Mostrando recursos 1 - 20 de 8.543

  1. Normalizações do saber-poder metodológico no campo da comunicação : por um étodo da diferença nos processos institucionais de produção de conhecimento científico

    Aguiar, Lisiane Machado
    O objetivo dessa tese de doutorado é investigar processos micropolíticos de produção de conhecimento acadêmico científico, que normalizam as práticas metodológicas nos Programas de Pós-graduação em Comunicação stricto sensu, avaliados pela Capes e reconhecidos pelo Ministério da Educação. O posicionamento epistemológico ocorre pela lente da filosofia da diferença em que a micropolítica é entendida como o processo de produção do pensamento a partir das relações de saber-poder, detecta como se produzem modos de subjetivação. Assim, não se quer saber apenas “o quê?” nem “por quê?”, mas “de que modo” e, principalmente, “como” determinado saber e não outro está sendo normalizado....

  2. Decisão n.º087/2017, de 31 de março de 2017 (CONSUN)

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Conselho Universitário
    Protocolo de Cooperação entre a UFRGS, através do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, e a Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares - CONTAG.

  3. Modelo de atendimento à diversidade: Percepções dos professores quanto ao processo de atendimento a alunos com dislexia

    Tonini, Andréa; Correia, Luís de Miranda; Martins, Ana Paula Loução
    O objetivo desta comunicação é o de possibilitar uma discussão sobre a forma como os alunos com dislexia são apoiados nas classes regulares das escolas públicas. Para fomentar esta discussão, serão apresentados os resultados preliminares de um estudo que tem por finalidade perceber a implementação do Modelo de Atendimento à Diversidade (MAD) no que respeita ao apoio a alunos com dislexia que frequentam o 1.º ciclo do ensino básico de um agrupamento de escolas da região norte do País. Participaram neste estudo, 5 professores do 1º ciclo do Ensino Básico, com idades compreendidas entre os 46 e os 53 anos, com uma média de 25 anos...

  4. Reter o breve : de casas que brotam, desenhos que proliferam e coletas que tocam o tempo

    Sousa, Márcia Regina Pereira de
    Estas pesquisa em poéticas visuais orienta-se para o campo de estudos Arte e Natureza relacionando desenho, gravura, fotografia e elementos naturais organizados em instalações efêmeras. Os tabalhos poéticos realizados estão relacionados à observação de formas orgânicas presentes na natureza, à coleta de elementos vegetais e especialmente ao surpreendente encontro com casas e lugares que brotam. A investigação detém-se sobre conceitos como a organicidade, a efemeridade, a fragilidade e a lentidão, propondo a delicadeza como resistência a um entorno acelerado e por vezes pouco sensível. Os trabalhos são abordados da perspectiva de seus processos, ao considerar os cadernos e outros documentos...

  5. O sonho da razão produz monstros : um estudo sobre Catatau

    Moreira, Laura de Anunciação
    Este trabalho de conclusão apresenta uma proposta de leitura de Catatau, de Paulo Leminski. Essa obra é reconhecida por dialogar com a filosofia cartesiana, ao retratar o protagonista Renatus Cartesius vivendo um embate entre esta e outra perspectiva sobre o mundo. Tomando como princípio a análise da formatividade da obra, principalmente através das formulações de Eco (2003) e de Deleuze e Guattari (2011), O sonho da razão produz monstros: um estudo sobre Catatau visa observar de que modo o próprio trabalho formal da obra dialoga com e sustenta um embate entre perspectivas ontoepistemológicas: a objetiva, racional, cartesiana, e uma outra...

  6. Justiça : desafios teóricos e institucionais : anais [resumos]

    Storck, Alfredo Carlos; Tocchetto, Daniela Goya; Domingues, Fabian Scholze; Comim, Flavio Vasconcellos; Goldmeier, Gabriel; Oliveira, Mariana Kunh de; MacDonald, Paulo Baptista Caruso; Pôrto Júnior, Sabino da Silva

  7. "La pittura è filosofia", une définition sans précédent

    SCONZA, ANNA
    International audience

  8. Decisão n.º049/2017, de 17 de março de 2017 (CONSUN)

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Conselho Universitário
    Segundo Termo Aditivo ao Contrato entre a UFRGS, através do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, a Fundação de Assistência Social e Cidadania – FASC – e a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – FAURGS.

