Mostrando recursos 101 - 120 de 8.553

  1. Expressividade e catatonia

    Camacho, Miguel Lúcio Castro
    Mestrado em Filosofia, área de Bioética apresentado à Faculdade de Filosofia de Braga

  2. EL CONCEPTO DE MEDICIÓN EN LA CONCEPCIÓN SEMÁNTICA Y ESTRUCTURALISTA DE LA CIENCIA

    Ferro, María Virginia
    En el ámbito de la Filosofía de la Ciencia o Metateoría contemporánea, los análisis formales o semiformales de la ciencia en relación a la naturaleza de las teorías, de la mano del trabajo que fueran desarrollando a lo largo de tres décadas J.C.C. McKinsey, E. Beth y J. von Newmann, aquí tenemos las bases sobre las que se desplegará la llamada “familia semanticista”, que involucrará una espectro bastante amplio de propuestas de análisis, que tienen en común la postulación de una nueva concepción sobre las teorías científicas, que viene de la mano de una reintroducción de la Filosofía Analítica en...

  3. Abordajes epistémico-metodológicos en tiempos de la transdisciplinariedad

    Ferro, María Virginia,
    En el marco del V Encuentro Latinoamericano de Metodología de las Ciencias Sociales, revisar, discutir y reflexionar sobre los modos de enseñar metodología de la investigación social, debiera involucrar necesariamente a la figura de Michel Serres. En relación con la propuesta del mismo, se trata de discutir nuevos métodos y epistemologías que resulten novedosas en su aplicación en el ámbito de la investigación latinoamericana.En el trabajo nos proponemos analizar puntos neurálgicos de la propuesta de Michel Serres como un abordaje teórico-metodológico transdisciplinario susceptible de ser aplicado en la enseñanza de la metodología de la investigación. Su trabajo comprende formas de...

  4. Da influência francesa nas políticas públicas de segurança em Portugal

    Carvalho, Rúben Alexandre Monteiro
    A realidade securitária em França tornou necessário revolucionar o paradigma político, que leva à génese e aplicação de políticas públicas específicas para o setor da segurança. Procuramos compreender a emergência das políticas públicas de segurança em França; verificar a sua influência em Portugal; averiguar da existência de diferenças entre o policiamento comunitário e o policiamento de proximidade, compreendendo-as; bem como apurar se as políticas públicas de segurança podem influenciar a filosofia do policiamento.

  5. Coloquio de la Fundacion POLO MERCOSUR : Derecho y filosofia de las Constituciones desde la Independancia hasta nuestros dias.

    Mazet, Guy
    como el orden constitucional latinoamericano se articula con el orden juridico internacional salido de la mundialisacion y nuevos paradigmos :medio ambiente, derecho de integracion regional, nuevas tecnologias...

  6. Dialogue policing

    Santos, Ricardo Filipe Rodrigues
    Foram vários os olhares lançados ao comportamento colectivo com o passar dos anos. Com o desacreditar da tese que defendeu a irracionalidade das multidões ao longo da primeira metade do século XX, a perspectiva de análise desta temática alterou-se completamente. Concluiu-se que afinal as multidões são racionais, possuidoras de uma identidade que as caracteriza e a sua acção está sujeita a vários constrangimentos e oportunidades. Por outro lado, para legitimar a sua acção e potenciar o sucesso dos seus policiamentos, a polícia deve adoptar uma postura dinâmica e interactiva, esforçando-se por promover o diálogo com os demais parceiros. Com base...

  7. A influência das políticas públicas de segurança do Reino Unido na realidade portuguesa

    Carvalho, Ricardo Manuel Alves de
    O conceito de segurança distingue-se por ser um objetivo indispensável e teleológico da atividade política. Quando a sociedade sente a sua integridade securitária ameaçada constata que devem ser tomadas medidas que alterem esse paradigma. Neste sentido, emergem as políticas públicas de segurança como um processo de mediação social ou de resposta aos problemas dos cidadãos. Durante muitos anos, as políticas públicas foram aplicadas na generalidade e não eram desenvolvidas tendo em consideração as especificidades e os problemas locais. Todavia, no Reino Unido esse padrão evoluiu, dando origem a políticas públicas vocacionadas especificamente para a área da segurança. Nesta investigação procuramos compreender a...

