Saturday, August 29, 2015

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (55) Historia

Mostrando recursos 141 - 160 de 154,925

141. Ensino de História, formação docente e saber histórico: reflexões sobre a Educação Histórica nos anos iniciais do Ensino Fundamental - Zarbato, Jaqueline Aparecida M.
This article aims to examine historical conceptions used as references in history teaching in the first years of elementary school. The rationale of the teaching narrative is addressed as a proposition on how to teach history in the early years. Thus, the approach of Historical Education will be used, proposed a workshop with the teachers those working in early years, interviews being conducted to support the analysis of the research. To elucidate the concepts surrounding the teaching of history, were approached discussions about the teaching of history, the use of historical sources, proposition of the field of History Education, historical consciousness, and the grounds surrounding the making and teaching knowledge.

142. A Didática da História em fontes documentais relacionadas à formação de professores - Urban, Ana Claudia
The text is intended to bring on aspects about the History teachers. The pondering shown is intended to reflect on the constitution of the disciplinary code of Didatics in History through the analyzing the sources such as: summarytraining courses for teachers and the 1960’s legislation and the actual guideline training courses for teachers. These sources are considered the “visible texts” in the wake of thought Fernandez Cuesta (1998).

143. Violência na história, da história e para a história da formação de professoras/es: sexo, censura nas imagens publicadas de Theodore De Bry e a educação pública carioca - Soares, Ana Carolina Eiras Coelho
Este artigo tem como foco a análise do tratamento dispensado à formação das/os professoras/es de História em uma situação política educacional peculiar e marcante no cenário do ensino de municipal carioca de História: o recolhimento de material didático, em 2009, previamente aprovado pelo MEC, a mando da SME, após “denúncias” feitas pela mídia e por pais sobre uma imagem de conteúdo impróprio para as crianças do 4º ano do ensino fundamental. É, no mínimo, um episódio inquietante para atuação dos/as Historiadoras/es.Palavras-chave: Ensino de História; educação pública; análise de imagens.

144. Apresentação - Marques, Ana Maria; Leite, Juçara Luzia
Apresentação do dossiê temático "Formação docente e ensino de história: fontes, objetos e categorias".

145. A Companhia Mate Laranjeira,1891-1902: contribuição à história da empresa concessionária dos ervais do antigo sul de Mato Grosso - Queiroz, Paulo Roberto Cimó
From the 1880s to the mid-twentieth century, in the important economic branch represented by the exploitation of native Paraguayan tea in the extreme south of the Brazilian state of Mato Grosso, stood out a single large capitalist enterprise. The present work, according to the historiography, acknowledges, as a general rule, the continuity of this undertaking, under different names, throughout the period mentioned; nevertheless, it considers necessary to question the limits and the actual outline of such continuity. As a contribution to that effort, the text examines the interregnum 1891-1902, marked by the presence of the corporation named Companhia Mate Laranjeira (CML). Based on documents issued both by this company and other related to it, the paper intends...

146. Intelectuais e projetos educacionais em disputa no Brasil dos anos 1930-1940 - Daros, Maria das
O presente texto analisa a atuação dos intelectuais educadores, em disputas por projetos para a educação no Brasil nos anos de 1930 a 1940. Discute as abordagens da história intelectual utilizadas no Brasil, especialmente nos trabalhos acadêmicos de história da educação. Trata da presença dos intelectuais na cena pública brasileira que acreditavam no poder redentor da escola e se instituíam como intérpretes do povo e da nação e acreditavam ser necessário agir de cima, como uma elite esclarecida e, assim, dar forma à sociedade e ao povo. Os intelectuais brasileiros do início do século XX partilhavam do entendimento e da...

147. Corpos educados, perigos controlados: As contribuições da ginástica escolar para a remodelação urbana carioca - Sooma Silva, José Cláudio; Maia de Souza, Maria Zélia
O artigo dialoga com outros estudos em História da Educação que têm procurado investigar o entrelaçamento dos saberes e práticas educacionais com as iniciativas de reforma urbana implementadas a partir da virada do século XIX para o XX. Nessa medida, tendo como fonte principal uma obra que foi redigida por Arthur Higgins, Compendio de ginástica e jogos escolares, publicada no final do século XIX, problematiza as interferências dos debates educacionais no ambiente urbano da cidade do Rio de Janeiro. O foco recaiu sobre as “contribuições” que a ginástica escolar prestaria para a organização das formas de a população interagir com...