  9. Controvérsia e racionalidade soft : a novidade epistemológica de Marcelo Dascal

    Oliveira, Rúbia Liz Vogt de
    Esta Tese consiste em uma análise crítica da controvérsia e da sua racionalidade, a racionalidade soft, conforme concebidas por Marcelo Dascal. A controvérsia (com sua racionalidade do razoável) é uma das modalidades da tricotomia de tipos ideais de interações polêmicas de Dascal, a qual é formada, ainda, por discussão (e sua racionalidade hard) – modelo ideal de debate intelectual – e disputa (e sua irracionalidade). Embora as interações polêmicas sejam campo de atividade da racionalidade, na filosofia da ciência, visões idealizadas da prática científica caracterizaram as polêmicas como fenômenos marginais na história da ciência, ignorando-as como o âmbito próprio do...

  10. O financiamento de campanhas políticas na perspectiva do direito e seus fundamentos na filosofia política de Johm Rawls

    Gabe, Nicolas Alan
    Este trabalho de conclusão de curso objetiva analisar duas decisões constitucionais paradigmáticas para o campo jurídico do financiamento de campanhas eleitorais. A primeira delas é Citizens United v. Federal Election Commission, de 2010, emanada pela Suprema Corte dos Estados Unidos da América. O outro julgamento se refere à Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4.650, de 2015, julgada pelo Supremo Tribunal Federal do Brasil. O exame desses julgados procurou identificar seus principais fundamentos para que, posteriormente, se pudesse observar de que modo a literatura jurídico-filosófica compreende cada um deles. Após constatar uma forte carga principiológica na motivação dos colegiados, representada pelos...

  11. Aula Inaugural do IFCH com Dilma Rousseff


    Os alunos e servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foram convidados para assistir à aula inaugural do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) com a ex-presidente Dilma Rousseff, que acorreu dia 2 de maio, às 17h, no Salão de Atos da Ufrgs, no Campus do Centro.

  12. Deux lettres de Delfim Santos à Henri Bergson

    Costa Carvalho, Magda
    L'influence d’Henri Bergson et de sa pensée sur l’œuvre et l'enseignement du philosophe portugais Leonardo Coimbra (1883 à 1936) a été largement étudiée et discutée. Ce qu’a entrepris Leonardo Coimbra en ce qui concerne la diffusion de la philosophie bergsonienne au Portugal au cours des premières décennies du XXe siècle est également consensuel. Cependant, l'approche qu’un autre philosophe portugais, Delfim Santos (1907-1966), fait à Henri Bergson a été bien moins exploitée. Entre eux, a eu lieu une rencontre physique et intellectuelle dont la trace a perduré au-delà des points communs philosophiques (rappelons que Delfim Santos était lui-même disciple de Leonardo...

  13. Filosofía de la biopsichología del número

    Benis Sinaceur, Hourya
    International audience

  14. Uma clínica da escrita : experimentações ateliais

    Garavelo, Leonardo Martins Costa
    A pesquisa que embasa nossa tese interroga sobre a potência clínica da escrita junto a frequentadores do Ateliê de Escrita da Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro. Toma como pressuposto que o ato de escrever porta tendências desterritorializantes aos sujeitos portadores de sofrimento mental, como de resto a qualquer um outro, colocando-se como dispositivo da invenção de si e de mundos. Trata-se, nesse caso, de virmos a cartografar algumas experimentações realizadas junto ao Ateliê de Escrita, mapeando agenciamentos coletivos que se tornam acontecimentos no decorrer do processo. Assume-se que as escritas produzidas nesse âmbito possam ser tomadas como...

  15. O gesto de leitura: por uma leitura para além do autor e da recognição

    Ribeiro, Thomas Moraes
    O presente trabalho versa sobre a possibilidade de pensar outro modo de leitura para além do entretenimento, buscando uma leitura como um gesto intenso e procurando afastar o investimento na imagem de uma leitura utilitária, estagnada e passiva. O trabalho expõe os problemas da noção de autor, a partir da perspectiva de autores da Filosofia da Diferença (Michel Foucault, Roland Barthes e Giorgio Agamben). Expõe o conceito de leitura como gesto também a partir da perspectiva conceitual de Giorgio Agamben. Pensa a relação da leitura com o corpo. Evidencia a questão ética que se coloca na leitura como gesto, com...

