Tuesday, May 26, 2015

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (61) Psicología

Mostrando recursos 101 - 120 de 42,576

101. O Banco Mundial e o Investimento na Juventude Brasileira - Souza, Regina Magalhâçes de; Arcaro, Nicolau Tadeu
Este artigo analisa três documentos referentes à juventude produzidos nos anos 2000 pelo Banco Mundial, com o propósito de identificar a posição atribuída ao jovem indivíduo objeto de políticas públicas. Além do investimento no capital humano juvenil, os documentos prescrevem o investimento do jovem em si mesmo, atribuindo pelo menos parte do êxito das políticas e medidas à atividade do jovem indivíduo. A atividade individual também pode ser detectada no deslizamento da noção de “situação de risco” para a noção de “comportamento de risco” e na noção de “participação” prescrita à juventude. Tanto a noção de comportamento quanto a de...

102. Os novos quixotes da psicologia e a prãtica social no “terceiro setor” - Paiva, Ilana Lemos de; Yamamoto, Oswaldo Hajime
O artigo desenvolve reflexão sobre as possibilidades de atuação do psicólogo no âmbito do “terceiro setor”, a partir da prática comunitária. Apesar do quadro crítico de pobreza e desigualdade social em que vivemos no país, as perspectivas atuais apontam para o fim do “Estado interventor” e para a redução do gasto público destinado às políticas sociais. Com o enxugamento do Estado, o “terceiro setor” está encarregado de pacificar a questão social, reduzindo-a ao âmbito do dever moral. Convocado ao compromisso social, o psicólogo também começa a trabalhar na fronteira da exclusão, sem questionar a funcionalidade e as implicações políticas do...

103. Sob a ã“tica dos pilotos: Uma reflexãço polã­tica sobre condiãçãµes e organização do trabalho dos controladores de vão - Heloani, Roberto
Neste artigo, objetivamos iniciar uma breve reflexão sobre as condições e a organização do trabalho dos controladores de vôo brasileiros, considerando suas implicações na saúde destes trabalhadores que estão imersos na atual conjuntura da denominada “crise aérea”. Instabilidade esta que vem se tornando “espetacular” do ponto de vista da mídia. Os meios de comunicação, no entanto, não parecem apresentar um esforço maior, por parte do jornalismo investigativo, no que toca à compreensão desta conjuntura de forma mais abrangente. Fato este que pode ser explicado, em parte, pela visível precarização do trabalho dos jornalistas, nossos formadores de opinião. Trata-se de um...

104. Movimentos sociais como zonas de desenvolvimento proletãrio - Lacerda Jr, Fernando

105. Adolescãncia e maioridade penal: Reflexãµes a partir da psicologia e do direito - Alves, Cândida Beatriz; Pedroza, Regina Lâcia; Pinho, Aline Rose; Presotti, Luara; Silva, Felipe Queiroz da
O aumento da violência assusta a sociedade brasileira, a qual cobra do Estado medidas para acabar com sua insegurança. Essa discussão tem se voltado para crianças e adolescentes autores de infrações, reacendendo a polêmica da redução da maioridade penal. Os principais argumentos a favor da redução referem-se à consciência dos adolescentes sobre seus atos e à necessidade de responsabilizá-los. Já os que são contra defendem que a inimputabilidade penal não significa impunidade e que o ECA é pioneiro no respeito aos direitos da criança e do adolescente defendidos pela ONU. Em suma, deve-se buscar a reformulação do sistema de internação...

106. A Experiância de Coletivizaçâo em um Assentamento de Reforma Agrâria do MST - Prim, Lorena; Groff, Apoliana Regina
O presente artigo foi desenvolvido a partir de uma pesquisa cujo objetivo foi compreender os sentidos e significados do singular e do coletivo em um assentamento de reforma agrária do MST. O artigo discute questões trabalhadas na pesquisa, tais como a experiência de coletivização em um assentamento de reforma agrária do MST, a luta pela terra como forma de superação do processo de exclusão social e inclusão perversa e o sofrimento ético-político. Para a realização da pesquisa, fez-se uma imersão de cinco dias no assentamento, onde se vivenciou o cotidiano dos assentados. Para apreensão das informações, foram realizadas entrevistas gravadas...

