Thursday, May 26, 2016

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (22) Física

Mostrando recursos 41 - 60 de 94,012

41. CARACTERIZAÇÃO TECNOLÓGICA DA ESCÓRIA Fe-Cr BAIXO CARBONO E RECUPERAÇÃO DA LIGA METÁLICA POR MESA CONCENTRADORA - Aline Maria dos Santos Teixeira; João Alves Sampaio; Luiz Carlos Bertolino; Eros Freire Cardoso; Lucas de Campos Paula Borges
A escória Fe-Cr baixo carbono, é um dos principais resíduos advindos do processo metalúrgico para obtenção de liga de Fe-Cr. Este resíduo não possui aplicação e encontra-se acumulado em pátios, conforme regulamentação de órgãos ambientais. Este trabalho teve por finalidade caracterizar, sob os aspectos químicos e físicos, a escória Fe-Cr baixo carbono, pertencente à Companhia de Ferro e Ligas da Bahia S/A, FERBASA. Também foram realizados ensaios de concentração gravítica com a finalidade de remover a liga de Fe-Cr ainda residual na escória. As amostras da escória, após as etapas de preparação, foram submetidas aos ensaios de classificação granulométrica, FRX,...

42. PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E IMPACTOS AMBIENTAIS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES - Silas Sarkiz da Silva Martins; Matheus Oliveira de Azevedo; Mikaias Pereira da Silva
O petróleo está a cada dia sendo mais explorado e tem sido um recurso energético gerador de divisas para a economia de países e nações, a exemplo do Brasil, mas, também, difusor de impactos ambientais negativos. As etapas que envolvem a produção de petróleo desde a perfuração de poços até o refino, direta ou indiretamente, têm causado alterações ao meio ambiente. O objetivo deste estudo foi o de compreender os principais impactos ambientais gerados pelas etapas de produção de petróleo, considerando estudos de impacto ambiental (EIAs) e seus respectivos relatórios de impacto ambiental (RIMAs). A avaliação dos impactos ambientais se...

43. ALTERAÇÃO DE UM LAYOUT FUNCIONAL PARA LAYOUT CELULAR MOTIVADO PELOS FUNDAMENTOS DA MANUFATURA ENXUTA: ESTUDO DE CASO EM UMA INDÚSTRIA DE TRANSFORMADORES - Felipe Crisóstomo Gadelha; Jéssyca Almeida Bessa; Lorena Braga Moura; Darlan Almeida Barroso; José Wally Mendonça Menezes; Auzuir Ripardo de Alexandria
O presente trabalho apresenta o estudo de uma alteração de layout, de funcional para celular, motivado pelos fundamentos da manufatura enxuta. Tendo como objetivo verificar os benefícios de se utilizar a manufatura celular com fluxo enxuto (contínuo), apresenta como metodologia um estudo de caso, pós-fato, em uma indústria de transformadores, onde a mudança foi realizada. Para fundamentar o estudo, apresenta revisão dos temas: Sistema de Manufatura Enxuta e layout industrial, para, em seguida, trazer os dados apresentados por esta indústria, ainda em um arranjo físico funcional, antes da alteração, e, em seguida, nas células de manufatura com um fluxo enxuto,...

44. EFEITO DO ESCALPE NO WORK INDEX DE BOND - Kelly Cristina Ferreira; Roberto Galery; Luiz Cláudio Monteiro Montenegro; Antônio Eduardo Clark Peres
O parâmetro mais amplamente utilizado no dimensionamento de moinhos é o WI de Bond. Contudo, dependendo das características físicas do minério nem sempre é possível determina-lo de forma adequada. Alguns minérios, ao serem preparados para o teste padrão de Bond, geram uma quantidade excessiva de finos, obtendo um valor de F80 muito pequeno. Este fato trará uma distorção para os valores encontrados de work index e resultará em uma situação não prevista pela norma para determinação do BWI. Este artigo discute o efeito do escalpe no valor encontrado para o work index e apresenta considerações sobre algumas situações não preditas...

45. USO DAS IDEIAS INICIAIS DOS ESTUDANTES: UMA EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE FÍSICA - Cassiana Barreto Hygino; Guilherme Rosa; Laís Callegario; Leandro Costa; Vanessa Alves; Marília Paixão Linhares
Este trabalho faz parte de uma proposta desenvolvida na formação inicial de professores de física com foco na evolução do conhecimento dos discentes sobre a atividade docente. Apresentamos a análise de uma atividade proposta na disciplina Estratégias para o Ensino de Física II, de um curso de Licenciatura em Física. A disciplina adota como caminho metodológico o método de estudos de caso, focalizando questões relevantes da prática docente. Analisamos, no presente artigo, o estudo de caso intitulado: “Ideias prévias no processo de aprendizagem de Física”, o qual teve como objetivo identificar as concepções dos futuros docentes sobre as formas de...