  16. A hashtag (re)construindo sentidos: subversão e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do Twitter

    Somariva, Mariana
    Esta monografia se propõe a articular a Semiótica da Cultura, a Teoria Queer, estudos de gênero, estudos sobre o corpo e sobre a mídia e a filosofia de Deleuze e Guattari a fim de, numa perspectiva interdisciplinar, encontrar pontos de consonância capazes de dar a ver problematizações relacionadas à condição contemporânea do sujeito não-binário. Como objeto empírico, analisam-se tweets de pessoas que se autodeclaram não-binárias, usando a hashtag #whatgenderqueerlookslike (em português, “como não-binários se parecem”), lançada em 2014 pelo site estadunidense The Huffington Post em um de seus perfis no Twitter. Realiza uma investigação das significações, das reconfigurações de sentidos,...

  17. Não deve dar a palavra aos amigos... assim não é justo! Representações das crianças sobre o gestor da palavra na comunidade de investigação filosófica

    Santos, Ana Isabel; Costa Carvalho, Magda
    O presente artigo tem como objetivo a apresentação e discussão das representações das crianças acerca do papel do Gestor da Palavra (GP). Trata-se de um recurso concebido e desenvolvido no âmbito de sessões de Filosofia para Crianças, de acordo com a metodologia da comunidade de investigação filosófica (community of philosophical inquiry) de Matthew Lipman (2003) e de Ann Margaret Sharp (1987). Designamos como “Gestor da Palavra” o membro da comunidade de investigação responsável por escolher, durante o diálogo, quem fala e quando fala. Surge como uma estratégia para envolver ativamente as crianças nos procedimentos da sessão e a sua importância estende-se...

  18. Uma Epistemologia Racional-Realista e o Ensino da Física

    Silveira, Fernando Lang da
    A Filosofia da Ciência de Karl Popper e Imre Lakatos é o referencial teórico para a proposta de uma estratégia de mudança das concepções alternativas para concepções científicas. A estratégia foi testada empiricamente em nove estudos conduzidos com alunos de Física 1 e 2 das engenharias da PUCRS e UFRGS. Os nove estudos corroboraram a eficácia da estratégia na promoção das mudanças pretendidas. Aborda-se também o ensino da Mecãnica Quântica. Discute-se a questão das interpretações desta teoria, utilizando-se como referencial teórico a epistemologia racionalista e realista de Karl Popper e mario Bunge. Critica-se a interpretação não-realista da Escola de Copenhague...

  19. Intervenções artísticas nos espaços da ciência : elementos de aprendizagem para além do ordinário

    Telles, Jardel
    Com este trabalho desejamos apresentar o campo pós-estruturalista e a visão pósmoderna de ciência não asséptica, entendendo que este posicionamento nos possibilita um olhar mais amplo para o processo de ensino e aprendizagem das cientificidades. Como localizar a ciência na rede complexa de construção do conhecimento e qual a relação e aproximação que se pode fazer destes conhecimentos com os estudos da arte? É possível olhar a ciência através dos óculos das Artes Híbridas? É possível construir o conhecimento posto curricularmente de outra maneira? É possível pensar este currículo como um campo de disputas onde os caminhos da ciência foram...

  20. Máscara, rosto e a ética do estranhamento

    Krinski, Sthefan dos Santos
    O trabalho procura delinear o papel e inserção das máscaras na cultura. Para tanto, ele é fundamentalmente divido em três partes que dizem da abrangência de um tema cuja elaboração convoca o aporte de vários campos de saber. Uma primeira dedica-se aos levantamentos antropológicos de Lévi-Strauss (1979) a respeito das máscaras e dos mitos com os quais o autor deparou-se no contato com tribos indígenas norte-americanas. Segue-se com leituras da psicanálise, versando sobre a questão do mito, da verdade e do semblante, de modo a contrapor com as noções de mentira e dissimulação tanto cotidianas como hermenêuticas – evocando um...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.