Recursos de colección

Repositório Comum (25.504 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 20 de 39

  1. Relacionamento social: um factor potenciador do luto sadio

    Espírito Santo, Isabel Cristina Fontes do
    Constatando-se a frequência de homens e mulheres que ficaram viúvos (as) passarem a frequentar um Centro de dia, procurou-se perceber o contributo deste dispositivo para a reorganização bem-sucedida da vida quotidiana. Daí surgir a questão fulcral que norteou este trabalho: “Será que o envolvimento de idosos viúvos em actividades promovidas pelo centro de dia favorece a integração do luto?” A fim de encontrar resposta a esta questão, procurou-se investigar dois grupos com características socioculturais idênticas, um que frequentasse um centro de dia (grupo experimental) e outro que não frequentasse qualquer resposta social (grupo de controle) de modo a captar, a título...

  2. Os animais de estimação na promoção do envelhecimento saudável em indivíduos em tratamento por consumo de substâncias psicoactivas

    Rocha, Mónica Isabel da Silva
    O envelhecimento é um processo vivenciado pelo ser humano desde o nascimento até à sua morte. Sendo um processo comum a praticamente todos os seres vivos, os consumidores de substâncias psicoativas (SPA) veem-no antecipado de forma acentuada, devido às suas trajetórias de vida. A presença de animais de estimação (AE) tem sido associada à promoção de um envelhecimento saudável e, consequentemente, à melhoria da qualidade de vida dos seus donos. Assim, este estudo tem como objetivo geral compreender os contributos dos AE na promoção do envelhecimento saudável em indivíduos em tratamento por consumo de SPA. Nesta investigação optamos por um estudo...

  3. Enriquecer a rede social de idosos utilizadores de centro de dia e a própria coesão social

    Oliveira, Elisabete Maria Guedes
    Em estreita relação com a nossa experiência profissional no quadro de um centro de dia e as reflexões desenvolvidas na parte curricular do Mestrado em Gerontologia Social, apresenta-se o desenho de um trabalho de projecto cujo objectivo principal é promover uma prática de construção de laços entre membros de grupos etários que tendem cada vez mais a viver em espaços sociais fortemente diferenciados. Este projecto centrado sobre a construção de laços intergeracionais duradouros visa não somente enriquecer a rede ou o capital social de idosos oriundos das classes populares e com um estado de saúde já bastante fragilizado mas igualmente...

  4. Provisão institucional de cuidados ao domicílio na velhice: reforço ou enfraquecimento da solidariedade primária?

    Magalhães, Ana Maria Araújo
    A política social de velhice reflete, na atualidade, as tensões entre um Estado interventor, que tutela e promove o crescimento da produção de serviços permitindo a idosos frágeis ou dependentes de permanecerem no seu quadro de vida, e um Estado que se desimplica e tende a realçar o papel da família. É neste contexto que cresceram os Serviços de Apoio Domiciliário, em Portugal onde o familiaslimo é reputado como importante. Daí o nosso interesse na seguinte pergunta: como coexistem os cuidadores familiares e os cuidadores institucionais ou profissionais? Será que a família, outrora principal prestadora de cuidados aos mais velhos tende a ser substituída pelos cuidadores institucionais? Ou...

  5. Um serviço de apoio domiciliário: a complementaridade entre cuidadores formais e cuidadores informais de idosos

    Costa, Sara Graciete dos Santos
    Os serviços de apoio domiciliário têm-se destacado como resposta social no cuidado aos mais velhos. Tal destaque emerge do facto de estes serviços permitir que os idosos envelheçam no quadro habitual de vida – na sua habitação e integrados na sua comunidade local - e que possam beneficiar de cuidados profissionalizados, além dos cuidados que lhes são prestados por cuidadores informais. Reconhecendo as potencialidades desta resposta social, este trabalho procura conhecer as perceções dos idosos, dos cuidadores informais e dos cuidadores formais sobre os serviços prestados e sobre a complementaridade que existe entre cuidados prestados por cuidadores formais e informais na prestação de cuidados aos mais velhos e...

  6. O ateliê de música: uma intervenção em centro de dia para a criação de oportunidades de fruição cultural para os idosos

    Teixeira, Olívia Salomé Ribeiro
    Este relatório apresenta o trabalho desenvolvido ao longo de um estágio de 8 meses, no âmbito do Mestrado em Gerontologia Social. Desenvolvemos este estágio num centro de dia de uma Instituição Particular de Solidariedade Social. Optámos por utilizar a metodologia de projeto que nos permitiu fazer o diagnóstico social da instituição e dos idosos e planificar e implementar um programa de atividades que ajudasse a organização a cumprir a sua missão. O diagnóstico social teve como principal propósito a identificação dos problemas e das suas causalidades, sendo portanto necessário o recurso a um quadro teórico de referência e a formulação de...

