francisco de; Shikida, Claudio Djissey; Nogueira J??nior, Reginaldo Pinto; Ferreira, Frederico Poley Martins
    N??s investigamos as determinantes de crimes cometidos por jovens, com ??nfase em crian??as e adolescentes das ruas das cidades do estado de Minas Gerais (Brasil). Nossa base de dados consiste em 3.028 question??rios aplicados em crian??as e adolescentes encontrados nas ruas das 21 maiores cidades do estado. N??s estimamos um modelo l??gico, que nos ajudou a identificar a correla????o entre as v??rias vari??veis e o crime juvenil. Os resultados apontam que jovens do sexo masculino que frequentam a escola, e n??o sofreram de viol??ncia est??o menos suscet??veis a cometer crimes. Contrariamente ao ???conhecimento p??blico???, n??s descobrimos que transfer??ncias condicionais, e...

  14. Caracteriza????o do n??vel de desenvolvimento do processo de incuba????o de empresas de base tecnol??gica nos estados brasileiros

    Rocha, Elisa Maria Pinto da; Souza, Maria Ramos de
    O artigo caracteriza o n??vel de desenvolvimento do processo de incuba????o de empresas de base tecnol??gica nos estados brasileiros. Para tanto, utiliza-se de indicador sint??tico voltado para a mensura????o de dimens??es relevantes deste processo. O trabalho, de natureza explorat??rio-descritiva, envolveu a explora????o de bases de dados, a padroniza????o de vari??veis e o levantamento bibliogr??fico e documental. O resultado geral confirma a ideia de que o n??vel de desenvolvimento do processo de incuba????o de empresas encontrar-se-ia em patamar avan??ado no caso do estado de S??o Paulo, seguido do Rio Grande do Sul. Rio de Janeiro, Paran?? e Santa Catarina representariam casos...

  15. Expectativa de vida com incapacidade funcional em idosos em São Paulo, Brasil

    Camargos, Mirela Castro Santos; Perpétuo, Ignez Helena Oliva; Machado, Carla Jorge
    Objetivo. Determinar, para indivíduos com 60 anos ou mais no ano de 2000, no Município de São Paulo, por sexo e idade, a expectativa de vida livre de e com incapacidade funcional e, neste último caso, mensurar os anos a serem vividos com e sem dependência. Método. As estimativas de expectativa de vida livre de incapacidade funcional, expectativa de vida com incapacidade funcional, expectativa de vida com incapacidade funcional e sem dependência e expectativa de vida com incapacidade funcional e dependência foram geradas a partir da construção de uma tabela de sobrevivência, conforme o método descrito por Sullivan. Os dados básicos utilizados para o cálculo das expectativas...

  16. A relação entre renda e morar sozinho para idosos paulistanos – 2000

    Camargos, Mirela Castro Santos; Machado, Carla Jorge; Rodrigues, Roberto do Nascimento
    Apesar de o número de domicílios unipessoais não ser expressivo em relação aos demais arranjos domiciliares de idosos, cresce, ao longo dos anos, a quantidade de idosos brasileiros morando sozinhos. Este trabalho tem como objetivo principal analisar a relação entre renda e morar sozinho para idosos paulistanos, em 2000, utilizando a base de dados do Projeto Sabe (Saúde, Bemestar e Envelhecimento na América Latina e Caribe). Como morar sozinho sofre a influência de determinantes demográficos, socioeconômicos e de saúde, estas variáveis também são consideradas neste estudo. Assim, foi realizada uma análise de regressão logística binária múltipla, sendo construídos dois modelos:...

  17. Life expectancy among elderly Brazilians in 2003 according to different levels of functional disability

    Camargos, Mirela Castro Santos; Machado, Carla Jorge; Rodrigues, Roberto Nascimento
    Informações sobre o número de anos a serem vividos com incapacidade funcional possibilitam direcionar políticas públicas que visem a diminuir o número de anos nestas condições. Desagregadas segundo diferentes níveis de incapacidade, podem ensejar o desenho e implementação de ações mais específicas e eficazes. O objetivo deste estudo foi medir a expectativa de vida livre de e com incapacidade funcional para os idosos brasileiros em 2003, por sexo e idade, utilizando diferentes níveis de incapacidade funcional. Empregou-se o método de Sullivan, combinando a tábua de vida e as prevalências de incapacidade funcional. Foram utilizadas as tábuas de vida publicadas pelo...

  18. Expectativa de vida saudável para idosos brasileiros, 2003

    Camargos, Mirela Castro Santos; Rodrigues, Roberto do Nascimento; Machado, Carla Jorge
    O objetivo do presente estudo é medir a expectativa de vida saudável para a população brasileira de 60 anos e mais, por sexo e idade, em 2003. Para isso, foi empregado o método de Sullivan, combinando a tábua de vida, com experiência de mortalidade corrente da população e suas percepções de saúde. Optou-se por utilizar a autopercepção do estado de saúde, dicotomizada em boa e ruim, como medida do estado saúde dos indivíduos idosos, com informações advindas da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) de 2003. As estimativas mostram que as mulheres vivem mais, porém o número de anos a...

  19. Fatores condicionantes de inadimplência em processos de concessão de crédito a micro e pequenas empresas do estado de Minas Gerais

    Camargos, Marcos Antônio de; Camargos, Mirela Castro Santos; Silva, Flávio Wagner; Santos, Fabiana Soares dos; Paulo Junio, Rodrigues
    O objetivo deste artigo é identificar e analisar os fatores condicionantes da inadimplência nos processos de financiamentos concedidos pelo BDMG no Programa GERAMINAS entre junho de 1997 e janeiro de 2006. Utilizou-se do universo de dados do período, constituído de 25.616 processos de 17.743 micro e pequenas empresas. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, na qual foi utilizado o Modelo de Regressão Logística Binária. Foi constatado que os seguintes fatores atuam como condicionantes da inadimplência: 1) ter maior porte (pequena x micro); 2) atuar em um mercado com baixas oportunidades; 3) ser do setor industrial, quando comparado com o comercial e de...

  20. Idoso, família e domicílio: uma revisão narrativa sobre a decisão de morar sozinho

    Camargos, Mirela Castro Santos; Rodrigues, Roberto Nascimento; Machado, Carla Jorge
    Neste artigo procura-se estabelecer bases de argumentação para melhor entender as razões que levam um idoso a morar sozinho e como se processam as transferências (fluxo de recursos, ações e informações que se trocam e circulam) quando vive sozinho. O estudo consistiu de uma revisão narrativa, cujos resultados apontaram que melhores condições socioeconômicas e de saúde, idade mais avançada e ausência de filhos parecem contribuir para que o idoso more sozinho. Contudo, houve divergências nos resultados dos estudos analisados quanto aos fatores associados à formação de domicílios unipessoais de idosos. Embora as transferências possam se dar independentemente do arranjo domiciliar...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.