Recursos de colección

Repositório Comum (35.562 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 20 de 248

  1. As representações dos pais face à inclusão de alunos com NEE no 1ºCiclo Ensino Básico

    Pires, Tânia Sofia Nunes Frasquilho
    O presente trabalho foi baseado no tema As Representações dos Pais Face à Inclusão de Alunos com Necessidades Educativas Especiais no 1º Ciclo Ensino Básico, que frequentaram a Escola Básica1/Jardim de Infância Quinta da Medideira, do Agrupamento Pedro Eanes Lobato no concelho do Seixal, distrito de Setúbal, no ano letivo 2011/2012. Este trabalho teve como objetivo conhecer a opinião dos pais face à Inclusão de alunos com NEE no 1º Ciclo Ensino Básico, com o propósito de contribuir para uma reflexão e melhoria da inclusão na cultura de escola. O trabalho foi apresentado em duas partes distintas, a primeira parte, o Marco...

  2. Relatório da prática de ensino supervisionada: avaliação do estágio curricular

    Cruz, Elisabete Correia Pires da

  3. Relatório de estágio do ensino da prática pedagógica supervisionada

    Prazeres, Margarida Mota Poseiro Rodrigues
    O presente Relatório de Estágio do Ensino da Prática Pedagógica Supervisionada tem como propósito apresentar os estágios curriculares desenvolvidos nas valências de Educação Pré-Escolar e Ensino do 1ºCiclo do Ensino Básico. O primeiro capítulo do relatório refere-se ao estágio na valência de Educação Pré-Escolar, sendo feita inicialmente uma contextualização da prática, nomeadamente uma caracterização da instituição, do meio envolvente à mesma, do grupo e do espaço onde esta se desenvolveu. De seguida é feita uma breve análise a algumas das actividades mais significativas. Segue-se uma análise teórico-prática de um dilema experienciado/vivenciado no estágio que, no meu caso, abordou a temática da...

  4. O Balanced Scorecard na escola pública: Contributo para a construção de um planeamento escolar com dimensão estratégica

    Coelho, João Carlos Malta
    A centralidade do sistema educativo, a estrutura burocratizada da escola pública, a ausência de formação específica para o exercício de cargos de direcção escolar, e a inexistência de práticas sustentadas em modelos de gestão, constituem-se como constrangimentos à construção, execução e avaliação de um planeamento das escolas que contenha uma dimensão estratégica que permita às organizações escolares trilharem, com mais segurança e convicção, caminhos de esperança e de sucesso. O actual diploma da gestão e direcção escolar poderá ser entendido como uma janela de oportunidade para a abordagem do movimento reformador e modernizador do “ New Public Management”, enquanto modelo de...

  5. O Conselho Geral: representações dos actores e participação

    Veva, Manuel João Belém
    A administração e gestão das escolas tem sido marcada por ciclos de reforma acompanhando a evolução sócio – económica e cultural da sociedade proclamando a “democratização do ensino” e a “igualdade de oportunidades” com base no reforço da representação/participação das famílias e comunidades na direcção estratégica dos estabelecimentos de ensino. Esta investigação tem como objectivo central identificar as representações dos membros do Conselho Geral sobre o modo de funcionamento e desempenho do órgão no contexto de reforço de autonomia previsto no dec - lei nº 75/2008, de 22 de Abril, no agrupamento X do Concelho do Barreiro. Para o efeito foi realizado...

  6. Relatório Final da Prática Supervisionada. Provas Finais: Conceções de professores do 1.º Ciclo sobre a avaliação externa ao nível do Português e da Matemática

    Ribeiro, Denise Alexandra Lourenço
    Hoje em dia “o conceito de avaliação” é algo que não podemos ignorar, encontra-se presente de forma enraizada no que concerne à área da educação. A avaliação tem sofrido alterações ao longo dos anos e está em constante evolução. O presente estudo teve como propósito compreender e analisar as representações de um conjunto de professores sobre as Provas Finais de Português e Matemática no 4º ano de escolaridade. Em concreto, procurou-se compreender de que forma a existência de Provas Finais de Português e Matemática no 4.º ano de escolaridade, tem efeitos sobre as práticas e as estratégias didáticas e de avaliação...

  7. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Santos, Sandra Margarida Pires
    A escola portuguesa encontra-se em constante mudança e alberga uma grande diversidade de pessoas. Para conseguir dar resposta a esta diversidade e mudança as escolas e os professores têm de estar abertos a novas formas de ensinar. Para os professores nem sempre é fácil dar respostas adequadas pois a informação por vezes é escassa e os recursos reduzidos. A escola inclusiva traz maior responsabilidade, exige maior disponibilidade e acréscimo de trabalho. A Diferenciação Pedagógica vem ajudar professores e alunos a responderem a esta vaga de mudança e diversidade do tecido escolar. Esta diferenciação é feita em contexto de sala de...

