Recursos de colección

Repositorio da Universidade dos Açores (9.269 recursos)

O Repositório Institucional da Universidade dos Açores desenvolvido no âmbito do projecto RCAAP.

Departamento de Sociologia

Mostrando recursos 1 - 20 de 147

  1. Jovens açorianos e a recente crise económica: (e)migrar é solução?

    Rocha, Gilberta Pavão Nunes; Mendes, Derrick
    Desde os finais do século XIX que a emigração açoriana teve como principal destino o continente norte-americano: os EUA e a partir dos anos 50 do século XX também o Canadá. Foi uma emigração não qualificada, como acontecia com a generalidade da população então residente no arquipélago, que serviu os interesses destes países no seu processo de desenvolvimento industrial e conduziu a uma diminuição e envelhecimento prematuro da população das ilhas açorianas, de forma mais acentuada nos anos 60 e 70 da centúria passada. As enormes transformações ocorridas não só nos países de destino, mas também na região de origem,...

  2. Jovens e emprego : tipologia de inserções profissionais

    Palos, Ana Cristina; Diogo, Fernando; Silva, Osvaldo
    As transformações económicas das últimas décadas têm produzido fortes impactos na situação social dos jovens. Neste capítulo caraterizamos os percursos profissionais de jovens açorianos (n=432) procurando aferir o grau de precariedade presente nesses percursos mediante a caraterização das condições em que os jovens exercem as suas atividades profissionais, designadamente, vínculos contratuais, oportunidades de promoção profissional, rendimento auferido e horário de trabalho. Mediante o cruzamento destas variáveis com as caraterísticas sociográficas dos inquiridos, apresentamos uma tipologia das inserções profissionais que enunciam diferentes configurações da precariedade laboral. As clivagens que o género, a idade e as qualificações académicas introduzem nestes processos comprovam...

  3. Relações interpessoais entre Jovens. Que exemplo oferecem os media?

    Tavares, Marta; Cabral, Filipa; Caldeira, Suzana Nunes; Silva, Osvaldo
    Neste trabalho apresentam-se resultados sobre modos de relação entre jovens e interpretam-se os mesmos à luz do que a literatura da especialidade sugere em termos da influência das mensagens veiculadas pelos Media na atualidade. Enquanto alguns autores defendem que os Media aproximam os jovens, fazendo despertar perceções e situações vividas no quotidiano, outros referem que os Media contribuem nefastamente para as relações entre jovens, despoletando situações conflituosas e de cariz violento, conduzindo a uma banalização e normalização da violência. O estudo foi realizado tendo por base 455 alunos das escolas da ilha de São Miguel, de ambos os sexos, do...

  4. A relação entre os jovens e a rede social Facebook

    Rocha, Carla; Ponte, Solange; Caldeira, Suzana Nunes
    Este capítulo apresenta resultados de um trabalho com população juvenil que envolveu a construção coletiva de duas páginas de facebook. A criação destas páginas teve como objetivo propiciar o sentimento de pertença ao grupo, facilitar a comunicação regular entre os membros do grupo e estimular a participação cívica, a partir da partilha experiências e discussão de assuntos atuais. O grupo de jovens insere-se num Projeto de Promoção e Desenvolvimento de Competências para a Vida.

  5. Desemprego e inatividade juvenil

    Palos, Ana Cristina Pires; Diogo, Fernando; Silva, Osvaldo
    Um dos impactos estruturais mais profundos resultantes da crise económica atual é o desemprego, em geral, e o juvenil, em particular. As dificuldades de inserção dos jovens no mercado de trabalho são de tal forma significativas, em especial a partir de 2008, que poderemos estar a assistir a uma alteração do perfil-tipo dos desempregados de longa duração que, nos anos 80 do século XX, apontava para desempregados mais idosos e pouco escolarizados. No presente capítulo pretendemos identificar, nas trajetórias profissionais dos jovens, os períodos de desemprego e a sua duração, bem como caraterizar as redes de suporte com que podem...