46. AS RELAÇÕES DE PODER EM ESTUDO OBSERVACIONAL - Rafael Fernandes de Mesquita; Sâmya Nagle de Oliveira Sousa; Fátima Regina Ney Matos
Este trabalho objetiva analisar como se desenvolvem as relações de poder no filme “Django Livre” (2013). Assim, atende-se a este objetivo a partir de um estudo observacional, de abordagem metodológica qualitativa, em linguagem fílmica com observador não participante, e caráter teórico-empírico. Toma-se por base, principalmente, a abordagem sobre poder de Weber (1991), Lukes (1980), Foucault (2012) e Hard e Clegg (2001), destacando que as relações sociais estão permeadas por lutas pelo poder, sobretudo a dominação tradicional, o cerceamento e a disciplina. O tema foi escolhido a partir do filme “Django Livre”, em que a escravatura é palco para o estudo...

47. TECNOLOGIAS E ENSINO DE ARTES VISUAIS – APONTAMENTOS INICIAIS DA PESQUISA - Maristani Polidori Zamperetti; Flávia Demke Rossi
A presença das novas tecnologias no ambiente escolar, especificamente no ensino de Artes Visuais do município de Pelotas, RS, é um dos diversos temas estudados em uma pesquisa qualitativa, que está sendo realizada por meio da análise de entrevistas com professores de Arte do mesmo município. Este artigo se constitui como um dos primeiros desdobramentos desta pesquisa e visa de forma sucinta levantar as questões referentes à tecnologia e as novas tecnologias na sociedade atual, enfocando o uso destas no ambiente educacional e no ensino de Artes Visuais. O uso das novas tecnologias da informação e comunicação constitui-se uma realidade...

48. IMPLANTAÇÃO DA LÓGICA TAMBOR-PULMÃO-CORDA EM UMA EMPRESA DA INDÚSTRIA MOVELEIRA - Juliane Luchese; Jéssica Mariella Bauer; Andrea Vargas; Gislaine Gabriele Saueressig; Mariane Cásseres de Souza; Miguel Afonso Sellitto
O objetivo deste artigo é analisar os impactos da implantação do TPC (Tambor-Pulmão-Corda), descrevendo as desvantagens observadas antes desta modificação, bem como os benefícios obtidos após as mudanças. O método de pesquisa foi o estudo de caso único, efetuado em uma empresa pertencente ao polo moveleiro de Bento Gonçalves localizado no Rio Grande do Sul. Entre os resultados obtidos com a pesquisa, evidenciaram-se os processos da empresa, o espaço físico, o transporte de peças entre setores e o sequenciamento da produção, prévios a aplicação da metodologia. Constatou-se que a implantação de um sistema TPC foi essencial para que a melhoria...

49. QUALIDADE DE ÁGUAS DE POÇOS DOS ASSENTAMENTOS DA CHAPADA DO APODI-RN PARA O USO NA AGRICULTURA - Herison Oliveira
A agricultura é a principal fonte de renda das comunidades rurais, principalmente dos assentamentos localizados no estado do Rio Grande do Norte, sendo necessária a utilização de águas que garantam o desenvolvimento adequado das culturas. O trabalho tem por objetivo analisar as águas de poços de assentamentos da Chapada do Apodi, classificando-as quanto ao seu uso na irrigação. Foram coletadas amostra de poços de 11 assentamentos para análises físico-químicas visando à classificação quanto aos critérios de qualidade de água segundo o UCCC e Richard. Observou-se que todos os poços apresentaram alguma restrição para o uso na irrigação sendo o poço...

50. QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DE ÁREA IRRIGADA DA COMUNIDADE DE PAU BRANCO EM MOSSORÓ (RN) - Nelson Silveira Vasconcelos; José Dantas Neto; José Francismar de Medeiros; Carlos José Gonçalves de Souza Lima
A irrigação de culturas agrícolas sem o controle de alguns parâmetros de qualidade, associada ao uso indiscriminado de fertilizantes artificiais, tende a aumentar a poluição das águas superficiais e subterrâneas. Desse modo, o presente trabalho objetivou avaliar os níveis de qualidade da água subterrânea de uma propriedade agrícola de produção de melão irrigado, situada na comunidade de Pau Branco, em Mossoró-RN. Para a efetivação deste estudo, foram coletadas amostras de água de 13 poços tubulares, perfurados em uma área localizada no domínio de calcário Jandaíra, realizadas durante o ano de 2012. As amostras de água coletadas foram submetidas a algumas...