  8. O policiamento repressivo e o policiamento de proximidade

    Jorge, Pedro Tiago Santos Sá
    Face aos acontecimentos do quotidiano, a ação policial está constantemente exposta a uma fria análise de todos os interlocutores mediáticos. Se o agente policial toma alguma atitude aparentemente mais severa face a qualquer situação, no dia seguinte essa mesma ação adquire toda uma nova magnitude aos olhos da sociedade, em parte pela sua apresentação pelos média. Esta visão ligeiramente condicionada pode ser, em parte, justificada pelo passado, surgindo aqui a necessidade de situar a nossa polícia num plano histórico, abordando os seus métodos de atuação e a sua evolução até aos dias de hoje. A transição do antigo regime para a democracia trouxe mudanças a todos os níveis que...

  9. Direitos humanos e justiça internacional : o cosmopolitismo como uma alternativa ao direito dos povos

    Bassegio, Luana Fischer
    Direitos humanos e justiça internacional são temas que abrangem várias categorias de discussão. Ambos são igualmente importantes e sem um somos incapazes de alcançar o outro. Esse trabalho tem como objetivo apresentar as principais teorias políticas contemporâneas que tratam desse tema, em busca da que melhor responde a seguinte questão-problema: qual proposta de filosofia política se adapta uniformemente a valoração dos direitos individuais e argumenta como fatores internacionais afetam a sociedade doméstica? Fazemos uma revisão bibliográfica a partir da obra Uma teoria da justiça de John Rawls, apontamos como o debate se expandiu para o âmbito internacional e quais as...

  10. The way out of the distinguishability problem [resumo]

    Carvalho, Eros Moreira de

  11. Mirrodin Sitiada relações entre narrativa ficcional e historiográfica em Magic : The Gathering

    Sumariva, Guilherme Garcia
    Este trabalho busca analisar o jogo de RPG em cartas Magic: The Gathering e suas relações com escrita ficcional e historiográfica da História. Para isso, foi utilizado de conceitos relacionados a várias áreas do conhecimento, como pedagogia, critica literária, filosofia e história. O objetivo era trazer reflexões sobre um de seus enredos e o período histórico ali retratado, bem como as relações de escrita e de desenvolvimento do jogo, analisando artigos da equipe de criação, um romance baseado no jogo e as ilustrações dos cards.

  12. A filosofia da natureza em Hegel : um estudo da relação entre o lógico e o natural no contexto de um idealismo absoluto

    Menk, Tomás Farcic
    Esta tese propõe analisar a ampliação da Ciência da Lógica para Filosofia da Natureza no contexto da Enciclopédia das Ciências Filosóficas de 1830 e da Ciência da Lógica de Hegel. Dado as várias possibilidades interpretativas dessa ampliação, argumentamos que existe uma estrutura lógico-metafísica na realidade que permite conhecer a natureza enquanto ciência. Para tanto, iremos demonstrar que: 1 – Que a lógica hegeliana tem um duplo aspecto, enquanto a lógica (die Logik) e enquanto o lógico (das Logische), lógico este que se manifesta como um discurso especulativo. 2 – Que o lógico enquanto discurso especulativo desvenda a logicidade própria do...

  13. A IMPORTÂNCIA DO ENSINO DE FILOSOFIA NA FORMAÇÃO ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA

    Granzotto, Michele M.; Pretto, Valdir
    International audience

  14. O conhecimento científico e as tensões da diferença

    Luz, José Luís Brandão da
    A discursividade que permite pensar o mundo e a ação humana foi sendo modelada por autores de diferentes épocas segundo duas orientações divergentes: uma levou a organizá-la como momentos de uma identidade que a razão reconhece e que se não deixa desfigurar pelas diferenças; outra, mais sensível às singularidades, procurou conferir maior atenção ao que resiste à solidez e harmonia que os quadros de interpretação e valorização do mundo consentem. Iremos procurar apresentar alguns momentos desta tensão em que a conceção de conhecimento oscilou entre o esforço para reduzir as diferenças à unidade categorial de identificação da razão, como foi...

