Saturday, August 2, 2014

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (23) Química

Mostrando recursos 201 - 220 de 41,956

201. Ex Química
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Sistema de drenagem e escadas

202. Ex Química
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Sistema de drenagem do prédio

203. Ex Química - Thiago Mourão
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Detalhe do ornamento, Estatuária

204. EX Química - Thiago Mourão
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Detalhe do ornamento estatuária

205. EX Química
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Fachada lateral e estacionamento, acesso passagem de carro

206. Ex Química - Thiago Mourão
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Detalhe do ornamento, Estatuária

207. EX Química - Tiago Mourão
Porto Alegre, UFRGS, Campus Centro Quarteirão 2 Fachada principal do prédio, entrada de acesso

208. Caracterização do leite utilizado para a produção de queijo artesanal serrano no município de Cambará do Sul. - Pereira, Bianca Pinto
O Queijo Artesanal Serrano (QAS) é um produto regional identificado com a história da região dos Campos de Cima da Serra, no Rio Grande do Sul. É produzido com leite oriundo da ordenha de vacas mestiças de raças de corte e, historicamente, uma importante fonte de alimentação e renda para os pecuaristas familiares que o produzem. Tendo em vista o fato de que o produto é artesanal e o que o leite utilizado não passa por nenhum processo térmico, é fundamental que o mesmo seja produzido com rigorosos critérios de higiene e sanidade do rebanho, a fim de seu consumo...

209. A contaminação de produções orgânicas pelas produções transgênicas nos casos dos produtores familiares agroecológicos da AOPA - Mori, Moira Correia
Resumo: O presente trabalho objetiva analisar o instituto da responsabilidade, quando 'tratado sob a óptica ambiental, identificando seu alcance e limitações no caso da contaminação genética das produções orgânicas. Parte-se, primeiramente da conceituação da Agroecologia, o chamado modelo alternativo, livre dos resquícios das tecnologias químicas e mecânicas da chamada "Revolução Verde". Produções estas que tratam a agricultura com diferente concepção da hegemônica produção agroalimentar, dotada de um grande número de aparatos tecnológicos que agride profundamente o meio ambiente e limita cada vez mais a questão da biodiversidade. Dentro deste modelo priorizam-se as mais diversas variáveis além da econômica e da...

210. Minerais amorfos de solos da Península Keller e Barton, Antártica Marítima - Poggere, Giovana Clarice
Resumo: O continente Antártico é um ambiente com características particulares e quanto a formação dos solos, o intemperismo físico predomina sobre o químicos sendo que muitos minerais formados apresentam baixa cristalinidade. Estes minerais possuem elevada área superficial específica com grande quantidade de grupos reativos de superfície e podem contribuir de forma efetiva no tamponamento de Al3+ no sistema. Quanto a caracterização, as técnicas normalmente empregadas nos estudos de mineralogia não se aplicam para estudos com minerais amorfos. Assim, o presente trabalho tem por objetivo estudar os minerais amorfos e o tamponamento de Al3+ em solos da Antártica Marítima, enfocando a...

211. Chemical and hydraulic behavior of a tropical soil compacted submitted to the flow of gasoline hydrocarbons - Farias, Wisley Moreira; Boaventura, Geraldo Resende; Martins, Éder de Souza; Cardoso, Fabrício Bueno da Fonseca; Carvalho, José Camapum de; Guimarães, Edi Mendes
Este capítulo avalia o comportamento de um solo tropical, e seu desempenho como barreira submetida à ação do fluxo de hidrocarbonetos da gasolina, pela interpretação do transporte de acordo com parâmetros físicos, químicos e aspectos micromorfológicos. Para isto a mineralogia foi caracterizada como também a influência da matéria orgânica (MO) considerando processos de adsorção dos hidrocarbonetos da gasolina e comportamento hidráulico em laboratório por meio da variação do gradiente hidráulico diante do fluxo da gasolina através de solo compactado. Dessa forma, este trabalho contribui para o entendimento da dinâmica do fluxo de compostos específicos: aromáticos, olefinas, hidrocarbonetos saturados e etanol,...

