Mostrando recursos 121 - 140 de 4.468

  1. Black men teaching: The identities and pedagogies of black male teachers

    Brockenbrough, Edward Allyn
    While a chorus of teacher education programs, urban school districts, and educational scholars has called for more black male teachers to serve as role models and father figures for black students, the amount of empirical research on what it means for black male teachers to meet these expectations remains relatively small. The extant body of work, while certainly addressing important concerns, has left heteropatriarchal and racially essentialist assumptions of the roles of black male teachers largely unchallenged. Grounded in life history narrative inquiry and informed by black masculinity studies and critical educational theory, this study reveals how dominant cultural and...

  2. Educational Resources and Impediments in Rural Gansu, China

    Hannum, Emily; Kong, Peggy
    This report seeks to provide a portrait of schools serving rural communities in northwest China, and to shed light on factors that encourage and discourage school persistence among children in this region. To achieve these goals, we analyze a survey of rural children and their families, schools, and teachers in Gansu province. The project interviewed children in the year 2000, when children were 9 to 12 years old, and again four years later. In part one of the paper, we provide a descriptive overview of the material, human, and cultural resources available in sampled primary and middle schools. Where possible, we...

  3. O ensino da língua materna : uma perspectiva sociolingüística

    Guy, Gregory R.; Zilles, Ana Maria Stahl
    A educação e a pedagogia adequadas devem se fundar numa apreciação acurada tanto da realidade psicológica da aquisição da linguagem, quanto da realidade social da comunidade em que se situa. Tomando-se práticas pedagógicas observadas nos Estados Unidos e no Brasil, discute-se o fato de que o ensino da língua materna nem sempre leva em conta este princípio, seja por desconsiderar o processo de aquisição da linguagem pela criança, seja por ignorar a variação lingüística pela imposição da língua padrão. Não menos importante, desconsidera-se que o que se chama de padrão é essencialmente a variedade da língua usada pelas classes sociais...

  4. Dois contextos, duas realidades : ensinar e aprender

    Alhadas, Ercília Maria Nobre Fernandes
    A educação básica deverá assentar em pedagogias participativas, proporcionando à criança a construção do seu conhecimento através de experiências de aprendizagem. Como tal, deverá existir da parte da educadora/professora1 uma preocupação em formar indivíduos competentes. O presente relatório final está inserido no âmbito das Unidades Curriculares de Prática Educativa I e II do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico e reflete todo o meu percurso formativo ao longo dos estágios em educação pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico. Do seu conteúdo fazem parte as descrições das instituições, os princípios orientadores das práticas pedagógicas das orientadoras...

  5. Aprender como criança, viver com sabedoria : relatório final

    Jesus, Sónia Margarida Oliveira
    O presente trabalho aborda o papel do jardim de infância nos primeiros anos de vida de uma criança. É nesta fase que o desenvolvimento e a aprendizagem estão no seu auge, sendo fundamental um acompanhamento que visa complementar a ação educativa da família. Através de uma aprendizagem diversificada, a criança desenvolve habilidades cognitivas, sociais e motoras. A partir da observação e interação com grupos de crianças de diferentes idades foi possível estudar o seu desenvolvimento, recorrendo a diversas estratégias. Enfatizou-se o papel dos pais e do acompanhamento familiar, demonstrando que este tem fortes implicações no processo de aprendizagem. É também...

  6. Aprender para ser

    Mendes, Rosa Marisa Filipe
    O presente Relatório Final visa descrever, de forma crítico-reflexiva, as aprendizagens realizadas ao longo dos estágios pedagógicos, no âmbito das unidades curriculares de Prática Educativa Supervisionada I e II, intrínsecas ao Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, efetuado na Escola Superior de Educação de Coimbra. Assim sendo, para além de se apresentarem os contextos de estágios, faz-se ainda referência a todo o percurso efetuado, bem como a algumas práticas consideradas fundamentais para a minha formação enquanto futura profissional de educação. Este documento inclui, também, uma componente investigativa, a Abordagem de Mosaico, realizada em contexto de...

  7. Des(re)construir: uma construção inacabada. relatório final

    Neves, Ana Sofia dos Santos
    O presente relatório espelha o percurso formativo vivenciado e as aprendizagens construídas e refletidas em dois contextos distintos no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico. O processo reflexivo implica a capacidade de se escutar e pensar nas consequências das ações definidas ou pré definidas num determinado contexto. A opção pelas metodologias ativas fundou-se na visão da criança como detentora de competência, capacidade e direito à aprendizagem através de experiências interativas, depois de identificados os seus interesses. Este documento encontra-se estruturado em duas partes. A primeira parte refere-se à caracterização dos ambientes socioeducativos,...

