Friday, March 27, 2015

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (63) Sociología

Mostrando recursos 201 - 220 de 23,379

201. Campo e grupo: aproximação conceitual entre Pierre Bourdieu e a teoria moscoviciana das representações sociais - Lima,Rita de Cássia Pereira; Campos,Pedro Humberto Faria
O objetivo deste artigo é examinar a visão da realidade (ou do espaço) social no pensamento de Pierre Bourdieu e na teoria das representações sociais (TRS) de Serge Moscovici, tomando por desencadeador uma discussão sobre a noção de campo, proposta por Bourdieu, particularmente quando expõe a sociologia do gosto, e a noção de grupo na TRS. Na sociologia de Bourdieu, o campo é organizado por princípios como capital econômico e capital cultural, supondo lutas no espaço social, conforme posições sociais, habitus e práticas culturais dos agentes. Na teoria das representações sociais (TRS), os grupos, em suas comunicações, voltam-se para o...

202. [en] UNCONTROLLED RISK IN MODERNITY: AN ANALYSIS FROM SOCIOLOGICAL AND PHILOSOPHICAL CONSIDERATIONS - CICERO JOSINALDO DA SILVA OLIVEIRA
[pt] A importância que o domínio econômico adquire na modernidade foi particularmente registrada na vocação eminentemente econômica que a política, orientada pela proteção do social, adquire desde então. Ao inaugurar uma política de agenda econômica a modernidade confiou à esfera pública, como também à vida de trabalho, o exercício do controle planejado das condições de vida. Mas a emergência de um sistema econômico flexível que se estende segundo uma desregulamentação sistemática da política e do mercado de trabalho, deflagra um descontrole sem precedentes que satura de riscos os assuntos e o destino humanos. Seguindo as indicações das sociologias de Marx Weber, Richard Sennett, Zygmunt Bauman, Ulrich Beck e Antony...

203. La racionalidad instrumental y comunicativa en las organizaciones empresariales - Rodríguez, Luis Guillermo López
RESUMEN Cuando las organizaciones se configuran y definen sus objetivos, definen también el sistema interno de interacción social y las relaciones sociales que les van a servir para cumplir con sus objetivos, que son la función social de la organización empresarial.El sistema que adoptan es estructurado con una racionalidad predeterminada. Esto quiere decir que quienes han pensado en esta actividad, han elaborado un conjunto de concepciones, creencias y percepciones, sobre las características del mercado, la relación con otras instituciones y la forma como se valora el ser humano.Con base en los criterios y valores de los fundadores de la organización se...

204. Collection de monographies ethnographiques : sociologie descriptive. - Overbergh, Cyrille van.; Colle, P.; Schmitz, Robert.; Gaud, Fernand.; Halkin, Joseph, 1870-1937. Ababua (Congo belge); Plas, Joseph vanden.; Delhaise, Charles Codefroid Félix François, 1872-; Overbergh, Cyrille van.
Printed, in part, on one side of leaf.

205. A política da política monetária no Brasil, 1930-1993 - Mettenheim, Kurt Eberhart Von
Este relatório explora fontes primárias e análises secundárias na economia, na ciência política, e na sociologia para uma análise política da gestão monetária e financeira brasileira de 1930-1993. Fontes secundárias da economia financeira, da ciência política e da historiografia permitem distinguir quatro períodos diferentes em termos da relação entre o processo político e a gestão macroeconômica e financeira.

206. Promenades philosophiques. - Gourmont, Remy de, 1858-1915.
v. 1. François Bacon et Joseph de Maistre ; Saint-Beuve créteur de valeurs ; Le pessimisme de Léopard ; La logique d'un saint ; Les Racines de l'idéalisme ; Idées et paysages ; La rhétorique ; L'orthographe ; Notes de philologie -- v. 2. pt. 1. Une loi de constance intellectuelle -- pt. 2. Idées et commentaires ; Boscovich et la composition de la matière ; La science de Léonard de Vinci ; L'insurrection du vertebré ; La place de l'homme dans la nature ; Berthelot ; J. H. Fabre ; Les médecins et la resonsagilité ; La vie d'un...

