Recursos de colección

Repositório Comum (28.376 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 20 de 127

  1. Fenomenologia da prática :

    Pereira, Patrícia Silva
    Objetivo: explicitar a última proposta metodológica de Max van Manen para a pesquisa da experiência vivida. Método: artigo metodológico. A fenomenologia da prática insere-se num método de investigação qualitativa onde o foco são as práticas quotidianas profissionais. Conclusão: a fenomenologia enquanto método envolve métodos filosóficos, filológicos e métodos das ciências humanas. A epoché e redução são centrais na pesquisa fenomenológica. A redução geral, a redução propriamente dita e o vocativo são vias que iluminam o modo como podemos aceder à experiência vivida. A compreensão da experiência humana por meio deste tipo de estudos poderá ser um contributo importante para o...

  2. Fenomenologia da prática :

    Pereira, Patrícia Silva
    Objetivo: explicitar a última proposta metodológica de Max van Manen para a pesquisa da experiência vivida. Método: artigo metodológico. A fenomenologia da prática insere-se num método de investigação qualitativa onde o foco são as práticas quotidianas profissionais. Conclusão: a fenomenologia enquanto método envolve métodos filosóficos, filológicos e métodos das ciências humanas. A epoché e redução são centrais na pesquisa fenomenológica. A redução geral, a redução propriamente dita e o vocativo são vias que iluminam o modo como podemos aceder à experiência vivida. A compreensão da experiência humana por meio deste tipo de estudos poderá ser um contributo importante para o...

  3. Educação para a saúde ao doente renal crónico durante a sessão de hemodiálise como medida para a promoção do seu autocuidado

    Antunes, Ângela Cristina Palma Ruaz Oliveira Mósca
    A elaboração do presente trabalho insere-se no âmbito da Unidade Curricular Estágio com Relatório, do 6º Curso de Mestrado em Enfermagem, Área de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica, Área de Intervenção Nefrológica. Segundo a Direção Geral de Saúde (DGS, 2012), Portugal tem vindo a apresentar elevada incidência e prevalência da Doença Renal Crónica (DRC), sendo a maior da Europa, e com uma tendência de crescimento superior à média dos países da OCDE. Neste sentido, o enfermeiro perito em nefrologia deve proporcionar a melhor assistência, com especial ênfase no apoio, na educação, na prevenção de complicações e na reabilitação, estimulando a independência e...

  4. O papel do enfermeiro especialista na equipa de coordenação do acesso vascular arteriovenoso :

    Rocha, Rafaela
    Em 2015, em Portugal, 11514 doentes IRC realizavam tratamento de HD onde no primeiro tratamento, nos doentes incidentes, o AV prevalente foi o CVC em 51% dos doentes, seguindo-se muito aproximadamente a FAV em 41% dos doentes. Relativamente aos doentes prevalentes, o tipo de acesso prevalente é a FAV em 73,1%. Logo, é imperativo que as equipas de enfermagem que diariamente prestam cuidados aos doentes IRC, detenham o conhecimento adequado para uma correta avaliação e gestão do AV de forma a garantir a sua patência, e consequentemente, serem capazes de desemprenhar funções de promoção de saúde a doentes com maior longevidade...

  5. Fatores que dificultam a adesão dos profissionais de saúde as boas pratica de higiene das mãos

    Cabrita, Raquel Ramos
    As Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde são consideradas um flagelo à escala mundial, alvo da atenção de prestigiosas organizações como a Organização Mundial de Saúde e a Direção-Geral da Saúde que dinamizam iniciativas para minimizar e erradicar este problema. A higiene das mãos evidencia-se como a medida mais acessível e eficiente para combater esta problemática, no entanto, diversas investigações revelam que apesar de todos os esforços realizados a adesão a esta prática continua a estar longe do desejado. Esta investigação foi realizada num hospital privado do distrito de Lisboa e consistiu num estudo quantitativo, transversal, descritivo, correlacional, cujo objetivo geral foi...

  6. Ambiente da prática profissional de enfermagem :

    Santos, Iolanda Sofia da Fonseca
    Os profissionais de saúde, mais concretamente da área específica de Enfermagem, têm enfrentado algumas dificuldades e desafios no que diz respeito à boa prestação de cuidados, entre eles, garantir a segurança e a qualidade dos cuidados prestados, num ambiente de trabalho, que nem sempre é o mais favorável para o seu desempenho profissional. Existem Instituições de Saúde que têm tudo isso em consideração, e procuram oferecer ás equipas de enfermagem autonomia, colaboração entre a equipa multidisciplinar, o bom relacionamento entre a equipa de enfermagem e equipa médica, e o controlo sobre o ambiente, resultando em algo benéfico para os utentes,...

