Mostrando recursos 121 - 140 de 30.819

  1. FAIRE ET DEFAIRE LES IDENTITES AVEC LE RELIGIEUX Migrations, ethnicité, ''race'' et religion

    TIMERA, Mahamet
    Le volume 1 du mémoire d'HDR procède d’abord à la restitution de notre ‘’histoire de vie’’ de chercheur et de migrant. C’est un exercice que nous avons conçu comme une sorte d’égo sociologie qui éclaire notre parcours du point de vue d’une approche privilégiant l’acteur et le sens donné aux pratiques. Ensuite, nous abordons le contexte institutionnel et intellectuel de nos travaux et le bilan critique que nous en tirons. Ce bilan critique a été centré sur trois thématiques principales :- ‘’L’intégration républicaine’’ dont nous tentons de mettre en exergue le rôle crucial et paradoxal dans la fabrique des ethnicités....

  2. La “dulce ciencia” de los golpes. El boxeo como paradigma de una sociología de la dominación

    Beauchez, Jérôme
    El boxeo, o la “dulce ciencia” de los golpes (“sweet science” en inglés), no puede considerarse como un tema menor para los sociólogos y los etnógrafos. Cada vez más numerosos, sus trabajos constituyen análisis en los cuales se enfrentan no sólo cuerpos, sino también distintas concepciones de la investigación y de la relación de los investigadores a sus terrenos. Al recorrer estos trabajos uno a uno, este artículo describe lahistoria de un objeto sociológico cuyos contornos quedaban por definir. Pone de manifiesto que, más allá de sus diferencias, las maneras de entender o explicar la condición de boxeador están todas...

  3. La estructura visual del sonido: La construcción del lenguaje cinematográfico de Dziga Vertov

    Barreiro, M.ª Soliña
    El sonido en la obra de Dizga Vertov se erige en base de experimentación sistemática sobre el lenguaje cinematográfico. Recorriendo su filmografía desde los noticiarios de finales de los 10 hasta sus documentales durante la II Guerra Mundial, el sonido aparece como instigador de sus avances en el desarrollo del lenguaje cinematográfico; hallamos poemas rítmico-visuales, metonimias sonoras, voz por primera vez dada, sociología del sonido público, epistemologías técnicas mediadas por lo sonoro... en definitiva, el sonido, elemento poco estudiado en la obra Vertov, puede considerarse parte consustancial de su concepción de la imagen porque a lo largo de su práctica...

  4. El periodismo cultural en la prensa escrita y la televisión del Ecuador

    Cruz, M.A., Pamela J.; Rosero, M.A., Santiago
     El objetivo de la investigación "El periodismo cultural en los medios ecuatorianos" fue comprender cómo determinadas representaciones de cultura se construyen en el quehacer periodístico cotidiano. Por medio de dos aproximaciones metodológicas, una de análisis de contenido realizada a una muestra de 10 medios entre impresos y audiovisuales, y otra etnográfica en el departamento de redacción de un diario capitalino, se presenta evidencia de que en el subcampo del periodismo cultural -noción de la sociología reflexiva de Pierre Bourdieu-, la noticia cultural resulta tanto de la interiorización de las lógicas estructurales planteadas por la industria mediática en las dinámicas que...

  5. A noção de dever como categoria sociológica para a compreensão de ações no mundo contemporâneo

    Guerrini, Daniel
    O artigo se inscreve na temática da sociologia da ética.  O objetivo  é delimitar a noção  de dever  como categoria sociológica, recurso heurístico para a análise da  capacidade de  julgamento ético  de  agentes sociais. Investiga-se como  se molda  essa  capacidade nas  sociedades capitalistas contemporâneas, cultural e socialmente racionalizadas O caminho para  tanto  é a discussão sobre  a per- sonalidade social na sociologia weberiana, que se define por uma consistência na relação entre  valores e ação. Conclui-se que a noção  de dever  é importante para  entender essa  relação, expondo a maneira como  os agentes sociais  es- tabelecem compromissos valorativos nas  diversas...

