Thursday, August 28, 2014

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (12) Matemáticas

Mostrando recursos 101 - 120 de 31,915

101. Noções básicas de engenharia econômica : aplicações ao setor elétrico - Camargo, Ivan Marques de Toledo
O objetivo deste livro de Engenharia Econômica é introduzir os conceitos de valor temporal do dinheiro e, baseado nestes conceitos, analisar alternativas de investimentos. Para se incorporar o conceito de valor temporal do dinheiro em uma, ou várias alternativas de investimento, é fundamental conhecer os princípios de matemática financeira. Estes princípios são extremamente simples. A grande dificuldade da engenharia econômica está na formulação correta e lógica das diversas alternativas (tecnicamente viáveis) de solução de um determinado problema. Este livro, então, além de apresentar os conceitos de matemática financeira, pretende formular um grande número de problemas, preferencialmente relacionados com o setor elétrico, e propor uma...

102. 1308-14 Matemática - Función exponencial y funcion logaritmica - Martínez, María del Luján; Nápoli, Carla; Osés, Jorgelina
Material de estudio para alumnos de 3º año, Área Matemática.

103. 1307-14 Matemática - Función Cuadrática - Martínez, María del Luján; Nápoli, Carla; Osés, Jorgelina
Material de estudio para alumnos de 3º año, Área Matemática.

104. Los ePortfolios como estrategia de aprendizaje de la Estadística: una experiencia - Dieser, María Paula
En los últimos años, los estudios sobre el portfolio como estrategia de aprendizaje y sistema de evaluación se han extendido ampliamente. Sin embargo, aún son pocos los docentes que lo implementan en sus clases. En este trabajo se relata la experiencia de incorporación del uso de ePortfolios sobre la plataforma Mahara en cursos de Estadística para estudiantes de matemática de la Facultad de Ciencias Exactas y Naturales (UNLPam). El portfolio que se presenta, de carácter individual, pone su énfasis en el seguimiento de los trabajos de los estudiantes basándose en el progreso continuado de los aprendizajes y competencias estadísticos. El avance en...

105. Incorporación de software educativo al aula - Caraballo, Horacio; González, Cecilia Zulema
El propósito de este trabajo es presentar el desarrollo de una investigación que trata sobre la incorporación de software educativo a las aulas de matemática. Para lograr este cometido se presenta un marco teórico basado en objetos de enseñanza y en el paradigma de la investigación-acción, esto permite generar una estructura colaborativa local en la que los docentes de una determinada institución generan y comparten sus prácticas. La metodología consiste en llevar al aula situaciones didácticas en las que se utiliza el software, no para sustituir un método didáctico por otro sino para ampliar el espectro de competencias puestas en...

106. Implementación de un repositorio de laboratorios virtuales para la enseñanza de las ciencias - Escudero, Silvia Susana; Peri, Jorge Alberto; Marazzo, José Luis
Las investigaciones sobre la didáctica de las ciencias muestran el desinterés y las actitudes negativas de los estudiantes hacia el estudio de las mismas, con el uso de las computadoras e Internet aparecen nuevas formas de enseñanza de las ciencias permitiendo un acercamiento de los alumnos. Las TICs ofrecen una gran variedad de presentaciones multimediales, una de ellas son los laboratorios virtuales, simuladores interactivos de laboratorios reales donde los alumnos, mediante tecnología web, reciben información y realizan actividades interactivas de Física, Química, Matemáticas y Cs. Naturales en general. Se muestra una propuesta de implementación de un repositorio de en línea de...

107. Programa Escola Ativa, escolas multisseriadas do campo e educação matemática - Knijnik, Gelsa; Wanderer, Fernanda
O artigo discute o Programa Escola Ativa (PEA), uma política pública de âmbito federal endereçada às escolas multisseriadas do campo, enfocando a área da matemática. O referencial teórico do estudo consiste em uma perspectiva etnomatemática concebida na interlocução com ideias da obra de maturidade de Wittgenstein e de Foucault. Deste, a principal noção utilizada é a de governamentalidade. O material de pesquisa abrange os documentos disponibilizados pelo PEA e questionários respondidos por professores responsáveis pelos cursos de formação no Estado do Rio Grande do Sul. Sua análise mostrou que há um tensionamento entre as orientações pedagógicas oferecidas aos professores e...