  7. Características das organizações hospitalares e o seu contributo para a qualidade dos cuidados de enfermagem

    Vital, Gonçalo Fernando Vieira
    Enquadramento: Num cenário de constantes mudanças e, principalmente, exigências, os cuidados de enfermagem requerem a concretização dos objetivos individuais e coletivos. A qualidade dos cuidados prestados aos clientes está diretamente relacionada com a qualidade da prática dos enfermeiros, sendo assegurada através da valorização das competências dos enfermeiros gestores, podendo igualmente ser influenciada pelo ambiente organizacional, como todas as condições, circunstâncias e influências que cercam e afetam a prática de cuidados de qualidade. Objetivos: Analisar os determinantes do ambiente organizacional hospitalar que contribuem para a qualidade dos cuidados de enfermagem. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo-correlacional com enfoque transversal. Como instrumento de recolha de dados recorreu-se...

  8. Contributos da deambulação para a progressão do trabalho de parto :

    Luz, Sandra Cristina da
    O mecanismo de trabalho de parto (TP), como é conhecido na atualidade, é um mecanismo fisiológico inacabado que tem a sua origem há centenas de milhões de anos. A transição para o bipedismo implicou alterações na pelve materna provocando alterações adaptativas importantes no mecanismo de parto que o tornou exclusivo entre os primatas. A par das alterações físicas a assistência ao TP sofreu transformações ao longo dos tempos, condicionadoras do desfecho do nascimento. A deambulação durante o TP apoia a fisiologia do nascimento e melhora a experiência do parto para a mulher pois, favorece a irrigação do útero, as contrações são...

  9. Contributos da deambulação para a progressão do trabalho de parto :

    Luz, Sandra Cristina da
    O mecanismo de trabalho de parto (TP), como é conhecido na atualidade, é um mecanismo fisiológico inacabado que tem a sua origem há centenas de milhões de anos. A transição para o bipedismo implicou alterações na pelve materna provocando alterações adaptativas importantes no mecanismo de parto que o tornou exclusivo entre os primatas. A par das alterações físicas a assistência ao TP sofreu transformações ao longo dos tempos, condicionadoras do desfecho do nascimento. A deambulação durante o TP apoia a fisiologia do nascimento e melhora a experiência do parto para a mulher pois, favorece a irrigação do útero, as contrações são...

  10. Promoção do autocuidado à pessoa com alteração na eliminação vesical :

    Caseiro, Joel Dinis Silva Mendes
    Mais de 400 milhões de pessoas perdem urina de forma involuntária, prevendo-se um aumento da prevalência de cerca de 10% (2013 a 2018). Em Portugal, a condição de Incontinência Urinária (IU), afeta cerca de 15% da população, sendo na mulher mais prevalente. A evidência científica demonstra um impacto negativo na qualidade de vida do cliente com IU, destacando a afeção psicossocial e económica. Os cuidadores informais são igualmente atingidos por esta condição incapacitante, devendo ser incluídos como parceiros nos Cuidados de Enfermagem de Reabilitação (CER), com vista à promoção do autocuidado e melhoria da qualidade de vida. O Enfermeiro Especialista em...

  11. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa com DPOC, em processo de transição

    Oliveira, Ana Luísa Madureira de
    A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) é considerada uma das principais causas de morbilidade e mortalidade no mundo. A sua cronicidade, caraterizada por uma obstrução persistente e progressiva das vias aéreas, associada ao aumento do envelhecimento populacional e à exposição a fatores de risco, leva a um crescente aumento dos casos de internamento por exacerbação da doença, que culmina na maioria das vezes, em limitações no autocuidado. É no domicílio que o cliente com DPOC se depara com múltiplas dificuldades funcionais e/ou estruturais, importantes, que em meio hospitalar não é possível, muitas vezes reeducar ou capacitar. O simples fato de...

  12. A intervenção do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação à pessoa com esclerose múltipla

    Pereira, Ana Lúcia Tavares
    A Esclerose Múltipla é considerada uma patologia de perdas de diferentes funções, devido ao aparecimento de placas desmielinizantes na substância branca do neuro-eixo, que dependendo da sua localização e extensão provocam diferentes sintomas, podendo surgir em diferentes momentos e combinações. Atendendo à sua complexidade, desenvolver intervenções de enfermagem de reabilitação para cuidar da pessoa com este diagnóstico tornou-se um desafio complexo, mas exequível, devido ao reconhecimento de competências ao Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação para conceber planos de cuidados individualizados com o propósito de manter e/ou maximizar a funcionalidade, capacitar as pessoas para desenvolver o seu potencial, prevenir complicações e,...

  13. A intervenção do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação na promoção do autocuidado da pessoa com doença de Alzheimer

    Godinho, Sandra Tomé Bandeira Fonseca
    A demência é uma doença progressiva e incurável, que afeta vários domínios da pessoa: comportamental, cognitivo e motor. Existem vários tipos de demência, sendo a doença de Alzheimer a mais comum. A pessoa com doença de Alzheimer poderá apresentar perda de memória, dificuldade na resolução de problemas, desorientação, confusão, perda de habilidades e de linguagem com sintomas comportamentais associados. O diagnóstico no estadio inicial da doença, irá permitir uma intervenção precoce para retardar os défices associados a esta patologia, promovendo a capacidade de autocuidado, maximizando o seu potencial funcional e cognitivo. Deste modo, o Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação, pelo conjunto...