  6. Percursos profissionais dos jovens

    Palos, Ana Cristina Pires; Silva, Osvaldo; Diogo, Fernando
    As complexas transformações que, ao longo das últimas décadas, têm atravessado os mercados de emprego produziram importantes impactos nas relações da juventude com o trabalho. Nas sociedades atuais, e particularmente no contexto europeu, esta relação parece balizada pela incerteza e pela reversibilidade dos processos de inserção profissional e de autonomização e emancipação familiar. Neste capítulo procedemos à reconstrução das trajetórias de emprego de jovens açorianos, entre os 15 e os 34 anos, que se encontram em diferentes momentos das suas trajetórias profissionais. Como se caraterizam estas trajetórias e os percursos profissionais destes jovens? Os dados analisados comprovam que a relação...

  7. Juventude açoriana e o mundo do trabalho

    Diogo, Fernando; Palos, Ana Cristina Pires; Diogo, Ana Matias; Tomás, Licínio Manuel Vicente; Silva, Osvaldo
    Este livro resulta de um estudo onde se procura compreender o modo como se processa a relação com o mundo do trabalho dos jovens açorianos. Em particular, são destacados a transição escola-trabalho, os diversos tipos de de relação com o emprego e desemprego (em termos de trajetória), a relação com a escolaridade e a formação profissional, bem como as atitudes e aspirações face ao trabalho e ao emprego. Se, em geral, a relação com o mundo do trabalho é uma componente fundamental da vida dos indivíduos, da sua identidade social e da sua posição social, no caso dos jovens apresenta...

  8. Juventude(s) : pensar e agir

    Rocha, Gilberta Pavão Nunes, Org.; Lalanda-Gonçalves, Rolando, Org.; Medeiros, Pilar Damião, Org.
    A juventude é um excitante poderosíssimo do imaginário ocidental, tão mais mobilizado quanto envelhecidas demograficamente se encontram as sociedades, como um capital que encontra na escassez as condições da sua intrínseca valorização. Por isso, importa cada vez mais superar a abordagem «espontânea» da juventude como problema social e construir histórica e sociologicamente o objeto juventude, através da multiplicação de estudos empíricos que desmontam o mito, contribuindo, por sucessivas e cumula¬tivas aproximações, para o conhecimento da multidimensionalidade desta categoria que é também uma heurística que perscruta a materialidade de um conjunto de práticas que reivindicam os seus sujeitos e as suas...

  9. A magia social do espectáculo político

    Borralho, Álvaro
    VI Encontro de Sociologia dos Açores, "Poderes, mobilidades e comunicação", Universidade dos Açores, 27 e 28 Novembro 2006.

  10. Os açorianos deportados pelos Estados Unidos da América : poder político e representações sociais

    Borralho, Álvaro
    Seminario "Emigración e exilio nos EUA: Experiencias de Galicia e Azores", Illa de San Simón, 18 e 19 de outubro de 2012.

  11. Revolução e democracia : 40 anos após abril de 1974

    Borralho, Álvaro, Org.
    X Encontro de Sociologia dos Açores, "Revolução e democracia: 40 anos após Abril de 1974", Novembro de 2014.

  12. A sagrada aliança : Campo Religioso e Campo Político nos Açores, 1974-1996

    Borralho, Álvaro
    Neste livro, o autor pretende responder à questão que ele próprio coloca: «que tipo de relações se estabeleceram entre a Igreja e a política na sociedade açoriana depois da rutura política operada em abril de 1974?». Sabíamos, à partida, que a sociedade açoriana antes de abril de 1974 é dominantemente católica e com uma estrutura social marcada pelo predomínio da produção agrícola, em regime de pequena e média propriedade. Será que, neste aspeto, a situação é perfeitamente homóloga da que se registou em Portugal continental, particularmente no Norte do país e, mesmo, no arquipélago da Madeira? Sem dúvida que há...

  13. European refugee crisis : where do public intellectuals stand?

    Medeiros, Pilar Damião
    The European refugee crisis has become one of the most puzzling aspects of European society and politics. The continent’s worst humanitarian crisis since World War II has prompted a novel political and social labyrinth. As European leaders struggle to respond to the increasing number of refugees crossing their countries’ borders, divisions tend to become more visible in the public debate. This paper explores the different positions of European public intellectuals: from French intellectuals, such as Finkielkraut, Houellebecq and Onfray, who tend to show sympathy with right-wing Islamophobic populism, to Jürgen Habermas, Zygmunt Bauman, Slavoj Zizek, among others, who appeal to...