  6. Diálogos entre Chantal Mouffe e Pierre Bourdieu: uma proposta de análise sociológica da ação dos trabalhos artísticos no interior do campo da arte a partir do conceito de agenciamentos artísticos

    Cavalcanti, Raíza
    Neste  artigo  apresento uma  proposta teórico-metodológica para  a análise de trabalhos artísticos desde a perspectiva da sociologia, baseada nas  teorias de campo de  Pierre  Bourdieu e de  democracia agonista de  Chantal Mouffe.  A partir do  conceito de  agenciamentos artísticos, proponho  uma  análise das relações entre  os processos de legitimação (e a potencial apropriação da crí- tica  que  geram)  observando a ação  dos  trabalhos artísticos no  interior das instituições e instâncias legitimadoras que  participam. Ao centrar o foco na agência dos trabalhos artísticos e suas práticas estético-discursivas no interior do campo da arte,  pretende-se ver mais  de perto  sua atuação quando...

  7. Rodolfo Stavenhagen e a sociologia do subdesenvolvimento: colonialismo, classes sociais e estratificação interétnica

    Valença de Azevedo Costa, Diogo
    O objetivo  deste  artigo  é apresentar o esforço  de  conceituação das classes sociais nas sociedades subdesenvolvidas, avançado por Rodolfo  Stavenhagen nos idos dos anos de 1960. Também serão consideradas suas formulações rela- tivas às características da situação colonial nos países subdesenvolvidos, for- temente permeadas pela estratificação interétnica e por suas influências sobre as situações de classe.  Dois de seus  mais  notórios textos  serão  tomados como objeto  de análise, Las clases sociales  en las sociedades agrarias (1969), e suas Sete teses equivocadas sobre  América Latina,  pela  primeira vez  publicadas em 1965. Por fim, as ideias de Stavenhagen serão  contrastadas com  algumas...

  8. A expansão dos cursos de formação de professores de ciências sociais na região sul do Brasil

    Oliveira, Amurabi
    A reintrodução recente da Sociologia nos currículos escolares tem impactado diretamente os cursos de formação de professores de Ciências Sociais, principalmente através da expansão significativa desses cursos. Buscaremos analisar nesse artigo a expansão ocorrida nesses últimos anos nos cursos de Ciências Sociais na Região Sul do país, considerando as particularidades envolvidas nesse contexto. Chamamos a atenção para o fato de que a expansão analisada se deu de forma tardia com relação à tendência mais geral observada no Ensino Superior brasileiro ligada ao processo de institucionalização da Sociologia no currículo escolar, e assentada fortemente no ensino universitário, ainda que se apresente...

  9. Nas sociologias da literatura de Pierre Bourdieu e Raymond Williams, que espaço há para a análise do objeto artístico?

    Freire, Rosano
    Pierre Bourdieu e Raymond Williams, cada um a seu modo, têm sido figuras incontornáveis para o debate sociológico sobre arte/literatura na contemporaneidade. Assim, este artigo tem como objetivo geral fazer uma aproximação entre os dois pensadores. O foco principal deste trabalho reside nas sociologias da literatura presentes nos respectivos aportes teóricos dos autores. A discussão feita aqui tentará apresentar de maneira sintética, mas clara, as ideias e as contribuições fulcrais dos dois pensadores para a análise da arte/literatura. O percurso nos levará, necessariamente, a debater os conceitos centrais dos autores – em Bourdieu, campo e habitus; e em Williams, estrutura...

  10. A secularização como sociologia do moderno: Max Weber, a religião e o Brasil no contexto moderno-global

    Sell, Carlos Eduardo
    Mais do que um conceito que visa apreender o lugar e a natureza do religioso nas condições contemporâneas, o teorema weberiano da secularização constitui uma categoria macrossociológica de interpretação da modernidade. Com base nesse entendimento, o texto retoma a discussão sobre a secularização no Brasil (com foco na pesquisa do sociólogo brasileiro Antônio Flávio Pierucci) e sugere subsídios para integrar as pesquisas sociais sobre a religião no debate sobre a realidade brasileira no contexto da modernidade global.

