Mostrando recursos 1 - 20 de 693

  1. Revisão de modelagem geoquímica e modelamento geoquímico de reservatório turbidítico da bacia do Espírito Santo

    Klunk, Marcos Antonio
    A comunidade científica tem presenciado um avanço na modelagem geoquímica para ambientes naturais e hipotéticos. Este desenvolvimento está relacionado com técnicas numéricas capazes de solucionar problemas matemáticos complexos, bem como a melhoria da capacidade de cálculo dos computadores. Embora os conceitos fundamentais da modelagem química tenham evoluído com o tempo, a modelagem geoquímica teve início na década de 60, com os esforços pioneiros de pesquisadores como Garrels et al., (1967) e Helgesson 1967a, 1967b; Helgesson et al., (1968). Devido à complexidade e a escala de tempo envolvido nas reações em ambientes geológicos, não é possível reproduzir em escala laboratorial o...

  2. Análise sismoestratigráfica dos complexos turbidíticos do Cretáceo Superior da Bacia de Campos

    Morais, Tiago Antônio
    Esta dissertação de mestrado compreende o artigo submetido à publicação, bem como a nota explicativa, base conceitual e contextualização do tema e objetivos, e por fim uma discussão integradora sumarizando os principais resultados. O tema principal da dissertação são os complexos turbidíticos marinhos profundos da Bacia de Campos, notórios produtores de petróleo e de relevante significância no contexto da matriz energética do Brasil desde os anos 1970. Estes depósitos portadores de hidrocarbonetos foram descobertos após um grande esforço exploratório inicial, e desde então sempre se mostraram reservatórios prolíficos e cada vez mais relevantes na produção de petróleo anual brasileira. Com...

  3. Controles deposicionais e diagenéticos sobre a porosidade dos reservatórios líticos do pré-sal da Bacia de Sergipe-Alagoas, nordeste do Brasil

    Altenhofen, Sabrina Danni
    A cimentação por dolomita e a compactação mecânica são os principais parâmetros que controlam a porosidade e a permeabilidade dos arenitos e conglomerados líticos que constituem os complexos reservatórios do Membro Carmópolis, Formação Muribeca (Aptiano) da Bacia de Sergipe-Alagoas, NE Brasil. Os padrões e distribuição dos processos diagenéticos foram analisados em 135 lâminas delgadas em relação às fácies deposicionais e ao arcabouço estratigráfico. Integrar os padrões diagenéticos aos principais aspectos deposicionais é de grande importância para a compreensão da distribuição da qualidade e heterogeneidade nestes incomuns, mas importantes reservatórios. A sucessão foi depositada em uma complexa intercalação de ambientes de...

  4. Estratigrafia de alta resolução dos estágios iniciais de rifteamento, Bacia De Sergipe-Alagoas, Brasil.

    Kifumbi, Carrel
    A transição entre as duas primeiras fases de rifteamento é caracterizada por um aumento da atividade tectônica e uma reestruturação da bacia. Na Bacia de Sergipe-Alagoas, essa passagem é marcada pela mudança dos sistemas deposicionais e das direções de paleocorrentes entre as Formações Serraria e Feliz Deserto. A sucessão sedimentar estudada pode ser subdividida em três unidades deposicionais que denotam contextos paleogeográficos diferentes. A unidade I, equivalente ao topo da Formação Serraria, é caracterizada por corpos arenosos amalgamados de canais fluviais entrelaçados. A unidade II, correspondente à base da Formação Feliz Deserto, é caracterizada pela intercalação entre associações de fácies...

  5. Análise Faciológica, Estratigrafia de Sequências e Arquitetura Deposicional na Formação Rio Bonito (Eopermiano da Bacia do Paraná), no Rio Grande do Sul, com Enfoque na Caracterização de Análogos para Reservatório de Hidrocarbonetos

    Maahs, Ricardo

  6. SOLEIRAS ÍGNEAS NAS FORMAÇÕES IRATI E RIO BONITO, DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E CONTEXTO GEOLÓGICO NA BORDA LESTE DA BACIA DO PARANÁ

    Rodrigues, Filipe Padilha

  7. Sistemas Deposicionais de Unidades Triássicas no Gráben Arroio Moirão, RS: Distribuição Faciológica de Inunditos

    Salgado, Eduardo Trein

  8. A IMPORTÂNCIA DO ARCO DE RIO GRANDE NA SEDIMENTAÇÃO TRIÁSSICA DA BACIA DO PARANÁ, SUL DO BRASIL

    Bruckmann, Matheus Philipe

  9. CONVERSÃO TEMPO X PROFUNDIDADE A PARTIR DE CHECKSHOTS PARA A CORRELAÇÃO ENTRE POÇO E SÍSMICA

    Viegas, Gabriela Nunes

  10. FÁCIES, ASSOCIAÇÕES DE FÁCIES E SISTEMAS DEPOSICIONAIS EM DESCRIÇÃO DE TESTEMUNHOS DO MEMBRO MUCURI DA BACIA DO ESPÍRITO SANTO

