Mostrando recursos 81 - 99 de 99

  1. O ensino das ciências sociais nas escolas médicas: revisão de experiências

    Nunes,Everardo Duarte; Hennington,Elida Azevedo; Barros,Nelson Filice de; Montagner,Miguel Ângelo
    O presente artigo descreve e analisa a literatura sobre o ensino das ciências sociais nas escolas médicas em diferentes países, durante o período de 1960 a 2000. A metodologia baseia-se na análise documental/bibliográfica de estudos já sistematizados sobre o tema e de levantamento realizado nos bancos de dados Lilacs, Medline e Sociological Abstracts. Com referência às experiências de 1980 a 2000, os dados levantados de 21 artigos assinalam: objetivos - acompanhar e atender às mudanças sociais, às ocorridas na prestação de serviços de saúde, às necessidades da população; técnicas de ensino - ênfase no processo de ensino-aprendizagem ativo, atividades em...

  2. Sementes contra a varíola: Joaquim Vás e a tradução científica das pevides de bananeira brava em Goa, Índia (1894-1930)

    Roque,Ricardo
    Em 1914, em Goa, antiga colônia portuguesa na Índia, o médico António Joaquim Vás anunciou a descoberta de um fabuloso tratamento contra a varíola: a aplicação clínica das pevides, ou sementes, de bananeira brava, medicamento de origem vegetal extraído das práticas médicas indianas. Este artigo investiga as circunstâncias do sucesso e insucesso dessa descoberta. A constituição das pevides de bananeira brava como medicamento contra a varíola, no início do século XX, é interpretada com base no conceito de tradução científica. Argumenta-se que a tradução das pevides - de atividade indígena a terapêutica científica - constitui um caso de criação de...

  3. Negócio, política, ciência e vice-versa: uma história institucional do jornalismo médico brasileiro entre 1827 e 1843

    Ferreira,Luiz Otávio
    Ao analisar o caso dos primeiros jornais médicos brasileiros - Propagador das Ciências Médicas (1827-1828); Semanário de Saúde Pública (1831-1833); Diário de Saúde (1835-1836); Revista Médica Fluminense (1835-1841); Revista Médica Brasileira (1841-1843) -, pretendemos demonstrar como o contexto sociocultural possibilitou o surgimento desse gênero de publicação no dinâmico e conturbado ambiente do Rio de Janeiro dos anos 1820 e 1830. Nosso argumento é o de que a trajetória inicial do jornalismo médico no Brasil teve como traço distintivo a simbiose entre negócio (interesses comerciais das casas editoras instaladas na Corte), política (conflitos relacionados a disputas pela hegemonia política, no contexto...

  4. Saber médico e ciências sociais no Brasil

    Silveira,Anny Jackeline Torres

  5. Ensinando ciências sociais em uma escola de medicina: a história de um curso (1965-90)

    Nunes,Everardo Duarte
    Este artigo analisa a história do curso de ciências sociais aplicadas à medicina ministrado na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), durante 25 anos (1965-90). Identifica as influências sobre o referido curso dos seminários internacionais que, na década de 1950, redefiniram os rumos da educação médica, assim como o papel da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e de instituições nacionais na problematização da saúde como questão social. A história do curso é dividida em três períodos: as primeiras experiências, de 1965 a 1969; rumo a um projeto social em saúde, na década de 1970 ; e...

  6. Positivismo e ciência médica no Rio Grande do Sul: a Faculdade de Medicina de Porto Alegre

    Weber,Beatriz Teixeira
    O texto procura analisar conflitos e interesses em um dos principais focos de ciência médica no Rio Grande do Sul, a Faculdade de Medicina de Porto Alegre, e os princípios positivistas de liberdade profissional adotados pelos governos gaúchos. Trata do significado e do impacto do surgimento de um campo próprio e exclusivo do saber, a partir do qual os médicos de formação acadêmica gaúchos puderam iniciar uma guerra de trincheiras pela afirmação da ciência em face da fé e da política, enfrentando o positivismo do partido que empolgou o poder no Estado em todo o período inicial da República. Essa...

  7. Indicações de cinecoronariografia na doença arterial coronária

    Solimene,Maria Cecilia; Ramires,José Antonio Franchini
    Na atualidade, o avanço da ciência médica e o aprimoramento das técnicas de revascularização miocárdica, tanto na área de cirurgia, como na intervenção percutânea, tornaram atrativa a opção inicial pelo tratamento invasivo de pacientes com doença arterial coronária. Desse modo, a cinecoronariografia tem sido cada vez mais indicada. Alguns conceitos têm sido revistos, especialmente em relação aos quadros isquêmicos agudos; o infarto do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST (antes denominado infarto não-Q) e a angina instável são considerados como "síndromes coronárias agudas instáveis" e a conduta para ambos é equivalente. Constituem indicações prioritárias para a cinecoronariografia: 1) os pacientes...