107. Anâlise Psicossocial das Visâµes de Ativistas GLBT’s sobre Famâlia e Conjugalidade - de Gouveia Leoncio Camino, Raimundo Cândido
O preconceito tem provocado a estigmatização de homossexuais a partir dos comportamentos sexuais, mas também a sua organização política. Este movimento político-cultural tem conseguido a inclusão de alguns direitos civis na jurisprudência de vários paises, que vinham sendo negados a partir da orientação sexual. Neste estudo, procura-se entender como se articulam os discursos oriundos do movimento homossexual a respeito da conjugalidade e da realização pessoal. Observa-se que a aspirações dos militantes não consideram necessariamente uma revolução nos modos de constituição familiar. No Brasil, os/as heterossexuais não precisam mais registrar seus relacionamentos para merecerem a proteção da lei; os/as homossexuais reivindicam...

108. Saãde pãblica: Publicizãção do Brasil - Bernardes, Anita Guazzelli; Pelliccioli, Eduardo; Guareschi, Neuza M.F.
Este artigo objetiva problematizar o público na articulação com a constituição do campo da saúde pública no Brasil. Trata-se de uma genealogia do público no que tange aos modos como este se aproxima do campo da saúde e às formas de subjetivação produzidas nessa articulação. A emergência desse campo encontra suas condições de possibilidade na formulação do público como um dispositivo da modernidade. Para a construção dessa discussão, serão utilizadas algumas linhas histórico-políticas referentes à saúde pública no Brasil. Tais estratégias subsidiam a compreensão do campo da saúde pública como um território do outro, um outro desfiliado do privado, um...

109. A “construâço” do terceiro setor no Brasil: Da questão social ã  organizacional - Calegare, Marcelo Gustavo Aguilar; Silva Junior, Nelson da
A proposta deste artigo é de compreender o movimento sobre o debate a respeito das organizações do Terceiro Setor e seu papel. Neste percurso, discute-se: a origem do termo; sua introdução no Brasil; a origem das ONGs no contexto internacional, sua introdução no Brasil e agregação ao Terceiro Setor; a defesa de uma tipologia organizacional; o paradigma tri-setorial subjacente; o papel de atores políticos dessas organizações; as implicações da eficiência e eficácia na questão social, que focam a avaliação de projetos; consonância com correntes de pensamento contemporâneos e o suposto potencial transformador; a mudança do papel do Estado nessa nova...

110. A histãria da inserãção polã­tica da mulher no brasil: Uma trajetãria do espãço privado ao pãlico - Coelho, Leila Machado; Baptista, Marisa Todescan Dias da Silva,
Apresenta uma revisão histórica do papel feminino na sociedade brasileira, que atribui às mulheres uma atuação predominante no espaço privado, o que pode explicar a pequena presença das mulheres, como protagonistas, na cena política. Embora inseridas e intensamente atuantes na política partidária, bem como nos diferentes contextos políticos vividos pelo país – movimento operário, luta pelo sufrágio feminino e contra a ditadura - raramente as mulheres chegam a exercer um cargo político eletivo ou por nomeação. Esta atividade permanece associada ao papel masculino, numa dicotomia público/privado própria da modernidade. A reflexão proposta indica que uma maior inserção feminina no cenário...

