Mostrando recursos 161 - 180 de 30.624

  1. Os entraves da mobilidade urbana em Goiânia: O não lugar do cidadão

    Covem, Eliani Fátima Queiroz
    Aborda-se neste texto a questão da mobilidade urbana em Goiânia, partindo da reflexão que envolve os conflitos sociais nas metrópoles brasileiras, como o que impede as pessoas mais pobres de ter acesso aos serviços públicos essenciais, de desenvolver suas capacidades e exercer seus direitos quando não conseguem andar pela cidade. Procura-se, ainda, repensar as políticas urbanas a partir da criação do Estatuto das Cidades e a consolidação dos Planos Diretores, centralizadores das definições sobre a gestão urbana em diversas áreas, como a dos deslocamentos, regida pela Política Nacional de Mobilidade Urbana. Políticas públicas são criadas pelo governo federal, com destinação...

  2. Os suportes epistemológicos dos movimentos sociais

    Pontes, Beatriz Maria Soares
    Sob a ótica das Ciências Sociais, os movimentos sociais são vistos como estudos sociopolíticos que apresentam o propósito de analisá-los no âmbito da ação coletiva. Surgiram como objeto de estudo, simultaneamente, com o advento da própria sociologia. No século XX, a temática passou a ser vista no universo dos processos de interação social, dentro da teoria do conflito e da mudança social. Foi denominada abordagem clássica. As doutrinas do interacionismo simbólico norte-americano viram nos movimentos sociais um fator de disfunção da ordem. Essas doutrinas se preocuparam com o entendimento do que seriam os grupos sociais. Nos anos 50 e parte...

  3. Os suportes epistemológicos dos movimentos sociais

    Pontes, Beatriz Maria Soares
    Sob a ótica das Ciências Sociais, os movimentos sociais são vistos como estudos sociopolíticos que apresentam o propósito de analisá-los no âmbito da ação coletiva. Surgiram como objeto de estudo, simultaneamente, com o advento da própria sociologia. No século XX, a temática passou a ser vista no universo dos processos de interação social, dentro da teoria do conflito e da mudança social. Foi denominada abordagem clássica. As doutrinas do interacionismo simbólico norte-americano viram nos movimentos sociais um fator de disfunção da ordem. Essas doutrinas se preocuparam com o entendimento do que seriam os grupos sociais. Nos anos 50 e parte...

  4. Cooperação Intermunicipal de Interface Multisetorial Direta e Desenvolvimento Metropolitano Sustentável: Conceitos e perspectivas de análise em governança metropolitana

    de Oliveira, Juliano Varela
    O artigo discute os conceitos de cooperação intermunicipal e desenvolvimento metropolitano no contexto brasileiro, considerando possibilidades de reflexão teórica sobre os mesmos na tentativa de ampliá-los. Parte da discussão histórica sobre os aspectos sociais e culturais do país, engendrados desde o período colonial, que ajudam na explicação sobre as dificuldade de se implantar um associativismo territorial no Brasil. Para tanto, reflete sobre os conceitos de capital social, de Putnam e Bourdieu, e de laços fracos e laços fortes, de Granovetter numa amálgama teórica que enxerga a cooperação intermunicipal de interface multesetorial direta como uma ação institucional promovida como estratégia de governança...

  5. Cooperação Intermunicipal de Interface Multisetorial Direta e Desenvolvimento Metropolitano Sustentável: Conceitos e perspectivas de análise em governança metropolitana

    de Oliveira, Juliano Varela
    O artigo discute os conceitos de cooperação intermunicipal e desenvolvimento metropolitano no contexto brasileiro, considerando possibilidades de reflexão teórica sobre os mesmos na tentativa de ampliá-los. Parte da discussão histórica sobre os aspectos sociais e culturais do país, engendrados desde o período colonial, que ajudam na explicação sobre as dificuldade de se implantar um associativismo territorial no Brasil. Para tanto, reflete sobre os conceitos de capital social, de Putnam e Bourdieu, e de laços fracos e laços fortes, de Granovetter numa amálgama teórica que enxerga a cooperação intermunicipal de interface multesetorial direta como uma ação institucional promovida como estratégia de governança...

  6. Políticas Públicas e Exclusão Social: Ou como as cidades constroem suas periferias

    Souto Maoir Fontes, Breno Augusto
    Recentes mudanças com impacto global geraram profundas mudanças nas relações entre diversas regiões do planeta, definindo processos e colocando novas agendas de investigação. Este artigo tem por objetivo tratar destas novas dinâmicas, em especial aquelas que remetem ao conceito de periferia. Quando tratamos de “periferia”, “periferização”, reportamo-nos a um conjunto bastante amplo de fenômenos que indicam, em boa parte dos casos, processos sociais geradores de desigualdade.  Periferias urbanas, segregação espacial e articulação de cidades em redes são temáticas aqui analisadas, sugerindo novas dinâmicas, observadas tanto na perspectiva das relações interurbanas quando naquelas que se verificam no interior das cidades. Temos,...

  7. Políticas Públicas e Exclusão Social: Ou como as cidades constroem suas periferias

    Souto Maoir Fontes, Breno Augusto
    Recentes mudanças com impacto global geraram profundas mudanças nas relações entre diversas regiões do planeta, definindo processos e colocando novas agendas de investigação. Este artigo tem por objetivo tratar destas novas dinâmicas, em especial aquelas que remetem ao conceito de periferia. Quando tratamos de “periferia”, “periferização”, reportamo-nos a um conjunto bastante amplo de fenômenos que indicam, em boa parte dos casos, processos sociais geradores de desigualdade.  Periferias urbanas, segregação espacial e articulação de cidades em redes são temáticas aqui analisadas, sugerindo novas dinâmicas, observadas tanto na perspectiva das relações interurbanas quando naquelas que se verificam no interior das cidades. Temos,...

