Mostrando recursos 201 - 220 de 2,801

  1. Tipo e freqüência de alterações dentárias e periodontais em cães na região de Jaboticabal, SP Type and frequency of dental diseases and disorders in dogs in the region of Jaboticabal, SP

    L.M. Domingues; A.C. Alessi; J.C. Canola; M. Semprini
    Realizou-se levantamento das alterações periodontais, dentárias e da oclusão dental espontâneas em 215 cães necropsiados ou que morreram por razões diversas, no Hospital Veterinário da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da UNESP, Jaboticabal. As alterações periodontais, identificadas por exame clínico, foram tabuladas considerando raça, dieta, faixa etária e sexo. Os índices gengival e de placa foram aplicados a todos os animais e análise radiográfica foi realizada quando necessária. O levantamento epidemiológico revelou elevada freqüência de alterações relacionadas à presença de placa bacteriana e de alterações gengivais. Observou-se também agravamento das alterações com o avançar da idade, evidenciado radiograficamente. Os...

  2. INFLUENCE OF Spodoptera frugiperda EGG DENSITIES ON THE BIOLOGICAL ASPECTS OF THREE Trichogramma SPECIES

    DIRCEU PRATISSOLI; ULYSSES RODRIGUES VIANNA; EDIVALDO FIALHO DOS REIS; GILBERTO SANTOS ANDRADE; ALEXANDRE FARIA DA SILVA
    The experiment was carried out at the Laboratory of Entomology of the Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES) in acclimatized chambers at 25 ± 1°C, 70 ± 10% UR and photophase of 14 hours. The objective was to evaluate biological aspects of Trichogramma pretiosum, Trichogramma maxacalii and Trichogramma acacioi in different densities of fall armyworm (FAW), Spodoptera frugiperda eggs. The egg densities were 1, 5, 10, 15, 20, 25 and 30 per female of Trichogramma. According to the results, the density of the host is the main factor of variation in the rate of parasitism,...

  3. Plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com culturas anuais Irrigated banana resistant to black Sigatoka, with annual intercrops

    Ildeu de Souza; Marlon Cristian Toledo Pereira; Regina Cássia Ferreira Ribeiro; Sílvia Nietsche; Victor Martins Maia; João Paulo Lemos
    Com o objetivo de avaliar o plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com cultura anuais, na região norte de Minas Gerais, um experimento foi instalado na Fazenda Experimental do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Estadual de Montes Claros, Câmpus de Janaúba-MG. O experimento foi conduzido no período de abril de 2006 a julho de 2007, delineado em blocos casualizados, segundo um esquema de parcelas subdivididas 3 x 5, tendo na parcela as três variedades de bananeiras: Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo, e na subparcela quatro culturas intercalares: Feijão-Pérola, Quiabo-Dardo, Melancia-Crimson-Sweet e Feijão-Caupi, e a testemunha (sem...

  4. Abelhas (Hymenoptera: Apoidea) visitantes das flores do feijão guandu no Recôncavo Baiano, Brasil Bees (Hymenoptera: Apoidea) on pigeonpea flowers in 'Recôncavo Baiano' region, Brazil

    Ruberval Leone Azevedo; Carlos Alfredo Lopes de Carvalho; Luzimario Lima Pereira; Andreia Santos do Nascimento
    O feijão guandu Cajanus cajan L. é uma cultura comum, encontrada com freqüência em todo o Brasil, principalmente em pequenas propriedades rurais. Este trabalho teve por objetivo obter informações sobre a diversidade de abelhas visitantes das flores do feijão guandu, gerando informações sobre a estrutura da comunidade de abelhas e a importância desta leguminosa como fonte de recursos tróficos. As coletas foram feitas semanalmente, entre maio e outubro de 2005, na área experimental de Entomologia do Centro de Ciências Agrárias da UFBA, localizada no município de Cruz das Almas, Bahia, no intervalo entre as 6:00 e as 18:00 horas. Um...

  5. Rendimento de coentro cultivado com doses crescentes de N

    Oliveira Ademar P. de; Paiva Sobrinho Severino de; Barbosa Johan K.A.; Ramalho Cícera I.; Oliveira Ana Lígia P.
    Avaliou-se o efeito de diferentes doses de N sobre o rendimento do coentro. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias da UFPB, em Areia, entre junho e agosto/2001. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com cinco tratamentos (0,0; 20; 40; 60 e 80 kg ha-1 de N), em quatro repetições. Utilizou-se a cultivar Verdão num espaçamento de 20 cm x 5,0 cm, em parcelas de 2,0 m². As avaliações foram feitas aos 50 dias após a semeadura. Os resultados indicaram que a altura das plantas aumentou linearmente com a elevação das doses de N. O emprego da...

