Recursos de colección

Repositório Comum (35.562 recursos)

É um repositório para instituições de ensino e investigação produtoras de literatura científica cuja dimensão ainda não justifica a criação de um repositório próprio. Permite integrar instituições, grupos ou indivíduos na infra-estrutura do projecto, nomeadamente através das pesquisas do Portal RCAAP e da B-On.

Mostrando recursos 1 - 20 de 40

  1. Implementação do Modelo de Educação Desportiva (MED) numa unidade de ensino de Badminton.

    Rodrigues, Óscar
    génese deste relatório desponta da unidade curricular da Prática de Ensino Supervisionada (PES), integrada no plano de estudos do 2.º ano do Mestrado de Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário, do Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares (ISEIT), do Instituto Piaget de Viseu e que foi realizada no Agrupamento de Escolas de Estarreja (AEE). Tem como finalidade a ilustração de todo um ano letivo, através da documentação das atividades desenvolvidas na PES, não descurando a sua função formativa transversal, na qual o aluno tem a oportunidade de rever, analisar, criticar e refletir acerca de todos os momentos experienciados. Portanto, este relatório torna-se a ferramenta essencial...

  2. Organização Orquestral como um Modelo Empresarial

    Salazar, Carlos
    O presente relatório incide sobre a unidade curricular Prática de Ensino Supervisionada desenvolvida na Escola Profissional de Artes da Covilhã. Foi também elaborado um estudo com objetivo de ajudar a organização das empresas tendo como base a organização orquestral. Partindo de uma explicação sobre a evolução, do papel do maestro na condução e orientação do processo e da ligação de todos os intervenientes, procuro demonstrar com este trabalho, que o modelo de organização e funcionamento de uma orquestra pode ser aplicado numa qualquer instituição dos tempos modernos, em que a interatividade seja fundamental.

  3. A Formação Musical Precoce como Contributo para o Aumento do Desenvolvimento Cerebral

    Pereira, Liliane
    presente Relatório incidiu sobre a temática da relação entre a formação musical precoce e o aumento do desenvolvimento cerebral. Realizou-se uma primeira contextualização teórica, que passou pela compreensão da música no desenvolvimento cerebral. Pretende-se investigar a forma como a música desenvolve o cérebro, usando como base o contributo de alguns pedagogos que vão ao encontro desta temática. O estudo do tema foi desenvolvido ao longo da Prática de Ensino Supervisionada (PES), com recurso às avaliações dos alunos, tentando perceber se os alunos que frequentaram iniciação musical têm um desenvolvimento cerebral superior ao dos restantes alunos, ou seja, melhores resultados não apenas no...

  4. A relação Escola/Família - Contributos para o sucesso da disciplina de Iniciação Musical: Estudo de caso na Academia d’Artes de Cinfães

    Vaz, Pedro
    A prática de ensino supervisionada desenvolvida na Academia d’Artes de Cinfães, permitiu gerar e desenvolver o estudo de caso com o tema “A relação Escola/Família – Contributos para o sucesso da disciplina de Iniciação Musical”, convertendo-se este numa Investigação-Ação. No que diz respeito à Investigação: procurámos dar resposta à problemática quanto à Ação: realizaram-se um conjunto de atividades com objetivo de promover um maior envolvimento dos encarregados de educação no processo da aprendizagem musical dos seus educandos. A Ação desenvolvida permitiu concluir que os Encarregados de Educação envolveram-se mais no desenvolvimento das aprendizagens musicais dos seus educandos ao mesmo tempo que...

  5. Monitorização do Estudo Individual Através da Aplicação “Soudcorset”: um estudo de caso na Escola Profissional de Artes da Covilhã

    Gonçalves, Tiago
    Este relatório incide sobre a minha Prática de Ensino Supervisionada (P.E.S.), tem como objetivo a partilha de soluções para um dos problemas principais no ensino artístico variante instrumento, nomeadamente o estudo individual do aluno. O local de estágio e meu local de trabalho será a EPABI (Escola Profissional de Artes da Covilhã), foi criada em 3 de Setembro de 1992, com o nome de Escola Profissional de Artes da Beira Interior – EPABI, mediante despacho conjunto do Ministério da Educação e do Emprego e Segurança Social, tendo como entidades promotoras a Câmara Municipal da Covilhã e o Conservatório Regional de Música...

  6. A Formação e Participação dos Pais na Aprendizagem da Formação Musical

    Quítalo, Margarida
    O seguinte artigo aborda a temática “A formação e participação dos pais na aprendizagem da Formação Musical”, que será desenvolvida como base de estudo no âmbito do Mestrado em Ensino da Música. O principal objetivo da escolha deste tema é apresentar aos pais, as exigências que a Formação Musical acarreta, no sentido de estimular os mesmos para a implementação e acompanhamento regular na metodologia de estudo dos seus filhos. Sendo o Ensino Vocacional da Música uma área desconhecida para a maioria dos pais, a Formação para pais visa colmatar lacunas existentes e munir os mesmos de conhecimento chave para poderem...