51. BENEFICIAMENTO DO SAL: UMA VISÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS - Carlos Enrique Jeronimo; Igor R. A. Nogueira; Leonardo V. L. Mendonça; Nycollas R. L. P. Martins; Pamella C. C. Sá
O presente estudo buscou analisar todo o pro-cesso de beneficiamento do sal, que em todas as suas fases proporciona riscos ambientais aos colaboradores. Realizou-se um levantamento exploratório qualitativo que possibilitou descrever e analisar os riscos físicos a que estão submetidos os trabalhadores desse segmento industrial. Os dados foram coletados e analisados utili-zando-se como técnicas de trabalho em campo e de interpretação das informações coletadas, respectiva-mente, a observação e a análise preliminar de riscos. Dos resultados obtidos com o trabalho demonstrou-se a necessidade de adoção de medidas preventivas e corre-tivas, com o intuito de evitar acidentes, no processo de beneficiamento do...

52. Editorial - José Yvan Pereira Leite
Neste terceiro volume do ano 29, a HOLOS se apresenta com a recente publicação dos indicadores do Qualis da CAPES referente ao triênio 2010-2012, os quais mostram que o periódico avança significativamente, conforme quadro abaixo. Qualis CAPES Área B2 Interdisciplinar B2 Educação B2 Serviço Social B3 Administração, Ciências Contábeis e Turismo B3 Ciências Ambientais B4 Filosofia/Teologia: Subcomissão Filosofia B4 Geografia B4 Engenharias III B5 Ciências Agrárias I B5 Biodiversidade B5 Geociências B5 Educação Física B5 Artes/Música B5 Engenharias IV B5 Ensino B5 Sociologia B5 Engenharias I B5 Engenharias II C Biotecnologia C Ciência da Computação C Letras/Linguística C Ciência de Alimentos C Química C Astronomia/Física C Materiais C Zootecnia/Recursos Pesqueiros Este número apresenta à sociedade global dezoito artigos, sendo um em energia solar, quatro em gestão da inovação, dois em políticas públicas, dois em educação, quatro em ciências ambientais, três em ciências agrárias e um em geografia. O primeiro artigo, na área de energia solar, se...

53. ROCHAS ORNAMENTAIS SILICÁTICAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO - Felisbela Maria da Costa Oliveira; T. M. F. Kálix; M. L. S. C. Barros; Evenildo B. Melo; P. O. B. Morais
As rochas ornamentais são materiais que agregam valor através de padrão cromático, desenho, textura e granulação. Segundo Mendes e Paiva, Pernambuco está inserido na Província Borborema, de evolução marcada por grande mobilidade tectônica, com alternância de regimes compressivos e distensivos. Na região ocorreram 3 eventos tectônicos distintos, nos quais se registram jazidas de rochas não orientadas (granitóide) e movimentadas (ortognaisses e migmatitos). Dez litotipos foram catalogados: Red Brown, Samba Red, Salmão Lagoa, Rosa Imperial, Granito Frevo, rochas movimentadas, e Sunset Red, Vermelho Ventura, Vermelho Ipanema, Amarelo Ipanema, sendo o “Marrom Imperial” o que mais se destaca comercialmente, materiais isotrópicos. Os...

54. AUXÍLIO AO PROCESSO DE INCLUSÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL COMO CONDIÇÃO PARA UMA APRENDIZAGEM DE QUALIDADE - Wellington Cantanhede Santos; Regiana Sousa Silva
Esta pesquisa busca contribuir com a inclusão escolar de pessoas com deficiência visual, propondo mudanças no cotidiano da sala de aula, mediante a criação e produção de recursos de baixo custo que favoreçam a aprendizagem dos conhecimentos de Física do 2º ano do Ensino Médio. Discute a importância dos recursos na área de Física para alunos com deficiência visual e como contribuição principal, apresenta um conjunto de recursos elaborados e produzidos, com critério, mediante a contribuição e validação por parte de alunos com deficiência visual do 2º ano de Ensino Médio da Rede Estadual de Ensino, assistidos pelo Centro de...

55. TEMPO GEOLÓGICO, SOCIEDADE E ENSINO DE GEOGRAFIA FÍSICA - João Correia Saraiva Junior
Este artigo analisa a necessidade de valorização do tempo geológico no ensino de Geografia Física, frente à urgência no trato das questões ambientais, amplamente, discutidas no seio da sociedade. O sentido da abordagem da geocronologia não se restringe ao conhecimento geológico per si, mas em consonância com a compreensão dos eventos que marcam a Geografia dos lugares, com uma tentativa de aprofundamento teórico no ensino básico e superior. Este trabalho discute a noção de tempo geológico na Geografia, particularmente, pelo viés geomorfológico, biogeográfico e climatológico. O percurso metodológico é baseado em revisão da literatura e discussões realizadas com discentes e...

