Mostrando recursos 281 - 300 de 8.890

  1. Considerações sobre a pesquisa qualitativa

    Rees, Dilys Karen
    Este artigo discute os conceitos relativos à pesquisa qualitativa em termos de paradigma, considerando a ontologia, a epistemologia e a metodologia dessa linha teórica. Em seguida, considera a etnografia, fazendo algumas sugestões sobre o seu uso nas pesquisas da linguística aplicada e enfocando especificamente as pesquisas de ensino–aprendizagem de segunda língua.PALAVRAS-CHAVE: pesquisa qualitativa, etnografia, linguística aplicada.

  2. O erro como questão para a linguística

    Burgarelli, Cristóvão Gionani
    Since it is a tradition in Linguistics to follow tenents such as the ideal theoricalsituation; the fictitious homogenity; and the theoretical postulate of isomorfism;mistakes have constantly been considered as something out of the language.And as for how they have been understood they represent somethig that is notpossible to be found in a correct, consistent and predictable formal system.Nevertheless, the discussion this text proposes is the possibility of treatingthese mistakes as the efects of the two axes mentioned by Saussure: thecombination and the substitution, which can present endeless and unpredictableproductions.

  3. Elementos prosódicos: dificuldades de abordagem e perspectivas de estudo

    Zasimowicz Pinto Calaça, Irene
    This paper examines the prosodic elements and some problems of theirdescription. By the way it tries to show the necessity to make more detailedstudy in this area, bringing it nearer to linguistic reality.

  4. Leitura de imagens: a subjetividade em questão

    Potenciano Souza, Agostinho
    Este texto faz uma introdução à leitura de imagens, com amostras de leituras de fotografia, escultura, pintura e cinema. No intuito de aprofundar como se dá a relação entre autor, texto e leitor,  já teorizada por alguns autores (ECO; ORLANDI; JOUVE), quanto ao texto escrito, é feita uma incursão na leitura de imagens, considerando-as signos (JOLY; AUMONT), ou seja, unidades portadoras de sentidos que devem ser interpretadas, lidas. Verificamos nas amostras que o leitor é muito objetivado por uma leitura semântica, parafrástica; por isso, procuramos uma visada que direcione a leitura para a crítica,  essa habilidade que conhece o dispositivo...

  5. O cronotopo da sala de aula e os gêneros discursivos / the classroom chronotope and discourse genres

    Casado Alves, Maria da Penha
    O artigo tem como objetivo discutir a sala de aula como um cronotopo específico onde as relações são tecidas a partir de um tempo/espaço constituidor e constituinte dos sujeitos. Com essa concepção, discutimos as atividades de leitura e de escrita, na sala de aula de língua materna, tendo como referência as postulações de M. Bakhtin e o círculo sobre os gêneros discursivos.

  6. Homo Academicus: crise identitária e prática científica

    Martins Ferreira, Dina María
    Este estudo visa a argumentar sobre o construto identitário do homo academicus, ou seja, o intelectual que se estabelece no campo universitário, compartilha habitus e atitude dóxica (Bourdieu, 2007; 2009; 2011). No que tange às etiquetas identificadoras,  Bauman  (2007) categoriza o intelectual pela prática científica, situada por relações históricas. Na convergência entre espaço, valores e performativos, constrói-se uma estrada da qual emergem a  prática logocêntrica que se transforma em dogma a partir da permanência de práticas dóxicas do século das Luzes. 

  7. Interrogatórios policiais da delegacia de repressão a crimes contra a mulher: algumas práticas sequenciais de negociação

    Gago, Paulo Cortes; Júlio Guedes Pinto, Priscila
    O presente trabalho tem como objetivo descrever duas práticas sequenciais de negociação, utilizadas por um inspetor de polícia nos interrogatórios policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Mulher (DRCCM): (i) sequências de encaminhamento para apresentação de solução pelas partes; e (ii) sequências de apresentação de solução pelo inspetor. Utiliza-se como referencial teórico-metodológico a Análise da Conversa Etnometodológica para o estudo de práticas sociais construídas localmente nas interações. Esse estudo é de natureza aplicada e mostra que os policiais fazem negociação nos interrogatórios. Espera-se que este material possa servir de base para a reflexão profissional de policiais para melhor...

  8. Espaço biográfico na biobibliografia de Bakthin: quatro espirais de um pensamento sinuoso

    Mitidieri, André
    Neste trabalho, situamos textos nos quais podemos encontrar as formulações do pensador russo Mikhail Bakhtin sobre o “Espaço biográfico”, ou seja, acerca das formas e dos gêneros (auto)biográficos, assim como dos diálogos que essas modalidades discursivas firmam com o gênero romanesco. Depois de apresentarmos uma espécie de biobibliografia de Bakhtin, sublinhamos os pontos fundamentais de sua reflexão, no que respeitam ao lugar e às articulações das “territorialidades (auto)biográficas”. Finalmente, discutimos a implicação dos tópicos mencionados para os estudos contemporâneos de literatura e linguística.