  6. Rendimento de coentro cultivado com doses crescentes de N

    Oliveira Ademar P. de; Paiva Sobrinho Severino de; Barbosa Johan K.A.; Ramalho Cícera I.; Oliveira Ana Lígia P.
    Avaliou-se o efeito de diferentes doses de N sobre o rendimento do coentro. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias da UFPB, em Areia, entre junho e agosto/2001. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com cinco tratamentos (0,0; 20; 40; 60 e 80 kg ha-1 de N), em quatro repetições. Utilizou-se a cultivar Verdão num espaçamento de 20 cm x 5,0 cm, em parcelas de 2,0 m². As avaliações foram feitas aos 50 dias após a semeadura. Os resultados indicaram que a altura das plantas aumentou linearmente com a elevação das doses de N. O emprego da...

  7. Modern Science and practice of scientists: a study from the discourses and routines of the researchers of the Centre of Agricultural Sciences of the Federal University of Viçosa
    Ciência moderna e prática dos cientistas: um estudo a partir dos discursos e das rotinas dos pesquisadores do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa

    Fernanda Henrique Cupertino Alcantara; Yasmin Vieira Gonçalves; Ana Louise de Carvalho Fiúza; Tiago Nogueira Galinari

    Este estudo objetivou discutir o processo de assimilação da Ciência e seus produtos na vida social, a partir do advento da modernidade, e apresenta alguns dos discursos a respeito da sua função emancipadora e as posteriores reações críticas a estes discursos. Utiliza-se, como ilustração, uma análise aos discursos e às rotinas de pesquisadores dos programas de pós-graduação stricto sensu do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa (CCA/UFV). Para tal, como procedimento metodológico, além de profundo levantamento bibliográfico, foi entrevistada uma amostra representativa de 68 pesquisadores do CCA/UFV. Com base nas averiguações feitas, verificou-se que os conhecimentos científicos...

  8. Modern Science and practice of scientists: a study from the discourses and routines of the researchers of the Centre of Agricultural Sciences of the Federal University of Viçosa
    Ciência moderna e prática dos cientistas: um estudo a partir dos discursos e das rotinas dos pesquisadores do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa

    Fernanda Henrique Cupertino Alcantara; Yasmin Vieira Gonçalves; Ana Louise de Carvalho Fiúza; Tiago Nogueira Galinari

    Este estudo objetivou discutir o processo de assimilação da Ciência e seus produtos na vida social, a partir do advento da modernidade, e apresenta alguns dos discursos a respeito da sua função emancipadora e as posteriores reações críticas a estes discursos. Utiliza-se, como ilustração, uma análise aos discursos e às rotinas de pesquisadores dos programas de pós-graduação stricto sensu do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa (CCA/UFV). Para tal, como procedimento metodológico, além de profundo levantamento bibliográfico, foi entrevistada uma amostra representativa de 68 pesquisadores do CCA/UFV. Com base nas averiguações feitas, verificou-se que os conhecimentos científicos...

  9. Biologia floral de Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae) Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae) floral biology

    Mario Augusto Gonçalves Jardim; Cléo Gomes da Mota
    Neste artigo são apresentadas informações sobre a biologia floral de Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae), espécie florestal dióica de relevante importância econômica na região amazônica. O estudo foi realizado em uma área de várzea próximo à bacia do igarapé Murutucum, lado direito do rio Guamá, localizada no Campus da Faculdade de Ciências Agrárias do Pará, na cidade de Belém, Estado do Pará, no período de janeiro a dezembro de 2001. Avaliou-se a biologia floral desde o aparecimento dos botões florais até a senescência das flores estaminadas, bem como a formação de frutos nas flores pistiladas. Testes bioquímicos foram aplicados para...

  10. Biologia floral de Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae) Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae) floral biology

    Mario Augusto Gonçalves Jardim; Cléo Gomes da Mota
    Neste artigo são apresentadas informações sobre a biologia floral de Virola surinamensis (Rol.) Warb. (Myristicaceae), espécie florestal dióica de relevante importância econômica na região amazônica. O estudo foi realizado em uma área de várzea próximo à bacia do igarapé Murutucum, lado direito do rio Guamá, localizada no Campus da Faculdade de Ciências Agrárias do Pará, na cidade de Belém, Estado do Pará, no período de janeiro a dezembro de 2001. Avaliou-se a biologia floral desde o aparecimento dos botões florais até a senescência das flores estaminadas, bem como a formação de frutos nas flores pistiladas. Testes bioquímicos foram aplicados para...