  14. Reflexões em torno da querela Peter Sloterdijk e Jurgen Habermas

    Medeiros, Pilar Damião
    Este trabalho pretende analisar a discussão pública entre dois intelectuais alemães: Peter Sloterdijk e Jurge Habermas que, através de cartas públicas na imprensa Alemã, apresentaram teses diametralmente opostas sobre a eugenia e o futuro do humanismo. Os ecos da controvérsia surgem após o escândalo lançado por P. Sloterdijk na conferência dedicada a Heidegger e Lévinas em Julho de 1999 no Castelo de Elmau.

  15. Reflexões em torno da querela Peter Sloterdijk e Jurgen Habermas

    Medeiros, Pilar Damião
    Este trabalho pretende analisar a discussão pública entre dois intelectuais alemães: Peter Sloterdijk e Jurge Habermas que, através de cartas públicas na imprensa Alemã, apresentaram teses diametralmente opostas sobre a eugenia e o futuro do humanismo. Os ecos da controvérsia surgem após o escândalo lançado por P. Sloterdijk na conferência dedicada a Heidegger e Lévinas em Julho de 1999 no Castelo de Elmau.

  16. Cultural imaginaries and the dialectics of modern public sphere(s)

    Medeiros, Pilar Damião
    This paper was presented in the ESA Research Network Sociology of Culture Conference (Milan, Italy 7-9 October, 2010.) This chapter is part of a research project entitled "Visions and Possibilities of a Global Citizenship in the 21st Century‟.

  17. Cultural imaginaries and the dialectics of modern public sphere(s)

    Medeiros, Pilar Damião
    This paper was presented in the ESA Research Network Sociology of Culture Conference (Milan, Italy 7-9 October, 2010.) This chapter is part of a research project entitled "Visions and Possibilities of a Global Citizenship in the 21st Century‟.

  18. The social ethics of modern aesthetics

    Medeiros, Pilar Damião
    The rapid emergence of the economic, political and cultural global paradigms has prompted new and remarkable contours in the intellectual sphere, particularly in the literary realm. In order to understand these symptomatic changes in both the individual and collective 'sociocultural imaginary', it is vital to decipher and decode the various messages conjured up in the 'polyphony of critical voices'. This chapter examines the effects and implications of globalisation in modern contemporary literature and explores the various forms of criticism implied in different literary texts as a way of social, political and aesthetic resistance towards the subtle rational-instrumental techniques of 'mass...

  19. The social ethics of modern aesthetics

    Medeiros, Pilar Damião
    The rapid emergence of the economic, political and cultural global paradigms has prompted new and remarkable contours in the intellectual sphere, particularly in the literary realm. In order to understand these symptomatic changes in both the individual and collective 'sociocultural imaginary', it is vital to decipher and decode the various messages conjured up in the 'polyphony of critical voices'. This chapter examines the effects and implications of globalisation in modern contemporary literature and explores the various forms of criticism implied in different literary texts as a way of social, political and aesthetic resistance towards the subtle rational-instrumental techniques of 'mass...

  20. O intelectual engagé dos movimentos sociais

    Medeiros, Pilar Damião
    Considerando tanto as continuidades e descontinuidades sócio-históricas, políticas e culturais, como também as constantes metamorfoses na esfera pública, este trabalho pretende uma análise comparativa entre o impacto multidimensional da crítica dos intelectuais dos anos 60 e 70 e a primeira década dos anos 2000. Irá, deste modo, averiguar se subsistem algumas nuances do engagement dos intelectuais dos movimentos sociais dos anos 60/70 no papel do intelectual hodierno face às crises emergentes de índole cultural, social, político-económica, que—embora motivadas por públicos, interesses e contextos diferentes—tendem a ter algumas características e contornos em comum. Este trabalho ambiciona perceber (1) se os intelectuais...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.