  9. Aquisição de linguagem em contextos de atenção conjunta: o envelope multimodal em foco

    Ávila Nóbrega, Paulo Vinícius; Carvalho Bezerra Cavalcante, Marianne
    Nosso intuito é acompanhar a emergência da língua (instância multimodal) em contextos de atenção conjunta em situações naturalísticas de duas díades mãe-bebê, (08 aos 16 meses). Trabalhamos com a perspectiva de envelope multimodal, ou seja, a mescla de três componentes da dialogia – olhar, gestos e produção vocal – que emergem concomitantemente. Tomamos como premissa a noção de multimodalidade proposta por McNeill (1985) como sendo a mescla das ações gesto-vocais. Nossos resultados mostram que a mãe faz uso do plano de composição multimodal para dirigir-se à criança que, por sua vez, interage à medida que adquire os componentes da dialogia.

  10. A constituição discursiva da predestinação de Xuxa

    Vesz, Fernando Zolin; de Jesus, Dánie Marcelo
    Este trabalho fundamenta-se em preceitos da análise de discurso crítica (FAIRCLOUGH, 2001; MAGALHÃES, 2010) e no conceito de cultura da mídia de Kellner (2001). Nele objetiva-se investigar a constituição da qualidade mítica da apresentadora Xuxa na edição especial da revista Contigo em homenagem aos seus trinta anos de carreira. A análise demonstra que a construção discursiva da sua predestinação torna-se crucial para compreender tanto o mito Xuxa, uma vez que é tida como o fator decisivo de seu sucesso profissional, quanto a reprodução e a manutenção de discursos que buscam explicações (sobre)naturais para o sucesso.

  11. Construções ergativas e médias: uma distinção em termos aspectuais e semânticos

    Silva, Cristiany Fernandes da; Reigota Naves, Rozana
    Analisamos as alternâncias ergativa e média em duas classes de verbos – abrir e pintar. Ambas admitem sentença transitiva com argumentos Agente/Causa e Tema. Todavia, enquanto a classe de abrir admite tanto alternância ergativa como média, a classe de pintar permite apenas alternância média, sendo agramaticais as sentenças ergativas. Discutimos as propriedades de ergativas e médias, reduzindo-as a duas – uma aspectual (evento ou estado), e uma semântica (Modo/Instrumento) –, e propusemos que essa diferença é captada, em termos estruturais, pela projeção de um núcleo Asp (além de T) em sentenças ergativas, e pela projeção apenas do núcleo T, em...

  12. A última cartada das forças retrógradas em materia de justiça social: o caso Demétrio Magnoli e seus argumentos contra as quotas

    Rajagopalan, Kanavillil
    A última cartada das forças retrógradas em matéria de justiça social: o caso Demétrio Magnoli e seus argumentos contra as quotas

  13. Obsolescência linguística em Xerente Akwén: diglossia, empréstimo e codeswitching

    Mesquita, Rodrigo; Braggio, Silvia Lucia Bigonjal
    Diglossia, empréstimo e codeswitching são considerados como algumas das principais ameaças para as línguas indígenas quando em contato com línguas não indígenas e de maior prestígio, geralmente a língua oficial da nação. Embora, por vezes, invisíveis aos seus falantes, os empréstimos e codeswitchings podem permear a língua indígena a tal ponto que seja quase impossível distinguir qual delas é a língua base. Este artigo trata destes temas junto à língua Xerente Akwén, povo indígena altamente bilíngüe. O Xerente-Akwén é uma língua indígena da família Jê, falada por 3.600 pessoas no estado de Tocantins, Brasil. Os dados foram coletados durante viagens...

  14. Heterogeneidade composicional como estratégia de interação no discurso noticioso do rádio

    Cintra, Marcos Rogério
    Neste artigo, discutimos como a elaboração híbrida de gêneros midiáticos contribui estrategicamente para o funcionamento discursivo. Tendo em vista a composição heterogênea de gêneros que circulam no rádio, mostramos que a notícia radiojornalística com entrevista pode ser composicionalmente descrita como um dos recursos estratégicos que envolvem os participantes da cena enunciativa. Partindo, inicialmente, de uma releitura dos estudos de Van Dijk ([1985]2010, [1986]1990) acerca da estruturação estratégica do discurso noticioso, nossa investigação permite concluir que a heterogeneidade composicional das notícias com entrevista constitui uma estratégia interacional que contribui para intensificar a percepção da factualidade das informações veiculadas.