108. Planificación Colaborativa para Redes de Suministro-Distribución (RdS/D) mediante programación matemática en entornos distribuidos. - Alemany Díaz, Maria del Mar Eva; Pérez Perales, David; Alarcón Valero, Faustino; Bozá García, Andrés

109. Estrategias didácticas mediadas por tecnologías para el aprendizaje complejo de conceptos asociados a la dinámica lineal en carreras de Ingeniería - Totter, Eduardo; Raichman, Silvia; Mirasso, Aníbal; Tinelli, Francisco; López, Emiliano
En este trabajo se presenta una descripción de las estrategias didácticas que implican la utilización de una serie de dispositivos dinámicos orientados a la experimentación en el aula de trabajo, específicamente diseñados para la presente propuesta, tendientes a promover el aprendizaje complejo de contenidos asociados al estudio y resolución de sistemas dinámicos lineales, en el marco de la asignatura Matemática Avanzada de la carrera de Ingeniería en Mecatrónica que se dicta en la Facultad de Ingeniería de la Universidad Nacional de Cuyo. Se incluyen aspectos inherentes a las características principales de los dispositivos y a la forma en que los...

110. Winstat: uma biblioteca de classes para uso em programas de estatística e matemática com interface de utilização - Gonsales, Alex D.; V. Júnior, José C.; Conceição, Adriano R.; Silva, João G.C. da; S. Júnior, Paulo; Machado, Amauri de A.

111. Experiências de aprendizagem em matemática: refletir não é apenas descrever - Martins, Cristina; Pires, Manuel Vara
De acordo com o Decreto-Lei n.º 43/2007, nos mestrados profissionalizantes para o ensino, a Prática de Ensino Supervisionada, correspondente ao estágio de natureza profissional, é objeto de um relatório final. Na Escola Superior de Educação de Bragança, este relatório deve apresentar experiências de ensino e aprendizagem abrangendo os vários níveis de educação ou ciclos de ensino e disciplinas do domínio de habilitação, e reflexão crítica sobre as mesmas. Na formação de professores é importante valorizar a reflexão, interessando quer a consideração do seu conteúdo quer a respetiva profundidade. O conteúdo da reflexão incide, frequentemente, na identificação do que foi observado e...

112. Metas curriculares da Matemática: porquê? Para quê? Como? - Pires, Manuel Vara
O documento Metas curriculares do ensino básico – Matemática (Bivar, Grosso, Oliveira & Timóteo, 2012) descreve “o conjunto das metas curriculares da disciplina de Matemática que os alunos devem atingir durante o Ensino Básico, tendo-se privilegiado os elementos essenciais que constam do Programa em vigor”. Muitas questões e dúvidas podem ser colocadas sobre a integração deste documento nas salas de aula. Por exemplo: Quais são os seus objetivos e intenções? Como convive e se articula com o Programa de Matemática do Ensino Básico? Complementa-o ou desvaloriza-o? Que importância atribui aos temas matemáticos e às capacidades transversais? Como relaciona uns e...

113. E vai um, porquê?!: trabalhando os algoritmos das operações - Pires, Manuel Vara; Cristina, Martins
Como formadores de professores é frequente ouvirmos os nossos alunos, futuros professores, dizer: “Eu aprendi a fazer a subtração com o vai um” e, de seguida, interessados em como abordar este assunto na sala de aula, questionar: “E vai um, porquê?!”. Esta questão vai ao encontro de um dos objetivos gerais da Matemática traçados para o ensino básico, que prevê que os alunos devem desenvolver uma compreensão da Matemática, percebendo, por exemplo, a razão de ser dos algoritmos e procedimentos de rotina. Conforme é adiantado no Programa de Matemática, a aprendizagem dos algoritmos com compreensão, valorizando o sentido de número, deverá...