  11. Ética da pesquisa e ética profissional em sociologia: um começo de conversa

    Lima, Jacob Carlos
    O artigo discute como o profissional da sociologia enfrenta os dilemas ético e morais em sua atividade, e como esses  dilemas são resolvidos tendo como  referência as orientações presentes desde a formação da disciplina.   Recupero minha experiência de  pesquisador, professor e orientador. A experiência nas  três  atividades sintetiza a atividade do sociólogo na universidade, lócus principal, embora não exclusivo, da atuação profissional. E permite uma  certa  generalização, pois  no mercado – empresas, instituições, ONGs – o profissional enfrenta di- lemas  éticos  semelhantes. Além de uma  explanação de questões metodológicas que  remetem aos autores clássicos da disciplina, utilizo o Código  de...

  12. Braverman e a centralidade do processo de trabalho: comentário sobre comentadores desde uma leitura periférica

    Mello e Silva, Leonardo
    O artigo  faz um balanço da recepção do livro  Trabalho  e Capital  Mo- nopolista, de Harry  Braverman, por ocasião  do quadragésimo aniver- sário  de seu lançamento. Obra marcante e influente na sociologia do trabalho, tanto   internacional  quanto brasileira, busca-se mostrar a pertinência e atualidade de sua  abordagem para  a pesquisa corrente nesse  campo de  estudos. Para  tal  fim,  o texto  inicia com  uma  con- textualização do  livro,  passando em  seguida para  um  mapeamento das  vagas  de  reação  a ele,  bem  como  as questões que  suscitou. Em seguida, é feita uma  reflexão sobre  os desafios metodológicos que  os estudos do  processo...

  13. Trajetórias, travessias e produtores: sociologias, conhecimentos e os autores dos livros coletâneas sobre o ensino de sociologia na educação básica

    Wilhelms Eras, Lígia
    Este artigo retrata as condições da produção e a trajetória de grupo, por análise prosopográfica das trajetórias sociopessoais de formação escolar e acadêmica, socioprofissionais dos autores/escritores dos capítulos dos livros coletâneas sobre o Ensino de Ciências Sociais/Sociologia na Educação Básica, cujo recorte temporal é o período de 2008 a 2013.

  14. Centro de referência virtual do professor - CRV: portal de apoio didático pedagógico para o professor de sociologia

    Fonseca Guimarães, Elisabeth da; Gonçalves, Elaine
    Este artigo analisa a utilização do portal educacional da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEEMG) - o Centro de Referência Virtual do Professor (CRV) - pelos docentes de Sociologia das escolas públicas de ensino médio de Uberlândia. Apresenta aspectos básicos das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e a prática docente na cibercultura. Esclarece a distinção entre portais e portais educacionais, apresentando o portal CRV como interface pedagógica virtual disponível para auxiliar os professores de Sociologia em atividades didático-pedagógicas. Conclui que o portal apresenta conteúdos e informações confiáveis para a prática docente de Sociologia, porém, é um...

  15. Notas sobre o pensamento social brasileiro nos livros didáticos de sociologia

    Meucci, Simone
    Este texto se dedica a analisar os livros didáticos de Sociologia inscritos no Plano Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio 2012. Estudamos os livros em três perspectivas. Em primeiro lugar, analisamos as condições gerais de elaboração dos livros didáticos, especialmente alguns aspectos do mercado editorial, a política nacional de distribuição dos livros didáticos e as características do gênero de escrita. Em segundo lugar, identificamos o perfil de seus autores, em particular as trajetórias acadêmicas e profissionais. Finalmente, procuramos compreender, a partir da contagem de referências e da análise da natureza das sínteses, como esses livros se apropriam dos...

