Sunday, February 7, 2016

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (55) Historia > (5505) Ciencias auxiliares de la historia > (5505.12) Estratigrafía

Categorías relacionadas:
(2506.19) Estratigrafía

Mostrando recursos 1 - 20 de 1,428

1. ESTRATIGRAFÍA Y MAMÍFEROS CUATERNARIOS DE LAS “PAMPAS DE ALTURA” DE LAS SIERRAS PAMPEANAS DE CÓRDOBA, ARGENTINA

2. Novas chaves de correlação para as unidades triássicas do Gráben Arroio Moirão: caracterização de sismitos e aplicação na estratigrafia - Borsa, Guilherme Nunes de Oliveira
O presente trabalho tem por objetivo elaborar um arcabouço estratigráfico detalhado para as unidades triássicas reliquiares da Bacia do Parana no Gráben Arroio Moirão, localizado na porção centro-sudeste do Escudo Sul-Rio-Grandense. A estratigrafia de sequências introduziu novos métodos e teorias de correlação, entre eles o reconhecimento de superfícies de erosão e afogamento como chaves de correlação. Tais superfícies, por serem cronoestratigraficamente significativas, permitem delimitar sequências deposicionais do ponto de vista tanto estratigráfico quanto temporal. Dessa forma, essas chaves de correlação, juntamente com o estudo de sismitos, auxiliaram na compreensão cronogeodinâmica dos depósitos do Gráben Arroio Moirão. Sismitos são estruturas de...

3. Investigação das estruturas associadas ao vulcanismo ácido da Formação Serra Geral na Região de Aparados da Serra / RS - Benites, Susana
A Província Magmática Paraná-Etendeka (PMPE), um dos maiores eventos vulcânicos do planeta, está associada à tectônica distensiva que ocasionou a ruptura do continente gondwânico e a consequente abertura do Oceano Atlântico Sul, durante o Cretáceo Inferior. Ocupa o noroeste da Namíbia na África, norte do Uruguai, nordeste da Argentina, Paraguai oriental e Brasil meridional. No Brasil, essas rochas são representadas pela Formação Serra Geral na estratigrafia da Bacia do Paraná. O magmatismo é dominantemente básico, com aproximadamente 97,5% de basaltos e andesi-basaltos de afinidade toleítica. O restante é representado por rochas ácidas que são divididas nos membros Palmas e Chapecó....

4. Caracterização de arenitos de depósitos efêmeros de unidades triássicas na região do Gráben Arroio Moirão, RS: potenciais análogos de reservatórios - Rodrigues, Yolanda Caliman
O estudo de reservatórios de óleo e gás de ambientes continentais tem enfatizado, nas últimas décadas, os arenitos associados a modelos eólicos, aluviais, fluviais e deltaicos. Alguns estudos buscaram analisar a presença de reservatórios em modelos efêmeros, como depósitos de inunditos, fluviais efêmeros e de desaceleração de fluxos hiperpicnais em corpos de água rasa. Embora esses depósitos eventualmente possam constituir-se como reservatórios de óleo e gás, a literatura não tem dedicado estudos para entender sua arquitetura e heterogeneidade, resultando em dificuldades de reconhecimento e de explotação. Como compreender a heterogeneidade de tais depósitos sedimentares? Que depósitos efêmeros podem apresentar características...

5. El origen del Magdaleniense: una cuestión controvertida. La cueva de Las Caldas y los yacimientos del Nalón (Asturias, Norte de España) - Corchón Rodríguez, S., Ortega Martínez, P., Vicente Santos, F.J.
La transición entre el Solutrense y Magdaleniense es una cuestión ampliamente discutida tanto en los territorios franceses como peninsulares. Ante la dificultad de determinar la continuidad o discontinuidad entre ambas culturas, y sobre todo la identificación y caracterización del Badeguliense en Francia, se ha creado un crisol de teorías sobre el final del Solutrense y el origen del Magdaleniense peninsular. La caracterización de este posible nuevo horizonte, que se pretende introducir en algunas estratigrafías de yacimientos modernamente excavados con un claro cariz rupturista, introduce alguna confusión a la hora de determinar un contexto paleoclimático y cronológico preciso para estas industrias....