  11. Germinação de sementes de Cereus jamacaru DC. em diferentes substratos e temperaturas - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i2.635 Germination of Cereus jamacaru DC. seeds under different substrates and temperatures - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i2.635

    Matheus Serrano de Medeiros; Joel Martins Braga Júnior; Edilma Pereira Gonçalves; Riselane de Lucena Alcântara Bruno; Edna Ursulino Alves; Roberta Sales Guedes
    O Cereus jamacaru DC., vulgarmente conhecido como mandacaru, tem utilização direta pelos seres humanos no tratamento de doenças e na alimentação; pode também ser fornecida aos animais como forragem e empregada na ornamentação. Sua propagação por sementes ainda não é conhecida. O experimento foi realizado no Laboratório de Análises de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da UFPB, com o objetivo de verificar os efeitos de diferentes temperaturas e substratos sobre a germinação e o vigor das sementes de C. jamacaru. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3, sendo três temperaturas (25, 30 e 20-30°C)...

  12. Germinação de sementes de Cereus jamacaru DC. em diferentes substratos e temperaturas - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i2.635 Germination of Cereus jamacaru DC. seeds under different substrates and temperatures - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i2.635

    Matheus Serrano de Medeiros; Joel Martins Braga Júnior; Edilma Pereira Gonçalves; Riselane de Lucena Alcântara Bruno; Edna Ursulino Alves; Roberta Sales Guedes
    O Cereus jamacaru DC., vulgarmente conhecido como mandacaru, tem utilização direta pelos seres humanos no tratamento de doenças e na alimentação; pode também ser fornecida aos animais como forragem e empregada na ornamentação. Sua propagação por sementes ainda não é conhecida. O experimento foi realizado no Laboratório de Análises de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da UFPB, com o objetivo de verificar os efeitos de diferentes temperaturas e substratos sobre a germinação e o vigor das sementes de C. jamacaru. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3, sendo três temperaturas (25, 30 e 20-30°C)...

  13. Estudo da utilização do efluente de biodigestor no cultivo hidropônico do meloeiro Utilization of biodigestor effluent in the hydroponic cultivation of melon

    Luiz V. E. Villela Junior; Jairo A. C. de Araújo; Thiago L. Factor
    Objetivando-se o aproveitamento do efluente de biodigestor no cultivo hidropônico do meloeiro, desenvolveu-se a presente pesquisa. O experimento foi conduzido no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da UNESP, campus de Jaboticabal, cultivando-se o meloeiro (Cucumis melo L. cv. Bonus nº 2). O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualisados, com 6 repetições, cujos tratamentos foram: 1) cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT ("nutrient film technique") com uso de solução nutritiva organo-mineral (biofertilizante com complementação mineral); 2) cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT, com uso de solução nutritiva 100% mineral; 3) cultivo hidropônico...

  14. Estudo da utilização do efluente de biodigestor no cultivo hidropônico do meloeiro Utilization of biodigestor effluent in the hydroponic cultivation of melon

    Luiz V. E. Villela Junior; Jairo A. C. de Araújo; Thiago L. Factor
    Objetivando-se o aproveitamento do efluente de biodigestor no cultivo hidropônico do meloeiro, desenvolveu-se a presente pesquisa. O experimento foi conduzido no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da UNESP, campus de Jaboticabal, cultivando-se o meloeiro (Cucumis melo L. cv. Bonus nº 2). O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualisados, com 6 repetições, cujos tratamentos foram: 1) cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT ("nutrient film technique") com uso de solução nutritiva organo-mineral (biofertilizante com complementação mineral); 2) cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT, com uso de solução nutritiva 100% mineral; 3) cultivo hidropônico...

  15. Hemi-ovariossalpingohisterectomia em pacas prenhes e posterior ocorrência de prenhez (Agouti paca, Linnaeus, 1766)

    Oliveira Fabrício Singaretti de; Toniollo Gilson Hélio; Machado Márcia Rita Fernandes; Paura Daniela
    Foi descrita a hemi-ovariossalpingohisterectomia em cinco pacas prenhes mantidas em cativeiro no Setor de Animais Silvestres da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV-UNESP) de Jaboticabal, São Paulo, Brasil, a fim de observar futura prenhez no corno restante. A tranqüilização foi obtida após aplicação de azaperone (4mg/kg) seguida da aplicação de sulfato de atropina (0,06mg/kg) e da associação de cloridrato de quetamina (20mg/kg) e cloridrato de xilazina (1,5mg/kg), ambos na mesma seringa, para indução da anestesia. A anestesia geral foi obtida mediante inalação de halotano por máscara. Por meio de laparotomia mediana, foram retirados o corno uterino prenhe, o ovário...

