Recursos de colección

Repositório Comum (25.459 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 7 de 7

  1. Critérios de regulamentação-base aplicável à operação das aeronaves não tripuladas (Drones) em espaço aéreo nacional

    Matias, Gonçalo
    Se há poucos anos não era possível prever que a indústria das aeronaves não tripuladas (drones) pudesse registar um avanço tecnológico tão assinalável, menos previsível seria o crescimento que esta indústria comportaria no seio da aviação civil. É provável que aumente o número de drones em uso, bem como a variedade de finalidades da sua utilização – inclusive, que esta tecnologia venha a substituir as aeronaves tripuladas em muitas das operações comerciais. No entanto, para que tal seja possível, é necessário responder à pergunta "como irão os drones partilhar o espaço aéreo com dezenas de milhar de aeronaves tripuladas existentes,...

  2. Céu único europeu

    Gomez, Jesús
    Como consequência da componente geopolítica do continente europeu, o sistema de gestão do tráfego aéreo (ATM) apresenta significativas ineficiências por causa da forte fragmentação deste sistema. Consequentemente, na atualidade existem e convivem um grande número de organizações nacionais e de sistemas tecnológicos de controlo de tráfego aéreo que não são competitivos, com um claro impacto no desempenho do Sistema e sobre os custos dos seus utilizadores (companhias aéreas). No fim dos anos 90, e como consequência dos alarmantes atrasos registados no Sistema ATM, a União Europeia lançou o programa do Ceu Único Europeu (SES – Single European Sky) por forma a iniciar o maior processo de reforma do...

  3. Critérios de regulamentação-base aplicável à operação das aeronaves não tripuladas (Drones) em espaço aéreo nacional

    Matias, Gonçalo
    Se há poucos anos não era possível prever que a indústria das aeronaves não tripuladas (drones) pudesse registar um avanço tecnológico tão assinalável, menos previsível seria o crescimento que esta indústria comportaria no seio da aviação civil. É provável que aumente o número de drones em uso, bem como a variedade de finalidades da sua utilização – inclusive, que esta tecnologia venha a substituir as aeronaves tripuladas em muitas das operações comerciais. No entanto, para que tal seja possível, é necessário responder à pergunta "como irão os drones partilhar o espaço aéreo com dezenas de milhar de aeronaves tripuladas existentes,...

  4. Transportadora Woo Airlines

    Lopes, Alexandre
    O estudo da criação de uma companhia aérea na Austrália justifica-se pela perceção que o autor do trabalho manifesta relativamente à necessidade de ligar pequenas comunidades Australianas. Parece existir uma oportunidade de mercado consubstanciada no facto de que as companhias aéreas existentes privilegiarem o cliente “turista”, além de que, os australianos utilizam com muita frequência o transporte aéreo, visitando familiares e amigos e também nas deslocações em trabalho. É dada especial atenção aos destinos alvo, ao estudo de mercado para planeamento de rede e horários, aos aviões, à escolha da frota, às estruturas empresariais existentes, aos preços médios base com implicações...

  5. Céu único europeu

    Gómez, Jesús Conde
    Como consequência da componente geopolítica do continente europeu, o sistema de gestão do tráfego aéreo (ATM) apresenta significativas ineficiências por causa da forte fragmentação deste sistema. Consequentemente, na atualidade existem e convivem um grande número de organizações nacionais e de sistemas tecnológicos de controlo de tráfego aéreo que não são competitivos, com um claro impacto no desempenho do Sistema e sobre os custos dos seus utilizadores (companhias aéreas). No fim dos anos 90, e como consequência dos alarmantes atrasos registados no Sistema ATM, a União Europeia lançou o programa do Ceu Único Europeu (SES – Single European Sky) por forma a iniciar o maior processo de reforma do...

  6. Critérios da regulamentação-base aplicável à operação das aeronaves não tripuladas (drones) em espaço aéreo nacional

    Matias, Gonçalo
    Se há poucos anos não era possível prever que a indústria das aeronaves não tripuladas (drones) pudesse registar um avanço tecnológico tão assinalável, menos previsível seria o crescimento que esta indústria comportaria no seio da aviação civil. É provável que aumente o número de drones em uso, bem como a variedade de finalidades da sua utilização – inclusive, que esta tecnologia venha a substituir as aeronaves tripuladas em muitas das operações comerciais. No entanto, para que tal seja possível, é necessário responder à pergunta "como irão os drones partilhar o espaço aéreo com dezenas de milhar de aeronaves tripuladas existentes,...

  7. Critérios da regulamentação-base aplicável à operação das aeronaves não tripuladas (Drones) em espaço aéreo nacional

    Matias, Gonçalo
    Se há poucos anos não era possível prever que a indústria das aeronaves não tripuladas (drones) pudesse registar um avanço tecnológico tão assinalável, menos previsível seria o crescimento que esta indústria comportaria no seio da aviação civil. É provável que aumente o número de drones em uso, bem como a variedade de finalidades da sua utilização – inclusive, que esta tecnologia venha a substituir as aeronaves tripuladas em muitas das operações comerciais. No entanto, para que tal seja possível, é necessário responder à pergunta "como irão os drones partilhar o espaço aéreo com dezenas de milhar de aeronaves tripuladas existentes,...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.