Tuesday, May 31, 2016

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (54) Geografía

Mostrando recursos 21 - 40 de 16,848

21. Editorial - André Luis Calado Araújo
Em sua segunda edição de 2007, a HOLOS apresenta nove contribuições inéditas, envolvendo a comunidades interna e externa. Três artigos são da área de educação, dois de geografia, um de construção civil, um de geologia e dois de engenharia elétrica.

22. Editorial - André Luis Calado Araújo
Na primeira edição de 2008 a Holos apresenta oito artigos inéditos que envolvem temas nas áreas de química, vigilância sanitária, tecnologias de realidade virtual, geografia-arquiterura e urbanismo, educação ambiental, tratamento de minérios e eletrônica. A partir desta edição a Holos também passa a publicar artigos em espanhol e inglês.

23. A PEGADA ECOLÓGICA DO CONSUMO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE CAICÓ/RN - Milenna Dantas Lacava de Almeida; Carlos Antonio Lira Felipe Neto; Leci Martins Reis; Valdenildo Pedro da Silva
A depleção dos recursos naturais acometidos pelas atividades antrópicas continuam ocorrendo de maneira desenfreada, por mais que as pesquisas e discussões sobre o tema sustentabilidade tenham, ao longo dos últimos anos, se popularizado. Mas, o homem ainda persiste em deixar suas pegadas. A Pegada Ecológica (PE), proposta por Ress e Wackernagel (1962) e, mais a frente, adaptada por Dias (2006) e Bellen (2008), surge como um instrumento de avaliação da sustentabilidade de um determinado local a partir dos cálculos de consumo de itens individualizados. A mudança dos padrões climáticos, a semi-aridez e as implicações decorrentes da agricultura familiar, são um...

24. DINAMIZAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NO ENSINO DE GEOGRAFIA - Rubens de Oliveira e Silva; Rodrigo Pereira Capistrano; Francisco Ednardo Gonçalves
Na atualidade, ainda notam-se muitas dificuldades em relação à forma como devem ser ministrados os conteúdos referentes às disciplinas integrantes do currículo escolar da Educação Básica. O ensino de Geografia para alunos do nível fundamental e médio, das instituições públicas e privadas, não se excetua dessas dificuldades. A partir dessa constatação, torna-se imperativa a necessidade de se intensificar pesquisas e estudos na área de ensino de Geografia, com o intuito de desenvolver alternativas que possam clarificar, para o corpo docente, os reais objetivos do ensino da disciplina em questão e os meios para atingir tais objetivos. Assim sendo, propõe-se no...

25. Editorial - André Luis Calado Araújo
O CEFET-RN apresenta a segunda edição da Holos de 2008. A revista se consolida com multidisciplinar com 8 artigos. Com esta edição completamos cinco anos no formato online e a décima quarta edição, mostrando que o periódico se consolida como alternativa à publicação de trabalhos científicos. O primeiro artigo intitulado “O façonismo no espaço urbano de Americana-SP”, discute o espaço urbano, a diversidade cultural e sua dinamicidade. O objetivo deste trabalho foi fazer uma análise da atividade façonista e sua repercussão na formação e crescimento urbano de Americana-SP. É uma contribuição externa do Programa de Pós-graduação da UNESP. O segundo trata das...

26. MAPA: REFLEXÕES SOBRE UM IMPORTANTE INSTRUMENTO PARA O ENSINO GEOGRÁFICO, SEGUINDO UMA PERSPECTIVA INCLUSIVA - DIEGO SALOMÃO C DE O SALVADOR
O mapa é um instrumento que representa de maneira codificada diversos espaços geográficos. A leitura e a compreensão desse instrumento são de suma importância para o desenvolvimento significativo do ensino geográfico. Um mapa construído de maneira acessível a todos representa um meio pelo qual o ensino geográfico pode se tornar motivante e eficaz para todos os alunos, tanto os com deficiências quanto os considerados “normais”. Dessa maneira, o estudo em tela traz reflexões sobre a importância desse instrumento para o desenvolvimento inclusivo do ensino de Geografia. Além dessas reflexões, são apresentados passos para a confecção de um mapa tátil do...

27. A EVASÃO NO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA OFERECIDO PELO CEFET-RN - Dante Henrique Moura; Meyrelândia dos Santos Silva
O presente artigo se insere no contexto de uma pesquisa mais ampla que está sendo desenvolvida no âmbito do Núcleo de Pesquisa em Educação – NUPED – do CEFET-RN. A mencionada pesquisa visa estudar a evasão nos cursos de licenciatura oferecidos pela Instituição a fim de detectar suas causas e propor soluções para minimizá-las. Entretanto, o presente artigo circunscreve-se à Licenciatura em Geografia e busca identificar e explicitar as principais razões que levaram vários estudantes do curso a abandonar sua trajetória acadêmica. Dados oficiais da Instituição revelam que da primeira turma que ingressou na Licenciatura em Geografia, apenas 9 estudantes...