  16. A trajetória da formação do professor de sociologia do ensino médio a partir do estudo da disciplina didática

    Takagi, Cassiana Tiemi T.
    Este artigo discute a formação do professor de Sociologia da escola média a partir do estudo da disciplina Didática, pertencente ao curso de licenciatura em Ciências Sociais na Universidade de São Paulo. Considerou-se que o curso de licenciatura da USP, por ser o mais longevo e, de certa forma, inaugural, seria capaz de fornecer, a partir de seus arquivos, os subsídios necessários para se compreenderem os objetivos curriculares de formação docente. Optou-se pela disciplina Didática porque ela é capaz de revelar as diferentes alternativas curriculares vividas pela licenciatura desde a fundação da Universidade em 1934 até 2012. Para tanto, foram...

  17. Professoras, cátedras e o ensino de sociologia na USP: anos 1940-1960

    Spirandelli, Claudinei Carlos
    O artigo destaca trajetórias intelectuais, atividades de pesquisa, docência e relações de poder entre professoras da área de sociologia da USP nas décadas de 1940 a 1960. É um estudo a respeito de intelectuais, procurando compreender como estavam interligados os processos de institucionalização da disciplina de sociologia, relações de poder em geral, a licenciatura na Universidade e o ensino da época (contribuições dessas professoras, teorias preferidas, inovações etc.), tudo isso dentro do regime de Cátedras vigente. O texto é produto de consulta a biografias, correspondências e realização de entrevistas. A pesquisa propõe análises a partir de conceitos e obras de...

  18. Mestrado profissional em ciências sociais para o ensino médio: a experiência nos horizontes da formação continuada para professores

    Zarias, Alexandre; Monteiro Neto, Allan; Velho Barreto, Túlio
    A formação continuada de professores de Sociologia para o ensino médio é um dos meios de consolidação da disciplina nos currículos escolares. Por meio de cursos de pós-graduação stricto sensu na área, cria-se um espaço de circulação do conhecimento que une a experiência de professores em sala de aula com a atividade sistematizada de ensino e pesquisa. O ponto de partida para reflexões a esse respeito é o Mestrado Profissional em Ciências Sociais para o Ensino Médio da Fundação Joaquim Nabuco (MPCS-Fundaj), em funcionamento desde 2012. Neste artigo, destaca-se o papel do professor de Sociologia na ótica de Wright Mills,...

  19. Ensino da sociologia no Rio Grande do Sul: histórico da disciplina, formação do professor e finalidade pedagógica

    Mocelin, Daniel Gustavo; Raizer, Leandro
    O ensino da sociologia no ensino médio – seu significado, relevância, prática e realidade – está entre alguns dos temas mais fecundos, relevantes e atuais na educação brasileira. Prova disso é o número crescente de eventos, estudos, pesquisas e publicações que têm se dedicado a essa questão. Embora seja inegável o acúmulo de conhecimento, ainda existem muitos elementos, lacunas e dimensões – de diversas ordens, que precisam ser investigados e debatidos. Entre esses, destaca-se o resgate da memória nacional e regional do ensino da disciplina; e a questão do perfil do professor, sua formação, práticas e percepções sobre a finalidade...

  20. Aprendendo pela pesquisa e pelo ensino: o PIBID no processo formativo das licenciaturas em ciências sociais

    Gonçalves, Danyelle Nilin; Lima Filho, Irapuan Peixoto
    O artigo discute a inserção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) no panorama das Licenciaturas em Ciências Sociais e suas implicações na formação de futuros docentes da Educação Básica. Tomando como base a experiência do Pibid Sociologia da Universidade Federal do Ceará, é realizada uma reflexão sobre os impactos que o Programa causa, sobretudo, na relação entre a atuação dos bolsistas e a produção científica advindas dessas experiências. Atenta, no entanto, para a necessidade da discussão ainda incipiente sobre as culturas juvenis, as quais ajudam a entender a vida social da escola para além das análises...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.