  14. AMA :

    Vale, Ana Soraia Cardoso Rodrigues do
    Com vista ao desenvolvimento de competências comuns e específicas de enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiatria foram realizados dois estágios: um em contexto comunitário, e outro, em contexto de internamento. A escolha pelos locais de estágio teve também em consideração a temática do presente relatório, tendo-me proposto a elaborar um programa de apoio a mulheres com alterações psicopatológicas no pós-parto, o qual denominei por AMA. A escolha por este tema prendeu-se à minha forte motivação por aprofundar conhecimentos no âmbito da saúde mental perinatal, fazendo-me sentido tal ocorrer em concomitância com o desenvolvimento de um programa no campo de...

  15. AMA :

    Vale, Ana Soraia Cardoso Rodrigues do
    Com vista ao desenvolvimento de competências comuns e específicas de enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiatria foram realizados dois estágios: um em contexto comunitário, e outro, em contexto de internamento. A escolha pelos locais de estágio teve também em consideração a temática do presente relatório, tendo-me proposto a elaborar um programa de apoio a mulheres com alterações psicopatológicas no pós-parto, o qual denominei por AMA. A escolha por este tema prendeu-se à minha forte motivação por aprofundar conhecimentos no âmbito da saúde mental perinatal, fazendo-me sentido tal ocorrer em concomitância com o desenvolvimento de um programa no campo de...

  16. Cuidadores familiares da pessoa com síndrome demencial :

    Torrinha, Ana Cristina Vieira
    O presente relatório, realizado no âmbito do Estágio de Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL), pretende dar a conhecer as nossas vivências durante o mesmo, realçando a capacidade de intervir junto de cuidadores familiares (CF) da pessoa com síndrome demencial (PcSD). Este relatório constitui uma oportunidade de desenvolvimento das competências na prestação de cuidados especializados de enfermagem de saúde mental à pessoa e família. O estágio decorreu em dois contextos distintos: numa equipa comunitária e num serviço de internamento, no período de Setembro de 2015 a Fevereiro de 2016. A nossa intervenção incluiu a díade...

  17. Cuidadores familiares da pessoa com síndrome demencial :

    Torrinha, Ana Cristina Vieira
    O presente relatório, realizado no âmbito do Estágio de Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL), pretende dar a conhecer as nossas vivências durante o mesmo, realçando a capacidade de intervir junto de cuidadores familiares (CF) da pessoa com síndrome demencial (PcSD). Este relatório constitui uma oportunidade de desenvolvimento das competências na prestação de cuidados especializados de enfermagem de saúde mental à pessoa e família. O estágio decorreu em dois contextos distintos: numa equipa comunitária e num serviço de internamento, no período de Setembro de 2015 a Fevereiro de 2016. A nossa intervenção incluiu a díade...

  18. Intervenção especializada de enfermagem no controlo direcionado da temperatura :

    Capelo, Susana Alexandra Duarte
    Este relatório tem como finalidade evidenciar o trabalho desenvolvido em contexto de ensino clínico, no âmbito do Curso de Mestrado em Enfermagem na Área de Especialização de Pessoa em Situação Crítica, realizado na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, entre o dia 3 de outubro de 2016 e 10 de fevereiro de 2017 em dois hospitais do distrito de Lisboa. Este trabalho centra-se na descrição, na análise e na reflexão das atividades desenvolvidas durante a prestação de cuidados de enfermagem ao doente crítico e sua família, para desenvolvimento de competências definidas neste mestrado e pela Ordem dos Enfermeiros. Reconhecendo que dos processos...

  19. O alívio da sede na pessoa em situação crítica :

    Lopes, Diana Sofia Rosado
    A dor, a dispneia e a sede são os três principais sintomas manifestados pelas pessoas internadas em unidades de cuidados intensivos, geradores de desconforto (Puntillo, Arai, Cooper, Stotts, & Nelson, 2014). A gestão do conforto da pessoa é um conceito bastante amplo que envolve intervenções de enfermagem baseadas na satisfação do conforto em diferentes contextos. As intervenções de enfermagem passam pela avaliação intencional das necessidades de conforto, por intervenções que colmatem essas necessidades e pela reavaliação dos níveis de conforto (Kolcaba, 2003V Wilson, Kane, Wiegert, & Webb, 2009). A sede é definida como uma perceção ou sensação de desejo de beber...

  20. O alívio da sede na pessoa em situação crítica :

    Lopes, Diana Sofia Rosado
    A dor, a dispneia e a sede são os três principais sintomas manifestados pelas pessoas internadas em unidades de cuidados intensivos, geradores de desconforto (Puntillo, Arai, Cooper, Stotts, & Nelson, 2014). A gestão do conforto da pessoa é um conceito bastante amplo que envolve intervenções de enfermagem baseadas na satisfação do conforto em diferentes contextos. As intervenções de enfermagem passam pela avaliação intencional das necessidades de conforto, por intervenções que colmatem essas necessidades e pela reavaliação dos níveis de conforto (Kolcaba, 2003V Wilson, Kane, Wiegert, & Webb, 2009). A sede é definida como uma perceção ou sensação de desejo de beber...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.