Sunday, February 14, 2016

 

 



Soy un nuevo usuario

Olvidé mi contraseña

Entrada usuarios

Lógica Matemáticas Astronomía y Astrofísica Física Química Ciencias de la Vida
Ciencias de la Tierra y Espacio Ciencias Agrarias Ciencias Médicas Ciencias Tecnológicas Antropología Demografía
Ciencias Económicas Geografía Historia Ciencias Jurídicas y Derecho Lingüística Pedagogía
Ciencia Política Psicología Artes y Letras Sociología Ética Filosofía
 

rss_1.0 Clasificación por Disciplina

Nomenclatura Unesco > (63) Sociología

Mostrando recursos 241 - 260 de 25,931

241. Recent trends in the financial field in Brazil and their impact on the political scenario - Roberto Grün; Knight Dundonald Campbell
During the last decade Brazil has witnessed the expansion and differentiation of its financial field, with a major impact on society and the composition of its elites. I analyze this process based on data concerning the new players and the instruments they disseminate in companies and other organizations in Brazilian society. These include both financial instruments per se and organizational tools based on the same logic. I seek to demonstrate that the quest for legitimacy for new players and instruments has led to a new cultural judgment on what constitutes society's "common interest", which drastically constrains action by the different...

242. Revisiting Germani: the interpretation of modernity and the theory of action - José Maurício Domingues; María Maneiro; Deborah Neale
The work of the Italo-Argentinian sociologist Gino Germani has traditionally been classified as functionalist. However, recent studies have tended to change this perspective, emphasizing other important influences in his work. Against the backdrop of his broader theory, the objective of this article is to analyze, on the one hand, his perception, in the Latin American transition to modernity, of freedom as the essential issue in politics and daily life, and on the other, how this translates into a theory of action that remains overlooked, although only recently equivalents have been found in sociology, with his theory being more advanced in...

243. The sequences of a Brazilian political sociology - André Botelho; Paul Freston
By analytically reconstituting how the ideas of Oliveira Vianna were received in research by Victor Nunes Leal, Maria Isaura Pereira de Queiroz, and Maria Sylvia de Carvalho Franco, the article discusses the formation, from the 1920s to the 1970s, of a watershed in Brazilian political sociology oriented towards the investigation of conflict between the private and public orders in the specific configuration of political domination in Brazil.

244. Usage et culture du livre de sagesse: L'Alchimiste de Paulo Coelho. Enquête sur les pratiques de lecture des étudiants de l’Université de Metz - Brucker, Nicolas
Dirigée dans le cadre d'un enseignement de sociologie de la littérature, une enquête quantitative et qualitative, réalisée par des étudiants au printemps 2003 sur un échantillon représentatif de la population des étudiants de l'Université de Metz, a donné lieu à un rapport de synthèse. L'objectif était la définition, non pas a prioristique mais empirique, d'un genre peu connu, le livre de sagesse. Pour rendre l'enquête opérationnelle, nous avons choisi un titre cible, L'Alchimiste de Paulo Coelho (trad. fr. 1994), sur lequel ont porté les questions. Au-delà de la lecture du livre, il s'agissait de tester la connaissance du titre, et...

245. Sobre las fronteras jurídicas y sociales del trabajo asalariado en Argentina: análisis de una selección de fallos de la jurisprudencia laboral entre 1993-1997 - Héctor Palomino; Viridiana Díaz Aloy
El estudio de las formas contractuales y la organización del trabajo, revela una convergencia de procesos registrados en los países centrales con los que vienen siendo tratados desde hace varias décadas por la sociología latinoamericana. La situación argentina constituye, al respecto, un foco de interés para el análisis, ya que la expansión de la precariedad y de la desocupación en los ´90 tendieron a desestructurar un mercado de trabajo en el que la modalidad asalariada, estable y protegida, se había consolidado desde mediados de siglo. La jurisprudencia reciente muestra el impacto de aquellas tendencias sobre las formas de representación simbólicas...

246. Trabalho e sociedade em transformação - Márcia De Paula Leite
O texto discute as transformações teórico-metodológicas por que vem passando a Sociologia do Trabalho, ressaltando, nesse processo, os limites da visão determinista, bem como a importância dos debates interdisciplinares e do alargamento do olhar daquilo que se passa dentro das fábricas e dos sindicatos para novas tematizações que incluam os estudos sobre o mercado de trabalho e suas segmentações, as diferenças setoriais, as implicações diferenciadas do processo de reestruturação para as distintas empresas das cadeias produtivas, as diferenças entre o processo brasileiro e o dos países do Primeiro Mundo, entre outros.