  8. Crescer na prática dando espaço à criança: relatório final

    Santos, Andreia Margarida Pereira Pais dos
    A reflexão e pesquisa sobre a nossa prática educativa são o ponto de partida para este trabalho, que pretende contribuir para a edificação de uma pedagogia diferenciada, baseada na concepção da criança como sujeito activo e actor principal do seu processo educativo. Depois de uma breve análise do contexto educativo, procedemos à abordagem da aprendizagem activa e por descoberta, com o recurso à descrição reflexiva do desenvolvimento de um projecto cooperativo temático, no qual foi garantido às crianças o direito a uma voz activa e a serem ouvidas. (...)

  9. A organização do tempo no Movimento da Escola Moderna Portuguesa

    Alfaiate, Rute Manuel Sénica e Rosa Simões
    A presente dissertação pretende abordar a organização do tempo na pedagogia do Movimento da Escola Moderna Portuguesa. Para além da organização do tempo da semana na Agenda Semanal vamos debruçar-nos sobre a sua denominação e composição, o que ocorre nesses momentos e como estes são planificados, desenvolvidos e avaliados. Pretendemos também situar estes tempos na experiência de trabalho realizada numa IPSS de Coimbra caracterizando-a. Dissertaremos posteriormente sobre a dinâmica de trabalho que realizámos no ano lectivo 2010/2011 e sobre a forma como organizámos o tempo semanal e os diferentes tempos do dia na nossa sala de actividades. Posteriormente daremos exemplos de actividades...

  10. Exploring design based wilderness education : a pedagogy to develop design thinking, an engineering science worldview, and leadership capacity

    Saulnier, Christopher R
    This study explores the experience of students during the implementation of a design-based wilderness education curricula. I introduce the concept of a curriculum that combines the pedagogies of design-based learning and wilderness education to encourage the development of design thinking, an engineering science worldview, and leadership ability. This project bridges the gap between the wilderness education and engineering education literature as this is a novel approach to engineering education. In bridging the two literatures, we find that the outcomes of wilderness education align well with the contemporary demands of engineering education. The initial implementation of the design-based wilderness education curriculum...

  11. Synthetic tutor : profiling students and mass-customizing learning processes dynamically in design scripting education

    Park, Ju Hong
    Artificial intelligence is substituting human intelligence and robots are replacing human workers. Instead of settling for this competitive relationship between humans and machines, this thesis proposes a novel framework in which humans and machines work together to solve the complex problems of design-scripting education, problems which humans or machines alone cannot easily solve. In design education, there are few clear guides and pedagogies that can effectively teach students with diverse educational and professional backgrounds, some of who may need individualized tutoring. This thesis specifically explores applications of artificial intelligence (machine learning and computer vision algorithms) in which humans and machines...

  12. Developing experience : Alexander Dorner's Exhibitions, from Weimar Republic Germany to the Cold War United States

    Uchill, Rebecca, 1978-
    Following the work of German-American curator Alexander Dorner (1893-1957) from his early curatorial career in Niedersachsen to professorships in New England, this dissertation explores the intersections of Euro-American modernism and developing ideations of experience within aesthetic philosophy. Dorner's work was formulated in deep engagement with (and often intentional contradiction to) the art theory being incubated in contemporaneous art institutions, pedagogies, and practices. His written texts and museum praxis responded to emerging notions of subjectivity, restoration, and perception in the aesthetic theory of Alois Riegl and Erwin Panofsky, art restoration mandates advocated by German museum leaders such as Max Sauerlandt and...

  13. Contributo da pedagogia de waldorf no desenvolvimento do ser humano com necessidades educativas especiais

    Ferreira, Maria Gracieta Gomes
    A presente investigação traduz-se num estudo de caso e o desenvolvimento do tema deste estudo situa-se essencialmente no contributo da Pedagogia de Waldorf (PW) no desenvolvimento do ser humano com Necessidades Educativas Especiais (NEE). Nesta ordem de ideias, são objetivos do estudo: a) Identificar as principais dificuldades da aluna antes do início da aplicação da PW; b) Analisar os documentos relativos ao progresso da aluna ao longo de anos; c) Pesquisar as metodologias utilizadas, bem como a relação entre todos os intervenientes, se foram benéficas para a aluna, no seio do grupo em particular e na escola em geral; d)...

  14. Situating preparedness education within public pedagogy

    Kitagawa, K
    Both ‘disaster preparedness’ and ‘public pedagogy’ have been broadly defined and diversely utilised. Preparedness has been dealt with in disciplines such as civil engineering, the sociology of disasters, public health and psychology, rather than education. Recently, inquiries into the learning and teaching of preparedness have increased in the field of education. Some position preparedness education within the field of public pedagogy. However, conceptual discussion as to how and why the two fields are associated has been limited. The primary aim of this paper is to fill this gap by drawing on public pedagogy literature that conceptualises ‘publics’ and ‘pedagogies’. In...

