Mostrando recursos 221 - 240 de 6.160

  1. Neuroteología fundamental, una propuesta ética

    Escribano, Montserrat

  2. Implicaciones éticas de una colección de muestras control de población pediátrica

    Codina, Anna; Cusí, Victòria

  3. La transexualidad medicalizada: una mirada ética

    Gabaldón Fraile, Sabel

  4. Ética de los servicios sociales

    Busquets Alibés, Ester

  5. Uso de cámaras de videovigilancia

    Espacio de Reflexión Ética de Sant Tomàs

  6. Aspectos éticos de la investigación en niños: la utilización de muestras biológicas

    Cusí, Victòria

  7. Aspectos éticos en la atención paliativa pediátrica

    Navarro Vilarrubí, Sergi

  8. La revolución ética

    Roig Carrera, Helena

  9. Una ética ecológica

    Carrera, Joan

  10. La importancia de los modelos en el aprendizaje de la ética

    Siurana, Juan Carlos

  11. Declaración de Helsinki de la AMM. Principios éticos para las investigaciones médicas en seres humanos (2013)


  12. La equidad y la seguridad jurídica. El equilibrio como desafío a la ética judicial

    Lell, Helga María
    El objetivo de este artículo es proponer que la equidad constituye una herramienta de la ética judicial que apareja el desafío de hallar el equilibrio entre la atención a las necesidades particulares y la justicia concreta, por un lado, y la seguridad jurídica y la igualdad de trato, por el otro. Así, la epiqueya permite adaptar la generalidad de las normas a los casos particulares y generar interpretaciones novedosas.  

  13. Notas sobre a formação da juridicidade medieval: as influências da filosofia grega, do direito romano e da ética cristã

    Brocco, Pedro D. B.
    Este estudo terá como principal objetivo situar algumas das principais influências do direito medieval. Abordaremos algumas obras canônicas da filosofia grega, sobretudo a Ética a Nicômaco e a Política de Aristóteles e a grande obra de Tucídides, para depois nos determos sobre a recepção do Corpus Iuris Civilis de Justiniano pela Europa medieval, que entrava então no modo de organização e circulação do conhecimento nos moldes das Universidades. Por fim, abordaremos a influência da ética cristã para a formação dos aparatos administrativos medievais.

  14. A antropologia lascasiana e a visão do estado de natureza no século XVI

    Brocco, Pedro
    O presente estudo pretende expor algumas das linhas fundamentais sobre as concepções antropológicas e de filosofia moral implícitas na colonização espanhola na América do século XVI, bem como nos discursos que pretenderam promover uma reforma moral da empresa colonizadora, questionando diretamente seus fundamentos antropológicos e éticos. Dentro deste quadro mais geral, o objetivo principal do trabalho será o de abordar a atuação de Bartolomé de Las Casas (1474-1566) e os efeitos de seus escritos apologéticos e denunciatórios no interior de um projeto teórico acerca de uma etnologia comparada e de uma visão sobre o estado de natureza e o nativo...

  15. A constituição do self e a fragmentação da moral na modernidade: uma interface entre Taylor e Macintyre

    Rosa, Aléssio da
    O presente artigo busca refletir sobre a fragmentação da Moral na contemporaneidade a partir da obra de Charles Taylor, denominada As Fontes do Self. A partir da obra After Virtue, procura também presentificar as ideias de Alasdair MacIntyre, autor que destaca a situação atual da moralidade. Para Taylor, a sociedade contemporânea sofre de um agudo mal-estar que tem suas raízes no individualismo, manifestando-se numa perda de sentido da vida e na fragmentação da moral. Para MacIntyre, a moral, desde a modernidade, está em profunda desordem, pois possuem-se apenas fragmentos de um esquema conceitual que, juntos, não formam mais um todo...

  16. Da erótica passional ao amor oblativo: a amizade segundo Aristóteles, Ética a Nicómaco

    Pereira, Américo José Pinheira
    Para Aristóteles, a amizade é o acto de necessário mútuo amor que constitui, com seus três níveis, o cimento da «polis», a comunidade política, a «cidade». Pode ser estudada de acordo com as próprias categorias aristotélicas e a teoria da matéria e forma, potência e acto. Este trabalho, depois de analisar o que a amizade é como acto de amor, aplica tais teorias aristotélicas à compreensão da amizade.

  17. O transcendentalismo de Kant e a ética: um cepticismo que busca a superação na contradição

    Pereira, Américo José Pinheira
    A experiência é apenas um estado instantâneo de impressão sensível nisso que tem a experiência. Esta expressão resume a substância epistemológica do que constitui a posição empiricista polarizada na forma de pensamento paradigmatizada por David Hume e acriticamente aceite por Immanuel Kant. Tal posição, ao invés da tese aristotélica, impede qualquer modo trans-sensível, logo, trans-material de pensamento. A metafísica torna-se impossível. Kant procura ultrapassar esta impossibilidade através da criação de uma construção lógico-epistemológica que designa como arquitectónica transcendental. O mundo em que o transcendentalismo kantiano pôs a intelectualidade a viver é um mundo reduzido a um jogo lógico, insubstante para...

  18. A integração das emoções no processo educativo

    Alves, Anderson Machado R.
    Esse artigo expõe as principais características das filosofias do dever moral e daquelas que explicam a ação humana a partir do sentimento moral. Essas filosofias são opostas em muitos pontos, mas coincidem na contraposição entre sentidos e razão humanos. Ambas as propostas filosóficas têm repercussões na Ética, no Direito e na Pedagogia, os quais acabam recebendo forte influência racionalista ou sentimentalista. Confrontamos esses dois sistemas com a atual “Ética das Virtudes”, a qual pretende sair do impasse surgido do debate entre as duas teorias anteriores a partir do redescobrimento de pensadores como Aristóteles e Santo Tomás de Aquino. Atualmente, a...

  19. Intuição racional e o fundamento objetivo da ética na filosofia moral de Peter Singer

    Oliveira, Anselmo Carvalho de
    O presente texto discute a tentativa de Peter Singer, no artigo The Objectivity of Ethics and the Unity of Practical Reason, de encontrar um principio normativo objetivo. Singer considera o Axioma da Benevolência Universal capaz de passar pelos três critérios de credibilidade exigidos para que intuições racionais possam ser aceitas como verdades morais. E chega a conclusão de que: 1) é possível ter “convicção” em sua evidência; 2) versões do Axioma foram propostas por pensadores independentes de diferentes épocas e tradições; 3) o Axioma não pode ser explicado como o resultado de um processo evolutivo ou qualquer outro processo que...

  20. Karol Wojtyla y la crítica al utilitarismo

    Ugarteche, Martín
    O artigo visa apresentar a estrutura da crítica de Karol Wojtyla ao Utilitarismo na sua obra “Amor e responsabilidade”. Identificando no Utilitarismo não apenas uma corrente ética formulada filosoficamente na modernidade, mas também um modo de pensar que caracteriza aos homens e mulheres do nosso tempo, Wojtyla contrasta a chamada norma utilitarista com uma ética centrada no valor da pessoa humana. Além de não fazer justiça à estrutura do próprio prazer, o Utilitarismo também falsifica a própria natureza do agir moral. Tal falsificação tem as suas raízes numa antropologia simplista, que reduz o homem a um indivíduo dotado de razão...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.