  8. A Atuação das ONGs na Primeira Fase do Movimento Ambiental em Sergipe 1983-1992

    Felizola, Matheus Pereira Mattos; Costa, Fernando Bastos
    A pesquisa em tela teve por objetivo principal estudar o surgimento, o papel, e a estrutura dos movimentos ambientais sergipanos entre 1983 e 1992. Período histórico que vai do surgimento das primeiras organizações ambientais no estado até o ano de 1992, que atraiu a atenção mundial para o problema do meio ambiente na conferência do Rio de Janeiro. Esse objetivo foi norteado pela questão principal da pesquisa, que foi analisar a relação entre a missão, a estrutura e a ação das Organizações Ambientalistas em Sergipe no período histórico de nove anos. A pesquisa surgiu da necessidade de mapear e avaliar...

  9. A Atuação das ONGs na Primeira Fase do Movimento Ambiental em Sergipe 1983-1992

    Felizola, Matheus Pereira Mattos; Costa, Fernando Bastos
    A pesquisa em tela teve por objetivo principal estudar o surgimento, o papel, e a estrutura dos movimentos ambientais sergipanos entre 1983 e 1992. Período histórico que vai do surgimento das primeiras organizações ambientais no estado até o ano de 1992, que atraiu a atenção mundial para o problema do meio ambiente na conferência do Rio de Janeiro. Esse objetivo foi norteado pela questão principal da pesquisa, que foi analisar a relação entre a missão, a estrutura e a ação das Organizações Ambientalistas em Sergipe no período histórico de nove anos. A pesquisa surgiu da necessidade de mapear e avaliar...

  10. Deambulando entre los vagoneros del Metro de la Ciudad de México

    Ruiz, Sandra
    La emergencia, el incremento y el traslape de los otros trabajosen México conllevan actualizar los presupuestos teóricos de lasociología del trabajo, pues esto se relaciona con determinadosmodos de controlar, regular, realizar, construir y significar el trabajode manera radicalmente distinta de como lo han venidohaciendo los trabajadores en el sector industrial tradicional. Conrelación al trabajo de vagonero en el Metro, se observa que ésteobtiene altas ganancias económicas, pero también se encuentracotidiana e intensamente expuesto a varios riesgos. El presenteescrito da cuenta de la importancia del estudio de la ocupaciónde vagonero pues ésta incluye una compleja red de relacionessociales en donde prácticas...

  11. Trajectórias Familiares e Vivências Escolares: Projectos de vida e processos identitários nos descendentes de imigrantes guineenses na Escola Secundária de Odivelas

    Fati, David Lamine
    Dissertação de Mestrado em Sociologia

  12. Trajectórias Familiares e Vivências Escolares: Projectos de vida e processos identitários nos descendentes de imigrantes guineenses na Escola Secundária de Odivelas

    Fati, David Lamine
    Dissertação de Mestrado em Sociologia

  13. A Diversidade cultural como uma vantagem para a organização

    Correia, Sara Alexandra Igrejas Nunes
    Dissertação de Mestrado em Sociologia das Organizações e do Trabalho

  14. A Diversidade cultural como uma vantagem para a organização

    Correia, Sara Alexandra Igrejas Nunes
    Dissertação de Mestrado em Sociologia das Organizações e do Trabalho

  15. Mischi (Julian) – Le bourg et l’atelier. Sociologie du combat syndical. – Marseille, Agone, 2016 (L’ordre des choses). 406 p. Annexes

    Quijoux, Maxime
    International audience

  16. Compte rendu de Jean-François Bert, 2012, Marcel Mauss, Henri Hubert et la sociologie des religions. Penser et écrire à deux, Paris, La Cause des Livres

    Chenu, Alain
    L’apport spécifique du livre Marcel Mauss, Henri Hubert et la sociologie des religions (MMHH) est plus mince. Son objet, qui fait majoritairement place à des fac-similés et des transcriptions de correspondances, de fiches de lecture, de manuscrits, est d’analyser la préparation de « L’essai sur la nature et la fonction du sacrifice »(chap. 2), et de « L’esquisse d’une théorie générale de la magie » (chap. 3). Le très court chapitre 1 retrace la rencontre entre les deux hommes. Le quatrième et dernier chapitre aborde en moins de dix pages la réception de « L’Essai » et de « L’Esquisse...

  17. Le corps et la voix de l'enseignant : théorie et pratique

    Tellier, Marion; Cadet, Lucile
    Cet ouvrage collectif a pour ambition de traiter du corps et de la voix de l'enseignant en s'appuyant sur des disciplines qui contribuent chacune à leur manière et de façon complémentaire à analyser la dimension corporelle au sens large du terme dans l'enseignement. Ainsi, sont convoqués tout au long de la réflexion des disciplines comme la didactique des langues, les sciences de l'éducation, la médecine, l'orthophonie, la phonétique, la sociologie, la psychologie, la philosophie et les études de la gestuelle. La plupart des études portant sur le corps de l'enseignant en situation de classe tendent à se focaliser sur une...

  18. Cahiers de linguistique. Revue de sociolinguistique et de sociologie de la langue française vol. 37/2 - (Mé)tisser les langues à l'école ? Quels outils, quels curricula et quelles formations pour le développement du plurilinguisme à l'école ?

    Clerc, Stephanie
    no abstract

  19. Identidad personal y alienación en el hombre de la gran ciudad

    Torregrosa Peris, José Ramón

  20. La psicología social española: perspectivas de futuro

    Torregrosa Peris, José Ramón

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.