  15. Linguística e ensino: do virtual ao real"

    Braggio, Silvia Lucia Bigonjal
    After being invited to deliver the final lecture at the I Seminário de Lingüística e Lingua Portuguesa da Faculdade de Letras da UFG and listening to the other lectures at the same event. I have asked to myself why linguistics, as it is a crucial area for mother tongue teaching, is not being used in the classroom? In order to answer to this question I have imagined a dialogue between the "voices'" inside Tensões na Educação by Florestan Fernandes e Cidades Invisíveis by Italo Calvino. My conclusions are reflected in this "dialogue".

  16. A constituição de um locutor como idoso: uma análise enunciativa

    Bazza, Adélli Bortolon; Navarro, Pedro F.
    The  aim  of  the  discussions  presented  in  this  article  was  to  analyze  the identification  (or  not)  of  a  speaker  with  the  subject-position  of  an  elderly person. We selected an interview from the Portal do Envelhecimento (Aging Portal)  website  as  the  corpus  of  the  analysis.  In  this  interview,  a  book organizer describes her book-drafting process, whose theme focuses on issues related to aging. We based the analysis on the enunciative studies proposed by  Benveniste  (1989,  1995)  and  Guimarães  (1989,  1995,  1996,  2005). This  theoretical  approach  allowed  us  to  observe  how  the  enunciation  was established in that interview. By observing the use...

  17. Cenas da enunciação e ethos em narrativas sobre a expedição Roncador-Xingu: uma análise discursiva

    Sancho, Karla Amorim; Leiser Baronas, Roberto
    Based on a French-oriented discourse analysis, this paper works on the discursive sequences which constitute The March Westward: the Epic Roncador-Xingu Expedition. This book narrates the main events of the expedition carried out by the Villas-Bôas brothers to the interior of Brazil. In this perspective, our study has sought to investigate the linguistic-discursive resources in the narrative, by using the following categories: enunciation scenes and ethos. This dissertation summary presents the research findings regarding the construction process of the euphoric images about the role of the Villas-Bôas brothers who led the Roncador-Xingu expedition.

  18. As construções aspectuais V1 (A)garrar + prep A + V2 infinitivo e V1 pegar + prep A + V2 infinitivo na língua portuguesa: um caso de variação linguística?

    Coelho, Sueli Maria; Pinto Drumond, Geraldo Sérgio
    By adopting a diachronic perspective, whose analysis was based on quantitative and  qualitative  criteria,  this  study  has  investigated  the  hypothesis  that  the aspectual  auxiliary  constructions  constituted  by  the  verbs  to  catch  and  to take + preposition to + V2infinitive, although they score more than one aspectual configuration  in  Portuguese,  they  are  not  linguistic  variants.  The  research outcomes have confirmed the mooted hypothesis, as well as showing that the aspectual construction whose V1 is the verb to take is the oldest and the most productive in Portuguese. Although there may be contexts of neutralization, the analysis has also revealed that both...

  19. Ensino de inglês como LE e contribuições pedagógicas de um glossário bilíngue de colocações

    Orenha, Adriane; Pimentel Rocha, Jean Michel
    In accordance with the theoretical and methodological background of Corpus Linguistic  and  Phraseology,  this  study  aims  to  discuss  the  pedagogical contributions of a bilingual glossary of collocations in the field of medicine, which was compiled from a parallel corpus made up of English and Portuguese subtitles extracted from the TV show House M.D. Based on the glossary, we developed some activities that can be used in the classroom, considering that these phraseological units play an important role in the enrichment of EFL learner’s lexical competence. Moreover, we propose the development of other corpus-based collocational activities.

  20. A (re)construção de referentes em perfil fake do facebook: uma análise cognitivo-discursiva

    Veloso Amorim Oliveira, Ananda; Lima, Silvana Maria Calixto de
    From a cognitive-discourse conception of the recategorization process, this paper  analyzes  the  construction  of  referential  recategorization  expressions selected  from  three  postings  of  the  fake  profile  Irmã  Zuleide.  We  took  as an analysis model the Lima’s  e  Feltes’ (2013) proposal, which is based on the  Theory  of  Idealized  Cognitive  Models  (LAKOFF,  1987).  The  analysis encompasses  the  identification  and  description  of  cognitive  models  evoked from  the  materialized  linguistic  clues.  The  outputs  confirm  Lima’s  (2009) thesis  that  in  the  discourse  some  references  can  only  be  ratified  if  we  call upon on the level of structures and cognitive functioning, requiring, therefore, anchorage in cognitive...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.