  8. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Santos, Sandra Margarida Pires
    A escola portuguesa encontra-se em constante mudança e alberga uma grande diversidade de pessoas. Para conseguir dar resposta a esta diversidade e mudança as escolas e os professores têm de estar abertos a novas formas de ensinar. Para os professores nem sempre é fácil dar respostas adequadas pois a informação por vezes é escassa e os recursos reduzidos. A escola inclusiva traz maior responsabilidade, exige maior disponibilidade e acréscimo de trabalho. A Diferenciação Pedagógica vem ajudar professores e alunos a responderem a esta vaga de mudança e diversidade do tecido escolar. Esta diferenciação é feita em contexto de sala de...

  9. Relatório final de estágio da prática de ensino supervisionada

    Tavares, Sara Sofia Rodrigues
    O presente relatório denominado de “A importância dos jogos cooperativos na promoção das interações positivas entre pares”, tem como objetivos avaliar o impacto dos jogos no processo das interações positivas entre as crianças. Este estudo foi desenvolvido num jardim-de-infância em lisboa, com um grupo de crianças com idades compreendidas dos três e os seis anos. O jogo constituiu uma atividade essencial no desenvolvimento da criança, uma vez que através do mesmo esta desenvolve diversas competências sociais, nomeadamente oportunidades para interagir com outras crianças. Neste sentido, o jogo representa uma ferramenta imprescindível na Educação Pré-Escolar, como tal deve estar presente na prática...

  10. Relatório final de estágio da prática de ensino supervisionada

    Tavares, Sara Sofia Rodrigues
    O presente relatório denominado de “A importância dos jogos cooperativos na promoção das interações positivas entre pares”, tem como objetivos avaliar o impacto dos jogos no processo das interações positivas entre as crianças. Este estudo foi desenvolvido num jardim-de-infância em lisboa, com um grupo de crianças com idades compreendidas dos três e os seis anos. O jogo constituiu uma atividade essencial no desenvolvimento da criança, uma vez que através do mesmo esta desenvolve diversas competências sociais, nomeadamente oportunidades para interagir com outras crianças. Neste sentido, o jogo representa uma ferramenta imprescindível na Educação Pré-Escolar, como tal deve estar presente na prática...

  11. A relação entre a teoria da mente e o jogo simbólico entre os 3 e os 6 anos de idade

    Martins, Ana Filipa Dias Cavaleiro
    O presente documento versa sobre a relação entre a Teoria da Mente e o Jogo Simbólico em contexto pré-escolar de um grupo de 23 crianças (15 do sexo feminino e 8 do sexo masculino) entre os 3 e os 6 anos. Esta investigação tem como objetivo relacionar a brincadeira do faz-de-conta com a Teoria da Mente. Isto é, como é que as crianças relacionam o faz-de-conta com a realidade do seu quotidiano e o conhecimento que estas têm de si próprias e dos outros que as rodeiam. O faz-de-conta estimula a criatividade e a imaginação, contudo conduz à descoberta de algumas regras. A...

  12. A relação entre a teoria da mente e o jogo simbólico entre os 3 e os 6 anos de idade

    Martins, Ana Filipa Dias Cavaleiro
    O presente documento versa sobre a relação entre a Teoria da Mente e o Jogo Simbólico em contexto pré-escolar de um grupo de 23 crianças (15 do sexo feminino e 8 do sexo masculino) entre os 3 e os 6 anos. Esta investigação tem como objetivo relacionar a brincadeira do faz-de-conta com a Teoria da Mente. Isto é, como é que as crianças relacionam o faz-de-conta com a realidade do seu quotidiano e o conhecimento que estas têm de si próprias e dos outros que as rodeiam. O faz-de-conta estimula a criatividade e a imaginação, contudo conduz à descoberta de algumas regras. A...

  13. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Tavares, Adelaide
    presente relatório foi realizado no âmbito do Mestrado de Qualificação para a Docência em Educação Pré-Escolar, em contexto de estágio, no ensino pré-escolar. Prendeu-se explorar as potencialidades do jogo, de forma a envolver ativamente as crianças na aprendizagem da matemática, assim como analisar a evolução do grupo perante a implementação do projeto de investigação. O jogo é uma atividade essencial na vida das crianças, este assume grande importância na educação pré-escolar, devendo ser considerado pelo educador de infância na sua prática pedagógica. Toda a prática foi sustentada num design de investigação-ação, assumindo um paradigma qualitativo-interpretativo, através do qual foi possível observar, planificar,...

