Mostrando recursos 1 - 17 de 17

  1. Garajaus, as andorinhas do mar

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  2. Painho-de-Monteiro : uma nova espécie de uma velha ave

    Neves, Verónica C.
    […]. O nome científico do Paínho-da-Madeira é “Oceanodroma castro” e o nome científico da nova espécie agora descrita é “Oceanodroma monteiroi” ou Paínho-de Montteiro. As designações vernacular – “de Monteiro” – e científica – “monteiroi” – perpetuarão assim a memória do investigador Luís Rocha Monteiro que tanto contribuiu para a descoberta e conservação desta espécie. […].

  3. Feliz aniversário, Darwin!

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  4. Ainda as cagarras

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  5. Ainda as cagarras

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  6. Açores : um viveiro para o garajau-rosado

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  7. Açores : um viveiro para o garajau-rosado

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  8. De volta a terra

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  9. De volta a terra

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  10. Garajau-comum, Sterna hirundo

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  11. Garajau-comum, Sterna hirundo

    Neves, Verónica C.
    info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  12. O Ilhéu da Vila e os Garajaus

    Neves, Verónica C.
    Os garajaus são aves marinhas muito elegantes e acrobáticas; pertencem à ordem charadriiformes, uma ordem muito diversa que inclui cerca de 350 espécies de aves, e à família Sternidae. São para muitos açoreanos uma espécie de equivalente insular das andorinhas - um prenúncio da Primavera. Não só porque chegam aos Açores no final de Março, mas também pela sua silhueta de cauda bifurcada e pelos seus voos ágeis. […]

  13. O Ilhéu da Vila e os Garajaus

    Neves, Verónica C.
    Os garajaus são aves marinhas muito elegantes e acrobáticas; pertencem à ordem charadriiformes, uma ordem muito diversa que inclui cerca de 350 espécies de aves, e à família Sternidae. São para muitos açoreanos uma espécie de equivalente insular das andorinhas - um prenúncio da Primavera. Não só porque chegam aos Açores no final de Março, mas também pela sua silhueta de cauda bifurcada e pelos seus voos ágeis. […]

  14. Pombo-torcaz dos Açores : Uma ave para gerir e conservar

    Fonseca, Amélia; Gonçalves, David; Fontaine, Rémi; Rodrigues, Tiago; Neves, Verónica C.
    O pombo-torcaz (Columba palumbus) é uma espécie do Paleártico, região que inclui a Europa, grande parte da Ásia, o norte de África e o norte e centro da Península Arábica. No entanto, a sua distribuição é predominantemente europeia. Nidifica no arquipélago dos Açores, mas não no da Madeira, onde eventualmente se terá extinguido. O ornitólogo alemão Ernst Hartert (1859-1933) concluiu […]

  15. Pombo-torcaz dos Açores : Uma ave para gerir e conservar

    Fonseca, Amélia; Gonçalves, David; Fontaine, Rémi; Rodrigues, Tiago; Neves, Verónica C.
    O pombo-torcaz (Columba palumbus) é uma espécie do Paleártico, região que inclui a Europa, grande parte da Ásia, o norte de África e o norte e centro da Península Arábica. No entanto, a sua distribuição é predominantemente europeia. Nidifica no arquipélago dos Açores, mas não no da Madeira, onde eventualmente se terá extinguido. O ornitólogo alemão Ernst Hartert (1859-1933) concluiu […]

  16. Frulho : ecologia alimentar e distribuição no mar de uma ave marinha pouco conhecida

    Neves, Verónica C.; Bried, Joël
    O Frulho (Puffinus baroli) pertence à ordem dos procellariiformes (albatrozes, cagarras, painhos, etc.) e é uma das mais pequenas das pardelas que nidificam nos Açores com um peso médio de 180g e uma envergadura de cerca de 65cm. As nossas ilhas constituem o limite norte de distribuição desta espécie, que também nidifica nas ilhas Selvagens e Desertas, bem como nas Canárias. Nos Açores, […]

  17. Frulho : ecologia alimentar e distribuição no mar de uma ave marinha pouco conhecida

    Neves, Verónica C.; Bried, Joël
    O Frulho (Puffinus baroli) pertence à ordem dos procellariiformes (albatrozes, cagarras, painhos, etc.) e é uma das mais pequenas das pardelas que nidificam nos Açores com um peso médio de 180g e uma envergadura de cerca de 65cm. As nossas ilhas constituem o limite norte de distribuição desta espécie, que também nidifica nas ilhas Selvagens e Desertas, bem como nas Canárias. Nos Açores, […]

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.