  7. O M-learning no Ensino da Formação Musical

    Fonseca, Ricardo
    O presente relatório retrata e analisa o trabalho desenvolvido na Unidade Curricular de Prática de Ensino Supervisionada, no mestrado em Ensino da Música, ramo Teoria e Formação Musical, que decorreu no Conservatório Regional de Música de Viseu, polo de Mangualde. No que diz respeito à Investigação - Ação pretende fazer uma abordagem sobre o uso das aplicações moveis (M-learning) no ensino da formação musical, e perceber o impacto que essa ferramenta pode trazer para a motivação e desenvolvimento musical dos alunos.

  8. O Cante Alentejano como Ferramenta Pedagógica para a Disciplina de Formação Musical no 1º e 2º grau

    Simões, Joaquim
    Ao longo destes anos de ensino tomou-se consciência que a disciplina de formação musical é preponderante para o aluno quer na sua aprendizagem quer no seu percurso enquanto músico. A esta disciplina, considerada muitas vezes por "persona non grata" por grande parte dos alunos e vista como afugentadora de alunos por parte de alguns professores e encarregados de educação, cabe o papel de ensinar tudo aquilo que envolve a música, ou seja, termos musicais, compassos, intervalos, ritmo, instrumentos, timbres, etc… Não se afigura fácil o trabalho do professor de formação musical que tem que reunir um conjunto de metodologias e...

  9. O BUZZING NA APRENDIZAGEM DO TROMPETE: estudo na Academia de Música de Vilar do Paraíso

    Alves, Nuno
    O relatório aqui apresentado resume a prática pedagógica decorrida entre outubro de 2016 e junho de 2017, na Academia de Música de Vilar do Paraíso. Relata o percurso académico de cinco alunos de trompete e as atividades realizadas ao longo do ano no âmbito da classe de trompete. Relata ainda uma investigação sobre a prática do Buzzing na Aprendizagem do trompete, numa Classe de alunos. Este termo Buzzing, é utilizado para referir a vibração labial necessária para a produção de som num instrumento de sopro de metal, podendo ser praticada com ou sem bocal e sem utilização do instrumento. Pretendeu-se...

  10. Análise do Programa da classe de trompa: um estudo de caso nos Conservatórios Regionais de Ponta Delgada e Angra do Heroísmo

    Goreti, Maria

  11. Análise do Programa da classe de trompa: um estudo de caso nos Conservatórios Regionais de Ponta Delgada e Angra do Heroísmo

    Goreti, Maria

  12. Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada

    Ribeiro, Isabel
    A defesa do valor da reflexão no ensino e a necessidade de preparar professores cada vez preocupados com essa prática reflexiva, tanto sobre a formação inicial como sobre a formação durante o serviço, afigura-se como valor e dimensão relevantes na atual literatura educacional. Com a realização deste relatório, para além de uma retrospetiva refletida, objetiva e preocupada do nosso percurso académico e profissional e da nossa experiência de ensino supervisionado realizada durante este novo período de estágio, procuraremos, também, informar sobre uma experiência de ensino implementada durante esse mesmo período e que se traduziu na observação dos efeitos que teve...

  13. Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada

    Ribeiro, Isabel
    A defesa do valor da reflexão no ensino e a necessidade de preparar professores cada vez preocupados com essa prática reflexiva, tanto sobre a formação inicial como sobre a formação durante o serviço, afigura-se como valor e dimensão relevantes na atual literatura educacional. Com a realização deste relatório, para além de uma retrospetiva refletida, objetiva e preocupada do nosso percurso académico e profissional e da nossa experiência de ensino supervisionado realizada durante este novo período de estágio, procuraremos, também, informar sobre uma experiência de ensino implementada durante esse mesmo período e que se traduziu na observação dos efeitos que teve...

  14. Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada

    Castro, Carla
    Este documento designado de Relatório Final da Prática de Ensino Supervisionada (PES) constitui uma das componentes da Unidade Curricular com o mesmo nome. Nos seus objetivos pretende reproduzir todo o nosso percurso académico e profissional, bem como todo o desempenho e trabalho desenvolvido no local onde realizámos a PES, considerando as diferentes dimensões consideradas neste quadro formativo. Pretendemos que o mesmo traduza uma reflexão teórica sobre a nossa narrativa de vida como professora bem como uma apreciação e ponderação crítica de um percurso profissional como especialista na área da Educação Física e Desporto. Complementando algumas considerações relativas à prática docente realizada durante a...