247. Teoria crítica e semiperiferia: reflexões sobre a modernidade global e a geopolítica da teoria sociológica - Fernando Perlatto Bom Jardim
Nos últimos anos, sobretudo devido ao destaque que a crítica pós-colonial assumiu no âmbito da sociologia, diversos estudos têm apontado para a necessidade de se problematizarem as relações de produção e circulação da teoria sociológica entre centro e periferia. O livro de José Maurício Domingues, Teoria Crítica e (Semi)Periferia, ao trazer para o centro da reflexão teóricos provenientes de diferentes regiões periféricas do globo - como América Latina, Índia, China e Israel -, abre novas possibilidades para a reflexão crítica sobre a geopolítica da teoria sociológica, assim como contribui para a discussão em torno da modernidade global a partir da...

248. De muertas y policías: la duplicidad de la novela negra en la obra de Roberto Bolaño - Nilia Viscardi
Se presenta una sociología de las representaciones de la violencia a partir del estudio de la novela policial. Tomando como base los comentarios frankfurtianos sobre el auge de la novela policial en la modernidad, se comparan dos escritores europeos (Andrea Camilleri y Henning Mankell) con un latinoamericano (Roberto Bolaño). 2666, la novela de Bolaño, se construye desde un tipo particular de violencia social relacionada con la impunidad y la impotencia del estado, o en definitiva, con la imposibilidad del proyecto moderno. Esta realidad da lugar a un tipo de representación que se aparta de los cánones de la novela policial,...

249. O crime organizado em perspectiva mundial - Letícia Maria Schabbach
A construção da criminalidade organizada como objeto sociológico constitui um desafio para os cientistas sociais dedicados ao estudo desse tema. Entre os percalços para a conformação do crime organizado como problema sociológico está a sua própria conceituação, que permanece polêmica desde o século XIX. O Livro "Organized Crime: world perspectives" de Jay Albanese, Dilip Das e Arvind Verma, publicado em 2003 pela Editora Prentice Hall, é uma oportuna referência para quem deseja conhecer o crime organizado e suas características nos diversos continentes. Trata-se de uma coletânea de artigos resultante do "Third International Police Executive Symposium" realizado em 1996, no Japão,...

250. La reinvención de la autenticidad en el contexto de la mercantilización neoliberal - José Manuel Rodríguez Victoriano; Marina Requena I Mora
Desde las últimas décadas del siglo pasado, la constatación empírica de que los límites naturales al crecimiento estaban siendo traspasados (García, 2004) supuso un incremento de la conciencia medioambiental y dio lugar a la búsqueda de respuestas de distinto tipo. El concepto de 'Parque Natural', como un intento de preservar determinados espacios, se inscribe en este contexto. En su versión neoliberal dicha preservación no implica ninguna modificación sustantiva de las reglas que impone el desarrollo económico capitalista. De este modo, se convierte en una aplicación del binomio "desarrollo sostenible", un oxímoron (Latouche, 2006) donde se yuxtaponen dos significados contrapuestos, a...

251. Histórico, relevância e explorações ontológicas da questão ambiental - Jalcione Almeida; Adriano Premebida
De forma breve, é traçado um panorama histórico e discutidas as explorações ontológicas e abordagens teóricas da "questão ambiental" nas Ciências Sociais, situando as principais correntes, temas e possibilidades investigativas que fundamentam o ambiente como um todo, como entidade em si. Buscando estabelecer relações com essa trajetória da questão ambiental, o texto também apresenta os artigos que integram este dossiê. Estes visam garantir a diversidade teórico-metodológica de pesquisas sociais no tema ambiental e abarcar a maior variedade de abordagens, com um diapasão que busca intercalar teoria e empírico acerca de questões que tratam dos problemas ambientais vivenciados pelas sociedades contemporâneas.

252. Sociologia da Dádiva - Paulo Henrique Martins; Antonio David Cattani

253. Sociologia política e processos macro-históricos - Elisa P. Reis
Neste artigo, parto de uma breve exposição sobre algumas das muitas maneiras de se fazer sociologia política, para ilustrar a diversidade da área. Em seguida, comento uma dessas várias abordagens - aquela que privilegia as análises macro-históricas, salientando a preferência dessa perspectiva pela observação de grandes processos de transformação. Por fim, adotando essa mesma opção, discuto algumas das transformações em curso para sugerir que elas colocam desafios teóricos e metodológicos consideráveis para a sociologia política. Reconhecendo que os desafios em questão se colocam para além dela e, efetivamente, interpelam todas as ciências sociais, argumento que a justificativa para meu exercício...