  8. Similia Similibus Curentur: notação histórica da medicina homeopática

    Corrêa,A.D.; Siqueira-Batista,R.; Quintas,L.E.M.
    A história da medicina homeopática foi discutida neste artigo, abordando-se as concepções de Hipócrates, Galeno, Paracelso e Hahnemann. Pretendemos dar uma idéia da evolução da ciência médica de um modo geral, incluindo, neste contexto, o surgimento gradativo das idéias que levaram Hahnemann a criar a homeopatia.

  9. Revistas brasileiras publicadoras de artigos científicos em cirurgia. II - Terminologia e atribuições adotadas pelos editores. Proposta de organograma do periódico e fluxograma do artigo

    Población,Dinah Aguiar; Goldenberg,Saul; Montero,Edna Frasson de Souza; Gomes,Paulo de Oliveira; Campanatti-Ostiz,Heliane; Moreira,Márcia Bento; Santos,Aparecida Cássia dos; Pellizzon,Rosely de Fátima
    OBJETIVO: Identificar a terminologia adotada pelo editor para designar os membros do corpo editorial e atribuições pertinentes aos componentes da equipe responsável pela política, administração e qualidade do conteúdo da revista. Propor organograma do periódico e fluxograma do artigo. MÉTODOS: Foram analisados fascículos mais recentes de periódicos selecionados, disponíveis no Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde e em várias bibliotecas médicas do Brasil, apresentados na primeira parte desta linha de pesquisa. Nesta amostragem identificou-se a terminologia e as atribuições adotadas pelos editores de cada revista para designar os responsáveis pela forma e conteúdo do periódico....

  10. ESTUDO COMPARATIVO DO USO DE OMENTO, TELAS DE NÁILON E VICRIL, NO TRATAMENTO DO TRAUMA RENAL EM CÃES

    Campione,Filippo; Mantovani,Mario
    O objetivo do presente trabalho foi a comparação da evolução imediata e tardia nos traumas renais produzidos em cães, usando-se para a sua reparação quatro métodos: apenas trauma renal (Grupo A), colocação de epíploon (Grupo B), uso de tela de náilon (Grupo C), uso de tela de vicril (Grupo D). Foram estudados 40 cães, divididos em 4 grupos de 10 cada, no biotério da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade São Francisco. Após a realização desta técnica, os cães do Grupo A e B morreram nas primeiras 42 horas, alguns do Grupo C morreram nos primeiros dias por complicações infecciosas;...

  11. Revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea com uso de shunt intracardíaco: 12 anos de experiência

    RIVETTI,Luiz Antônio; GANDRA,Sylvio M. A.; SILVA,Ana Maria R. Pinto e; CAMPAGNUCCI,Valquíria P.
    Os autores apresentam a experiência com a técnica desenvolvida em 1983, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, que consiste em substituir a circulação extracorpórea nas operações de revascularização do miocárdio, por uma derivação (shunt), introduzida na luz da coronária. Este shunt consiste em um pequeno tubo de silicone, flexível, transparente, com diâmetros variando de 1 a 3 mm, que permanece na luz do vaso durante a feitura da anastomose entre o enxerto e a coronária. Esta técnica oferece mais segurança ao paciente, por dispensar o uso da circulação extracorpórea e, conseqüentemente, os seus malefícios, além...

  12. Residência médica em pediatria: no campo de prática

    Villar,Maria Auxiliadora Monteiro; Cardoso,Maria Helena Cabral de Almeida
    O estudo objetivou identificar em que medida a especificidade do campo de prática do Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz, contribui para que os médicos residentes em pediatria desenvolvam seu raciocínio clínico, o feeling de gravidade e o domínio de técnicas diagnóstico-terapêuticas. Os dados foram coletados mediante entrevistas temáticas e analisados tendo por base o modelo indiciário. Os resultados apontam para a visão da medicina como ciência e como arte; para o encontro médico-paciente enquanto instância de legitimidade do saber médico; para o conteúdo específico do saber pediátrico como especialidade e para um postulado de gravidade que dificulta a construção...

  13. O itinerário rumo às medicinas alternativas: uma análise em representações sociais de profissionais da saúde

    Queiroz,Marcos S.
    Este artigo focaliza as representações sociais sobre o conceito de medicina alternativa de intelectuais, professores universitários da Faculdade de Ciências Médicas e profissionais da saúde (médicos e enfermeiros) na rede básica de serviços de saúde de Campinas. O artigo focaliza, também, a trajetória que levou esses profissionais a optar por uma perspectiva teórica e prática dissidente em relação ao paradigma científico positivista hegemônico. Os métodos de investigação utilizados foram principalmente aqueles produzidos pela tradição etnográfica e pela perspectiva fenomenológica. O artigo conclui, sustentando em termos teóricos, com a importância que essas dissidências apresentam para o desenvolvimento da ciência.