148. História, memória e gênero: Um estudo sobre as primeiras alunas da academia da polícia civil de santa catarina - Casagrande, Maria Aparecida; Rabelo, Giani
O presente artigo abordou o ingresso das primeiras alunas dos cursos de Formação da Academia de Polícia Civil de Santa Catarina (Acadepol/SC) entre os anos de 1967 e 1977, primeira década de existência da Academia. O campo privilegiado para as discussões foram as memórias de mulheres policiais e as experiências pessoais sobre o ingresso na Polícia Civil catarinense. Baseado em documentos e entrevistas com oito mulheres que ingressaram no período mencionado, o estudo apontou situações relativas às relações de gênero na profissão. Percebeu-se que a entrada das mulheres nesse espaço profissional considerado masculino não reforçou as relações de discriminação e...

149. História da educação: a publicidade como fonte do centenário Collegio Imaculada Conceição - Limeira, Aline de Morais; Nascimento, Fátima
A Historiografia da Educação tem se interessado por aprofundar a percepção que hoje se tem acerca da presença e dos efeitos da instituição escolar no Brasil. Com efeito, tem apontado várias formas de organização escolar, formais ou informais. Caracterizando-se como uma dessas iniciativas, o Collegio Imaculada Conceição foi fundado em 1854. Portanto, propomos como objetivo a reflexão acerca da história dessa centenária Instituição, que permite pensar o papel da Igreja Católica na educação no século XIX. Para ser possível a tarefa, procuramos privilegiar a propaganda como fonte consultando dois impressos: o Almanaque Laemmert (1844-1889) e o jornal O Apóstolo (1866-1893)....

150. Digital storytelling, educação superior e literacia digital - Hack, Josias Ricardo; Guedes, Olga
O texto revisa e dialoga com autores de artigos e livros em Língua Inglesa e Língua Portuguesa sobre fundamentos técnicos da produção audiovisual, como o Digital Storytelling, a ser utilizada na educação superior e produzida pelos próprios interlocutores do processo de aprendizagem. O intuito é refletir sobre algumas características necessárias para se desenvolver uma experiência contextualizada com curtas histórias audiovisuais pessoais na aprendizagem de adultos. A metodologia de investigação é pautada em pesquisa bibliográfica nas bases de dados da Nottingham Trent University (Inglaterra) e da Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil). Os resultados do estudo apontam que certas habilidades, como...

151. Uma leitura das representações de identidades negras por docentes de história da escolarização básica - Silva, José Bonifácio Alves da; Backes, José Licinio
O texto traz uma leitura das representações de identidades negras por docentes de História da escolarização básica. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito professores que atuam em diferentes fases da escolarização (Ensino Fundamental e Ensino Médio) em escolas públicas e privadas de Campo Grande, MS. As entrevistas foram interpretadas com base em um conjunto de autores que argumentam que as identidades são construções culturais e históricas, portanto, não são fixas e essenciais. Pela análise, foi possível ver, nas representações dos professores, tensões entre a perspectiva fixa, essencialista,  a-histórica e a não essencialista, histórica, cultural e dinâmica da identidade negra. Palavras-chave:...

152. Livros didáticos de biologia e a história da ciência - Zauza Fiorese, Jéssica; Castilho Delizoicov, Nadir
O presente trabalho apresenta resultados de uma pesquisa que envolveu o livro didático de Biologia e a História da Ciência (HC). A escolha do tema baseou-se na importância dos livros didáticos para professores e alunos durante o processo de ensino-aprendizagem, bem como na recomendação de documentos oficiais para um ensino contextualizado historicamente, uma vez que essa perspectiva contribui para uma compreensão mais adequada da produção do conhecimento científico. O objeto de investigação constitui-se de uma coleção composta por três livros didáticos de Biologia. A coleta de dados ocorreu por meio de uma ficha elaborada para essa finalidade. Os resultados mostraram...

153. O que há de tão perigoso no fato de as pessoas falarem? Reflexões sobre a emergência da História oral contemporânea - Rodrigues, Heliana de Barros Conde; Andrade, Vanessa Menezes de; Barboza, Daniel Maribondo; Gonçalves, Amanda dos Santos; Alcântara, Fernanda
The paper discusses the emergence of the contemporary movement of Oral History, connected to Allan Nevins and the Oral History Research Office of Columbia University. Despite the recognition of previous experiences in the social sciences of the twentieth century and the search of precursors, like Herodotus, in Ancient World, the analysts prefer to locate the beginning of the Oral History movement in post-war United States. Therefore, efforts have been made to identify the reasons for this timing and location – context in which is situated the discussion of this paper, wich uses Foucault’s tools to define the mode of production...