111. Silãncios e saberes guardados nas imagens do prão-golpe de 1964 - Hernandez, Aline; Scarparo, Helena Beatriz
Embora as fotografias estejam fortemente incorporadas à cultura midiática, nota-se uma predileção em tratar dos temas fotografados antes de tratar da fotografia em si como elemento informativo. Evidencia-se, pois, a importância de analisar os elementos narrativos que o próprio dispositivo fotográfico inaugura e seu potencial de registro sobre a realidade como uma forma interessante de pesquisa psicossocial. Apresenta-se um roteiro de passos, oriundo de uma síntese de diferentes teóricos sobre a análise de imagens fotográficas e um exemplo empírico de sua aplicabilidade. A classificação e posterior análise de uma coleção de fotografias constituem um corpus de trabalho interessante à pesquisa...

112. Assãdio moral no trabalho - Silva, Eduardo Pinto e
O artigo apresenta uma resenha do livro "Assédio Moral no trabalho", de autoria de Maria Ester de Freitas, Roberto Heloani e Margarida Barreto, publicado em 2008, de modo a discutir a abordagem do fenômeno enquanto problema fundamentalmente social e organizacional. São feitas algumas considerações críticas a respeito dos estudos pioneiros sobre o tema e da discussão de temas co-relatos, tal como a do bullying, de modo a apontar para o problema do pragmatismo neles presentes.

113. Participação polã­tica entre adolescentes em situaãço eleitoral de voto facultativo - Brasil, Julia Alves; Fonseca Vindas, Karina; Drago, Ágnes Bonfâ; Vargas, Elisa Avellar Merâço; Freitas, Juliana Brunoro; Bonomo, Mariana; Maria Rosa, Edinete
Este artigo visa apresentar e discutir as representações sociais (RS) que jovens, com idades de 16 e 17 anos, possuem sobre política a partir de dados empíricos obtidos com 50 estudantes de uma instituição pública de Ensino Médio em Vitória-ES. Foram realizadas entrevistas utilizando a técnica de associação livre e perguntas com questões abertas. Os termos indutores utilizados para a associação livre foram “política” e “político”. Para a análise dos dados, foi utilizado o software EVOC. Verificou-se que os possíveis elementos que organizam a RS dos jovens sobre política são: corrupção, eleição, líder. Pôde-se perceber que na RS dos jovens,...

114. Memãria polã­tica: Construindo um novo referencial teãrico na psicologia polã­tica - Ansara, Soraia
O presente artigo procura circunscrever o estudo da memória coletiva da repressão no Brasil dentro dos marcos de referência da psicologia social trazendo para o campo da psicologia política, a noção de memória política que desenvolvemos a partir da nossa pesquisa de doutorado, realizada em três capitais brasileiras (Belo Horizonte, Curitiba e São Paulo). Com base nos discursos das lideranças comunitárias e sindicais entrevistadas e nos referenciais teóricos de Gamson (1992a/b), Sandoval (1994, 2001), Halbwachs (1990) analisamos as interfaces entre memória coletiva e consciência política, procurando compreender as implicações da memória coletiva no comportamento político de pessoas que constituem diferentes...

115. Aspectos polã­ticos da normalizaãço da paternidade pelo discurso jurã­dico brasileiro - Perucchi, Juliana; Filgueiras Toneli, Maria Juracy
Este artigo desdobra-se de uma pesquisa de doutorado, sobre a paternidade no discurso jurídico brasileiro, desenvolvida desde a perspectiva dos estudos de gênero e da Psicologia, articulados com o pós-estruturalismo de Michel Foucault. Ele se propõe a abordar a temática da paternidade, principalmente no que se refere às questões jurídicas, estabelecendo um diálogo entre Psicologia e Direito e demais instâncias envolvidas demonstrando, assim, os aspectos políticos e sociais da normalização da paternidade pelo Direito. Parte de proposições provenientes de alguns trabalhos de Foucault, discutindo questões referentes à produção de verdades sobre a paternidade pelo discurso jurídico. Entre os resultados destacam-se...