56. EFEITOS ANTROPICOS E SAZONAIS NA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO DO CARMO - Alriberto Gemano Silva; Luiz Di Souza
Mesmo estando um pouco distante dos grandes centros urbanos, o Rio do Carmo, localizado na região Oeste do estado do Rio Grande do Norte, sofre os impactos das ações humanas. Ao longo do seu curso são desenvolvidas diversas atividades como aqüicultura, salineira, petrolífera e agricultura, como o cultivo do melão, além da existência de algumas cidades e povoados. Diante do exposto, torna-se evidente a importância de investigar quais os impactos que estas fontes antrópicas geram na qualidade da água do Rio do Carmo. Este trabalho teve como objetivo investigar a influência antrópica nas propriedades físicas, químicas e microbiológicas (propriedades limnológicos)...

57. DIFERENTES MÉTODOS DE ABATE DO PESCADO PRODUZIDO EM AQUICULTURA, QUALIDADE DA CARNE E BEM ESTAR DO ANIMAL - Carlos Eduardo Campos Freire; Alex Augusto Gonçalves
O pescado constitui uma importante fonte de proteína animal para a população humana. Somada a essa importância, os alimentos oriundos do ambiente aquático, principalmente os peixes de origem marinha, apresentam propriedades e compostos que ajudam a prevenir determinados problemas de saúde. Além disso, a carne magra é recomendada para evitar problemas de saúde e aumentar a longevidade das pessoas. Um aspecto negativo do pescado consiste em sua elevada capacidade de deterioração por processos físicos, químicos e biológicos. Os métodos de abate, nesse sentido, tornam-se importantes fatores a serem considerados para uma melhor preservação das características do alimento, visto que, durante...

58. AVALIAÇÃO DE ESPÉCIES VEGETAIS NA FITORREMEDIAÇÃO DE SOLOS CONTAMINADOS POR METAIS PESADOS - Silvio Roberto de Lucena Tavares; Shirlei Aparecida de Oliveira; Carla Maciel Salgado
O presente trabalho teve por objetivo avaliar o comportamento de diferentes espécies vegetais cultivadas em solo contaminado por metais pesados. Para a realização do experimento em casa de vegetação coletou-se um solo que corresponde a um aterramento de Argissolo Vermelho-Amarelo proveniente de uma área industrial (resíduo de lodo galvânico) no estado do Rio de Janeiro. Esse solo teve suas propriedades químicas e físicas determinadas. Por um período de 50 dias foram cultivadas as espécies de algodão, milho, sorgo, girassol e mucuna nesse solo contaminado. Transcorrido o período de plantio, avaliou-se a produção de massa seca da parte aérea, colmo e...

59. USO DE DIFERENTES FONTES DE BIOMASSA VEGETAL PARA A PRODUCÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SÓLIDOS - Silvio Roberto de Lucena Tavares; Thaís Estevão dos Santos
Entre as várias fontes para produção de energia, a biomassa vegetal apresenta um grande potencial de crescimento nos próximos anos. O objetivo deste estudo foi a avaliação das propriedades físicas, químicas e energéticas de algumas biomassas agrícolas plantadas (capim elefante e capim vertiver); biomassa disponível em corpos hídricos superficiais (macrófita) e biomassas advindas de explorações florestais (carnaúba e palmeira real), para a produção de briquetes visando a utilização deste combustível sólido nas cerâmicas vermelhas estruturais na região do baixo-açu no Rio Grande do Norte. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado (DIC) com 3 repetições para cada espécie investigada., totalizando...

60. ANÁLISE DE PAISAGENS TURÍSTICAS DA PRAIA DE PONTA NEGRA (NATAL/RN) COM A UTILIZAÇÃO DE INDICADORES DE QUALIDADE VISUAL: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O TURISMO SUSTENTÁVEL - Ilton Araújo Soares; Carla Stefanea Cabral Medeiros; Antônio Sales Filho
As paisagens estão entre os principais responsáveis pela atratividade dos destinos turísticos, ao mesmo tempo em que, muitas vezes, são degradadas devido a práticas ambientalmente insustentáveis da atividade turística. Diante desse contexto, esse trabalho tem como objetivo investigar a qualidade visual das paisagens turísticas da Praia de Ponta Negra (Natal/RN) e contribuir para seu uso de forma sustentável. Para isso, utilizou-se como suporte teórico o método sistêmico e como metodologia um conjunto de indicadores de qualidade visual de paisagem. Constatou-se que além da duna do Morro do Careca, outros aspectos físicos contribuem para qualidade visual da paisagem de Ponta Negra,...

Página de resultados:
 

Busque un recurso