  16. Germinação de sementes de cubiu em diferentes substratos e temperaturas Germination of cubiu seeds under diferent substrates and temperatures

    José Carlos Lopes; Marcio Dias Pereira
    O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é uma solanácea arbustiva nativa da Amazônia, que apresenta potencialidades para a agroindústria devido à alta produção de frutos saudáveis, com elevada concentração de ácido cítrico. Objetivou-se neste estudo analisar o comportamento germinativo das sementes de cubiu sob regime de temperaturas e substratos diferentes. O trabalho foi realizado no Laboratório de Tecnologia e Análises de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES), Alegre-ES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, num esquema fatorial 6x6 (seis substratos e seis temperaturas) com quatro repetições. A comparação de médias foi feita...

  17. Germinação de sementes de cubiu em diferentes substratos e temperaturas Germination of cubiu seeds under diferent substrates and temperatures

    José Carlos Lopes; Marcio Dias Pereira
    O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é uma solanácea arbustiva nativa da Amazônia, que apresenta potencialidades para a agroindústria devido à alta produção de frutos saudáveis, com elevada concentração de ácido cítrico. Objetivou-se neste estudo analisar o comportamento germinativo das sementes de cubiu sob regime de temperaturas e substratos diferentes. O trabalho foi realizado no Laboratório de Tecnologia e Análises de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES), Alegre-ES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, num esquema fatorial 6x6 (seis substratos e seis temperaturas) com quatro repetições. A comparação de médias foi feita...

  18. EL PARADIGMA CIENTÍFICO DE LAS CIENCIAS AGRARIAS: UNA REFLEXION THE SCIENTIFIC PARADIGM OF AGRARIAN SCIENCES: A REFLECTION

    León Darío Vélez Vargas
    A partir de los retos que hoy propone la sociedad, la ciencia, la tecnología y los contextos regionales, nacionales e internacionales, en los que se desenvuelve la agricultura y la ruralidad, se plantea que los paradigmas que han sustentado las ciencias y profesiones agropecuarias, sus reglas y procedimientos, son insuficientes para enfrentarlos y resolverlos, integralmente. La evidencia empírica desborda los marcos teóricos y supuestos desde los cuales estos desafíos son analizados y se formulan las soluciones. Se propone que para enfrentar exitosamente los nuevos retos y contextos, se requiere de nuevos paradigmas que definan un conjunto nuclear de fundamentos científicos...

  19. EL PARADIGMA CIENTÍFICO DE LAS CIENCIAS AGRARIAS: UNA REFLEXION THE SCIENTIFIC PARADIGM OF AGRARIAN SCIENCES: A REFLECTION

    León Darío Vélez Vargas
    A partir de los retos que hoy propone la sociedad, la ciencia, la tecnología y los contextos regionales, nacionales e internacionales, en los que se desenvuelve la agricultura y la ruralidad, se plantea que los paradigmas que han sustentado las ciencias y profesiones agropecuarias, sus reglas y procedimientos, son insuficientes para enfrentarlos y resolverlos, integralmente. La evidencia empírica desborda los marcos teóricos y supuestos desde los cuales estos desafíos son analizados y se formulan las soluciones. Se propone que para enfrentar exitosamente los nuevos retos y contextos, se requiere de nuevos paradigmas que definan un conjunto nuclear de fundamentos científicos...

  20. CLONAGEM DO JAMBEIRO-ROSA (Syzygium malacensis) POR ESTAQUIA DE RAMOS ENFOLHADOS CLONING ROSE APPLE (Syzygium malacensis) BY CUTTING OF LEAVES BRANCHES

    ANTONIO BALDO GERALDO MARTINS; FABIANA ANDRÉIA GRACIANO; ANA VERUSKA CRUZ DA SILVA
    O jambeiro-rosa é uma fruteira exótica que representa uma alternativa aos fruticultores, devido às características organolépticas de seus frutos. Em virtude da segregação genética e ausência de sementes em vários clones, procurou-se, neste trabalho, estudar a propagação vegetativa, utilizando-se de estacas com folhas e a influência do tratamento com AIB. O trabalho foi realizado na Área experimental de fruticultura da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias -- UNESP, Câmpus de Jaboticabal, São Paulo, no período de outubro de 1998 a março de 1999, tendo como objetivo avaliar a capacidade de enraizamento de estacas com folhas apicais e subapicais de jambeiro-rosa...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.