116. €œcorpos marcados e fão na vida...€ mastectomia e polã­ticas pãblicas de saãde da mulher - Sousa, Aline Lopes de; Andrade, Angela Nobre de
“Corpos Marcados e Fé na Vida...” Mastectomia e Políticas Públicas de Saúde da Mulher Resumo: Este estudo objetivou explorar repercussões do câncer de mama na vida das mulheres e suas relações com as Políticas Públicas de Saúde. Participaram 08 mulheres que tiveram câncer de mama e realizaram o tratamento pelo SUS em Vitória/ES. Utilizou-se a técnica de História Oral na coleta de dados que foram analisados utilizando-se a Análise de Conteúdo. As dificuldades em conseguir vaga para cirurgia aumentaram o sofrimento do diagnóstico. Após a cirurgia, as restrições das atividades cotidianas e o desejo de reconstrução da mama foram questões que...

117. Trajetãrias de vida de presidiãrios e possã­veis sentidos para a prisãço - Menandro, Paulo Rogério Meira; Tavares, Gilead Marchezi
Este trabalho constitui parte da tese de doutorado da autora. Seu objetivo foi conhecer as trajetórias de vida de internos do sistema carcerário capixaba e os sentidos atribuídos à prisão. Foi utilizada como ferramenta intelectual a abordagem teórico-metodológica das Práticas Discursivas. Foram realizadas entrevistas orientadas por blocos temáticos de investigação (histórias prisionais e perspectivas futuras) com dez internos do Instituto de Readaptação Social, a penitenciária de Vila Velha (ES). Pontos recorrentes nas entrevistas foram registrados: escolaridade baixa, passagens pela polícia anterior à maioridade, falta de profissionalização, histórias de torturas e maus-tratos em presídios por onde passaram antes da chegada ao...

118. Trajetãria de vã­timas da violãncia: Dor e solidariedade entre mãçes de uma associaãço do espã­rito santo - Bussinger, Rebeca; Novo, Helerina Aparecida
O sistema de justiça brasileiro tem se caracterizado, entre outros aspectos, pela morosidade, burocracia na resolução de processos e parcialidade no trato com a população. Tais fatos, associados ao aumento da violência urbana têm incentivado o sentimento de descrença no sistema de justiça por parte da população, corroborando práticas de justiçamento particular. Este trabalho se propõe a apresentar a trajetória de mães que perderam seus filhos assassinados, desde o momento do crime até a inclusão e participação na Associação de Mães e Familiares de Vítimas da Violência do Espírito Santo. Os resultados revelam que a morte dos filhos por assassinato...

119. Psicanâlise e Polâtica - Calazans, Roberto
O presente artigo tem por objetivo demonstrar os diversos modos de relação entre a psicanálise e a política – escolha forçada entre uma e outra; reunião e intersecção –, as razões desses diversos modos de relação e os impactos que eles tem sobre os projetos que encontramos em diversas partes do mundo de tomar a clínica psicanalítica uma psicoterapia e, a partir daí propor em Assembléias Legislativas um plano de controle da práxis da psicanálise. Demonstraremos que tal proposta é, de certa maneira, um modo de evitar uma das características da política – o debate – e que, longe de...

120. Cidadania e Sade do Trabalhador: Grupos de âcio Solidâria - Jacques, Maria da Grâça; Hoefel, Maria da Grâça; Netz, Jacâia Aguilar; Mendes, Jussara Rosa; Amazarray, Mayte Raya
O número crescente de acidentes, mortes e doenças relacionadas com o trabalho reforçam a convicção sobre a importância da Saúde do Trabalhador e seu estreito vínculo com a noção de cidadania, pois a existência de uma cidadania frágil ignora, por exemplo, o direito à integridade física como uma condição a outros direitos humanos. Neste texto, apresenta-se, discute-se e fundamenta-se teoricamente uma experiência de trabalho com grupos de portadores de LER/DORT – chamados Grupos de Ação Solidária – que tem o objetivo de desenvolver a consciência crítica, o engajamento social e a instituição de laços solidários, abrindo espaço para a (re)construção...

Página de resultados:
 

Busque un recurso