207. A Questão do Imaginário e a Fronteira entre a Psicanálise e a Cultura Organizacional - Freitas, Maria Ester De
Este projeto de pesquisa analisa a cultura organizacional como um instrumento de poder político institucional, através do qual é repassado aos indivíduos um imaginário específico desenvolvido pela organização. Para compreensão desse imaginário discutimos alguns mecanismos psicológicos inconscientes, tais como: transferência, identificação, projeção e idealização. A utilização de conceitos psicanalíticos no estudo dos fenômenos organizacionais tem sido feita pela Psicossociologia ou Sociologia Clínica.

208. A dialética da mudança: uma análise crítica do conceito de paradoxos organizacionais - Vasconcelos, Isabella Francisca Freitas Gouveia De
A orientação teórica que divide a nossa sociedade em um modelo Industrial e em um modelo Pós-Industrial vem ganhando cada vez mais espaço e importância no estudo das organizações. Vários estudos acadêmicos nacionais e estrangeiros relatam o fato de que as organizações atuais mudam rapidamente o seu discurso a fim de adaptar-se às modificações que ocorrem nos processos produtivos e na gestão de pessoas, porém a implementação prática destas mudanças não ocorre de modo tão rápido quanto quer a mudança no discurso. Dado este período de transição, a distância entre a teoria professada e a prática efetiva nas organizações aumenta,...

209. Mudanças no mundo do trabalho e impactos na qualidade de vida do jornalista - Heloani, José Roberto Montes
O objetivo global dessa pesquisa foi contribuir com subsídios para o estudo sobre a qualidade de vida do jornalista diante das novas práticas político-econômicas e culturais, focalizando as problemáticas e sintomatologias de ordem psicológica na nova dinâmica da reestruturação produtiva. Nesse sentido, a investigação não considerou somente a incidência de problemáticas psíquicas; mas também relevou a realidade social, isto é, seus fatores internos e externos. Portanto, noções pertinentes às disciplinas da Psicologia que se interseccionam com a sociologia do trabalho fundamentaram a postura teórico-metodológica da pesquisa. O presente estudo teve como finalidade contribuir para a elucidação dessas relações, propiciando um...

210. Publicidade: comércio, cultura e profissão (parte inicial) - Durand, José Carlos Garcia
O universo daquilo que é abertamente comercial na sociedade contemporânea costuma ser tratado nos meios acadêmicos de forma costumeiramente distante, simplista e ressentida. Ou, ao contrário, através do otimismo ingênuo característico da literatura de celebração. O estudo da história social da publicidade e do marketing é estratégico para avançar contra esse maniqueísmo paralisante. Ele ajuda a ampliar a visão das relações entre industrialização capitalista e mercado, urbanização e modernização, comunicação de massa e vida familiar, favorecendo uma visão mais adulta dos significados do consumo, tanto material quanto simbólico. O texto apoia-se em alguns títulos selecionados em uma bibliografia especializada recolhida...

211. Conversas com sociólogos brasileiros: retórica e teoria na história do pensamento sociológico do Brasil - Loureiro, Maria Rita; Bastos, Elide Rugai; Rego, José Márcio Rebolho
Dando continuidade a uma iniciativa bem sucedida de conversa com diversos segmentos da intelectualidade brasileira, tais como economistas, filósofos, historiadores e cientistas políticos, o presente projeto focaliza agora os sociólogos. Reconstruindo trajetórias de vida e carreira, este trabalho visa retomar o debate de idéias, as reflexões sobre o papel destes cientistas sociais, os limites da prática sociológica e os dilemas enfrentados pela Sociologia nas sociedades contemporâneas e no Brasil hoje.