6. Arquitetura de fácies vulcânicas da Formação Serra Geral na Região de Feliz - Caxias do Sul - Rossetti, Lucas de Magalhães May
A Província Basáltica Continental do Paraná-Etendeka registra o intenso vulcanismo do Cretáceo inferior que precedeu a fragmentação do supercontinente Gondwana. No Brasil estes litotipos estão agrupados estratigraficamente na Formação Serra Geral. Tradicionalmente investigações sobre estas rochas priorizaram a aquisição de dados geoquímicos e isotópicos, considerando a pilha vulcânica como uma monótona sucessão de derrames tabulares e espessos. O presente trabalho propõe a análise das características físicas deste vulcanismo aplicando conceitos de arquitetura de fácies vulcânicas, integrados a estudos petrográficos e geoquímicos. A área de estudo localiza-se no nordeste do estado do Rio Grande do Sul, onde efetuou-se um perfil na...

7. Análisis traceológico del taller de sílex del Neolítico antiguo de Vale Santo 1 (Sagres, Vila do Bispo) - Gibaja, Juan Francisco; Carvalho, António Faustino
El yacimiento de Vale Santo 1 se localiza en una extensa plataforma litoral que seextiende al norte de la población de Sagres (Vila do Bispo), en un paisaje conformado por dunas (Fig. 1). De hecho, el lugar scogido para esta ocupación prehistórica correspondea una duna poco elevada, que ha estado parcialmente afectada por un proceso de ex-tracción de arenas.Los primeros trabajos de excavación tuvieron lugar en 1998, siendo dirigidos por N. F. Bicho en el marco de su proyecto de investigación “ A ocupação humana paleolíticado Algarve”. Estos trabajos permitieron definir la estratigrafía del yacimiento (en el que sepreservaba un...

8. A ocupação da camada 3 da Lapa dos Coelhos (Casais Martanes, Torres Novas) : novos elementos sobre a produção de suportes lamelares durante o Magdalenense final da Estremadura Portuguesa. - Gameiro, Cristina; Almeida, Francisco
A escavação da Lapa dos Coelhos, pequena gruta do sistema cársico da nascente do rio Almonda (Torres Nova), permitiu a identificação, em estratigrafia, de dois níves bem preservados e datados do último ciclo glaciar-interglaciar (cf. Almeida et alli, neste volume). Um destes níveis, corresponde à camada 3, datada pelo radiocarbono de 11.660_+60BP (GrN-18377), apresentava uma grande densidade de attefactos líticos. Entre 1997 e 2002, numa superficie de cerca de 8,5m2, foram recolhidas 6379 peças.

9. Caracterização do Sill Várzea do Macaco e da mineralização de cromo e cobre-níquel, complexo máfico-ultramáfico Jacurici, Bahia. - Dias, João Rodrigo Vargas Pilla
O Complexo Máfico-ultramáfico Jacurici, localizado na porção NE do Cráton São Francisco, é formado por vários corpos estratificados e hospeda o maior depósito de cromita do país, em uma espessa camada de cromitito maciço de até 8m, atualmente explorado pela Companhia de Mineração Vale do Jacurici S/A. O sill Várzea do Macaco ocorre na porção norte do Complexo e contém além de mineralização de cromo, mineralização sulfetada de Ni-Cu. Este estudo visa descrever o sill Várzea do Macaco a fim de comparar com corpos localizados mais ao sul, Ipueira e Medrado, onde uma evolução petrológica já foi estabelecida anteriormente por...

10. Modelagem do retroespalhamento SAR para análise do pacote de neve superficial da Geleira Union, Montanhas Ellsworth – Antártica - Espinoza, Jean Marcel de Almeida
O propósito geral desta tese foi modelar a dinâmica do retroespalhamento SAR-X ao longo de um pacote superficial de neve seca através do uso de uma ferramenta computacional de modelagem de micro-ondas (RF Module®, PDETOOL®, MATLAB®), baseado na física da interação entre o feixe de micro–ondas e este pacote de neve, e executar a aplicação de métodos estatísticos para geração de relações entre variáveis estratigráficas desse pacote de neve e o respectivo retroespalhamento SAR-X observado. Para tanto, o presente trabalho buscou avançar na organização de um modelo analítico para o processo de interação entre um feixe de micro–ondas na banda...