254. Tendências e Desafios Contemporâneos da Sociologia Política - Soraya Vargas Côrtes

255. A quem pertence o estudo da democracia? Sociologia, ciência política e a promessa da interdisciplinaridade na Sociologia política desde 1945 - Joshua Kjerulf Dubrow; Marta Kołczyńska
Interdisciplinaridade é a integração entre duas ou mais disciplinas que produz conhecimento emergente, original, interessante e útil. A interdisciplinaridade é mais promissora quando a relação entre as disciplinas integradas é forte e simétrica. A sociologia política já foi considerada uma ponte natural entre as disciplinas de sociologia e ciência política. Contudo, em diversas medidas bibliométricas da base de citações da Web of Science entre 1945 e 2013, observa-se que os vínculos entre sociologia e ciência política são cada vez mais fracos exatamente nas áreas centrais da sociologia política: democracia, participação política, sociedade civil e movimentos políticos. A partir da década...

256. Sociologia moral das dependências motivadas: o caso da dependência amorosa - Patrick Pharo
Este artigo propõe um panorama do procedimento e dos métodos da sociologia moral, que se baseiam em uma etnofilosofia da existência social comum e em uma antropologia natural. A primeira parte do texto situa a sociologia moral em relação ao desenvolvimento contemporâneo das pesquisas empíricas sobre a ética, sobretudo no âmbito da psicologia experimental e evolucionista. A segunda parte apresenta alguns elementos de uma teoria das dependências motivadas aos prazeres e às recompensas, desenvolvida a partir do aporte das neurociências da adição e de pesquisas de campo sobre as condutas aditivas e as tentativas de restabelecimento. A terceira parte propõe...

257. Apresentação do dossiê: Sociologia e Moral - Raquel Weiss

258. O primado do reconhecimento sobre a redistribuição: a origem dos conflitos sociais a partir da teoria de Axel Honneth - Nadia Lucia Fuhrmann
O artigo tem por objetivo precípuo socializar o estudo empreendido na Teoria do Reconhecimento, do sociólogo e filósofo alemão Axel Honneth, em estágio pós-doutoral no Núcleo de Pesquisa "Violência e Cidadania", no Programa de Pós-graduação em Sociologia, da UFRGS, no período 2010-2011. A meta foi articular a pesquisa teórica sobre o "reconhecimento intersubjetivo e social" com uma investigação empírica qualitativa sobre as origens do fenômeno de rualização infanto-juvenil, no meio urbano. A hipótese preconizou o primado do reconhecimento negado a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, em detrimento de condições econômicas desfavoráveis, como causa da migração para a...

259. A visibilidade ambiental em perspectiva sociológica: estudo comparado Brasil-Portugal - Antonio Teixeira de Barros
Análise sobre a produção social da visibilidade das temáticas ambientais no Brasil e em Portugal, no contexto recente, pelo ângulo da mediatização, com destaque para o papel da televisão. O objetivo é examinar como foram construídos os arranjos analíticos sociomediáticos a partir do agendamento e tematização ambiental, com base nas seguintes indagações: (a) quais as questões socioambientais postas em relevo pelos media nos dois países? (b) como se dá a articulação entre estudos mediáticos focados na agenda ambiental e a perspectiva das ciências sociais? (c) que atores sociais são privilegiados por esses estudos? (d) como os arranjos discursivos desses atores...

260. Durkheim, Mauss e a atualidade da escola sociológica francesa - Paulo Henrique Martins; Juliana de Farias Pessoa Guerra
A escola sociológica francesa tem importância amplamente reconhecida para o desenvolvimento da sociologia acadêmica e contemporânea, o que se deve às contribuições de E. Durkheim e M. Mauss em primeiro lugar, mas igualmente a autores como C. Lévi-Strauss, G. Gurvitch, P. Bourdieu, A. Caillé entre outros. Porém, há um dado curioso: apesar de sua fama, desconhecem-se as características próprias da escola sociológica francesa no universo da teoria sociológica contemporânea. Por desconhecerem suas características alguns autores buscam enquadrar a sociologia francesa dentro do paradigma dualista agência x estrutura, de origem anglo-saxônico. Ora, tal identificação é um erro epistemológico e impede entender...

 

Busque un recurso