  7. Gravidez tardia e envelhecimento

    Oliveira, Sara
    Este estudo surge do interesse em compreender as implicações psicossociais advindas da gravidez tardia na fase avançada de vida, tendo em conta o aumento do número de gestantes acima dos 35 anos de idade que se verificou nos últimos anos (Gomes, Donelli, Piccinini,& Lopes, 2008). Para o efeito, averiguou-se a experiência da gravidez tardia em mulheres portuguesas com idade igual ou superior a 65 anos, contemplando, também, a experiência dos últimos filhos. Trata-se de um estudo qualitativo que contou com a participação de 15 mães com idades compreendidas entre os 66 e os 95 anos (média = 75.7, DP = 8.38) e 15 últimos filhos com idades...

  8. Projecto de intervenção comunitária em centro de dia pela metodologia de facilitação

    Fernandes, Cristina dos Santos
    O presente projecto tem como objectivo principal promover o contacto entre a comunidade e os idosos do Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa. Apresenta ainda como objetivos específicos: 1) Estimular a participação e fomentar o empowerment nos idosos do Centro Social Padre Manuel Joaquim de Social e 2) Dar a conhecer à comunidade e aos idosos a metodologia da facilitação. Para a concretização destes objetivos foram utilizados instrumentos de observação directa; análise documental e realização de entrevistas de avaliação. A amostra foi constituída por cinco idosos, de ambos os sexos, residentes na vila de Caldas das Taipas e nas freguesias...

  9. Medicinas complementares e alternativas: discursos e percursos no contexto dos profissionais de saúde

    Silva, Maria José Ribeiro Resende Afonso
    Nas duas últimas décadas assistimos a um crescimento da popularidade e da procura das Medicinas Complementares e Alternativas (MCA) como uma nova abordagem de saúde, alicerçada num posicionamento mais holístico, natural e defensora de uma intervenção menos invasiva. Este crescimento tem sido acompanhado por uma diversidade da oferta formativa, promovida e dinamizada por reconhecidas instituições de ensino público e privado, bem como do reforço da investigação nesta área. Face ao exposto, a ideia central do presente trabalho, qualitativo e de carácter exploratório, consiste em aferir, através da entrevista em profundidade, os posicionamentos de 12 profissionais de saúde a trabalhar no...

  10. Como fomentar a participação ativa do idoso em contexto de lar

    Monte, Sílvia Maria Gonçalves do
    As estruturas residenciais têm assumido um importante papel no apoio e no cuidado aos idosos. É inegável que as mesmas asseguram a satisfação das necessidades que permitem aos idosos manter a sua vida biológica, oferecendo serviços que lhes permitem a realização das atividades básicas de vida diária. Contudo, investigações realizadas mostram que há outro tipo de necessidades dos seniores que não são satisfeitas: entre elas a sua autonomia para a tomada de decisões sobre a vida da instituição e sobre a sua própria vida e ainda a sua capacidade de iniciativa. Essas investigações referem que a entrada dos idosos numa...

  11. Trajetórias profissionais: influências na reforma

    Bessa, Maria Deolinda da Conceição
    A realização do presente trabalho de investigação preconizou como principais objetivos a cimentação e, se possível, a produção de conhecimento científico sobre os reformados, mais especificamente aqueles que foram objeto de estudo – a profissão de médico, a de oficial da Guarda Nacional Republicana, a de agricultor e a de trabalhadores da construção civil. Aborda o envelhecimento demográfico nas sociedades modernas, em especial nas mais desenvolvidas, partindo de seguida para uma análise deste fenómeno a nível nacional, bem como das políticas sociais da velhice que têm sido adoptadas em Portugal para fazer face a este problema que teima em consolidar-se fruto do aumento da esperança média de...

  12. Prevalência dos maus-tratos sobre idosos no concelho de Barcelos

    Barbosa, Andreia Fernanda Marques
    A sociedade em geral e, em particular, a sociedade portuguesa depara-se, atualmente, com um fenómeno de transformação demográfica relacionado com diminuição do número de crianças e jovens e aumento da população adulta e idosa, numa pirâmide quase invertida (Carreira, 2008; Carvalho, 2012; INE, 2003). Este aumento exponencial do número de idosos tem gerado alguma preocupação da sociedade ao nível da gestão social dos recursos, onde se incluem preocupações em torno da sustentabilidade da segurança social, preocupações em torno das respostas sociais cada vez mais adequadas à população idosa, suas necessidades específicas e preocupações em torno de respostas de saúde, lazer,...

  13. Envelhecer ativamente num lar de idosos

    Rebelo, Ana Sofia Araújo
    O presente Projeto surge na sequência de um estágio, realizado no âmbito da 6ª edição do Mestrado de Gerontologia Social, num lar de idosos do Porto. Desta experiência despontou a necessidade de refletir sobre a contribuição da Animação Sociocultural como promotora de um envelhecimento ativo, no contexto institucional. Seguindo a perspetiva da Metodologia Participativa no Projeto, de Isabel Guerra (2002), acreditamos na capacidade do grupo de idosas do Lar para participar ativamente na elaboração do projeto tanto ao nível do diagnóstico, assim, como na proposta de atividades, no sentido de melhorar a sua qualidade de vida. Para a elaboração do diagnóstico recorreu-se...