  15. A interação em educação de infância: uma construção colaborativa do conhecimento da língua

    Santos, Liliana Patrícia Nunes dos
    O presente trabalho está enquadrado no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar e, mais concretamente, na unidade curricular de Prática e Intervenção Supervisionada, a qual foi realizada numa instituição pública de educação pré-escolar. Durante o desenvolvimento da prática educativa tivemos sempre em consideração as diferentes áreas de conteúdo e a sua articulação. Certamente, que a ação aqui trabalhada incide mais pormenorizadamente no domínio da linguagem oral. Tendo como alicerce a pedagogia infantil, desenvolvemos aprendizagens estimulantes e significativas em que a criança escutando, dialogando e usando a palavra como ferramenta para comunicar aprende a crescer comunicando. Como profissionais, recorremos à investigação-ação para a realização...

  16. Percepción de los jóvenes universitarios sobre el uso de Twitter en los procesos de enseñanza-aprendizaje

    Claudia Fabiola Ortega Barba; Alejandra Banderas Campero
    Este proyecto se basó en el uso de las redes sociales como estrategia didáctica para apoyar el proceso de enseñanza-aprendizaje. Dicha estrategia consistió en usar las cuentas de los estudiantes en Twitter para una tarea específica; el profesor logró la coparticipación de ellos con el fin de ser mediador en el estudio de un tema. Así, con la ayuda del servicio GroupTweet se logró un uso académico de dicha red social a través de la construcción de una comunidad privada. Los resultados de la estrategia se evaluaron mediante una serie de preguntas a los estudiantes. Existen trabajos que hablan sobre...

  17. Faculty Experience Teaching in an Interdisciplinary First-Year Seminar Program: The Case of the University of Guelph

    Jacqueline Murray; Peter Wolf
    First-year seminar programs have been a feature on the landscape of post-secondary teaching and learning in the United States, since they first appeared in the 1880s at Boston University (Mamrick, 2005). More recently, they have begun to appear at Canadian universities. For example, first-year seminars were introduced a decade ago at the University of Guelph, as a campus-wide initiative. To recognize the first decade that these unique, interdisciplinary seminars have been offered, faculty were surveyed to understand better the impact of the program on those teaching in it, as well as their perceptions of their students. The experience of the...

  18. Itinerário da escola pública em Portugal (Séculos XIX-XX) : um olhar histórico à escola primária / elementar

    Martins, Ernesto
    La historia de la escuela es paralela y reflecte la cultura de la sociedad de cada época. Por eso, la escuela constituye un objecto historiográfico, por lo cual la conceptualización del sistema educativo, la escolaridad, las instituciones escolares, corresponden a un continuo evolutivo de perspectivas pedagógicas, discursos y políticas. Si el estado en el siglo XIX deja la esculea a la incumbência de los municípios enl siglo XX será él a incumbirse de su manutención económica (problemática de la descentralización y de la centralización). En términos historiográficos hay tres interrogaciones de la evolución de la escuela publica: el enunciado legislativo...

  19. Historiografia da instrução pública : políticas e ideias pedagógicas (Séc. XIX e XX)

    Martins, Ernesto
    O autor destaca, numa abordagem histórico-educativa, as tendências pedagógicas, as reformas do ensino e os projetos de lei (sem aprovação) relacionados com a evolução do sistema escolar português desde do século XIX até ao 25 de Abril de 1974. Esta análise evolutiva dedica uma atenção especial à instrução primária e aos seus professores. Os diplomas e/ou normativos jurídicos e planos de ensino publicaram-se num ritmo alucinante, muito dependente do contexto e contingências de cada época, das conjunturas político-ideológicas, económicas e sociais, apesar de se deixar na ‘gaveta propostas de qualidade, como por exemplo, a Proposta de Reforma do Ensino de...

  20. A Historiografia educativa do sistema escolar em Portugal

    Martins, Ernesto
    Várias reformas e até projetos de reforma do ensino português fazem parte da historiografia educativa do século XIX, com o começo do sistema em 1936 e, perlongando-se no século XX com propostas renovadoras republicanas, estagnação da educação no Estado Novo salazarista, alguma abertura no período de Marcelo Caetano com a Proposta de Reforma de Veiga Simão e, posteriormente as mudanças operadas após o 25 de Abril de 1974 que convergiu para a promulgação da Lei de Bases do sistema Educativo de 1986. Houve um desfasamento entre as intenções reformadoras (legislação avulso) e a realidade educativa concreta, constituindo um indicador comum,...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.