11. El Vuelo Ruiz de Alda (1929-30): un excepcional documento cartográfico. De nuevo sobre Ilici - Moratalla Jávega, Jesús
Se presenta en este artículo una primera valoración de las posibilidades que para la arqueología, y más concretamente para la estratigrafía del paisaje, encierra un soberbio documento como es la serie fotográfica conocida como Vuelo Ruiz de Alda (1929-30), una vez que los fotogramas han sido ampliamente puestos al alcance de la investigación. Para ello se ponen a prueba las imágenes aplicándolas a dos establecimientos de época ibérica antigua (El Oral y El Molar). Igualmente, se ha retomado una línea de investigación a propósito de la red caminera que afecta al enclave de La Alcudia-Ilici, lo que lleva implícitamente a...

12. Geología y estratigrafía del pozo profundo San Lorenzo Tezonco y de sus alrededores, sur de la Cuenca de México - Arce, José Luis; Layer, Paul; Martínez, Isela; Salinas, José Iván; Macías Romo, Consuelo; Morales-Casique, Eric; Benowitz, Jeff; Escolero, Oscar A.; Lenhardt, Nils
The underground stratigraphy of the San Lorenzo Tezonco deep well records intense volcanic activity in the Mexico Basin and surrounding areas during the past 20.1 Ma. The lithological column of the 2008 m deep well is dominated by volcanic material, either as lava flows or pyroclastic deposits (97 %), and only the uppermost 70 m are composed of lacustrine deposits (3 %). Based on field descriptions and laboratory analyses (petrography, whole-rock chemistry, and radiometric dating), it was possible to recognize four lithological packages throughout the well, which were then correlated with exposed rocks. The lower part of the drill core...

13. Práxis em arqueologia da arquitectura - Ramalho, Maria de Magalhães
Apesar das dificuldades sentidas por todos, julgamos poder afirmar que estão criadas algumas das condições que consideramos fundamentais para que a afirmação da Arqueologia da Arquitectura comece a ter alguma expressão em Portugal. Ao longo dos últimos anos é notória a crescente preocupação dos arqueólogos que habitualmente intervêm em património arquitectónico da importância de se realizarem registos prévios e posterior análise ao nível da estratigrafia muraria. Convêm referir que muitas vezes também essa preocupação/necessidade surge como resultado da solicitação das instituições que gerem o património - IGESPAR e Direcções Regionais de Cultura. Importa lembrar que foi por iniciativa do antigo Instituto Português de...

14. Estudi estructural i estratigràfic del sud d’Andorra - Margalef Porcar, Aina
Aquesta tesi es centra en l'estudi estratigràfic i estructural d'un sector de la zona axial del Pirineu, concretament al sud d'Andorra, en què hi afloren roques del Paleozoic que han estat afectades per les orogènesis herciniana i alpina. Els objectius principals d'aquesta tesi es centren en millorar el coneixement de la geologia regional d'Andorra, i es poden agrupar en els següents punts: - Millorar el coneixement de l'estratigrafia de les roques d'Andorra. - Proposar una evolució estructural del sector d'estudi a partir de la realització de talls geològics i d'observacions de camp. - Comparar el sector d'estudi amb altres massissos hercinians i establir relacions entre ells....

15. Estratigrafía y paleontología del sector medio de la cuenca Río Quinto (Mioceno Superior – Pleistoceno Tardío), San Luis, Argentina - Basaez, A.; Chiesa, Jorge O.; Lucero, Natalia
The hidrogeologic Rio Quinto basin originates in the south of the San Luis Ranges and forms the northern edge of the Mercedes basin whose sedimentary succession corresponds to Meso-Cenozoic. Eolian and alluvial-eolian Holocene deposits broadly cover the region, so the best strati- graphic records correspond to the Quinto riverbed and streams linked to it. The Neogene basal clastic calcareous sequence is identified as Paso de las Carretas Formation, without fossil remains and underlies the conspicuous clastic succession of Río Quinto Formation, which corresponds to plains deposits with permanent streams, developing extended floodplains. This formation presents a rich fossiliferous assemblage consisting...