212. Paradoxos organizacionais e mudança: a análise crítica de 3 estudos de caso - Vasconcelos, Isabella Francisca Freitas Gouveia De
Neste relatório apresentaremos a análise crítica do tema Paradoxos Organizacionais e apresentaremos 3 estudos de caso onde pode compreender a aplicação do conceito de paradoxos organizacionais em situações de mudanças organizacionais. Utilizaremos o paradigma da Sociologia Interpretativa em nossas análises, mais especificamente os trabalhos de Peter Berger e Thomas Luckmann e a metodologia Etnográfica para estudo de caso, conforme apresentado no corpo do trabalho.

213. Teorias em estratégia - Vasconcelos, Flávio Carvalho De
A estratégia empresarial é uma disciplina jovem. Comparado com os campos de estudo de economia e sociologia o campo de estratégia empresarial pode ser visto como um fenômeno de formação mais recente, embora extremamente dinâmico em sua capacidade de criar abordagens teóricas diferenciadas. Este trabalho discute a recente proliferação de teorias em estratégia empresarial, propondo um modelo de classificação destas teorias baseado na análise empírica do modelo de escolas de pensamento em estratégia empresarial desenvolvido por Mintzberg, Ahlstrand e Lampel em seu livro Safári de Estratégia (1998). As possíveis conseqüências relativas à interação entre teoria e prática são também discutidas...

214. Redes sociais e empresas II - Martes, Ana Cristina Braga
Este relatório apresenta uma análise da bibliografia brasileira e da bibliografia internacional (anglo-saxã) sobre redes e empresas com o objetivo de contribuir para o debate teórico e orientar futuras pesquisas empíricas sobre o tema no Brasil, especialmente no campo da teoria das organizações e sociologia econômica. Para tanto, analisamos a bibliografia publicada nos últimos 10 anos (1990 a 2003) que trabalham com a abordagem de redes em três campos específicos: 1) a formação de redes entre empresas e o local onde estão inseridas; 2) o papel das redes na promoção de mudanças organizacionais e inovação; 3) o desenvolvimento de relações...

215. 2S-2014 Sociologia ExamenFinal version 1

216. 2S-2014 Sociologia ExamenFinal version 0

217. Manual de sociología / - Dealey, James Quayle, 1861-1937.; Ferrer y Robert, Antonio.; Ward, Lester Frank, 1841-1913
"Bibliografia": p. xi-xvii.

218. Prolégomènes à la science du droit; equisse d'une sociologie juridique, - Rolin, Henri, 1891-1973
Mode of access: Internet.

219. Cabo Verde, "Pousada" nos Caminhos do Atlântico. Interinluências culturais num arquipélago miscigenado - Évora, José Silva
[POR] Descoberto entre 1460 e 1462, o Arquipélago de Cabo Verde, situado no Oceano Atlântico, constituiu ao longo de vários séculos, escala obrigatória dos navios que faziam as ligações atlânticas entre os portos das Américas, da Europa e da África Graças a sua situação privilegiada, o espaço cabo-verdiano não foi um mero ponto de reabastecimento, mas também um importante ponto de cruzamento de culturas e de raças. Pretende-se, neste texto, abordar o papel que Cabo Verde teve no Atlântico incidindo, particularmente, na dimensão cultural resultante do contacto entre povos e culturas provenientes de diferentes paragens que se fixaram no arquipélago...

220. Un paso de América: Alfonso Reyes, Victoria Ocampo y el cosmopolitismo en la década de 1930 - Majstorovic, Gorica
[ES] El artículo trata de las construcciones americanistas del cosmopolitismo (entendido en relación a la geopolítica imperial) en los textos de Victoria Ocampo y Alfonso Reyes de los años treinta. Al analizar su relación con los movimientos de inmigración y la subsiguiente revalorización de la nación, el artículo postula que en Alfonso Reyes la mediación cosmopolita es «des-jerarquizada», ubicada casi siempre en una «periferia», a diferencia de Victoria Ocampo cuyas visiones cosmopolitas son mediadas desde un «centro» —ya sea París o Buenos Aires— y relacionadas con una jerarquía de valores estéticos y políticos.

 

Busque un recurso