28. DAS PERSPECTIVAS TÉCNICAS E SUPRA-ORGÂNICAS ÀS REPRESENTACIONAIS: BREVES REFLEXÕES SOBRE AS ABORDAGENS GEOGRÁFICAS ACERCA DA CULTURA - Diego Salamão C de O Salvador
Até meados do século XX, a cultura foi compreendida no âmbito dos estudos geográficos sob pontos de vista técnicos e supra-orgânicos. Devido a intensa modernização das técnicas humanas, as quais tornaram-se uniformes, as visões técnicas e supra-orgânicas da cultura tornaram-se, por volta da década de 1940, não pertinentes à realidade mundial. Em função disso, a partir da década de 1970, o entendimento da cultura no bojo da ciência geográfica passa por um processo de renovação. A cultura passa a ser compreendida sob a perspectiva das representações, dos significados e dos sentidos. Os espaços não são mais constituídos apenas por cores,...

29. Editorial - André Luis Calado Araújo; J Y P Leite
A Revista Holos - periódico científico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), apresenta 10 artigos em sua segunda edição de 2009. A inserção da Holos no Portal de Periódicos da CAPES na área multidisciplinar é um marco importante que merece ser registrado, demonstrando que o periódico amplia sua visibilidade e maturidade no mundo acadêmico. Nesse sentido, o primeiro artigo traz uma contribuição que trata da gestão nos Institutos Federais – o desafio do centenário da Rede Federal de Educação Tecnológica. O novo arranjo situacional caracteriza-se como próprio de uma estrutura em rede, para...

30. Experiências Cartográficas com Pessoas Idosas: Uma busca por Novos Olhares e Leituras Sociais - Francker Duarte de Castro; Francisca Márcia Fernandes Tavares; Gilnara Karla Nicolau da Silva
Este artigo tem por objetivo analisar o comportamento do idoso diante de práticas educativas. Para tanto, foram desenvolvidas estratégias e material didático tátil para ensinar Geografia a este grupo. A prática educativa foi realizada com um grupo de idosos do Programa Saúde e Cidadania na Melhor Idade, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnológica do Rio Grande do Norte, IFRN, com a finalidade de levar conhecimento geográfico a essas pessoas, por meio de instrumentos e estratégias pedagógicas, observando como esses superam as dificuldades físicas que aparecem com o passar dos anos. Para essa produção, recorreu-se à bibliografia e à...

31. Editorial - André Luis Calado Araújo; J Y P Leite
A Revista Holos - periódico científico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), publica a sua 17a edição eletrônica. No sexto ano desde a sua transformação em periódico eletrônico, esta terceira edição de 2009 traz 16 artigos atuais para o debate técnico-científico, abrangendo as áreas de meio ambiente, tecnologia mineral, energia eólica, geografia, turismo, educação e psicologia. As temáticas apresentadas demonstram o caráter multidisciplinar do periódico, que agora ganha espaço nesta área no portal de periódicos da CAPES. Na área ambiental, são apresentados quatro artigos. O primeiro aborda as emissões de poluentes pelo transporte...

32. Editorial - André Luis Calado Araújo
Em sua primeira edição de 2005 a HOLOS - on line apresenta treze artigos contemplando todas as áreas de atuação do CEFET-RN sendo seis artigos inéditos e sete artigos apresentados no II Congresso de Iniciação Científica do CEFET-RN (CONGIC). Entre os artigos inéditos são discutidos temas na área de educação tais como a transdisciplinaridade no ensino da disciplina de física, a formação de professores com vistas ao uso de tecnologias de informação e comunicação, e o papel da escola no processo de transformação social do cidadão. Um artigo apresenta alguns critérios de avaliação e sustentabilidade de políticas públicas desenvolvidas no...

33. AS CONTRIBUIÇÕES DE ROBERT BOYLE À QUÍMICA FACE A UMA VISÃO INTERDISCIPLINAR COM A GEOGRAFIA - L. I. Medeiros
No século XVII, o físico e químico irlandês, Robert Boyle, merece um papel de destaque na química pois ele auxiliou no desenvolvimento teórico desta ciência. Em 1660, ao publicar sua primeira obra científica não-aristotélica sobre a pressão atmosférica e o vácuo, baseado nos trabalhos de Galileu, Pascal e Torricelli, Boyle travou um conflito de idéias com o aristotélico Thomas Hobbes. Em 1662, em resposta aos ataques de Hobbes, Boyle publica um livro onde consta a lei da relação entre a pressão e o volume dos gases. Em 1670, através de uma experiência feita com um tubo de vidro em forma de J, ele...

34. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GEOGRAFIA: UMA EXPERIÊNCIA INTERDISCIPLINAR NO SERIDÓ POTIGUAR - Adriana Claudia Câmara da Silva; Afonso Frazão Barbosa Júnior; Ana Luiza Cerqueira Lopes; Leci Martins Menezes Reis; Valdenildo Pedro da Silva
Este trabalho é um relato de uma experiência do curso de atualização em educação ambiental e geografia do semi-árido para educadores da rede de ensino público dos municípios de Acari, Carnaúba dos Dantas e São José do Seridó, situados na região semi-árida do estado do Rio Grande do Norte. Essa problemática veio à tona por ocasião da pesquisa que fora realizada nas cidades do semi-árido norte-riograndense durante o ano de 2005 e recebeu o título de Educação Ambiental – o estudo do semi-árido na educação básica do Estado do Rio Grande do Norte. A preocupação esteve centrada basicamente na ausência...

35. Mudança de mapa, mudança de território na comunidade imaginada de João Rosa - Marli de Oliveira Fantini Scarpelli
Este trabalho pretende demonstrar que, na novela "Uma estória de amor", de João Guimarães Rosa, a geografia simbólica se desloca, provocando o esboroamento das noções holísticas de territoriedade. Ao encenar, na novela, uma travessia poética, João Rosa insere a paisagem cerrada do sertão no seu modelo de universo: um sertão multicultural, seu império suevo-latino. Na constelaridade vertiginosa da narrativa/festa/viagem, as estórias proliferam e se intercambiam umas às outras, nada deixando fixar. A comunidade imaginada do autor -a partir da negociação das diferenças -interrompe o continuum da cultura, inscreve-se numa cartografia imaginária, para inaugurar um novo território.

36. Pré-história de um conceito: o mito de Europa - Leonardo Francisco Soares
Este texto busca rastrear a origem da noção geográfica de Europa a partir de um olhar sobre o mito dentro da literatura antiga. Tal percurso salienta o caráter inventado, poroso e adaptável dessa noção “cartográfica”: o que se chama de Europa é menos um dado da natureza do que uma produção intelectual do homem, uma geografia imaginativa. Uma imagem acompanha este estudo, a de um touro branco que carrega em seu dorso, cercado pelas águas do oceano, agarrada aos seus cornos em forma de crescente, uma princesa chamada Europa.

37. Espaço, lugar, identidade: geografias raciais em Our Nig, de Harriet E. Wilson - Jose de Paiva dos Santos
Este ensaio examina Our Nig, publicado em 1859 e considerado o primeiro romance escrito por uma mulher afrodescendente nos Estados Unidos, como uma crítica ao racismo contra os negros residentes nos estados do Norte do país, região normalmente vista pelos negros sulistas como solidária à causa abolicionista. À luz de insights provenientes da antropologia cultural e da geografia social, o texto discutirá como Harriet E. Wilson representa a formação de espaços e lugares racializados, que acabam se tornando ferramentas de dominação e exploração da mão de obra negra. Através dos abusos à personagem central do romance, a mulata Frado, Wilson...

38. Las Palmas ciudad-puerto africana. Análisis geográfico sobre la identidad y funciones de Las Palmas de Gran Canaria como ciudad portuaria; evolución histórica y prospectiva - Sánchez de la O, Francisco José
Doctorado en la Insularidad: Sociedades y Cultura

39. Catalogación de la obra fotográfica de Pedro Ferrer. Propuesta de creación de un archivo virtual unificado - Baldani Cámara, María Ana
Pedro Ferrer (1870-1939) desarrolló una ingente labor como fotógrafo e impresor en España y en la Papelería de Ferrer, la que luego de varias décadas de funcionamiento en la Calle Real 61 de La Coruña, se disolvió después de su fallecimiento. El patrimonio familiar se dividió entonces entre sus hijos, y es de esta manera como llegó parte del mencionado archivo a Buenos Aires en la década del ’40, con motivo de la emigración de tres de sus hijas y herederas a Argentina. Este fue el inicio de la propuesta del tema de investigación para la tesis doctoral, ya que...

40. Proyecto didáctico “Más allá de la frontera: la geografía y la historia del Estrecho de Gibraltar desde la imagen creada en el aula" - Nieves García Benito
El presente artículo pretende presentar los resultados del Proyecto Didáctico “Más allá de la frontera: la geografía y la historia del Estrecho de Gibraltar desde la imagen creada en el aula” a través del que se ha buscado el fomento de la interculturalidad a ambos lados del Estrecho.


Palabras clave: Proyecto didáctico, Estrecho de Gibraltar.


___________________________


Abstract:

The present article hope to present the results of the Didactic Project “Más allá de la frontera: la geografía y la historia del Estrecho de Gibraltar desde la imagen creada en el aula”. That project hope...

Página de resultados:
 

Busque un recurso