  14. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Tavares, Adelaide
    presente relatório foi realizado no âmbito do Mestrado de Qualificação para a Docência em Educação Pré-Escolar, em contexto de estágio, no ensino pré-escolar. Prendeu-se explorar as potencialidades do jogo, de forma a envolver ativamente as crianças na aprendizagem da matemática, assim como analisar a evolução do grupo perante a implementação do projeto de investigação. O jogo é uma atividade essencial na vida das crianças, este assume grande importância na educação pré-escolar, devendo ser considerado pelo educador de infância na sua prática pedagógica. Toda a prática foi sustentada num design de investigação-ação, assumindo um paradigma qualitativo-interpretativo, através do qual foi possível observar, planificar,...

  15. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Oleiro, Diana Sofia Mena
    O objetivo desta investigação, Fase das Garatujas. Sua importância para o desenvolvimento cognitivo, efetuada de forma teórica investigativa, teve como intuito de estudar, demonstrar e relatar aspetos relevantes e pertinentes sobre o Desenho Infantil, fundamentando-o como área importante, a ser desenvolvida com as crianças. A investigação centrou-se nos primeiros registos gráficos dos alunos, conhecios pelo termo “Garatujas” (entre os 18 meses e os 3 anos de idade), através de explicações e conceitos comprovados cientificamente, por autores que estudaram estes registos. Permitiu-nos compreender como é o pensamento da criança quando desenha, a sua evolução ao longo do processo de aprendizagem, e como...

  16. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Oleiro, Diana Sofia Mena
    O objetivo desta investigação, Fase das Garatujas. Sua importância para o desenvolvimento cognitivo, efetuada de forma teórica investigativa, teve como intuito de estudar, demonstrar e relatar aspetos relevantes e pertinentes sobre o Desenho Infantil, fundamentando-o como área importante, a ser desenvolvida com as crianças. A investigação centrou-se nos primeiros registos gráficos dos alunos, conhecios pelo termo “Garatujas” (entre os 18 meses e os 3 anos de idade), através de explicações e conceitos comprovados cientificamente, por autores que estudaram estes registos. Permitiu-nos compreender como é o pensamento da criança quando desenha, a sua evolução ao longo do processo de aprendizagem, e como...

  17. A importância do desenvolvimento de atividades de expressão motora

    Heitor, Maria Ana Saragga Biscaya da Silva
    Este estudo pretende mostrar o desenvolvimento de habilidades motoras num grupo crianças da educação de pré-escolar que tinha algumas dificuldades na manipulação de objetos. Além disso, o estudo mostra a importância do desenvolvimento motor em crianças com idades compreendidas entre os três e os seis anos de vida. Nesta fase a criança passa por muitas alterações e maturação a nível de motricidade fina e global. Por volta do segundo ano de idade a criança adquire todas as habilidades motoras rudimentares e entra num estágio de desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais. Para culminar este desenvolvimento surge a manipulação de objetos. Estas habilidades são apreendidas até aos 9/10 anos. A...

  18. A importância do desenvolvimento de atividades de expressão motora

    Heitor, Maria Ana Saragga Biscaya da Silva
    Este estudo pretende mostrar o desenvolvimento de habilidades motoras num grupo crianças da educação de pré-escolar que tinha algumas dificuldades na manipulação de objetos. Além disso, o estudo mostra a importância do desenvolvimento motor em crianças com idades compreendidas entre os três e os seis anos de vida. Nesta fase a criança passa por muitas alterações e maturação a nível de motricidade fina e global. Por volta do segundo ano de idade a criança adquire todas as habilidades motoras rudimentares e entra num estágio de desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais. Para culminar este desenvolvimento surge a manipulação de objetos. Estas habilidades são apreendidas até aos 9/10 anos. A...

  19. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Mendonça, Inês Filipa Ribeiro
    O professor do 1º CEB desempenha um papel fundamental nos diferentes contextos escolares em que atua e as suas ações podem ser determinantes para o desenvolvimento pessoal e académico dos alunos que lhes são confiados. Neste sentido, e para melhor compreendermos este método de estudo de caso, importa salientar que é um método que tem como finalidade “descrever de modo preciso os comportamentos de um indivíduo, ou seja, neste procedimento, o sujeito é o centro da atenção do investigador” (Freixo, 2012, p. 120). Pretendemos então com este estudo, compreender o papel do professor de 1º CEB no desenvolvimento de um...

  20. Relatório final da prática de ensino supervisionada

    Mendonça, Inês Filipa Ribeiro
    O professor do 1º CEB desempenha um papel fundamental nos diferentes contextos escolares em que atua e as suas ações podem ser determinantes para o desenvolvimento pessoal e académico dos alunos que lhes são confiados. Neste sentido, e para melhor compreendermos este método de estudo de caso, importa salientar que é um método que tem como finalidade “descrever de modo preciso os comportamentos de um indivíduo, ou seja, neste procedimento, o sujeito é o centro da atenção do investigador” (Freixo, 2012, p. 120). Pretendemos então com este estudo, compreender o papel do professor de 1º CEB no desenvolvimento de um...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.