  15. Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada

    Castro, Carla
    Este documento designado de Relatório Final da Prática de Ensino Supervisionada (PES) constitui uma das componentes da Unidade Curricular com o mesmo nome. Nos seus objetivos pretende reproduzir todo o nosso percurso académico e profissional, bem como todo o desempenho e trabalho desenvolvido no local onde realizámos a PES, considerando as diferentes dimensões consideradas neste quadro formativo. Pretendemos que o mesmo traduza uma reflexão teórica sobre a nossa narrativa de vida como professora bem como uma apreciação e ponderação crítica de um percurso profissional como especialista na área da Educação Física e Desporto. Complementando algumas considerações relativas à prática docente realizada durante a...

  16. Relatório Final da Prática de Ensino Supervisionada

    Ferreira, Tiago
    O presente trabalho nasce no âmbito da Unidade Curricular da Prática de Ensino Supervisionada (PES), inserida no plano de estudos do Curso de Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário do ISEIT de Viseu, Instituto Piaget. Ainda evidenciar que a sua realização pretender documentar todas as atividades desenvolvidas ao longo da PES, sempre com um caráter crítico e reflexivo, ao longo de todo o processo. Efetivamente existem diversos modelos de ensino, que visam conferir um elevado protagonismo ao aluno, deste modo, destaca-se o Modelo de Educação Desportiva (MED) - Sport Education Model, que advoga a colocação da educação...

  17. Relatório Final da Prática de Ensino Supervisionada

    Ferreira, Tiago
    O presente trabalho nasce no âmbito da Unidade Curricular da Prática de Ensino Supervisionada (PES), inserida no plano de estudos do Curso de Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário do ISEIT de Viseu, Instituto Piaget. Ainda evidenciar que a sua realização pretender documentar todas as atividades desenvolvidas ao longo da PES, sempre com um caráter crítico e reflexivo, ao longo de todo o processo. Efetivamente existem diversos modelos de ensino, que visam conferir um elevado protagonismo ao aluno, deste modo, destaca-se o Modelo de Educação Desportiva (MED) - Sport Education Model, que advoga a colocação da educação...

  18. Relatório da Prática de Ensino Supervisionada - Estratégias de ensino-aprendizagem da formação musical para alunos cegos e de baixa visão integrados no grupo -turma

    Rocha, Sofia
    No âmbito da Prática de Ensino Supervisionada foi desenvolvida a presente investigação que, a partir do trabalho de campo, aborda as estratégias de ensinoaprendizagem que podem ser adotadas na aprendizagem musical, integrando alunos com visão normal, baixa visão e cegueira no mesmo grupo-turma. Considerando que, na maior parte das vezes as estratégias de ensino-aprendizagem se centram na utilização da visão e observação como uma referência para a aprendizagem, importa refletir sobre as adaptações que tornam possível a integração destes alunos. A musicografia Braille constitui-se como um instrumento de trabalho indispensável, permitindo aos alunos cegos escreverem e descodificarem a partitura, assumindo um papel decisivo para a inclusão destes alunos. Não...

  19. Relatório da Prática de Ensino Supervisionada - Estratégias de ensino-aprendizagem da formação musical para alunos cegos e de baixa visão integrados no grupo -turma

    Rocha, Sofia
    No âmbito da Prática de Ensino Supervisionada foi desenvolvida a presente investigação que, a partir do trabalho de campo, aborda as estratégias de ensinoaprendizagem que podem ser adotadas na aprendizagem musical, integrando alunos com visão normal, baixa visão e cegueira no mesmo grupo-turma. Considerando que, na maior parte das vezes as estratégias de ensino-aprendizagem se centram na utilização da visão e observação como uma referência para a aprendizagem, importa refletir sobre as adaptações que tornam possível a integração destes alunos. A musicografia Braille constitui-se como um instrumento de trabalho indispensável, permitindo aos alunos cegos escreverem e descodificarem a partitura, assumindo um papel decisivo para a inclusão destes alunos. Não...

  20. Relatório Final da Prática de Ensino Supervisionada

    Cruzeiro, Filipe
    Um dos objetivos primordiais da Pratica de Ensino Supervisionada é a formação de um professor capaz de analisar/refletir e que possua a capacidade de fundamentar todas as suas opções. Promover no aluno/professor, através do desenvolvimento “in loco”, competências que lhes permitam conhecer, analisar, avaliar e questionar a sua própria prática de ensino. Neste seguimento, o presente relatório salienta nos seus vários capítulos toda a importância para a formação enquanto pessoa e futuro docente de Educação Física. Tem como propósito a realização de uma análise critica e reflexiva sobre tudo o que sucedeu na Prática de Ensino Supervisionada ao longo do ano...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.