154. Temer o quê: Sair de casa ou ligar a TV? - Martins, Simone
A sociedade ocidental atravessou diversas idades históricas, e em cada uma delas enfrentou seus medos. O temor ao Deus intolerante do Antigo Testamento, a Satã e sua sedução, às feiticeiras e sua heresia, aos estrangeiros e suas guerras... atualmente o medo instalado é da criminalidade. A luta do “bem contra o mal” se personifica aqui através das vítimas santificadas e dos bandidos cruéis – majoritariamente um grupo composto por membros das camadas populares. Histórias repletas de lágrimas e sangue fazem dos noticiários um momento de entretenimento, um misto de atração e repulsa que mantém os olhos atentos. Numa conjunção de...

155. Feminismo(s) e psicologia em Portugal - Azambuja, Mariana Porto Ruwer de; Nogueira, Conceição; Saavedra, Luísa
Apesar da longa história em comum entre Brasil e Portugal, também existem muitas diferenças e, principalmente, muito desconhecimento. A proposta deste artigo é apresentar uma contextualização do modo como as questões de gênero têm sido tratadas em Portugal e, a partir disto, estimular maiores laços de cooperação entre os dois países. Iniciamos com uma retomada da história recente do país e das reformas instauradas após o fim do regime fascista (1974), especialmente o surgimento da psicologia como campo científico e profissional marcado pelo paradigma positivista e, por muito tempo, alheio às transformações e questionamentos presentes em outros contextos. Da mesma...

156. Foucault: companheiro de viagem amigável e perturbador - Bastos, Christina Pinto da Silva
O presente trabalho tem como objetivo apontar conceitos relativos à história produzidos por Foucault que instrumentalizam a produção de uma metodologia de investigação que trabalha com a história do tempo presente. A referência à viagem diz respeito às possibilidades de construção de caminhos e descaminhos no processo de produção metodológica de uma pesquisa. Os textos foucaultianos e de seus comentadores nos dão margem a criar nossos próprios caminhos. Problematizar a história a partir dos acontecimentos nos permite olhar o presente com outros olhos. Fazer da história uma experimentação para produzir conhecimento assumindo uma postura política e ética. Palavras-chave: História; metodologia de...

157. Para além dos “muros” da Nossa Casa: a construção de uma história em movimento - Bueno Nunes, Jonas André
The article proposes a critical reflection and analysis of the process of making history, as a human construction, specially to refer to the history of madness and its relation with Public (Mental) Health. Based on this, it discusses of the facts and the characters and their importance in the construction of the “CAPS Nossa Casa”, a pioneer extra-hospital service and which is a reference in how to treat and take care of this historical character, the “mad one”, and that takes place in the center of the Brazilian Psychiatric Reform and the Sanitarist Movement. The article also emphasizes the importance...

158. A ausência do princípio de autoridade na família contemporânea brasileira - Zanetti, Sandra Aparecida Serra; Gómes, Isabel Cristina
O presente artigo se dispõe a discutir sobre interferências do contexto histórico e sociocultural brasileiros na estruturação da família contemporânea, mais especificamente, na construção do fenômeno da “fragilização dos papéis parentais”. Partimos da literatura que constata mudanças de valores na formação da família contemporânea, que culminaram por desalojar o princípio de autoridade parental nas configurações familiares da atualidade, e demonstraremos como interferências originadas da história, das ciências e das condições socioculturais contemporâneas foram capazes de retirar dos pais um saber que, a priori, lhes pertencia. Finalmente, analisaremos as decorrências desta discussão temática para a construção de novas configurações subjetivas.

159. Dominação, história e evolucionismo na América Latina: A perspectiva de Manoel Bomfim - Portugal, Francisco Teixeira; Jacó Vilela, Ana María; Monteiro, Denise Barcelos da Rocha
In this article we intend to focus on one of the most original Brazilian thinkers – Manoel Bomfim. As a dissonant voice on the intellectual scenery at a beginning of the century XX, the author was a precursor to assert that our chronicle problems were not following any biological or geographical determinism, but were historically constructed based on the running relationship since the Latin America colonization.

160. Psicologia e história: acerca da construção de árvores genealógicas ou como retomar lembranças de família em sociedades de rede - Roso, Adriane
In this text, some theoretical thoughts are developed regarding to the making of genealogy trees, aiming to understand the importance of this representational object. It is assumed that the making of family trees can be a mode of narrative that carries out social representations. Through them people re-elaborate themselves as symbolic subjects and they can reinvent the sense of living in community/ies. The discussion is based on the Theory of Social Representation of Serge Moscovici and on the concept of Network Society of Manuel Castells. It was observed the knowledge of common sense may be expanded into psychology in a...

 

Busque un recurso