212. Título de la portada adicional: Organización y trabajos del Laboratorio Municipal de San Sebastián - Laboratorio Municipal de San Sebastián; Chicote, César; San Sebastián. Ayuntamiento
Precede al título: Ayuntamiento de San Sebastián

213. Aplicación de la imagen hiperespectral para la detección de contaminación microbiana en espinaca fresca envasada. - Aligbe, I.; Diezma Iglesias, Belen; Diaz Barcos, Virginia
La seguridad alimentaria de hortalizas de hoja puede verse comprometida por contaminaciones microbianas, lo que ha motivado la promoción mundial de normas de seguridad en la producción, el manejo poscosecha y el procesado. Sin embargo, en los últimos años las hortalizas han estado implicadas en brotes de Escherichia coli, Salmonella spp y Listeria monocytogenes, lo que obliga a plantear investigaciones que posibiliten la detección de contaminación por microorganismos con técnicas rápidas, no destructivas y precisas. La imagen hiperespectral integra espectroscopia e imagen para proporcionar información espectral y espacial de la distribución de los componentes químicos de una muestra. Los objetivos...

214. Tablets no ensino de química nas escolas brasileiras : investigação e avaliação de aplicativos - Nichele, Aline Grunewald; Schlemmer, Eliane
Tecnologias móveis e sem fio, como tablets e smartphones, estão em crescente disseminação na sociedade. Algumas razões para sua popularidade são a facilidade de utilização, as variadas funções desempenhadas por meio de aplicativos e a mobilidade. Alguns aplicativos para esses dispositivos móveis apresentam potencial para os processos de ensino e de aprendizagem de diversas áreas, característica que, aliada à mobilidade dos aprendizes, viabiliza a prática do mobile learning. Neste contexto, e especialmente vinculado à área de química, identificamos diversos aplicativos para tablets. Entretanto, quando um professor decide adotá-los é imprescindível que duas questões sejam respondidas: quais são os aplicativos disponíveis...

215. Análise da interação e participação em fóruns de discussão numa rede social - Monteiro, Vera Cristina; Pereira, Alda
Este texto dá conta da análise efectuada a fóruns de discussão entre alunos, professores e cientistas, no contexto de uma rede social dedicada à Física e Química. Estudámos o padrão de interacções e participação nas discussões em fóruns de três naturezas distintas: (1) avaliados pelo professor, (2) não avaliados, mas com temas relacionados com as matérias escolares e (3) temas não relacionados com as matérias escolares. Configuram-se padrões de interacção dirigidos pelo conteúdo e valorizam-se as conexões com especialistas no domínio de interesse. O sentido é o da cooperação e domina a agência individual; aspectos consonantes com uma dinâmica conectivista...

216. A internet no laboratório de química : inovação com recurso às tecnologias - Costa, Henriqueta Silva; Oliveira, Isolina
Na Estratégia de Lisboa, a União Europeia definiu alguns objectivos, entre eles a redução do abandono escolar precoce e o aumento do número de jovens de concluem o ensino secundário. De entre os vários objectivos estratégicos definidos, salientamos alguns que exigem dos professores necessárias mudanças de abordagem do ensino. O objectivo 1.3. refere a necessidade de assegurar o acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação a todos promovendo, no objectivo 1.5. a optimização da utilização dos recursos. Também o 2º objectivo estratégico da Estratégia de Lisboa aborda a inovação pretendendo, no seu ponto 2.1. a promoção de um ambiente de...

217. O impacto de ambientes online na perceção de competências de aprendizagem em alunos do ensino fundamental - Sol, Paulo; Moreira, J. António
Poderão os ambientes online favorecer as competências de aprendizagem, tal como os estudantes do ensino fundamental as percebem? Nos tempos atuais, em que às profundas transformações sociais, económicas e culturais se associa a evolução das tecnologias de informação e da comunicação deparamo-nos com a necessidade de reequacionar os processos de ensinoaprendizagem. Neste artigo analisamos o impacto de novos cenários pedagógicos online na perceção das competências de aprendizagem na disciplina de Físico-Química do ensino fundamental. Participaram na investigação 120 alunos, 60 do ensino público e 60 do ensino particular, do 9.º ano de escolaridade, de duas escolas do distrito de Aveiro- Portugal. No final...

218. Elaboração de materiais didáticos para atividades outdoor na área da química : um estudo de caso com alunos do ensino secundário - Bento, Cecília Maria de Almeida
Dissertação de Mestrado em Cidadania e Participação Ambiental apresentada à Universidade Aberta

219. Avaliação digital da aprendizagem : estudo de caso no contexto da unidade curricular "Seminário de Práticas em Ciências Físico-Químicas" - Fernandes, Teresa Paula da Silva
Dissertação de Mestrado em Pedagogia do E-Learning apresentada à Universidade Aberta

220. Emergência de comunidades de aprendizagem em contexto de educação em química mediada pela Internet: um estudo de caso no 3º Ciclo do Ensino Básico - Monteiro, Vera Cristina
Dissertação de Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia apresentada à Universidade Aberta

 

Busque un recurso