114. Programa de formação contínua em Matemática: visão “à distância” de formadores e formandos - Martins, Cristina; Pires, Manuel Vara
O desenvolvimento profissional do professor é inquestionável. O professor precisa de atualizar, ampliar e aprofundar conhecimentos e competências que o ajudem a enfrentar as necessidades da sua vida profissional, quer em relação à disciplina que leciona, quer em relação ao currículo, à didática, aos alunos, ao contexto e a si mesmo. Embora a experiência seja um fator essencial para o desenvolvimento profissional, não é, por vezes, suficiente para encontrar soluções às situações decorrentes da prática. A promoção do desenvolvimento profissional apresenta uma infinidade de objetivos e toma diferentes formas, desde a reflexão pessoal, à luz das experiências em sala de...

115. Resolver tarefas matemáticas: como olhamos para as regularidades? - Pires, Manuel Vara
As tarefas matemáticas que propomos aos nossos alunos são fundamentais na criação de ambientes significativos de sala de aula e condicionam, decisivamente, as aprendizagens matemáticas. Nesta comunicação serão apresentadas e discutidas resoluções de tarefas de natureza aberta ou exploratória produzidas por alunos, realçando diferentes modos de olhar e compreender regularidades.

116. Realizando tarefas matemáticas, com música! - Martins, Cristina; Pires, Manuel Vara
O programa de matemática do ensino básico aponta para o estabelecimento de conexões dentro da matemática e entre esta disciplina e outros domínios, indicando que neste processo são fundamentais os momentos de reflexão, discussão e análise crítica envolvendo os alunos. Assim, a ideia desta sessão prática surge ligada à importância da realização de conexões entre diferentes áreas do saber. A música é a inspiração para a realização desta sessão prática. Partindo do título, da letra ou da própria música de canções pretendemos resolver problemas e investigações e realizar jogos no âmbito de vários domínios temáticos da matemática, que poderão ser propostos...

117. Trabalhar temas matemáticos do PMEB: o papel principal das tarefas - Pires, Manuel Vara; Martins, Cristina
É sabido que, por um lado, a seleção das tarefas a propor aos alunos é o aspeto central da planificação do processo de ensino e aprendizagem e, por outro lado, diferentes tarefas guiam os alunos a diferentes oportunidades de pensar e raciocinar matematicamente. Nesta comunicação pretendemos destacar a relevância que as tarefas assumem no trabalho matemático dos alunos e dos professores e abordar a sua importância no desenvolvimento dos temas matemáticos do programa, a partir da análise de propostas para os 1.º ou 2.º ciclos do ensino básico e, simultaneamente, da antecipação de possíveis processos de resolução a seguir pelos...

118. O trabalho de natureza investigativa na aula de matemática - Pires, Manuel Vara
Os documentos curriculares oficiais, acompanhando orientações de muitos estudos, sugerem o recurso a tarefas matemáticas de natureza diversa (exercícios, problemas, investigações, projectos, jogos...) de modo a proporcionar aos alunos diferentes modos de entender ou fazer Matemática. Por isso, ao longo de toda a escolaridade, os alunos deverão ter a possibilidade de resolver tarefas de natureza mais aberta e investigativa o que implica, por exemplo, explorar situações problemáticas, procurar regularidades, fazer e testar conjecturas ou formular generalizações. Esta comunicação centra-se no trabalho desenvolvido por uma professora (participante no Programa de Formação Contínua em Matemática) e pelos seus alunos de uma turma do...

119. Matemática em nível superior: pesquisa, ensino e avaliação. - Siota, Fabricia Ramos

120. Matemática em nível superior: pesquisa, ensino e avaliação. - Klug, Daniel; Siota, Fabrícia Ramos

Página de resultados:
 

Busque un recurso