  15. Estepicursores: Exilios e identidades hispanos en los siglos XIX y XX

    Alarcon Arana, Esther Maria
    Esta tesis busca examinar el exilio y la manera como influye en la identidad individual y nacional. Exploro el modo como el exiliado vive su identidad en documentos narrativos de autores desplazados, originarios de ambas orillas del Océano Atlántico, y correspondientes a los siglos XIX y XX. Mi estudio se centra en las Cartas de España (1822) de José María Blanco White, Sab (1841) de Gertrudis Gómez de Avellaneda, Altazor o el viaje en paracaídas, poema en 7 cantos (1931) de Vicente Huidobro y la Correspondencia Ramón J. Sender-Joaquín Maurín (1952-1973). Este estudio se aleja voluntariamente de las habituales interpretaciones...

  16. Le conseguenze della filosofia

    Longo, Giuseppe
    Atti a cura di R. Lanfredini, ETS, Pisa, 2015

  17. A gest??o do conhecimento entre as propostas te??rico-conceituais e a efetividade de sua implementa????o na administra????o p??blica: problemas e possibilidades

    Silva, Max Melqu??ades da
    Apesar de seu discurso marcadamente vinculado ??s estrat??gias empresariais de competitividade e lucro, a gest??o do conhecimento enquanto pr??tica administrativa focada na utiliza????o do conhecimento como vantagem competitiva, tem sido absorvida progressivamente por organiza????es p??blicas. Mas at?? que ponto as abordagens te??ricas tradicionais acerca da gest??o do conhecimento apresentam solu????es convergentes com os princ??pios administrativos do Estado? Em que contexto se pode entender a apropria????o da estrat??gia mercadol??gica de gest??o do conhecimento por parte do estado? O estudo em quest??o tem por objetivo investigar a adequa????o das abordagens te??ricas da gest??o do conhecimento em rela????o aos princ??pios te??ricos do Estado....

  18. [Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30???, promovido pela FJP]

    Autoria desconhecida
    Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30???, promovido pela Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP), sob o patroc??nio da Funda????o de Amparo ?? Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Secretaria Estadual de Cultura e colabora????o do departamento de Historia da Faculdade de Filosofia e Ci??ncias Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (FAFICH/UFMG). V??-se a partir da esquerda: Maria Celina D???Ara??jo da Centro de Pesquisa e Documenta????o de Hist??ria Contempor??nea do Brasil da Funda????o Get??lio Vargas (CEPDOC/FGV); D??cio Saes, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Jarbas Nogueira de Medeiros Silva, mediador da FJP; Carla Anastasia, da UFMG e Rejane M??rcia de...

  19. [Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30???, promovido pela FJP]

    Autoria desconhecida
    Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30??? promovido pela Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP) sob o patroc??nio da Funda????o de Amparo ?? Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Secretaria Estadual de Cultura e colabora????o do departamento de Historia da Faculdade de Filosofia e Ci??ncias Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (FAFICH/UFMG). V??-se a partir da esquerda: Maria Celina D???Ara??jo da Centro de Pesquisa e Documenta????o de Hist??ria Contempor??nea do Brasil da Funda????o Get??lio Vargas (CEPDOC/FGV); D??cio Saes, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Jarbas Nogueira de Medeiros Silva, mediador da FJP; Carla Anastasia, da UFMG e Rejane M??rcia de...

  20. [Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30???, promovido pela FJP]

    Autoria desconhecida
    Semin??rio ???Sessenta Anos da Revolu????o de 30??? promovido pela Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP) sob o patroc??nio da Funda????o de Amparo ?? Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Secretaria Estadual de Cultura e colabora????o do departamento de Historia da Faculdade de Filosofia e Ci??ncias Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (FAFICH/UFMG). V??-se a partir da esquerda: Maria Celina D???Ara??jo da Centro de Pesquisa e Documenta????o de Hist??ria Contempor??nea do Brasil da Funda????o Get??lio Vargas (CEPDOC/FGV); D??cio Saes, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Jarbas Nogueira de Medeiros Silva da FJP; Carla Anastasia, da UFMG e Rejane M??rcia de Freitas...

Aviso de cookies: Usamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios, para análisis estadístico y para mostrarle publicidad. Si continua navegando consideramos que acepta su uso en los términos establecidos en la Política de cookies.