  14. Educação e serviços de saúde: avaliando a capacitação dos profissionais

    L'Abbate,Solange
    Análisa-se os resultados de pesquisa de acompanhamento e avaliação do Curso de Especialização em Saúde Pública realizado pelo Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, turmas de 1993 e 1995. A investigação foi realizada durante o curso e alguns meses depois do término do mesmo. Os alunos informaram suas atividades profissionais, as dificuldades e facilidades em desenvolvê-las e o compromisso com os serviços públicos de saúde nos quais trabalhavam; informaram também sobre suas expectativas em relação à especialização em saúde pública. Ao final das disciplinas, os alunos avaliaram a relevância dos conteúdos transmitidos, sua...

  15. Dilatação e Curetagem na Avaliação do Sangramento Uterino Anormal: Achados Histopatológicos e Relação Custo/Benefício

    Melki,Luiz Augusto Henrique; Oliveira,Marco Aurélio Pinho de; Tostes Filho,Waldyr; Assumpção,Augusta Maria B. de; Oliveira,Hildoberto Carneiro de
    Objetivo: avaliar criticamente os achados histopatológicos e a relação custo/benefício da dilatação e curetagem uterina (D&C) no rastreio do sangramento uterino anormal (SUA). Método: análise retrospectiva dos resultados histopatológicos de 542 D&C praticadas por SUA na Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCM-UERJ), de janeiro de 1984 a janeiro de 1994. As pacientes foram divididas em dois grupos: Grupo 1 - pacientes com idade igual ou inferior a 50 anos (n = 385) e Grupo 2 - pacientes com mais de 50 anos (n = 157). Foram excluídos desse estudo...

  16. Indicadores de Prognóstico em Câncer de Mama com Axila Negativa: Receptor de Estrógeno e Expressão de P53 e de c-erbB-2

    Bolaséll,Adriana Harter Teixeira; Zettler,Cláudio Galleano; Vinholes,Jeferson; Machado,Simone Márcia; Kliemann,Cláudia
    Objetivo: avaliar o valor prognóstico do receptor de estrógeno e da expressão das proteínas p53 e c-erbB-2 no câncer de mama com axila negativa. Métodos: foi realizado estudo imuno-histoquímico em material incluido em parafina, do arquivo do Instituto de Pesquisas Cito-Oncológicas (IPCO) da Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre (FFFCMPA), de 50 casos de câncer de mama sem comprometimento dos linfonodos axilares, em mulheres menopausadas, tratadas na Irmandade da Santa Casa de Porto Alegre (ISCMPA) e no Hospital Santa Rita de Porto Alegre (HSR) de janeiro 1990 a dezembro de 1994. Para análise estatística foram utilizados os...

  17. Tomografia computadorizada das patologias acometendo o compartimento iliopsoas

    Montandon,Cristiano; Maeda,Lucimara; Bianchessi,Susana Trigo; Turi,Fabiano; Torriani,Martin
    Este trabalho tem como objetivo revisar as patologias que acometem o compartimento iliopsoas. Foi realizada análise retrospectiva de casos com acometimento do compartimento iliopsoas avaliados por tomografia computadorizada (TC), no Departamento de Radiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, nos últimos dez anos, confirmados por biópsia cirúrgica ou percutânea. Os principais diagnósticos encontrados foram neoplasias, abscessos e hematomas. Os achados tomográficos baseiam-se na extensão do acometimento iliopsoas, no grau de atenuação, margens da lesão, presença de gás e/ou calcificações, destruição óssea, infiltração da gordura e acometimento de estruturas abdominais adjacentes. A TC é o método de...

  18. Caso 6/2003 - Homem de 54 anos, com insuficiência cardíaca progressiva e refratária, infarto do miocárdio, aterosclerose coronariana e ponte miocárdica (Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Campinas - UNICAMP)

    Bachur,Luís Felipe; Almeida,Eros Antonio de; Bittencourt,Luís Antônio K.; Figueiredo,Márcio Jansen O.; Nogueira,Eduardo Arantes

  19. Normatização do eletrorretinograma por reversão alternada de padrões em voluntários normais

    Torigoe,Andréa Mara Simões; Quagliato,Elizabeth M. A. B.; Torigoe,Marcelo; Carvalho,Keila Mirian Monteiro de
    OBJETIVO: Realizar a normatização do eletrorretinograma por reversão alternada em indivíduos oftalmologicamente normais e sem doenças neurológicas associadas, determinando a faixa de normalidade estratificada por sexo, faixa etária e estímulo utilizado. MÉTODOS: A padronização seguiu o modelo proposto pela Organização Internacional de Eletrorretinografia e a normatização foi específica para o laboratório de potenciais evocados do Departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas - Universidade Estadual de Campinas. Dois tipos de estímulos foram utilizados: o denominado estímulo 16, que proporciona ângulo visual de 60 minutos de arco e o de 32, que proporciona ângulo visual de 30. RESULTADOS: Em todos...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.