  14. Projeto de enriquecimento das atividades de animação sociocultural em lar

    Costa, Paula Manuela Martinho Valadares
    Neste relatório analisa-se uma experiência de estágio de gerontologia social que elege como campo de observação e de intervenção um lar de idosos, situado na região do Porto. Orientados pela metodologia de projeto, num primeiro momento direcionada para a elaboração do diagnóstico da situação social, atende-se às engrenagens sociais que, no seio desta instituição especializada no tratamento da velhice frágil e dependente, geram uma silenciosa exclusão que está bem patente nas atitudes de retraimento e de desistência dos idosos. O tratamento destes idosos está remetido para esta instituição e para os seus profissionais que perspetivam os idosos essencialmente como meros recetores de serviços, numa lógica de sobrevalorização da...

  15. A um passo na certificação nas organizações de economia social

    Correia, Helena de Oliveira
    O presente relatório de atividade profissional enquadra-se no grupo de estudos sobre o envelhecimento do Instituto Superior de Serviço Social do Porto. Como atividade profissional principal sou dirigente e técnica de uma instituição de solidariedade social, acumulando funções de auditora, consultora e formadora na área de sistemas de gestão da qualidade. Através de um estudo comparativo realizado em organizações sociais pretende-se estudar a perceção dos recursos humanos face às mudanças internas de um sistema de gestão da qualidade. Aproveitarei a minha experiencia enquanto consultora e auditora da qualidade para perceber qual o impacto de uma certificação, implementação de um sistema de gestão...

  16. Retrato social das pessoas com demência no Concelho de Vizela

    Fonseca, Ilda Maria da Assunção
    É hoje sobejamente falado que o envelhecimento da população é uma caraterística das sociedades atuais. É uma constatação que se nasce cada vez menos e que se vive cada vez mais. A pirâmide etária está invertida, as gerações não se conseguem renovar. À data do último momento censitário realizado em 2011, Portugal apresentava uma população de 10.562.178 habitantes, sendo que 2.010.064 habitantes apresentavam idade igual ou superior a 65 anos. Face ao envelhecimento da população, o grupo dos idosos constituiu a parte mais afetada pelas doenças crónicas. A incidência de doenças como hipertensão arterial, diabetes, patologias cardiovasculares ou as demências...

  17. Reforma, voluntariado e envelhecimento

    Cunha, Helena Meira Simões da
    As alterações demográficas registadas na maioria dos países ocidentais reflectemse no prolongamento do tempo de vida com um estado de saúde que não limita gravemente a participação na vida social. Após a passagem à reforma (anterior marco de entrada na velhice), os indivíduos são forçados a reorganizar o tempo outrora estruturado pelo tempo de trabalho e sabese, hoje, que os modos de viver a reforma são relativamente diversos. Dependem, contudo, dos recursos de que os indivíduos dispõem e das condições sociais à sua volta. Se é certo que alguns reformados conseguem escapar à “reforma morte-social” e ao estigma de inutilidade, investindo o seu tempo, competências e experiência em actividades...

  18. Envelhecimento homossexual: preocupações, anseios e preconceitos sentidos

    Leite, Inês Matias
    Apesar de nas últimas duas décadas se ter verificado que surgiram em grande número estudos relacionados com o envelhecimento em Portugal, poucos são os que fazem referência ao envelhecimento homossexual. O presente trabalho divide-se nas componentes teórica e empírica, estando dividido por cinco capítulos. Este trabalho apresenta conclusões de uma pesquisa que se propôs estudar a experiência no envelhecimento por parte de 5 participantes homossexuais masculinos com idades compreendidas entre os 61 e os 68 anos. A pretensão foi compreender o processo de envelhecimento em indivíduos homossexuais a partir dos seus relatos, segundo as suas perceções, elaborações e do significado que...

  19. Envelhecimento activo e bem-sucedido

    Moreira, Isaura Patrícia de Sousa
    No âmbito do Mestrado em Gerontologia Social, realizamos o nosso estágio curricular na Obra de Assistência Social da Freguesia de Sobrosa. Este estágio foi desenvolvido no âmbito do Projecto Criação e dinamização de um Centro de Convívio. Após termos conhecimento de toda a realidade, optamos por estudar o isolamento e o envelhecimento de forma a promover o envelhecimento activo e bem-sucedido. Neste sentido, elaboramos o respectivo enquadramento teórico, apresentando as diversas perspectivas dos autores lidos, de forma a permitir uma melhor compreensão dos conceitos. No que se refere à nossa intervenção salientamos que esta tem por base um objectivo geral e três...

  20. A dignidade em lares de idosos

    Cruz, Sónia Alexandra Barros
    A dignidade humana é um conceito socialmente construído por uma diversidade de valores e preferências individuais com implicações diretas na prática de cuidados em lares de idosos. A sua reflexão é presentemente escassa no panorama científico português, vislumbrando-se pertinente para uma ação futura mais adequada ao cuidado ético e personalista. O tema desta dissertação é discutir o conceito de dignidade nos cuidados de âmbito gerontológico através de oito eixos de análise: autonomia, independência, liberdade, identidade, integridade, respeito, privacidade e conforto do idoso institucionalizado. Trata-se de um estudo realizado em 14 lares de idosos no concelho de Santa Maria da Feira...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.