16. Estratigrafía, vertebrados fósiles y evolución tectosedimentaria de los depósitos neógenos del Bloque de San Rafael (Mioceno-Plioceno), Mendoza, Argentina - Garrido, Alberto; Turazzini, Guillermo F.; Aguirrezabala, Guillermo; Forasiepi, Analía M.
The “Estratos de Aisol” consists of three sedimentary units distinguishable by its lithofacies constitution, paleoenvironment, fossil vertebrate association, and age. In this contribution, we analyze in detail the lower and middle units, which are identified with the names of Aisol Formation (redefined) and La Huertita Formation (nom. nov.), respectively. The first unit would be located in the Early Miocene (Burdigalian) according to a U-Pb radimetric dating of 19.5 Ma, and the second in the Pliocene (probably Montehermosan–Chapadmalalan; Zanclean–Piacenzian) based on the fossil content. The evolution of the sedimentary deposition allows the identification of the following stages: a) Generation of the...

17. GEOMORFOLOGÍA Y ESTRATIGRAFÍA DE LAS FORMACIONES CUATERNARIAS EN LA REGIÓN DEL TRAPECIO AMAZÓNICO COLOMBIANO - ALEXIS JARAMILLO JUSTINICO; LUIS NORBERTO PARRA SÁNCHEZ; J. ORLANDO RANGEL-CH.
En la región del trapecio amazónico de Colombia, las secuencias sedimentarias recientes (neo formación) dependen en su forma y en su estabilidad del ciclo anual de inundación del río Amazonas. Entre los materiales sedimentarios no afectados por el ciclo actual del río se reconoce a la terraza de Leticia-Tabatinga, de edad estimada entre 8000 y 10000 años A.P., aunque es posible que su modelado se generara en el tardiglaciar (14.000 años AP.). Sus sedimentos están recubiertos por la Formación Iça y es la más alta de las unidades geológicas que aún conservan su morfología plana original. Otros materiales sedimentados se...

18. Paul Deshayes (1796-1875) e a Comissão Geológica do Reino: uma colaboração com o Estado português - José Manuel Brandão
Carlos Ribeiro, um dos diretores da Comissão Geológica de Portugal, empreendeu em 1858 viagem por vários países da Europa, para adquirir bibliografia, equipamentos e coleções de comparação. Em Paris, conheceu o reputado conquiliologista Paul Deshayes, que lhe franqueou suas coleções pessoais do Terciário francês e o ajudou na classificação de fósseis portugueses. O trabalho conjunto revela-se na listagem de Ribeiro conservada no arquivo histórico do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (Alfragide, Portugal), tendo aquelas classificações servido de base a uma monografia publicada por Pereira da Costa, parceiro de Ribeiro na Comissão Geológica, e à definição da estratigrafia dos depósitos...

19. Paleoecologia de diatomáceas como subsídios para o conhecimento da evolução paleogeográfica da região costeira do Rio Grande do Sul, Brasil - Santos, Cristiane Bahi dos
A partir da premissa de que os estudos de sistemas fluviais de vales incisos desenvolvidos em sistemas lagunares são essenciais para o entendimento da influência das mudanças do nível do mar, na evolução de costas dominadas por ondas, uma abordagem multidisciplinar envolvendo sísmica de alta resolução e análise de diatomáceas é proposta. As diatomáceas encontradas em testemunhos, obtidos em distintos ambientes da zona costeira do Rio Grande do Sul, e amostras superficiais coletadas no interior da Lagoa dos Patos, fornecem a base para a realização de detalhadas interpretações paleogeográficas, paleoambientais e paleoecológicas da região costeira do Sul do Brasil. Três...

20. Los gonfotéridos (Mammalia, Proboscidea) de Uruguay: taxonomía, estratigrafía y cronología - Perea, D.; Alberdi, M. T.
A large sample composed of relatively fragmentary remains of Gomphotheriidae was found in Uruguay. Belonging to this family there are materials assigned to Camacho Formation (Late Miocene), and to Pleistocene to Early Holocene units (Sopas, Libertad and Dolores formations). The Camacho and Sopas formations contain remains of indeterminate Gomphotheriidae, and the species Stegomastodon platensis is identified for the Libertad and Dolores formations. We think taxonomically suitable to support the opinion that all gomphotherids inhabitants of South American plains pertain to the genus Stegomastodon and to consider that species as the only representative of the genus in South America.

En Uruguay se...

Página de resultados:
 

Busque un recurso