    Althaus, Camila Eliza

  11. ANÁLISE SISMOESTRATIGRÁFICA DE UM CUBO SÍSMICO EM 3D DA BACIA DO ESPIRITO SANTO, FORMAÇÃO MUCURI

    Bramraiter, Barbara Albuquerque

  12. Efeito térmico de intrusões ígneas nos argilominerais dos folhelhos da Formação Irati (Bacia do Paraná) - implicações na geração atípica

    Rossoni, Rodrigo Barão

  13. Análise Tectono-Estratigráfica do Membro Mucuri, Aptiano da Bacia do Espírito Santo

    Tramontina, Fernando Rubbo

  14. Arquitetura de fácies e evolução estratigráfica da For-Mação Tacuarembó, Bacia Norte – UY

    Amarante, Francyne Bochi do
    A Formação Tacuarembó (Jurássico Superior – Cretáceo Inferior), subdividida em Membro Batoví e Membro Rivera, aflora na região norte do Uruguai, nos departamentos de Rivera e Tacuarembó. O objetivo principal deste trabalho é a análise sedimentológica e estratigráfi-ca da Formação Tacuarembó, através da caracterização faciológica, a reconstrução dos modelos deposicionais e a definição das relações de contato entre os membros Batoví e Rivera. Para alcançar tal objetivo, foi realizado o levantamento, na escala 1:50, de um tes-temunho e de quarenta e uma seções colunares, estas divididas em sete transectas com base em sua distribuição espacial. Como resultado, foram detalhadas litofácies...

  15. « Le marais de Santes » : évolution de la Deûle en rapport avec l'occupation humaine

    Deschodt, Laurent; Boulen, Muriel; Praud, Ivan
    El paraje conocido como «la ciénaga de Santes » en Houplin-Ancoisne (departamento del Norte) se sitúa en la ribera del río Deûle. Allí se realizaron sondeos en un pequeño sector del fondo del valle, los cuales aportaron informaciones acerca de la evolución del río y su relación con las ocupaciones arqueológicas. El análisis de la estratigrafía, junto a los resultados de los estudios ambientales, permitió reconstituir las transformaciones del paisaje de un meandro del Deûle, desde el Pleniglacial hasta la Edad del Bronce. No obstante, la muestra de la implementación diacrónica de los depósitos lleva a profundizar las interpretaciones y...

  16. Doscientos años de Estratigrafía

    Ferro, María Virginia,
    En el presente trabajo se rinde homenaje a William Smith, quien siendo artesano self-made en Costwold, luego aprendiz junto al topógrafo de Stow-on-the-Wold, trabaja en Bath y en la estimación de las reservas de minas de carbón y en la construcción del Canal del Carbón de Somerset. En 1796 establece que los estratos correspondientes de todas las partes de Inglaterra contenían los mismos fósiles característicos. En 1799 inicia el primer mapa geológico sistemático. Es considerado como el primer ingeniero práctico que inventa la estratigrafía en el ámbito de la geología, e impulsa el desarrollo de ésta última como disciplina con...

  17. Estratigrafía del sector Morro–Bacuranao, provincia de La Habana, Cuba

    Yaimeli Almaguer-Alvarez; Raydel Toyrac-Proenza; Santa Gil-González
    El presente trabajo aborda la estratigrafía del sector Morro-Bacuranao, zona perspectiva para producción de hidrocarburos. A la luz de recientes perforaciones que permitieron correlacionar estratigráficamente seis pozos ubicados en los municipios Habana del Este y Cojímar de la provincia de La Habana se confeccionaron los esquemas de correlación de los pozos y una columna geológica generalizada del área. Los nuevos datos estratigráficos y bioestratigráficos permiten concluir que en este sector el reservorio es del tipo Grupo Veloz, al ser una secuencia carbonatada donde predominan los mudstones calcáreos con una edad Jurásico Superior Tithoniano Superior-Cretácico Inferior. Estos resultados son de gran...

  18. Defining Best 3D Practices in Archaeology: Comparing Laser Scanning and Dense Stereo Matching Techniques for 3D Intrasite Data Recording

    Galeazzi, Fabrizio; Moyes, Holley; Aldenderfer, Mark
    This research aims to investigate the potential use of three-dimensional (3D) technologies for the analysis and interpretation of heritage sites. This article uses different 3D survey technologies to find the most appropriate methods to document archaeological stratigraphy, based on diverse environmental conditions, light exposures, and varied surfaces. The use of 3D laser scanners and dense stereo matching (DSM) techniques is now well established in archaeology. However, no convincing comparisons between those techniques have been presented. This research fills this gap to provide an accurate data assessment for the Las Cuevas site (Belize) and represents a starting point for the definition...

  19. Cova de la Sarsa (Bocairente, Valencia): Análisis estadístico y tipológico de materiales sin estratigrafía (1971-1974)

    María Dolores Asquerino Fernández-Ridruejo

  20. Los sondeos y la estratigrafía: del vulcanismo a la influencia antrópica en las Lomas

    Pétrequin, Pierre; Richard, Hervé
    International audience

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.